Adoção

"Quero adotar um gato": tudo o que você precisa saber e fazer antes de levar um felino para casa

 Adotar gato é sempre uma boa ideia, mas exige uma série de cuidados. Saiba mais sobre eles.
Adotar gato é sempre uma boa ideia, mas exige uma série de cuidados. Saiba mais sobre eles.

Se você procura um bichinho independente, carinhoso e de personalidade forte, talvez seja o momento certo de adotar um gatinho. Com um jeito próprio de demonstrar todo o seu amor, os felinos têm conquistado cada vez mais o coração das mães e dos pais de pet de plantão. Mas, na hora de decidir isso, é preciso ter em mente que incluir um novo membro à sua família implica uma série de fatores - tanto para o animal quanto para os tutores e, principalmente, para o lugar que será o novo lar. Para te ajudar nesse momento, nós separamos um guia completo com tudo que você precisa saber na hora de adotar um gato. Dá uma olhada!

Adotar um gato: como você pode fazer isso?

Para quem busca aumentar a família - e não só adotar, mas ser adotado por um bichano -, é comum ter dúvidas sobre onde adotar um gato, seja ele filhote ou adulto. A boa notícia é que existem maneiras bem fáceis e rápidas de encontrar gatos para adotar: anúncios em redes sociais, abrigos e protetores independentes, ongs e feirinhas de adoção. Nesses casos, é possível fazer uma visita aos locais e, pessoalmente, eleger o novo membro da família.

Mas lembre-se: vá de coração aberto! Por sofrerem maior rejeição nas adoções, é comum que os felinos idosos e os gatos pretos fiquem em desvantagem na fila dos que vão ter a alegria de encontrar um novo lar. Por isso, antes de tomar a decisão final, considere olhar todos os animais do local. Afinal, independente da idade ou da cor da pelagem, todos eles têm muito amor para dar e receber.

Antes de adotar gato, pesquise os custos que seu novo amigo vai demandar

Ter um gato em casa é uma das melhores formas de conhecer o amor incondicional que os pets podem ter pelos seus tutores. Ainda que sejam mais independentes e reservados, os felinos não perdem uma boa oportunidade de demonstrar o carinho que sentem pelo seu dono, seja dando uma leve cabeçadinha em você ou passeando entre as suas pernas. Mas, antes de adotar, é importante saber que o gatinho de estimação pode ser uma grande mudança no seu estilo de vida, principalmente na parte financeira.

Além dos custos básicos com a alimentação, você deve se planejar para pagar por consultas no veterinário, vacinas e medicamentos. Os objetos pessoais do seu pet, como arranhadores para gatos, brinquedinhos, caixa de areia, fontes de água e potes de comida, também precisam estar na lista. Por isso, antes de tomar a decisão final, bater um papo com pessoas que já cuidam de gatos pode te ajudar a ter um panorama geral dos gastos. Eles poderão dividir experiências, explicar as principais dificuldades e, principalmente, dar dicas para facilitar a adaptação do seu amigo ao novo lar.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Que tal ter um gato para chamar de seu? A ong @DespertarpetBrasil tem vários bichanos a espera de um lar cheio de amor!
    Que tal ter um gato para chamar de seu? A ong @DespertarpetBrasil tem vários bichanos a espera de um lar cheio de amor!

    Mais Lidas

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena
    Adote um animal

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena

    Se você está pensando em ter um pinscher na sua vida pode estranhar a numeração que normalmente acompanha o nome da raça. O cachorro pinscher é conhecido por ser bem pequeno, mas ainda assim há variações de tamanho: as classificações 0, 1, 2 ou miniatura são super importantes para saber a dimensão aproximada do cãozinho. Além disso, pode ajudar muito na hora de decidir pelo seu novo melhor amigo.

    Como identificar o sexo do gato filhote? Saiba diferenciar machos e fêmeas!
    Adote um animal

    Como identificar o sexo do gato filhote? Saiba diferenciar machos e fêmeas!

    Às vezes, a vontade de adotar um gatinho é tão grande que acabamos nos precipitando e não dando a devida atenção a alguns detalhes muito importantes, como o sexo do filhote. É muito normal achar que adotou uma fêmea e só depois descobrir que o gato, na verdade, é macho. Nós sabemos que não é nada fácil diferenciar o órgão genital do gato logo nos primeiros meses de vida do animal. Se você faz parte deste time, não se preocupe, isso é muito comum!

    Yorkshire: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno (+ galeria com 20 fotos)
    Adote um animal

    Yorkshire: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno (+ galeria com 20 fotos)

    O Yorkshire é um cãozinho muito popular nos lares brasileiros. Pequeno, fofo, esperto e bem brincalhão: companheirismo é uma característica marcante nesses mini-cães, ideais para apartamentos, famílias com crianças ou mesmo pessoas que moram sozinhas e querem um amigo fiel. O Yorkshire Terrier é reconhecido de longe pelas duas cores na pelagem, o tamanho e por sua característica única: as orelhas para cima. Quer saber tudo sobre o cachorro yorkshire? Então continue acompanhando a leitura!

