close
Castração

Roupa cirúrgica para gato ou colar elizabetano: entenda a diferença entre os dois acessórios

A roupa para gato castrado é uma das opções mais indicadas para o pós-operatório
A roupa para gato castrado é uma das opções mais indicadas para o pós-operatório

Você sabe qual a função da roupa pós-cirurgia? Gatos normalmente precisam do acessório para terem uma recuperação mais rápida depois de uma cirurgia como a castração de gato. Isso porque a roupa para gato castrado impede que animal mexa nos pontos, evitando infecções e outros problemas na incisão. Além da roupa cirúrgica, existem outros acessórios com o mesmo objetivo. O colar cirúrgico para gato é um dos mais comuns. Mas você sabe exatamente como eles funcionam? Ou qual dos dois é o mais indicado? Reunimos as principais diferenças entre o colar para gato castrado e a roupa cirúrgica para esclarecer essas e outras dúvidas.

Roupa cirúrgica: gato precisa usar em quais situações?

A roupa cirúrgica para gato é uma vestimenta especial que protege os ferimentos do bichano que está sendo tratado ou em fase de cicatrização. Justamente por isso, é comum que seu uso seja indicado no pós-operatório da castração de gato, quando o animal sente mais vontade de lamber e morder o local. Mas não é apenas após a castração que deve ser usada a roupa pós-cirurgia: gatos que estejam fazendo tratamentos com aplicação de pomadas e medicamentos de uso tópico também devem utilizar a vestimenta. Isso evita que o animal remova o remédio com as patas ou mesmo com a língua. Ainda que a roupa para gato castrado cubra todo o corpo do pet, há uma abertura para que ele consiga fazer suas necessidades sem dificuldades.

Existe uma dúvida comum no uso da roupa cirúrgica gato: quanto tempo usar? Na verdade, é o veterinário quem estipula a duração em cada caso mas, no geral, é utilizada por cerca de dez dias, quando a incisão da cirurgia cicatriza. Outro ponto importante a se levar em conta são as diferenças no uso entre macho e fêmea após castração. A roupa para gato castrado é muito indicada para fêmeas que fizeram a cirurgia, pois cobre exatamente a área do corte, na barriga. Porém, no macho funciona de u jeito diferente. Ao utilizar a roupa cirúrgica, gato macho continua com o corte exposto, pois ele é feito próximo à região do ânus, onde o acessório não chega. Por isso, o colar cirúrgico para gato macho geralmente é o mais indicado.

Colar para gato castrado: entenda como funciona o acessório

Assim como a roupa cirúrgica, o colar para gato após cirurgia também é uma boa saída para a boa recuperação após intervenções como a castração. Com o uso do colar elizabetano, gato tem o movimento da cabeça limitado, evitando que chegue até a região onde foi feita a incisão e consiga lamber ou morder os pontos. Ou seja: o risco de o animal abrir os pontos da cirurgia ou causar uma infecção no local são bem menores. O colar para gatos após cirurgia também é recomendado em outras situações, como para evitar que o animal mexa em feridas pelo corpo ou remova itens importantes no tratamento de alguma patologia - como sondas ou fraldas, comuns nos casos de infecção urinária em gatos.

Alguns cuidados são necessários ao usar o colar elizabetano. Gato precisa se sentir confortável com o acessório. Para isso, ele deve ter um tamanho adequado que não encoste no bigode do gato, pois as vibrissas são sensíveis e responsáveis pela noção de espaço do animal. 

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
    O colar cirúrgico para gato ajuda na recuperação de diversos problemas de saúde
    O colar cirúrgico para gato ajuda na recuperação de diversos problemas de saúde

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Roupa para gato castrado ou colar elizabetano: qual a diferença entre os dois produtos?

    Seja roupa cirúrgica ou colar elizabetano para gato, o objetivo é o mesmo: proteger regiões específicas do corpo do animal e facilitar a recuperação de algum problema de saúde. A diferença está na forma que isso é feito. No caso da roupa para gato castrado, a proteção acontece diretamente no local do ponto. Já no colar para gato castrado, a cabeça do animal é impedida de chegar até o local do ponto, com a restrição de seus movimentos. Algumas questões podem ser levadas em conta na hora de escolher entre o colar e a roupa cirúrgica. Gato macho, como explicado, tem melhores resultados com o colar.

