Brinquedos

6 dicas para distrair o seu cachorro que passa um tempo sozinho em casa

Brinquedos para cachorros, petiscos, caixas espalhadas... você precisa estimular seu amigo para que ele não sofra de saudade
Brinquedos para cachorros, petiscos, caixas espalhadas... você precisa estimular seu amigo para que ele não sofra de saudade

O sonho de todo pai ou mãe de pet (principalmente os mais apegados) é passar o dia inteiro ao lado do animal para que ele não se sinta sozinho. Infelizmente, na maioria dos casos isso não é possível - a não ser que você seja aposentado ou trabalhe de casa. Esse apego também ocorre na perspectiva do bichinho: ansiedade de separação, cachorro entediado e destruição na casa são os sinais mais comuns.

Antes de tudo, é preciso entender o lado deles... os cães são animais que vivem em matilha e precisam de contato social - os filhotes de cachorro, principalmente, podem demorar a entender isso. Passar um tempo sozinho, mesmo que seja rotina, pode ser bem estressante se ele não receber os estímulos corretos. Veja abaixo 6 dicas para que o seu cachorro fique bem no período que você não estiver por perto.

1) Antes de tudo, faça um longo passeio com o cachorro antes de sair de casa

Não tem jeito, passear com cachorro precisa ser um compromisso da sua agenda todos os dias. Adestradores e comportamentalistas indicam, especialmente para cães cheio de energia, que o animal esteja cansado grande parte do tempo para que essa disposição de sobra não se transforme em destruição. A falta de atividade física também é um gatilho para ansiedade e estresse. A dica é passear com o cachorro todos os dias pela manhã - é melhor que seja antes da sua saída de casa. Caminhadas longas, corridas e brincadeiras no parcão de cachorros vão fazer com que ele passe o dia mais cansado e, consequentemente, não sofra tanto de saudade.

2) Brinquedos para cachorro: a forma clássica de distrair o animal

Os brinquedos para cachorro são uma ótima forma de deixar o animal distraído enquanto você estiver fora de casa. Existem diferentes tipos de bolinhas para cachorro e eles também adoram aqueles com corda ou até bichinhos de pelúcia. Já os brinquedos interativos são uma boa opção de enriquecimento ambiental para o período em que ele fica sozinho: além de divertir o cachorro, promovem o desenvolvimento de habilidades cognitivas, já que na maioria das vezes estimula o cão a conquistar um objetivo.

3) Deixar coisas gostosas, como petisco para cachorro, ajuda o animal a associar sua saída com algo bom

O petisco para cachorro é um aliado na rotina de qualquer casa com um animalzinho de estimação. Esse tipo de alimento pode ser usado durante os treinos de adestramento ou mesmo para agradar o cãozinho de vez em quando. Quando sair de casa, experimente deixar vários petiscos escondidos em lugares estratégicos para o cachorro se aventurar em uma caçada. Só fique atento com a quantidade: outra possibilidade é usar grãos de ração e já aproveitar o momento para oferecer uma das refeições diárias. Além de deixar o animal distraído enquanto você sai de casa, ele vai associar isso com um momento legal - e até ficará feliz.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    O cachorro que não recebe os estímulos corretos vai transferir toda a energia acumulada nos móveis, objetos e paredes da sua casa
    O cachorro que não recebe os estímulos corretos vai transferir toda a energia acumulada nos móveis, objetos e paredes da sua casa
    Investir no enriquecimento ambiental para cachorro é uma forma muito eficaz de deixar o animal distraído
    Investir no enriquecimento ambiental para cachorro é uma forma muito eficaz de deixar o animal distraído
    O cachorro que não recebe os estímulos corretos vai transferir toda a energia acumulada nos móveis, objetos e paredes da sua casa
    Investir no enriquecimento ambiental para cachorro é uma forma muito eficaz de deixar o animal distraído