    Filhote de cachorro chorando à noite? Veja a explicação e dicas para acalmá-lo nos primeiros dias em casa
    Adote um animal

    Filhote de cachorro chorando à noite? Veja a explicação e dicas para acalmá-lo nos primeiros dias em casa

    A chegada de um filhote de cachorro ao novo lar é marcada por muita alegria e descobertas - da parte do animal e dos próprios donos. O cãozinho terá contato com cheiros que ele nunca sentiu, pessoas diferentes, um ambiente totalmente desconhecido. O novo papai ou mamãe de pet, por outro lado, está aprendendo sobre a rotina, como o sono e alimentação, e comportamentos do bichinho. Nos primeiros dias de adaptação na nova casa é comum ouvir o cachorro filhote chorando à noite. A reação imediata do tutor é ficar preocupado se ele está com fome ou sentindo dor, mas saiba esse comportamento é muito normal.

    Resgatei um gato abandonado. E agora?

    Infelizmente, é bastante comum andar pelas ruas e encontrar um gatinho abandonado. Uma pesquisa do Instituto Pet Brasil revelou que 31% dos gatos do país vivem em condição de vulnerabilidade, o que representa cerca de 1 milhão de felinos sujeitos todos os dias a maus-tratos, doenças e fome. Por isso, muitas vezes, o impulso fala mais alto e, ao encontrar um gato abandonado, a primeira atitude é adotá-lo. Mas, antes de levar o bichano para casa, é preciso saber quais os cuidados necessário para garantir a saúde e o bem-estar do seu novo amigo. Para te ajudar nesta tarefa, separamos algumas dicas:  

    • Tenha cuidado ao se aproximar do gato: por ser um animal desconfiado por natureza, é possível que ele se assuste e, consequentemente, se afaste ou reaja de forma agressiva. Sendo assim, antes de levar o gato para casa, é preciso conquistar a confiança dele. Comece aproximando-se do gato com calma e deixe que ele faça o contato final. 

    • Leve o gato ao veterinário para fazer um check up: pode até parecer óbvio, mas algumas pessoas não entendem a importância de levar o felino direto ao veterinário, principalmente quando se tem outros animais em casa. Por isso, lembre-se: o primeiro passo é fazer um check up. Desta forma, você garante uma avaliação cuidadosa do animal e se certifica de que seu novo amigo não possui nenhuma ferida ou doença que precisa ser tratada antes de entrar em contato com a sua família. 

    • Tenha cuidado ao higienizar o animal: a velha história de que gatos não gostam de banho quase sempre é verdade. Por isso, se o gato resgatado estiver muito sujo, o ideal é fazer a limpeza com um lenço umedecido ou uma toalhinha para não estressar o bichano. Se não for o suficiente e você optar pelo banho, é importante que a água seja morna e sempre seque o gatinho no final. 

    Quer adotar um gato? Esses bichanos estão esperando por uma nova família na @cabanadopicapau! Adote!
    Quer adotar um gato? Esses bichanos estão esperando por uma nova família na @cabanadopicapau! Adote!

    Adotar gato: decisão traz mudanças para sua vida e para a casa

    O gatinho está vacinado, com a saúde em dia e pronto para ganhar um novo lar. E agora? Está na hora de você preparar a casa para a sua chegada! Não é segredo para ninguém que a maioria dos gatos amam as voltinhas noturnas pela vizinhança. Ainda assim, essa prática não é recomendada, já que ele pode se machucar, se envolver em brigas e até contrair doenças. Sendo assim, o primeiro passo antes de levar o gatinho para casa é telar todas as janelas para evitar fugas e acidentes

    Além disso, você deve garantir uma alimentação de qualidade e sempre deixar água fresca à disposição do bigodudo. Nesse caso, investir em uma fonte de água para gatos pode ser uma boa saída para incentivá-lo a se hidratar e, assim, evitar problemas renais. Apostar no enriquecimento ambiental para gatos também é importante para que o pet consiga expressar seus comportamentos naturais. Prateleiras, nichos, arranhadores e brinquedos são itens que proporcionam mais qualidade de vida e diversão para o seu gatinho. 

    Lembre-se: é importante garantir que o seu gatinho terá os melhores cuidados!

    Ao chegar até aqui, você deve ter percebido que adotar gato não é uma tarefa tão simples. Assim como os humanos, os pets precisam de cuidados específicos para viverem felizes e saudáveis. Além das responsabilidades do dia a dia, é preciso levá-lo ao veterinário com regularidade, garantir que o calendário de vacinas fique atualizado e, principalmente, manter hábitos diários que contribuam para a saúde do seu amigo. Em troca, você ganha um amigo para todas as horas. 