    Mas, além da questão envolvendo o sexo do felino, a escolha pode variar de acordo com a personalidade do animal. O colar cirúrgico para gato com temperamento estressado pode gerar incômodo por conta da desorientação que o acessório pode causar. Por isso, nesses casos, a roupa de gato pós-cirúrgica pode ser a melhor opção. Além disso, preço é outro fator que pode influenciar a decisão. O valor do colar para gato castrado varia entre R$10 e R$90, dependendo do material, tamanho e qualidade do produto. Já a roupa cirúrgica para gato pode custar até R$75, com modelos mais baratos em torno dos R$30. Por isso, antes de escolher a roupa cirúrgica ou colar para gato, é importante pesquisar bastante e, se possível, pedir indicações para o veterinário. 

    Seu gato não anda com roupa cirúrgica? Veja algumas dicas de adaptação

    Cuidar de gato é como cuidar de um filho e, por isso, queremos sempre garantir o melhor. Assim, é normal ter algumas dúvidas sobre a adaptação do animal à roupa cirúrgica ou colar elizabetano. Gatos normalmente estranham qualquer coisa diferente no corpo. Mas, com o tempo, se acostuma. Se você comprou uma roupa cirúrgica para gato, como fazer com que ele se sinta confortável? Antes de tudo, é necessário escolher uma opção de tamanho adequado, que fique justa, mas sem prender demais o animal. Além disso, é preciso vestir o acessório da maneira certa. Uma dica de como colocar roupa cirúrgica em gato de forma confortável e eficiente, é ter bastante calma para não deixar o pet agitado. Quando isso acontece, ele pode se mexer muito, dificultando o processo.

    A maioria dos modelos vêm com zíper, sendo assim mais tranquilo vestir o animal. Se você reparar que o gato não anda com roupa cirúrgica, fique atento a possíveis problemas. Primeiro, verifique se a vestimenta está justa ou larga demais, dificultando seus movimentos e causando problemas de locomoção. Caso esse não seja o problema, verifique se os pontos estão machucados ou inflamados. Em caso de alguma alteração, leve o pet ao veterinário. 

    Redação: Úrsula Gomes e Maria Luísa Pimenta

    Publicada originalmente em: 19/08/2020

    Atualizada em: 17/08/2021

    Qual o uso correto da coleira para leishmaniose?

    Próxima matéria

    Qual o uso correto da coleira para leishmaniose?

    Roupa cirúrgica para cachorro ou colar elizabetano depois da castração? Entenda as diferenças de cada opção
    Castração

    Roupa cirúrgica para cachorro ou colar elizabetano depois da castração? Entenda as diferenças de cada opção

    A castração de cachorro é um procedimento cirúrgico indicado para evitar a reprodução indesejada e prevenir várias doenças no seu amigo de quatro patas. Embora não seja uma técnica muito complicada de ser feita, a castração, assim como em qualquer outra cirurgia, também requer alguns cuidados tanto antes quanto no pós-operatório. Dentre uma das medidas necessárias, está o uso de roupa cirúrgica para cachorro ou do colar elizabetano, acessório que evita que o animal mexa nos pontos da cirurgia. Mas afinal, qual dessas opções é a mais recomendada e por que? Veja em que casos cada uma pode ser indicada!

    Roupa para gato: saiba quando e como usar o acessório
    Cuidados

    Roupa para gato: saiba quando e como usar o acessório

    Roupa para gato não é um acessório muito comum quando falamos dos felinos. Quando pensamos em roupinhas para animais, já associamos esse acessório aos cães, não é mesmo?! A verdade é que a roupa de gato pode ser um aliado para aquecer os bichanos em temporadas mais frias ou se você mora em algum lugar que normalmente tem a temperatura mais baixa - outras pessoas usam, ainda, por pura diversão. Alguns gatos podem amar usar roupa e outros nem tanto, então é importante observar como ele reage ao acessório e se vale ou não investir em mais tentativas ou uma associação positiva. Veja abaixo os modelos mais comuns de roupa para gato e qual combina mais com o seu bichano.

    Qual a diferença nutricional entre ração para raças pequenas e grandes?
    Ração

    Qual a diferença nutricional entre ração para raças pequenas e grandes?

