O vômito de cachorro sempre desperta muita preocupação nos tutores, e não é pra menos: o sintoma está associado a diferentes causas que variam desde problemas digestivos até graves doenças. Quando encontramos o cão vomitando, um dos primeiros pensamentos que passa pela nossa cabeça é o que fazer para ajudar o pet. Felizmente existem algumas técnicas que podem ajudar nesse momento, aliviando o desconforto nos doguinhos e diminuindo a incidência dos vômitos. Veja abaixo 5 formas de evitar o cachorro vomitando no dia a dia.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

1) Cachorro vomitando: chá ajuda a acabar com o problema

Muitos se perguntam se o cachorro pode tomar chá, e a resposta é sim. A bebida, inclusive, é super indicada em algumas situações, como quando o cachorro está vomitando devido a problemas digestivos. Dentre as opções mais recomendadas, podemos citar o chá de camomila para cachorro, chá de boldo ou chá de erva-cidreira. Mas é preciso ter certo cuidado com o modo de preparo: o chá deve ser servido frio e sem adição de açúcares. Além disso, não são todos os tipos de chá que fazem bem para o cachorro. Os chás cafeinados - como o chá mate e chá preto - devem ser evitados.

2) Além do chá, ofereça bastante água para o cão vomitando

A água é a melhor amiga dos cães nessas horas. Como o cachorro vomitando perde muito líquido, o tutor deve oferecer uma quantidade moderada de água para que o bichinho não fique desidratado. A única atenção, porém, é para não exagerar na dose. Embora a água tenha vários benefícios e seja muito bem-vinda sempre, o exagero pode acabar desencadeando ainda mais vômitos no cachorro. Portanto, a recomendação é oferecer uma colher de chá de água para cada 450 g do peso do animal de hora em hora, até que o pet esteja se sentindo melhor.

cachorro vomitando: cão bebendo água

3) Cachorro está vomitando? Evite dar comida para o animal por 12 horas

 

Se um dos motivos por trás do cão vomitando é a má digestão, o ideal é não oferecer qualquer tipo de comida para o seu cachorro por pelo menos 12 horas. Esse é o tempo para o organismo canino se recompor e até eliminar a possível causa do vômito. Então mesmo que seu doguinho pareça com fome, você deve segurar a alimentação do animal por algumas horas ou o cachorro pode acabar vomitando de novo - afinal, o estômago dele vai estar irritado e não vai aceitar o alimento tão facilmente.

4) Iogurte natural também é uma boa opção para lidar com o vômito de cachorro

As propriedades probióticas do iogurte são uma ótima forma de cuidar da flora intestinal dos cães. É por isso que quando o cachorro está vomitando, essa é uma opção eficaz para combater o problema e evitar que os vômitos se repitam. As bactérias contidas na bebida regulam o funcionamento intestinal e melhoram consideravelmente o processo digestivo. Mas é importante que o iogurte seja natural e sem adição de açúcares e conservantes.

No entanto, é importante tomar alguns cuidados ao oferecer o iogurte para cachorro: alguns animais são intolerantes à lactose e podem passar mal. Além disso, alimentos com adição de açúcar, xilitol, aromatizantes ou corantes também são contraindicados. O ideal é que o iogurte para cachorro seja totalmente natural e vale a pena conversar com o veterinário antes de introduzir o produto na dieta do seu pet.

5) Vômito: cachorro precisa de alimentação balanceada para não sofrer com o problema

Sabe aquela velha história de que “prevenir é melhor do que remediar”? Pois bem, essa é a mais pura verdade! Para evitar o cachorro vomitando é fundamental ter um cuidado especial com a alimentação do seu amigo de quatro patas, que deve ser focada principalmente na ração e petiscos próprios para pets. Às vezes é difícil resistir a tentação de mimar o cãozinho com uma comida típica dos humanos, mas não se esqueça de verificar os alimentos que são permitidos e proibidos para cães antes de oferecer qualquer coisa que fuja da dieta deles. 

Pratos com temperos, como alho e cebola, são totalmente contra indicados porque podem provocar vômito de cachorro. Algumas frutas e vegetais também podem fazer mal para o organismo canino, e por isso devem ser evitados.

Redação: Juliana Melo