    Redação: Úrsula Gomes 

    Bichon Frisé: tudo sobre a raça de cachorro pequeno (+ galeria com 50 fotos)

    Próxima matéria

    Bichon Frisé: tudo sobre a raça de cachorro pequeno (+ galeria com 50 fotos)

    Khao Manee: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de gato tailandesa (e muito rara!)
    Raças

    Khao Manee: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de gato tailandesa (e muito rara!)

    O Khao Manee tem um grande potencial para ser um dos grandes queridinhos entre os apaixonados por gatos. Com olhos de cores marcantes e pelo branquinho, o felino desta raça possui uma aparência rara que chama atenção e é uma ótima companhia para qualquer família. De origem tailandesa, esse gatinho é super amigável e ama estar ao lado dos seus humanos - e até mesmo de outros animais. Para conhecer mais a fundo o gato Khao Manee, o Patas da Casa separou as principais informações sobre esse bichano incrível. Dá uma olhada!

    Boiadeiro de Berna ou Bernese Mountain: tudo o que você precisa saber sobre a raça porte grande
    Grandes

    Boiadeiro de Berna ou Bernese Mountain: tudo o que você precisa saber sobre a raça porte grande

    Se você está pensando em comprar ou adotar um cachorro de raça, precisa conhecer o Bernese Mountain. Esse cãozinho, que também é chamado de Boiadeiro de Berna e Boiadeiro Bernês, tem uma personalidade cativante e que consegue encantar a todos. Ele adora estar perto da sua família, é bastante leal e não é muito agitado como outras raças. Por isso, é um ótimo animal para te acompanhar em diversos momentos do dia a dia. 

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno

    Para quem procura por raças de cachorro pequeno, o Pequinês pode ser a companhia perfeita. Além de se adaptar muito bem a apartamentos e outros espaços reduzidos, esse pequeno cãozinho é dotado de uma personalidade carinhosa, amigável e extremamente leal aos seus humanos. Apesar da baixa estatura, o cachorro Pequinês também é super corajoso, e uma das maiores provas de que tamanho não é documento. 

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande

    Você já ouviu falar no Dogo Argentino? Essa é uma raça de cachorro que teve origem em um país vizinho ao nosso, a Argentina. Embora pareçam sérios, os cães desta raça são uns amores e têm tudo para te conquistar, principalmente se o que você procura é um amigo de quatro patas bem leal e parceiro. Mas antes de comprar ou adotar um cachorro desta raça, que tal conhecê-lo um pouco mais a fundo? 

    Ver Todas >

    Saluki: 10 coisas que você precisa saber sobre a raça de cachorro grande
    Adote um animal

    Saluki: 10 coisas que você precisa saber sobre a raça de cachorro grande

    O cachorro Saluki não é uma das raças mais conhecidas aqui no Brasil, mas é um cãozinho que definitivamente merece destaque. Com um corpo esbelto e atlético, o Saluki é uma ótima companhia para diversos momentos, desde que ele tenha um espaço apropriado para gastar toda a sua energia. Além disso, cuidados com a rotina e a saúde do cachorro também exigem certa atenção por parte do tutor. 

    Como ajudar uma ong de animais? Veja algumas dicas!
    Adote um animal

    Como ajudar uma ong de animais? Veja algumas dicas!

    As ongs são instituições que fazem um trabalho de conscientização e apoio a causas específicas. As ongs focadas na causa animal ajudam os bichinhos abandonados, vítimas de maus-tratos e que precisam de um lar. Esse trabalho tem um elevado custo e, por isso, essas organizações precisam da ajuda financeira para tudo, da alimentação dos pets até a manutenção do abrigo. Mas você sabia que você pode ajudar ongs de animais de outras formas além do dinheiro? 

    Gato frajola: tutores compartilham histórias com esses gatinhos que são puro amor
    Adote um animal

    Gato frajola: tutores compartilham histórias com esses gatinhos que são puro amor

    O gato frajola não é uma raça de gato. Na verdade, esse curioso nome se refere ao padrão de pelagem de gato preto e branco ou cinza e branco. Poucas pessoas sabem que a cor da pelagem pode ter relação com as características comportamentais do bichano - e isso já foi comprovado por diversos estudos -, então na hora de adotar um felino, isso também pode ser levado em conta. E não dá para negar que o gato branco e preto é apaixonante. 

    Gato Birmanês: conheça todas as características desse adorável felino
    Adote um animal

    Gato Birmanês: conheça todas as características desse adorável felino

    O Birmanês, que também é conhecido como gato Sagrado da Birmânia, é um animal super dócil e elegante que tem muita história para contar. O gato da Birmânia é descendente de animais que eram venerados como deuses entre o século XV e XVI nos templos budistas do sudeste asiático. Muito sensível, a raça de gato é conhecida pelo companheirismo, já que se apega facilmente à família humana. O gato Birmanês gosta de explorar e é curioso, mas diferente dos outros gatos, ele gosta da estabilidade do chão e não gosta muito de altura.

    Ver Todas >