Cuidados dos animais

6 sinais de que seu cachorro está envelhecendo: veja dicas de como tornar a vida do cachorro idoso mais confortável e feliz

Publicado - 10 Janeiro 2024 - 18h05

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Laura Furtado / Redatora

Jornalista em formação pela Universidade Federal Fluminense (UFF), em Niterói. Desde pequena, sempre tive um amor e carinho especial por todos os animais. Quando completei 6 anos, meus pais me presentearam com um cãozinho da raça Bichon Frisé que chamamos de Billy. Foi o dia mais feliz da minha vida, fiquei horas chorando sem acreditar que ele era meu. Billy viveu 14 anos com a gente, mas virou uma estrelinha em 2019 depois de uma história linda ao nosso lado.

Em 2019, ganhei da minha sogra uma Dachshund, o famoso salsichinha, e desde então minha vida voltou a fazer sentido. Pode parecer clichê, mas nada explica o sentimento de amor e carinho que ter um pet proporciona. Nós decidimos chamar ela de Teteia, e não poderia existir nome melhor pra descrever ela. Teteia significa moça atraente, e a minha Teteia salsicha é realmente a coisa mais linda do mundo, além de ser extremamente carinhosa, companheira e engraçada.

Em 2023, participei de uma entrevista e entrei para o time do Patas da Casa. Fiquei muito feliz, porque sempre tive afinidade e carinho pelos animais, e não há nada melhor do que escrever sobre coisas que a gente ama, né. Me identifiquei de cara com os valores do Patas e sempre considerei o projeto de suma importância para tutores que, assim como eu, buscam se informar para garantir o melhor para os pets. Desde então, cada dia tem sido um aprendizado, e sou muito feliz por fazer parte de um projeto tão especial quanto o Patas.

• Filme com animal preferido: “Marley e Eu”
• Uma raça de cachorro: Vira-lata
• Uma raça de gato: Siamês
• A curiosidade favorita sobre cachorros: Os cães de suporte emocional podem agir como 'terapeutas', ajudando pacientes com ansiedade, depressão, autismo e estresse pós-traumático
• A curiosidade favorita sobre gatos: Os gatinhos tem efeitos positivos na sáude mental e física dos humanos
• Sobre o que mais gosta de escrever no universo pet: Comportamento animal
• Um aprendizado: Adotar cachorro ou gato pode mudar a vida das pessoas e dos animais para melhores, trazendo muito amor e felicidade
• Nome de pet favorito: Larica

Como o tempo não para nunca, envelhecer é um processo que faz parte da vida de todos, inclusive dos cães. Um cachorro idoso, na medida em que envelhece, apresenta sinais que indicam que o animal está chegando à terceira idade. Por isso, quando a velhice canina se aproxima, é fundamental estar ao lado do pet para oferecer apoio e ter todos os cuidados que o seu companheiro precisa.

Se você já tem um cachorrinho há muitos anos e quer se preparar para a chegada desse momento, o Patas da Casa vai te dizer com quantos anos o cachorro fica idoso, quais são os sinais da velhice canina e como proporcionar uma melhor qualidade de vida para seu pet.

Qual idade o cachorro é considerado idoso?

Definir qual idade o cachorro é considerado idoso depende do porte do animal. Animais de pequeno porte, como o Lulu da Pomerânia, são considerados idosos a partir dos 8 anos. Já animais de grande porte, como o Husky Siberiano, são considerados idoso quando completam 7 anos de idade. Então seguindo essa lógica, é possível afirmar que um cachorro de 8 anos é idoso.

Imagem Quiz:Seu cachorro é mais ativo ou preguiçoso? Descubra com esse teste!

Seu cachorro é mais ativo ou preguiçoso? Descubra com esse teste!

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Veja abaixo 6 sinais que indicam a velhice canina!

1) Cachorro idoso passa mais tempo deitado e dormindo

O cachorro filhote possui uma energia surpreendente: ele adora brincar, correr e fazer bagunça. Contudo, quando a velhice se aproxima, o metabolismo desses cães despenca, o que diminui bastante a energia e disposição para realizar atividades. É por esse motivo que os cães idosos passam longos períodos do dia deitados e dormindo. 

2) Os dentes do cão idoso ficam mais frágeis, dificultando a mastigação 

À medida que os anos vão passando, é natural que o acúmulo de sujeira e bactérias enfraqueça os dentes de cachorro, o que dificulta o processo de mastigação. Eles podem ficar com uma aparência amarelada e desgastados. Por isso, é indicado que os tutores apresentem desde cedo a escova de dente para cachorro e realizem uma escovação regular. Se o animal não tiver recebido ao longo da vida os cuidados dentários necessários, o cachorro perde dente na velhice.

3) Pelos esbranquiçados e opacos são uma característica do cachorro idoso

Nos humanos, os cabelos brancos são comumente associados com a terceira idade. Mas você sabia que os cães ficam com seus pelos brancos pelo mesmo motivo? Na velhice, os cachorros sofrem com o embranquecimento dos fios, que também ficam com uma textura mais quebradiça e sem brilho. A diferença entre os humanos e os cães é que os pelos dos pets ficam brancos somente em algumas regiões do corpo do cachorro, especialmente focinho e ao redor dos olhos. Já os humanos, geralmente ficam com todo cabelo esbranquiçado.

Confira o vídeo de um Yorkshire idoso de 10 anos que ficou apenas com o bigode branco ao chegar na velhice:
 

4) O cão idoso tende a se movimentar com mais dificuldade 

Como o organismo do cão idoso naturalmente absorve menos cálcio e vitaminas, o enfraquecimento dos ossos e das articulações é quase inevitável. Por isso, eles tendem a desenvolver problemas como artrite e artrose. Além do mais, eles costumam se desequilibrar e se movimentar com dificuldade. Para evitar que isso aconteça, é importante passear com cachorro diariamente e oferecer uma alimentação adequada.

