Gato

Colar elizabetano para gatos: qual o melhor modelo?

Publicado - 30 Junho 2022 - 12h42

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

O colar elizabetano para gatos é um acessório fundamental durante o tratamento de uma ferida que está em processo de cicatrização. Muito usado após cirurgias de castração de gato, o colar impede que o bichano fique lambendo ou mordendo a região que está com curativos - comportamentos que, além de deixar o ferimento exposto, atrasam a recuperação. O acessório é muito usado em gatos - e também em cães - mas por conta de seu formato de cone, pode parecer bastante incômodo. Felizmente, existem diferentes modelos de colar elizabetano! O gato deve usar aquele mais adequado à sua situação, garantindo eficiência e conforto. Quer conhecer os tipos de colar elizabetano para gatos que existem? Confira!

Colar elizabetano para gatos de plástico: versão mais tradicional é muito resistente

O colar elizabetano para gatos de plástico é, provavelmente, a versão mais conhecida do acessório. Sua maior qualidade é a alta resistência. Por conta disso, é muito indicado para aqueles gatos mais agitados que ficam tentando remover o acessório e lamber as feridas na pele o tempo inteiro. Outra vantagem é que, por ser resistente, evita que o pet acabe batendo em paredes e outros objetos que ficam fora do campo de visão por conta do acessório. Apesar desse colar para gato ser de plástico, a maioria dos modelos tem uma borda de borracha, o que permite o contato do animal com o acessório sem risco de machucar. Esse colar elizabetano para gatos também costuma ser mais barato, podendo ser encontrado na faixa dos R$15 a R$ 20.

Colar elizabetano de gato: tecido garante mais mobilidade e conforto

No caso do colar elizabetano gato de tecido, a maior vantagem é a mobilidade. Com esse colar elizabetano, o gato consegue se movimentar melhor do que com a versão em plástico, uma vez que seu material é maleável. Além disso, é o modelo mais confortável para o animal. Por outro lado, o colar elizabetano para gato de tecido é menos resistente e não impede que o bichano se machuque esbarrando em paredes. Ele também não é muito indicado caso seu pet seja mais agitado, já que o gatinho pode acabar removendo o acessório com facilidade. O colar elizabetano gato tecido fica na faixa de R$ 80, mas é possível encontrar opções mais baratas.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Colar elizabetano flexível para gatos de espuma: seu preenchimento amortece impactos

O colar elizabetano flexível para gatos de espuma é outra opção para quem quer mais mobilidade. Ele parece bastante o colar elizabetano para gatos de tecido, com a diferença que possui um preenchimento de espuma que ajuda a amortecer possíveis esbarrões. Além disso, o colar elizabetano flexível para gatos de espuma também oferece grande conforto ao bichano. O produto custa cerca de R$ 40.

Colar para gato inflável: parece uma almofada e não afeta o campo de visão

Uma versão diferente de colar para gato é o inflável. Ele lembra aquele tipo de almofada de pescoço usada em viagens. Muito macia e confortável, a maior vantagem do colar elizabetano para gatos inflável é o fato de não afetar seu campo de visão. Como fica apenas no entorno do pescoço, permite que o bichano enxergue sem problemas tudo ao seu redor. Porém, não é em qualquer situação que se pode usar esse colar elizabetano. O gato não fica com o corpo completamente protegido usando esse modelo, que fica só no entorno do pescoço. Por isso, dependendo do local onde se encontra o ferimento cicatrizando, a proteção pode não ser muito eficiente, já que o pet pode acabar alcançando. Como se trata de um colar elizabetano para gatos inflável, macio e que traz a grande vantagem de não prejudicar a visão do gato, é um pouco mais caro, ficando em torno de R$100. 

 

O colar para gato de plástico é o mais resistenteO colar elizabetano para gatos de tecido garante maior mobilidade ao bichanoO colar elizabetano flexível para gatos de espuma combina mobilidade com resistênciaO colar para gato inflável permite que o campo de visão do animal fique intacto

 

Cuidados com o colar elizabetano: gato precisa usar um tamanho compatível ao seu

 

Independentemente do tipo de colar elizabetano, gato precisa estar confortável com o acessório. Para isso, é preciso escolher o tamanho adequado ao seu bichano. Todos os modelos de colar para gato são vendidos em tamanhos diferentes, então atenção às especificações. É fundamental que o objeto não encoste no bigode do gato. Essa parte do corpo é sensível e são as vibrissas do gato que dão a noção de espaço do animal. Como sua visão já fica levemente prejudicada com o uso do colar elizabetano, o gato precisa mais do que nunca de suas vibrissas livres. 

Colar elizabetano: gato deve usar o acessório por quanto tempo?

Seja um colar elizabetano flexível para gatos ou a versão em plástico, a verdade é que o gatinho pode ficar sim um pouco desconfortável com o acessório, principalmente no início. Por isso, é comum que todo tutor fique com a dúvida: quanto tempo o gato deve usar o colar elizabetano? A resposta é: depende. O colar para felinos só é usado durante o tratamento de alguma ferida ou recuperação de algum procedimento, como a cirurgia de castração de gatos. O acessório deve ser mantido até que o veterinário dê alta. Esse período, porém, é incerto, uma vez que cada caso é um caso. Depende da resposta ao tratamento, do tipo de ferimento, do remédio usado no local, da cirurgia que foi feita… Por isso, somente o veterinário pode afirmar quanto tempo o gato deve usar o colar elizabetano. 

Redação: Maria Luísa Pimenta

Publicada em: 26/04/2022

Atualizada em: 30/06/2022

 

Gato não acredita no que vê quando percebe que seus humanos arrumaram um jeito de vigiar sua intimidade

A câmera para monitorar pet é um ótimo investimento para os tutores que passam muito tempo fora de casa, mas estão sempre preocupado...

Por que os gatos saem correndo depois de usar a caixa de areia? Um dos motivos pode ter a ver com instinto selvagem

Bastante higiênicos, os felinos se acostumam desde cedo a usar a caixa de areia para gatos. Para eles, é algo totalmente natural e q...

Comportamento

Já ouviu falar no reflexo de Flehmen? O gato respirando de boca aberta pode apenas estar tentando sentir melhor os cheiros

Ver um gato respirando de boca aberta pode ser mais comum do que a gente imagina. E, ao contrário do que muitas pessoas pensam, nem ...

Comportamento

Gato reage de jeito engraçado aos cheiros que não gosta - e explicação tem a ver com um sentido poderoso da espécie

Você sabia que um cheiro que gato não gosta pode desencadear reações bem inusitadas nos felinos? Isso acontece porque o olfato dos g...

Faz mal dar calmante para cachorro? O vet do meu cãozinho disse que somente nessas situações é recomendado o uso

Você já se perguntou em algum momento se pode dar calmante para cachorro? Tem tutores que procuram o medicamento para lidar com o co...

Gato não acredita no que vê quando percebe que seus humanos arrumaram um jeito de vigiar sua intimidade

A câmera para monitorar pet é um ótimo investimento para os tutores que passam muito tempo fora de casa, mas estão sempre preocupado...

Por que os gatos saem correndo depois de usar a caixa de areia? Um dos motivos pode ter a ver com instinto selvagem

Bastante higiênicos, os felinos se acostumam desde cedo a usar a caixa de areia para gatos. Para eles, é algo totalmente natural e q...

O que acontece se um cachorro grande cruzar com uma cadela pequena?

O cruzamento de cachorro faz parte do comportamento natural e instintivo desses animais. Os machos estão sempre prontos e disponívei...

Ver todas