close
Sachê

Sachê para gatos: tudo o que você precisa saber sobre a ração úmida

Atualizado · 23 de fevereiro de 2022 · 15h35

Publicado · 17/08/2021 · 17h28

O sachê para gatos é um alimento completo que traz vários benefícios à saúde felina
O sachê para gatos é um alimento completo que traz vários benefícios à saúde felina

sachê para gatos é uma preferência da maioria dos felinos. Não interessa a idade: ao abrir um pacote ou latinha de sachê, gato filhote ou adulto sai correndo para se deliciar. O aroma da refeição é um atrativo até mesmo para os gatos mais exigentes. Esse alimento tão saboroso para os bichanos é um tipo de ração molhada para gatos que contém uma grande quantidade de água na composição. Mas afinal, como dar sachê para gatos na quantidade correta? Pode dar sachê para gato filhote? E qual o melhor: sachê para gatos ou ração comum? Para tirar essas e outras dúvidas sobre o mundo da comida úmida para gatos, o Patas da Casa conversou com a veterinária e diretora clínica do Grupo Vet Popular Caroline Mouco Moretti.

Patas da Casa: Quais as vantagens do sachê para gatos?

Caroline Mouco Moretti: A fonte principal de energia dos gatos é a proteína, algo presente na grande maioria das versões de sachê para gatos . A comida úmida para gatos também têm maior quantidade de água na sua composição e quanto maior for a ingestão de líquido melhor vai ser para o seu pleno funcionamento renal e para diminuir a formação de cálculos nos rins, dois problemas muito comuns à espécie. 

PC: Qual o melhor: sachê para gatos ou ração seca?

CMM: Os gatos são conhecidos por não terem o hábito de beber muita água e isso acaba desencadeando doenças do trato urinário. Pensando por esse lado, a ração molhada para gatos pode ser uma grande aliada, pois seu teor de umidade é de 80%, enquanto a ração seca possui apenas 10%. Com o sachê, gato tem menos chance de formação de cálculos urinários. Porém, não substitui, em sua totalidade, o nível nutricional que uma ração seca pode proporcionar. Ao mesmo tempo, o sachê de gato pode ter maior nível de gordura, o que, em larga escala, pode ser responsável por um quadro de obesidade no animal. A ingestão de ambos sob a indicação do médico veterinário é de grande valia. Tanto a comida úmida para gatos quanto a seca são muito importantes para o animal, porém achar a medida de cada uma é muito importante para tirarmos o máximo proveito do que cada uma tem a oferecer.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    O sachê para gatos é importante e benéfico por causa da quantidade de água em sua composição.
    O sachê para gatos é importante e benéfico por causa da quantidade de água em sua composição.

    Mais Lidas

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção
    Alimentação animal

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção

    Cuidar da alimentação do gato é dever de todo tutor, e para isso é importante saber o que o animal pode ou não comer. Além das tradicionais rações para gatos, algumas pessoas também gostam de oferecer outras opções de comida para o seu bichano e procuram alternativas mais naturais, como frutas e legumes. Porém, por mais saudáveis que esses alimentos sejam para os humanos, é importante ter em mente que o organismo dos felinos não funciona da mesma maneira que o nosso e algumas frutas para gatos, por exemplo, podem fazer mal ao seu amigo de quatro patas. Para sanar todas as dúvidas sobre o assunto, confira as frutas que gatos podem comer a seguir!

    Verduras e legumes para cachorro: opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!
    Alimentação animal

    Verduras e legumes para cachorro: opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!

    Quando o assunto é a alimentação de um pet, muitas dúvidas podem surgir: o que o cachorro não pode comer? cachorro pode comer couve? Pode dar brócolis para cachorro? Ou ainda se cachorro pode comer abobrinha? Muitos tutores questionam se podem oferecer verduras e legumes para cachorro. A resposta é sim! Além de serem muito saudáveis, esses tipos de alimentos ajudam a abrir e instigar o apetite dos caninos, podendo ser oferecidos como petiscos e até recompensas.

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
    Alimentação animal

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

    Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Alimentação animal

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    PC: Sachê para gatos - filhotes ou adultos - pode ser a única fonte de alimento?

    CMM: Algumas apresentações de latas/sachês de gato informam aos tutores que aquele produto se trata de um “alimento completo” e geralmente essas são mais bem balanceadas — esse é o melhor sachê para gatos em caso de troca completa da alimentação. Porém, essa mudança, quando julgada necessária, e não havendo fator limitante no animal, deve ser feita apenas após a análise do médico veterinário. Vale ressaltar, também, que a alimentação exclusiva com sachê de gato possui um aumento de custo considerável em comparação com as rações secas.

    PC: Dar apenas ração comum e não dar sachê para gatos faz mal ao pet?

    CMM: É importante estimular o pet a comer todos os tipos de texturas, sejam elas ração molhada para gatos ou seca, para que em eventuais tratamentos ou necessidades o seu animal esteja disposto a seguir as indicações do veterinário. A comida úmida para gatos chega mais perto da nutrição natural que o gato, sendo carnívoro, necessita. Além disso, o oferecimento exclusivo da ração seca diminui a ingestão de líquidos desse gato, ou seja: a ingestão de água do animal vai precisar ser muito mais efetiva. 

    PC: Qual a quantidade e quantos sachês por dia gato pode comer?