5) Cachorro idoso pode perder alguns sentidos na velhice 

O glaucoma em cachorro, a esclerose nuclear e a catarata são doenças muito comuns que surgem na velhice canina e podem afetar - e muito - a qualidade de vida do animal. A perda auditiva é outro problema que costuma aparecer nessa fase. Isso acontece porque as células dessas regiões vão se deteriorando, fazendo com que os sentidos percam a eficiência. Se o seu pet anda esbarrando em móveis pela casa ou não atende quando você o chama, provavelmente ele pode estar sofrendo com a perda da visão e da audição - como também pode ser um sinal de cachorro com Alzheimer.

6) Mudanças comportamentais são comuns no cachorro idoso 

Você sabe como é o comportamento de um cão idoso? Se você já teve a oportunidade de conviver com um cachorro idoso no dia a dia, sabe que o comportamento dele pode ser um pouquinho diferente de cães mais novos. Eles podem se irritar com um pouco mais de facilidade, como um velho ranzinza, assim como podem ser um pouco mais agressivos. Esse comportamento canino pode estar associado a algum incômodo que o animal esteja sentindo, como dores no corpo ou dificuldade de enxergar. Por isso, respeite sempre o espaço do seu velhinho. 

Cachorro deitado com os pelos do rosto branco
O cachorro idoso normalmente apresenta pelos brancos na região dos olhos e focinho

O que faz o cachorro envelhecer mais rápido?

Embora cada raça de cachorro tenha uma expectativa de vida, alguns fatores podem influenciar no envelhecimento canino. Como citado anteriormente, a raça e o porte são alguns fatores determinantes nesse quesito. Uma alimentação inadequada também pode afetar a nutrição dos pets e acelerar o processo de envelhecimento animal.

Além disso, a falta de exercício físico, como passeios e brincadeiras que estimulem o movimento animal, podem trazer problemas nos ossos e nas articulações do cão precocemente. O estresse é um outro fator que faz o cachorro envelhecer mais rápido.

Como lidar com a velhice do cachorro? 

  • Ofereça uma alimentação de qualidade. Para que os cães velhinhos tenham uma melhor qualidade de vida, é fundamental que a alimentação do cachorro idoso contenha todos os nutrientes necessários para essa fase da vida. Geralmente, uma ração para cachorro idoso contém menos calorias e gorduras, e mais fibras, proteínas, vitaminas e minerais, elementos essenciais para a manutenção da saúde canina. O sachê para cachorro com dificuldade de mastigação também pode ser um ótimo aliado, mas é preciso que um médico veterinário avalie as condições de saúde do animal para liberar o uso. 
  • Vitaminas e suplementos. Ao chegar na velhice, é natural que o organismo dos cães fique mais debilitado, especialmente se o animal não se alimenta adequadamente. Por isso, em alguns casos, o médico veterinário pode indicar uma vitamina para cachorro idoso, com o objetivo de suplementar a alimentação e garantir o bem-estar do peludo.
  • Sessões de fisioterapia. fisioterapia para cachorro é uma especialidade veterinária que tem por objetivo fortalecer a musculatura do animal e garantir maior estabilidade e equilíbrio. Por isso ela é super indicada para os cães idosos que, naturalmente, apresentam dificuldade em se locomover.
  • Cuidado com as mudanças de temperatura. Como o metabolismo dos cães idosos desacelera consideravelmente, eles tendem a sentir mais frio. Isso acontece porque para manter as funções vitais do organismo, há um aumento de na produção de adrenalina e de hormônios que vão acelerar o metabolismo, dificultando o controle da temperatura corporal. 
Adote um animal

Nomes para cachorro com a letra A: mais de 100 ideias para nomear o seu pet

Pesquisar e selecionar nomes para cachorro para o mais novo integrante da família é uma das partes mais divertidas do processo de ad...

Adote um animal

Maltês: 12 coisas que você precisa saber antes de ter um

Se você está em busca de um cachorro fofo e cheio de personalidade, o Maltês talvez seja a escolha perfeita. Esperto, dócil e brinca...

Adote um animal

Fiapo de manga: a nova "raça" de cachorro vira-lata que tem feito sucesso na internet

Há quem diga que vira-lata caramelo representa mais o Brasil do que samba e futebol - não à toa que existem propostas de lei para el...

Cuidados

Areia de mandioca para gatos: veterinária destrincha tudo sobre a areia do momento, benefícios e indicações

De um tempo para cá, a procura pela areia de mandioca para gatos cresceu consideravelmente. Devido a esse movimento dos consumidores...

Gato

Os melhores gatos para famílias com crianças: veja a lista com as 10 raças mais indicadas

Quando se trata de escolher um bichano para as crianças, algumas raças de gato se destacam por serem os companheiros ideais. Com per...

Comportamento

Tem um gato arranhando o sofá? Cientistas identificaram as causas desse comportamento e mostram como fazer o pet parar

Conviver com um gato arranhando o sofá é um problema que vários tutores têm dificuldade de corrigir. Apesar de ser um instinto nato ...

Adote um animal

Nomes para cachorro com a letra A: mais de 100 ideias para nomear o seu pet

Pesquisar e selecionar nomes para cachorro para o mais novo integrante da família é uma das partes mais divertidas do processo de ad...

Adote um animal

Maltês: 12 coisas que você precisa saber antes de ter um

Se você está em busca de um cachorro fofo e cheio de personalidade, o Maltês talvez seja a escolha perfeita. Esperto, dócil e brinca...

Ver todas