    Todo mundo sabe que os cuidados com a alimentação do cachorro são fundamentais para manter a saúde do animal em dia. No entanto, o que poucas pessoas compreendem é que existem diferentes tipos de ração para cachorro e que todas elas são específicas para determinada fase da vida do animal e também levando em consideração o seu porte físico. Sim, é isso mesmo: o porte do animal também influencia na escolha da ração. Isto acontece porque uma ração para cachorro pequeno apresenta algumas diferenças nutricionais se comparada a uma ração para cachorro grande, e vice-versa; o que pode prejudicar a saúde do seu pet se for consumida de maneira inadequada. Para tirar as principais dúvidas sobre o assunto, o Patas da Casa preparou uma matéria com várias informações sobre isso. Veja a seguir!

    Diabetes em gatos: entenda os perigos e como prevenir a doença!
    Saúde

    Diabetes em gatos: entenda os perigos e como prevenir a doença!

    A diabetes é muito comum entre os humanos, mas você sabia que os felinos também podem sofrer com a doença? A diabetes em gatos é uma doença grave e capaz de atrapalhar a qualidade de vida do felino em vários níveis se não for tratada corretamente. A patologia requer acompanhamento médico, tratamento constante e, muitas vezes, aplicação de insulina diariamente. É um caso específico de endocrinologia, que requer atenção para não prejudicar mais ainda a saúde do animal, principalmente se ele for um gato obeso. Para tirar todas as dúvidas sobre o assunto e aprender a cuidar de gato com a doença, nós conversamos com o médico veterinário Rafael Cunha, do Rio de Janeiro!

    Ver Todas >

    Outubro rosa pet: tudo que você precisa saber sobre o câncer de mama em cadelas e gatas
    Saúde animal

    Outubro rosa pet: tudo que você precisa saber sobre o câncer de mama em cadelas e gatas

    Assim como a campanha internacional com humanos, o Outubro Rosa Pet é uma oportunidade para conscientizar os tutores sobre a prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama em cães e gatos. Esse é um problema mais comum do que se imagina no universo animal. Por isso, a observação constante e a prevenção devem fazer parte da rotina de todo pai ou mãe de pet, principalmente no caso de fêmeas.

    Piodermite canina: 10 perguntas e respostas sobre a doença que atinge a pele do cachorro
    Saúde animal

    Piodermite canina: 10 perguntas e respostas sobre a doença que atinge a pele do cachorro

    A piodermite canina é uma das doenças de pele que podem atingir os cães, deixando-o com muita coceira e bastante desconfortável. Podendo ter inúmeras causas, a piodermite está relacionada ao sistema imunológico do animal e significa que a saúde do pet está debilitada. Apesar de comum, a piodermite em cães ainda gera muitas dúvidas nos pais e mães de pet, que não sabem muito bem como perceber os sintomas, o que causou a doença e como podem tratá-la. O Patas da Casa separou 10 perguntas e respostas sobre a piodermite em cachorro para acabar com qualquer questão que você possa ter sobre essa doença. Confira!

    Dirofilariose canina: saiba mais sobre o verme do coração que atinge os cães
    Saúde animal

    Dirofilariose canina: saiba mais sobre o verme do coração que atinge os cães

    A dirofilariose canina é uma doença silenciosa que pode afetar gravemente a saúde dos pets. Conhecida popularmente como a patologia do verme do coração, a transmissão da doença acontece por meio de uma simples picada de mosquito e pode levar o cachorro a óbito de maneira repentina. Para lidar com a dirofilariose, todo cuidado é pouco! 

    Fluidoterapia em gatos: tudo que você precisa saber sobre o tratamento usado em gatos renais crônicos
    Saúde animal

    Fluidoterapia em gatos: tudo que você precisa saber sobre o tratamento usado em gatos renais crônicos

    Você já ouviu falar em fluidoterapia em gatos? Muito comum em casos de insuficiência renal em gatos, a fluidoterapia em felinos é um tratamento de suporte que promove a hidratação do animal. É um procedimento versátil que pode ser aplicado de diversas maneiras e com fluidos específicos para cada situação. Para tirar todas as dúvidas sobre a fluidoterapia em gatos, o Patas da Casa conversou com a veterinária especialista em gato e dona do Diário Felino Jéssica de Andrade.

    Ver Todas >