    CMM: O ideal é balancear. Não há uma regra geral para todos os gatos, já que há animais mais sedentários, que vivem livres, e, além disso, também há os portes e raças variáveis. Para saber a quantidade correta de sachê de gato de acordo com as necessidades nutricionais do seu gato, o melhor é consultar um médico veterinário de sua confiança: ele será o responsável por balancear e personalizar a dieta do seu felino.

    Redação: Ariel Cristina Borges e Maria Luísa Pimenta

    Publicada originalmente em: 24/10/2019

    Atualizada em: 17/08/2021

    Gato pode comer frango?

    Próxima matéria

    Gato pode comer frango?

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro
    Grandes

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro

    O Galgo Afegão, também chamado de Afghan Hound, é um cachorro originário do Oriente Médio com aparência exótica e charmosa, difícil de passar despercebido. O que poucas pessoas sabem é que, por trás da postura elegante e independente do cão Afegão, existe um ótimo companheiro de quatro patas, cheio de energia para gastar e amor para dar. Mas o que é necessário saber sobre essa raça de cachorro antes de comprar ou adotar um exemplar? Como é a personalidade do Afghan Hound e que cuidados são necessários com o cãozinho? 

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana
    Grandes

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana

    Um dos cãezinhos mais surpreendentes é o Cane Corso. Embora ele não seja tão popular quanto outras raças de cachorro grande, como o Labrador e o Golden Retriever, o Cane Corso é dono de um enorme coração e tem uma personalidade incrível. Algumas pessoas podem até se intimidar com o tamanho e a postura imponente do doguinho, mas só quem convive com um Cane Corso sabe como estes cães são adoráveis e carinhosos.

    Boiadeiro de Berna ou Bernese Mountain: tudo o que você precisa saber sobre a raça porte grande
    Grandes

    Boiadeiro de Berna ou Bernese Mountain: tudo o que você precisa saber sobre a raça porte grande

    O Bernese Mountain é um cachorro grande com um charme irresistível. No Brasil, ele também é conhecido como Boiadeiro de Berna, Boiadeiro Bernês ou apenas Bernese, para os íntimos. Embora não seja um dos mais populares, esse cãozinho tem várias qualidades: ele é muito ágil, atlético, companheiro e já foi muito utilizado como cão de pastoreio no passado. Como a raça Bernese surgiu na Suíça, também tem alta resistência às baixas temperaturas.

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno

    Para quem procura por raças de cachorro pequeno, o Pequinês pode ser a companhia perfeita. Além de se adaptar muito bem a apartamentos e outros espaços reduzidos, esse pequeno cãozinho é dotado de uma personalidade carinhosa, amigável e extremamente leal aos seus humanos. Apesar da baixa estatura, o cachorro Pequinês também é super corajoso, e uma das maiores provas de que tamanho não é documento. 

    Ver Todas >

    O que cachorro pode comer nas festas juninas?
    Alimentação animal

    O que cachorro pode comer nas festas juninas?

    É normal qualquer pai de pet se perguntar o que cachorro não pode comer, principalmente em datas comemorativas. Com a chegada do mês de junho, vem aí também uma das comemorações mais amadas pelos brasileiros: as festas juninas! Além de muitas brincadeiras, quadrilhas e roupas caipiras, uma boa festa junina precisa ter muitas comidas típicas. Pipoca, cachorro quente, milho, paçoca, canjica... entre outros pratos fazem a alegria do nosso povo. 

    Cachorro pode tomar suco de frutas?
    Alimentação animal

    Cachorro pode tomar suco de frutas?

    Existem diversas frutas que pode dar para cachorro comer no dia a dia. Super saudáveis, as frutas para cachorro - quando certas - trazem diversos benefícios nutricionais ao animal. Uma grande vantagem das frutas é que elas permitem uma enorme variedade de formas de uso, e uma das preferidas de todo mundo é o suco de fruta. Mas será que o cachorro pode tomar suco assim como nós? Na verdade, depende! O Patas da Casa te explica quando o suco para cachorro pode ser oferecido ao pet e quando deve ser evitado. Confira!

    Pode trocar a ração do gato com qual frequência?
    Alimentação animal

    Pode trocar a ração do gato com qual frequência?

    Assim como o cachorro enjoa de ração, o gato também pode enjoar e deixar de se alimentar direito por causa disso. Todo mundo sabe que não é exatamente fácil agradar o exigente e criterioso paladar felino, então pode ser que depois de um tempo comendo do mesmo alimento, o gatinho simplesmente fique enjoado e queira experimentar coisas novas. Por outro lado, saber como conduzir essa situação é extremamente importante para evitar um gato estressado com a troca repentina de comida ou apático. 

    Ração para gatos castrados: tudo sobre o alimento e como escolher a melhor para seu pet
    Alimentação animal

    Ração para gatos castrados: tudo sobre o alimento e como escolher a melhor para seu pet

    A ração para gato castrado é um cuidado essencial que se deve ter com o bichinho após a cirurgia. A castração do gato traz inúmeros benefícios ao animal, pois acaba com certos comportamentos (como saidinhas e marcação de território) e ainda evita algumas doenças, como o câncer de mama. Por outro lado, o animal tende a ganhar mais peso, o que pode ser prejudicial à sua saúde. É aí que entra a ração para gatos castrados, recomendada sempre que o animal passa pela cirurgia. 

    Ver Todas >