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia
    Comportamento animal

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia

    Manter a frequência de passeios no dia a dia do seu amigo de quatro patas é algo necessário para todas as raças de cachorro. Além dos benefícios que a socialização desses momentos traz, para muitos animais, essa caminhada é atividade física suficiente para o gasto de energia diário. Raças mais preguiçosas, que só devem se movimentar para manter a saúde, não precisam de muito tempo dedicado a essa área, mas nem todas são assim: para equilibrar, existem algumas raças de cachorro têm energia de sobra. Pensando no bem da saúde do seu animal e buscando evitar que ele desconte essa disposição acumulada em outras partes da casa, nós separamos algumas raças que precisam de agitação para ficar bem no dia a dia. Dá uma olhada!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    4) Congele sachê para cachorro dentro de uma bolinha interativa

    O seu amigo de quatro patas vai passar horas vidrado e talvez nem perceba que você saiu de casa com essa dica: pegue um sachê para cachorro, coloque em uma bolinha interativa (aquelas em que é possível colocar petiscos) ou num potinho e deixe no congelador de um dia para o outro. Na hora de sair de casa, dê ao cãozinho e ele passará um bom tempo lambendo o gelo que se formou. Essa é uma ótima opção para os dias de muito calor também!

    5) Seu animal gosta de destruir coisas? Deixe várias caixas de papelão espalhadas

    Essa dica é destinada aos filhotes, cachorros muito agitados e aqueles que amam uma baguncinha. Uma forma de como fazer o cachorro parar de roer as coisas é transferindo esse hábito para objetos que eles possam, de fato, morder. Brinquedos e mordedores cumprem essa tarefa com êxito, mas se você quer economizar, uma opção interessante é deixar uma caixa para o cachorro destruir (o mesmo vale para garrafas pet, desde que ele não costume engolir pedaços do plástico, ok?!). É isso: guarde todas as embalagens de papelão para o seu amigo de quatro patas. Ele vai passar um bom tempo brincando com a novidade!

    6) Adote outro cachorro para que ele sempre tenha companhia

    Ter um cachorro é algo que envolve muita responsabilidade e gastos, nós sabemos. Por outro lado, ter mais de um animal em casa é uma forma muito eficaz de lidar com a ansiedade e solidão de um cãozinho que fica em casa quando você precisa cumprir suas responsabilidades sociais. Ele terá uma companhia para brincar, dividir a caminha durante a soneca da tarde e se desviar do tédio - além de tudo, você evita que ele tenha consequências psicológicas e de saúde no futuro. Considere dar um irmãozinho para o seu filhote!

    Redação: Luana Lopes

    Passear com cachorro: como deixar o pet menos ansioso ao ver a coleira e guia?

    Próxima matéria

    Passear com cachorro: como deixar o pet menos ansioso ao ver a coleira e guia?

    Como apresentar um novo filhotinho a um gato adulto que já mora na casa? Veja as dicas de alguns tutores
    Histórias reais

    Como apresentar um novo filhotinho a um gato adulto que já mora na casa? Veja as dicas de alguns tutores

    Resolver adotar um gato filhote é sempre uma grande aventura. Os filhotes preenchem qualquer ambiente com muita alegria e amor. Mas, além de aprender como cuidar de gatos filhotes, quem já tem um gato adulto ou idoso em casa precisa pensar muito bem em como introduzir o novo membro na família. O processo de adaptação nem sempre é fácil, e é fundamental saber como conduzir essa apresentação da melhor forma possível, respeitando o espaço de cada um e torcendo para que eles se deem bem. 

    Não pode passear com o cachorro na quarentena? Veja 6 dicas para gastar a energia do seu amigo em casa
    Passeio

    Não pode passear com o cachorro na quarentena? Veja 6 dicas para gastar a energia do seu amigo em casa

    Em um período de quarentena, será que realmente vale a pena arriscar e passear com cachorro na rua? Desde que o novo coronavírus surgiu, as recomendações dos principais órgãos de saúde são para que a população evite ao máximo sair de casa. Entretanto, para quem tem um bichinho que está acostumado com os passeios diários, isso pode ser um problema. Mas e se a gente te dissesse que é totalmente possível resolver isso? Existem várias formas de fazer o seu doguinho gastar energia dentro de casa - ou até mesmo dentro do prédio - e, em tempos de quarentena, essa é a melhor maneira de garantir que tanto você quanto o seu pet vão estar seguros! Confira algumas dicas a seguir!

