Alimentação

Verduras e legumes para cachorro: 15 opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!

Verduras e legumes para cachorro: saiba quais vegetais você pode oferecer ao seu animalzinho sem nenhum perigo!
Verduras e legumes para cachorro: saiba quais vegetais você pode oferecer ao seu animalzinho sem nenhum perigo!

Muitos tutores questionam se podem oferecer legumes para cachorro. A resposta é sim! Além de ser muito saudável, esse tipo de alimento ajuda a abrir e instigar o apetite dos caninos, podendo ser oferecidos como petiscos e até recompensas. Mesmo se alimentando de ração diariamente, não há uma restrição que impede o cão de comer alimentos gostosos por fora, como vegetais e frutas variadas. O importante é que o tutor respeite a saúde do cachorro e ofereça com moderação, é claro - lembrando que sempre vale conversar com o veterinário antes de qualquer decisão.

O Patas da Casa separou as principais verduras e legumes que cachorro pode comer. O ideal é que os alimentos sejam cozidos para facilitar a mastigação, ainda que alguns possam ser oferecidos crus. A próxima lista do supermercado ou feira já pode contar com mais alguns itens. O seu cãozinho vai adorar!

Legumes que cachorro pode comer 

  • Abóbora: rica em fibras e proteínas, a abóbora ajuda a evitar a prisão de ventre. Contudo, precisa ser oferecida sempre cozida, sem a casca e a semente;

  • Abobrinha: esse legume é rico em betacaroteno e traz benefícios para visão, pele e também para o pelo do animal. Deve ser oferecido cozido e não há necessidade de desprezar a casca, já que essa parte é rica em fibras e é uma ótima alternativa para complementar o tratamento de problemas intestinais;

  • Batata Doce: para oferecer ao seu cão algum tipo de batata, é recomendado investir na doce. Além de possuir as vitaminas A, B e C, auxilia na manutenção de problemas respiratórios e também fortalece os dentes e gengivas dos cães; 

  • Beterraba: precisa ser oferecida cozida e sem a casca, mas existem cães que são alucinados por esse legume e acabam até comendo cru. A beterraba auxilia na visão, possui as vitaminas A e B6 e também ajuda a prevenir a diabetes canina;

  • Brócolis: é rico em cálcio, ferro e potássio, além de ter as vitaminas A, B1, B2, B6 e C. Precisa sempre ser oferecido cozido para evitar gases; 

  • Cenoura: os cães costumam amar cenoura, seja ela crua ou cozida - pode ser oferecida das duas formas sem nenhum problema. A cenoura é fonte de vitamina A, C e K, além de ser antioxidante, rica em potássio e boa para auxiliar na digestão;

  • Chuchu: esse legume é rico em cálcio, ferro e fósforo, além de possuir as vitaminas A e C. Por auxiliar na digestão, deve ser oferecido cozido, pois é mais saboroso para os pets;

  • Couve-Flor: assim como o brócolis, a couve-flor deve ser oferecida cozida. É rica em vitaminas A, B1, B2, B5 e C. Esse vegetal ajuda a controlar doenças relacionadas ao envelhecimento e gera sensação de saciedade, além de combater e prevenir células cancerígenas;

  • Pimentões: podem ser oferecidos de todas as cores: amarelo, vermelho ou verde. Porém, o amarelo e o vermelho costumam ter um gosto mais agradável e desejado pelos cães. Os pimentões são ricos em vitamina A e C, fibras, previnem a hipertensão, problemas respiratórios e auxiliam na visão. Devem ser oferecidos sem as sementes!

  • Quiabo: é uma verdura rica em cálcio, além de ter as vitaminas A, B1 e C. Auxilia no trato intestinal por causa das fibras e proteínas. Deve ser oferecido cozido.

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
    Legumes que cachorro pode comer: desde que seja oferecido com moderação, todo cãozinho pode se deliciar com esses alimentos!
    Legumes que cachorro pode comer: desde que seja oferecido com moderação, todo cãozinho pode se deliciar com esses alimentos!

    Mais Lidas

    Cachorro pode comer banana? Descubra os benefícios da fruta e como inserir na alimentação do seu peludo!
    Alimentação animal

    Cachorro pode comer banana? Descubra os benefícios da fruta e como inserir na alimentação do seu peludo!

