Os cinco sentidos dos animais domésticos sempre acabam sendo uma grande curiosidade para os pais de pets na convivência diária com o animal. Com os gatos, que quase sempre têm um olhar super marcante, todo mundo quer saber como funciona a visão noturna, já que ele é um mini leão. Com os cães, a dúvida permanece: afinal de contas, como os cachorros enxergam? Eles veem em preto e branco ou conseguem perceber as cores assim como os humanos? E a visão noturna, é tão boa quanto a dos gatos? Para esclarecer essa e outras dúvidas, nós reunimos aqui embaixo tudo o que você precisa saber sobre a visão dos cachorros: vem ver! 

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

Cachorro enxerga colorido ou em preto e branco?

Uma das principais dúvidas relacionadas a como cachorro enxerga tem a ver com a percepção de cores do animal. Por muito tempo se acreditou que eles enxergavam em preto e branco, mas não é bem por aí: os cachorros conseguem, sim, distinguir cores — mas não são todas elas. De forma geral, eles não enxergam vermelho, laranja, rosa e outras tonalidades mais quentes e vibrantes. Ao mostrar a ele um objeto que tenha uma dessas cores, seu amigo vai enxergar cinza — sim, o que mais chama mais a nossa atenção não tem o mesmo efeito com eles. 

As cores que os cães conseguem ver com mais facilidade são azul e amarelo, mas alguns tons de verde também acabam sendo distinguidos de forma mais simples. Por isso, sempre que você quiser chamar a atenção do animal para objetos como brinquedos, fique atento e escolha os que tenham cores que eles conseguem efetivamente, ver. 

A baixa percepção de cores na visão do cachorro é algo que acontece por causa da construção anatômica da retina deles. Assim como acontece com os olhos humanos e com o dos gatos, os cachorros têm estruturas chamadas cones na retina e elas são responsáveis pela percepção das luzes e cores. A quantidade de cones que eles têm é bem menor do que a nossa, ou seja: os cachorros não têm acesso à mesma gama de cores que nós temos (e isso nem faz tanta diferença assim para eles). 

olho do cachorro: cão olhando para a câmera

Cachorro enxerga no escuro, sim — e muito bem, por sinal

 

Enquanto os cones possibilitam a visão diurna nos cachorros, os bastonetes são as estruturas responsáveis pela percepção visual deles no escuro e eles têm isso em uma quantidade muito maior do que a nossa. Isso quer dizer que nossos amigos de quatro patas enxergam no escuro muito melhor do que uma pessoa que tem a visão perfeita. Com apenas 1/4 da luminosidade necessária para que humanos consigam enxergar alguma coisa, eles veem sem dificuldade — seu cachorro dificilmente bateria com o dedo mindinho nas quinas de móveis, por exemplo. Essa habilidade é necessária, principalmente, porque antes da domesticação a caça era uma das principais atividades dos cães

A visão periférica é uma das melhores partes de como o cachorro enxerga

Um outro elemento muito eficiente na forma como os cachorros enxergam é a visão periférica: como os olhos deles estão posicionados nas laterais da cabeça, em vez dos 180º de alcance comum aos humanos, eles podem chegar a 240º. Mesmo que enxerguem quase tudo, a nitidez do campo de visão do cachorro funciona melhor no centro: as imagens captadas e percebidas nas laterais costumam ser mais embaçadas que o normal. 

Na hora da caça, a vantagem da visão periférica eficiente do cachorro deve ser somada à alta capacidade de percepção de movimentos que eles têm. Mesmo com grande habilidade de focar e perceber diferentes objetos, seu cão só consegue ver com clareza mesmo até seis metros na sua frente. Porém, quando alguma coisa se mexe, ele consegue captar o movimento que acontecer a até 600 metros de onde estiver.

Redação: Ariel Cristina Borges