Cachorro

Bico de papagaio em cachorro: entenda o que é a espondilose canina

Publicado - 11 Julho 2022 - 14h52

Atualizado - 21 Abril 2024 - 12h09

A hérnia de disco em cães é a doença mais conhecida quando se fala da coluna vertebral canina. Mas existem outros problemas menos comuns que podem afetar a região, como é o caso da espondilose - ou bico de papagaio em cachorro. Existem diversos motivos que podem levar a essa condição. Afinal, a coluna do cachorro é uma parte da anatomia canina que constantemente recebe fortes impactos. O problema se trata de uma alteração nos ossos da coluna mas que não costuma causar sintomas físicos. Para entender melhor o que é a espondilose, o Patas da Casa conversou com Felipe Purcell, médico veterinário especializado em neurologia e neurocirurgia de cães e gatos. Ele tirou todas as dúvidas sobre a origem da doença!

O que é a espondilose canina?

“A espondilose, também conhecida como espondilose deformante, se trata de uma alteração não inflamatória, degenerativa e muito comum em cães mais velhos. Caracteriza-se pelo crescimento de uma estrutura chamada osteófitos na parte de baixo das vértebras”, explica Felipe. A espondilose recebe ainda o apelido de “bico de papagaio”. Esse osso que cresce na coluna lembra muito um bico de papagaio quando visto por radiografias - que explica o nome popular.

Os cães normalmente apresentam essa condição de forma secundária a outras doenças. “Acredita-se que o surgimento da espondilose esteja associado a alterações degenerativas do disco intervertebral, que podem gerar uma instabilidade entre as vértebras. Com esse ponto da coluna vertebral do cachorro instável, o corpo produz os osteófitos na tentativa de promover mais estabilidade nesse local. Em alguns casos, a espondilose cresce tanto que forma uma “ponte” entre as vértebras”, explica Felipe.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Bico de papagaio em cachorro é mais comum em algumas raças

Qualquer cão pode desenvolver o bico de papagaio, mas os cachorro grandes têm maior predisposição para o surgimento do problema. “Raças de grande porte, especialmente Rotweiller, Pastor Alemão, Boxer, Labrador e Golden Retriever, são mais comumente identificadas com espondilose deformante”, explica Felipe. Por outro lado, cães do tipo Toy também podem sofrer com a condição. Felipe destaca que o Yorkshire, o Spitz e o Dachshund estão entre as raças pequenas mais predispostas.

Cachorro com problema na coluna: qual a diferença entre espondilose e hérnia de disco?

Para um cachorro, problema na coluna pode ter diferentes causas. Por isso, é comum confundir algumas delas. Muitas pessoas acham que espondilose e hérnia de disco são a mesma coisa, mas apesar de ambas estarem relacionadas ao cachorro com problema na coluna, tem suas diferenças. “A espondilose é uma alteração que não provoca sinais neurológicos como dor ou dificuldade de caminhar. Já a hérnia de disco é uma enfermidade inflamatória que pode provocar muita dor, dificuldade locomotora e até mesmo paralisia grave nos cães”, explica o especialista.

espondilose canina: cachorro Dachshund na rua
<strong>O bico de papagaio em cachorro é mais comum em raças como o Dachshund, Rottweiler e Boxer</strong>

Cachorro com dor na coluna é sintoma de espondilose?

Quando temos um cachorro com dor na coluna, é fundamental levá-lo ao veterinário para fazer alguns exames. Os resultados vão ajudar a descobrir o que está causando a doença. Em muitos casos de cachorro com dor na coluna, o bico de papagaio é encontrado na radiografia. Mas cuidado: “A espondilose em si não gera nenhuma manifestação clínica. Ela é considerada apenas um achado radiográfico. Ou seja, quando temos um cachorro com dor na coluna ou alterações locomotoras, a espondilose nunca deve ser sinalizada como sendo a causa desses problemas”, explica o especialista. 

O cachorro com espondilose pode sim apresentar dores. Porém, sua causa não é o bico de papagaio em si. O animal deve ter algum outro problema (como doenças, lesões ou movimentos repetitivos) que está causando dores na coluna e dificuldade de locomoção. Nesse caso, é fundamental descobrir o que realmente está por trás dos problemas na coluna vertebral do cachorro.

Existe tratamento para espondilose na coluna do cachorro?

A espondilose não é uma doença em si, mas sim uma condição que pode surgir no animal sem trazer sintomas clínicos. Portanto, não existe um tratamento, já que não tem necessidade. Se os exames na coluna do cachorro foram realizados porque ele sente dor ou outros sintomas, o médico veterinário precisa focar em descobrir a causa real do problema, uma vez que o bico de papagaio em cachorro não causa esses desconfortos. “A espondilose em si não precisa de tratamento já que não é considerada uma doença clínica. Se na radiografia de um cão aparece uma espondilose, ela deve ser ignorada e uma outra doença deve ser investigada nesse animal como suspeita de provocar sinais neurológicos”, esclarece o especialista. 

O bico de papagaio em cachorro nada mais é que uma alteração nos ossos e que não faz mal à saúde. Porém, qualquer outra condição que esteja deixando o cachorro com problema na coluna deve ser investigada para um tratamento adequado. “É muito importante deixar claro que se o seu cão estiver com suspeita de uma doença na coluna, é necessário levá-lo para uma avaliação médico veterinária especializada em neurologia, para um diagnóstico preciso e terapia específica”, orienta o especialista. 

Redação: Maria Luísa Pimenta

Cachorro

O Chow Chow é perigoso e hostil? Saiba o que é mito e o que é verdade sobre a personalidade da raça de cachorro

O Chow Chow é um cachorro de porte médio, super peludo e conhecido por ter a língua azul. A raça, de origem chinesa, conquista muito...

Cachorro

Samoieda: saiba como ter um cachorro da raça russa e outras curiosidades sobre a convivência com esse pet

O Samoieda é um dos cachorros mais bonitos que existem! Com uma pelagem branquinha e uma fisionomia que lembra bastante um lobo, a r...

Cachorro

Dogo Argentino: 10 curiosidades para conhecer o cachorro parecido com Pitbull

O Dogo Argentino é um cachorro grande e imponente. Em um primeiro momento, ele pode até assustar quem não conhece, principalmente po...

Cachorro

Pancreatite em cachorro: aprenda a reconhecer 6 sinais da doença que vão ajudar no diagnóstico mais rápido

A pancreatite em cachorro é uma doença que merece a atenção dos tutores. A patologia afeta o pâncreas, órgão essencial para a produç...

Comportamento

Filme para assistir com meu gato: 11 filmes protagonizados por gatinhos para ver acompanhado do seu pet

Quem precisa de uma noite badalada quando você pode aproveitar o momento para assistir filmes do lado do seu bichinho de estimação, ...

Gato

Tipos de gato Savannah: curiosidades sobre a raça híbrida que é uma das mais caras do mundo

Considerado um dos felinos mais caros do mundo, o gato Savannah é cheio de curiosidades e características impressionantes. A raça, q...

Cachorro

O Chow Chow é perigoso e hostil? Saiba o que é mito e o que é verdade sobre a personalidade da raça de cachorro

O Chow Chow é um cachorro de porte médio, super peludo e conhecido por ter a língua azul. A raça, de origem chinesa, conquista muito...

Adote um animal

Os nomes para gatos fêmeas mais famosos do momento: 100 dicas para escolher como chamar seu novo pet em 2024

Existem muitas opções de nomes para gatos fêmeas para escolher depois da adoção.  A inspiração para nomes de gatos pode vir de ...

Ver todas