    As frutas para cachorro são ótimas opções de petiscos para agradar o seu amigo de quatro patas. Os pets podem sim tirar proveito da ingestão de determinadas frutas que são liberadas e não fazem mal. Mas afinal, cachorro pode comer banana? Quais os benefícios dessa fruta para cachorros? Qual a quantidade correta? Posso fazer um petisco para cachorro com esses alimentos? Veja as respostas para todas essas dúvidas!

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção
    Alimentação animal

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção

    Cuidar da alimentação do gato é dever de todo tutor, e para isso é importante saber o que o animal pode ou não comer. Além das tradicionais rações para gatos, algumas pessoas também gostam de oferecer outras opções de comida para o seu bichano e procuram alternativas mais naturais, como frutas e legumes. Porém, por mais saudáveis que esses alimentos sejam para os humanos, é importante ter em mente que o organismo dos felinos não funciona da mesma maneira que o nosso e algumas frutas para gatos, por exemplo, podem fazer mal ao seu amigo de quatro patas. Para sanar todas as dúvidas sobre o assunto, confira as frutas que gatos podem comer a seguir!

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Alimentação animal

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
    Alimentação animal

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

    Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

    Verduras para cachorro: saiba como as plantinhas podem auxiliar a saúde do seu pet!

    • Agrião: é uma hortaliça rica em vitamina C, sais minerais e ferro. Fortalece a imunidade, auxilia o cérebro, e faz bem ao coração. Não há necessidade de desprezar o cabo; 

    • Alface: rica em ferro, é antioxidante, fonte de cálcio e vitamina A. Auxilia na manutenção dos ossos e do trato intestinal. Deve ser oferecido cru, porém bem lavado; 

    • Espinafre: assim como no desenho, o espinafre é uma hortaliça essencial para garantir força. É rico em ferro, cálcio, fósforo, vitamina A e algumas vitaminas do complexo B. Auxilia na visão, é antioxidante e previne as células cancerígenas. O espinafre pode ser oferecido após ser cozido no vapor;  

    • Manjericão: além de combater inflamações e ser essencial para prevenir infecções respiratórias, o manjericão é uma verdura que auxilia na manutenção do fígado dos animais. Possui as vitaminas A, C e K;

    • Salsa: a salsa pode ser servida crua ou cozida. É uma fonte importante de vitaminas A, B1, B2, C e D.

    Legumes e verduras não recomendados: 

    • Milho: nenhum grão é recomendado para cães, mas o milho tem o potencial de causar alergias nos peludos;

    • Soja: apesar de ser um ingrediente muito presente na ração, a soja pura não é recomendada aos cães - eles não possuem no estômago uma maneira de processar e digerir bem essa proteína. Com isso, podem ter problemas intestinais, como gases e prisão de ventre, além de alergias. Em todo o caso, é melhor evitar. 

    Por fim, cachorro pode comer legumes e verduras, mas tudo precisa ser oferecido com moderação, pois todo excesso pode ocasionar problemas. Esses alimentos não devem ser misturados com a ração, mas sim oferecidos esporadicamente como um petisco. Já no caso da alimentação natural para cães, esses legumes e verduras podem ser oferecidos junto com a refeição (em todo caso, essa dieta precisa ser planejada e acompanhada por um veterinário especialista em nutrição).

    Redação: Júlia Cruz

    Como escolher o melhor comedouro de cachorro a partir do comportamento dele?

    Próxima matéria

    Como escolher o melhor comedouro de cachorro a partir do comportamento dele?

    Papillon: cachorro da raça é calmo ou agitado? Conheça o temperamento e outras características do cãozinho
    Pequenos

    Papillon: cachorro da raça é calmo ou agitado? Conheça o temperamento e outras características do cãozinho

    Para quem gosta de cachorros pequenos, o Papillon pode ser a companhia ideal. A raça pode até não ser uma das mais populares aqui no Brasil, mas a verdade é que esse cãozinho tem todas as qualidades que procuramos em um cachorro. Além de não ocupar um espaço muito grande, o Papillon - filhote ou não - é um parceiro muito leal, dócil e amoroso. 

    Cama para cachorro: iglu, almofadão, de madeira ou pneu: conheça as opções e escolha a melhor para seu pet
    Cuidados

    Cama para cachorro: iglu, almofadão, de madeira ou pneu: conheça as opções e escolha a melhor para seu pet

    Hoje existe uma variedade enorme no mercado e isso acaba deixando as pessoas bastante confusas e indecisas na hora de decidir qual a melhor opção. “Qual o tamanho ideal de cama para cachorro grande?”, “Meu cachorro é friorento, qual o tipo de cama mais quentinha” ou “Qual o modelo de caminha mais prático para lavar?” são algumas das dúvidas comuns aos pais de pet. Para essas e outras respostas, dá uma olhada aqui embaixo nas nossas dicas!