    Meu cachorro tem medo de passear na rua, o que fazer? Dicas parar preparar o cão para o passeio
    Passeio

    Meu cachorro tem medo de passear na rua, o que fazer? Dicas parar preparar o cão para o passeio

    Todos os cachorros, independente de raça e porte, precisam passear na rua. Além de ser um ótimo exercício físico, ajuda o cachorro a desestressar, liberar energia, socializar com outros cães e estreitar os laços com seus donos. Os cachorros são animais muito sociáveis e ativos e, por isso, a hora do passeio é sempre de muita euforia. Se esse é o caso do seu cachorro, aproveite cada minuto e o leve para dar uma volta na rua sempre que possível. Mas alguns cachorrinhos podem desenvolver o medo de passear. Nesses casos, você precisa ler essa matéria porque nós vamos te ajudar com algumas dicas!

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno

    Para quem procura por raças de cachorro pequeno, o Pequinês pode ser a companhia perfeita. Além de se adaptar muito bem a apartamentos e outros espaços reduzidos, esse pequeno cãozinho é dotado de uma personalidade carinhosa, amigável e extremamente leal aos seus humanos. Apesar da baixa estatura, o cachorro Pequinês também é super corajoso, e uma das maiores provas de que tamanho não é documento. 

    Ver Todas >

    Brinquedos para cachorro filhote: veja as opções indicadas para o primeiro ano de vida
    Comportamento animal

    Brinquedos para cachorro filhote: veja as opções indicadas para o primeiro ano de vida

    O lado brincalhão dos cães permanece em todas as fases da vida. É por isso que os brinquedos para cachorro são super importantes para oferecer mais qualidade de vida ao pet. Mas é importante escolher o ideal para cada cãozinho: assim como existem brinquedos indicados para cada personalidade canina, a idade também influencia na decisão. Os brinquedos para cachorro filhote devem ser adequados para ajudar na dentição e no desenvolvimento do animal. 

    Por que gatos não gostam de carinho na barriga? Veja algumas teorias e explicações!
    Comportamento animal

    Por que gatos não gostam de carinho na barriga? Veja algumas teorias e explicações!

    Ao contrário do que muitos podem pensar, os gatos são animais que podem, sim, ser amáveis e carinhosos com os seus donos - eles só têm um jeitinho bastante próprio de demonstrar isso. O que acontece é que, diferente dos cães, os felinos são mais reservados e menos expansivos nessas demonstrações de afeto, mas quando é hora de receber carinho, eles gostam (e às vezes até procuram por isso). O problema é que não são todos os lugares do corpo do animal que são indicados para as carícias.

    5 coisas que o Border Collie é capaz de fazer por causa da sua inteligência
    Comportamento animal

    5 coisas que o Border Collie é capaz de fazer por causa da sua inteligência

    Pensa em um cãozinho esperto: esse é o Border Collie. Não é à toa que essa raça de cachorro é considerada a mais inteligente do mundo, de acordo com o ranking de inteligência canina elaborado pelo famoso psicólogo Stanley Coren. Mas o que diferencia o cachorro Border Collie das demais raças que existem? Como a inteligência desse doguinho se sobressai e o que ela permite que esses cães façam? 

    Quais são os tipos de adestramento de cães? Conheça os métodos mais utilizados
    Comportamento animal

    Quais são os tipos de adestramento de cães? Conheça os métodos mais utilizados

    Os cachorros precisam ser ensinados desde cedo sobre o que é certo ou errado, e o que podem ou não fazer. Para ajudar nessa missão, o adestramento de cães é um recurso muito utilizado, pois com alguns estímulos é possível educar e ensinar comandos básicos para os animais domésticos. O que poucas pessoas sabem é que existem diferentes tipos de adestramento canino, e cada um deles é utilizado para uma finalidade específica. 

    Ver Todas >