    Cachorro pequeno ou grande? Afinal, o tamanho importa na hora de adotar ou comprar um cãozinho?
    Adoção

    Cachorro pequeno ou grande? Afinal, o tamanho importa na hora de adotar ou comprar um cãozinho?

    Só quem tem um cachorro sabe como a simples companhia desses animais é capaz de mudar o nosso dia para melhor. Mas como escolher um amigo de quatro patas no meio de tantos outros bichinhos? Bom, antes de ter um cachorro, o tutor geralmente leva em consideração diferentes aspectos, como a raça, a cor dos pelos ou o porte do animal. O tamanho de cachorro, aliás, acaba sendo um dos critérios mais relevantes na hora de fazer essa escolha. 

    Nomes de cachorro fêmea: listamos 100 opções para você nomear a sua cadela
    Adoção

    Nomes de cachorro fêmea: listamos 100 opções para você nomear a sua cadela

    Ninguém pode negar: dar as boas vindas a um cachorro em casa é sempre sinônimo de alegria. Junto com a chegada do novo membro da família, surge sempre uma dúvida: qual nome escolher? Quando se trata de cachorro fêmea, é comum que os nomes mais fofos e meigos sejam os preferidos entre os tutores. Mas, a verdade é que, existe uma série de opções de apelidos para cadelas, desde os mais comuns aos mais excêntricos. Para te ajudar a tomar essa decisão, o Patas da Casa reuniu 100 sugestões de nomes para chamar a sua nova companheira.

    Ver Todas >

    Gato pode comer ovo? Descubra se o alimento é liberado ou não!
    Alimentação animal

    Gato pode comer ovo? Descubra se o alimento é liberado ou não!

    Quando o assunto é alimentação dos gatos, é comum que os tutores tenham dúvidas sobre o que pode ou não fazer parte da dieta do bichano. Afinal, ter em mente quais são os alimentos liberados para os felinos é fundamental antes de sair oferecendo qualquer tipo de comida ao seu pet, como o ovo. Assim como os cães, existem alguns felinos que são simplesmente apaixonados pelo alimento, enquanto outros não dão a mínima.

    Armazenar a ração de cachorro do jeito errado favorece a infestação de insetos?
    Alimentação animal

    Armazenar a ração de cachorro do jeito errado favorece a infestação de insetos?

    Cuidar da alimentação do cachorro vai muito além de escolher a melhor ração para o seu amigo de quatro patas, e inclui também saber guardar o alimento direitinho para evitar qualquer tipo de problema. O que poucas pessoas sabem - e percebem - é que a ração para cães favorece bastante a infestação de insetos e parasitas se for armazenada de forma incorreta. Outros fatores que influenciam nesse processo são a exposição do alimento ao sol e umidade. 

    Cachorro não quer comer? Veja o que fazer quando o animal enjoar da ração
    Alimentação animal

    Cachorro não quer comer? Veja o que fazer quando o animal enjoar da ração

    Geralmente, não é difícil agradar o paladar canino. Com a fama de comilões, os cachorros não costumam dar muito trabalho na hora de se alimentar e dificilmente dispensam uma boa refeição. Mas às vezes pode acontecer do doguinho enjoar da ração e, nesses casos, cuidar da alimentação do cachorro se torna um verdadeiro desafio. Então, o que fazer quando o cachorro não quer comer?

    Alimentação do cachorro idoso: a ração úmida ajuda a abrir o apetite?
    Alimentação animal

    Alimentação do cachorro idoso: a ração úmida ajuda a abrir o apetite?

    Conforme a velhice se aproxima, cuidar da alimentação do cachorro se torna ainda mais importante para manter o bichinho saudável. Com um nível de energia diferente, o cachorro idoso precisa consumir uma quantidade menor de carboidratos para evitar problemas de saúde, como a obesidade canina. Mesmo que a ração sênior seja formulada para atender as necessidades nutricionais dessa fase da vida, o cãozinho pode rejeitar o alimento por diversos motivos, incluindo a textura, já que os dentes ficam mais frágeis na velhice. 

    Ver Todas >