O carrapato é um grande problema na vida de pais e mães de pet. O parasita é muito pequeno, mas causa um incômodo gigantesco no cão e ainda pode transmitir diversos problemas de saúde. A doença do carrapato é extremamente grave e afeta todo o organismo do animal. Seja um carrapato estrela, carrapato marrom ou qualquer outro dos inúmeros tipos que circulam por aí, uma coisa é certa: esse parasita externo é extremamente resistente. O motivo para isso está no tempo de vida do carrapato. O aracnídeo surpreende por ser bastante auto suficiente e sobreviver por bastante tempo mesmo com poucas condições de vida.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

Mas afinal, quanto tempo vive um carrapato? O Patas da Casa te explica tudo sobre o ciclo de vida desse parasita, tanto dentro como fora do corpo do hospedeiro, além de dar dicas de como acabar com o carrapato em casa. Confira!

Conheça melhor o ciclo de vida do carrapato

O carrapato é um aracnídeo ectoparasita, ou seja, precisa parasitar outros seres vivos para sobreviver. Além disso, ele se alimenta apenas de sangue, substância que consegue ao parasitar outro animal. Existem diferentes tipos de carrapato, como o carrapato-estrela e o carrapato marrom. Durante todo seu ciclo de vida, o aracnídeo passa por diferentes fases e em cada uma delas tem um hospedeiro diferente.

A fêmea do carrapato se aloja em um hospedeiro (normalmente um cachorro) e suga seu sangue. Depois, ela retorna ao ambiente e coloca os ovos (um carrapato pode colocar até 5.000 ovos de uma vez). Após 60 dias, nascem as larvas, que são os filhotes de carrapato. A larva busca seu primeiro hospedeiro e passa a sugar seu sangue. Depois, retorna ao ambiente e se transforma em ninfa, que seria uma larva mais desenvolvida. Então, a ninfa sobe em outro hospedeiro e também se alimenta do seu sangue. Por fim, a ninfa retorna ao ambiente e finalmente se transforma no carrapato que conhecemos, reiniciando todo o ciclo novamente.

Quanto tempo o carrapato vive fora do cachorro?

O carrapato é um animal extremamente resistente. Isso significa que ele precisa de muito pouco para sobreviver. Basicamente, o carrapato precisa de boas condições de temperatura, umidade e sangue. Mas afinal, quanto tempo vive um carrapato fora do cachorro? Isso depende da fase da vida em que ele se encontra. As larvas conseguem ficar livres no ambiente por até 8 meses. Já as ninfas podem sobreviver por cerca de um ano e meio sem um hospedeiro, assim como o carrapato adulto. É surpreendente quanto tempo o carrapato vive fora do cachorro ou de qualquer outro hospedeiro sem receber e se alimentar de sangue. Por isso que a espécie é considerada tão resistente e difícil de ser eliminada.

Quanto tempo vive um carrapato no corpo do cachorro?

Já sabemos que o período de quanto tempo o carrapato vive fora do cachorro pode ser bem grande. Mas então quanto tempo vive um carrapato alojado no corpo do cachorro? Novamente, a resposta varia de acordo com a fase da vida. As larvas normalmente precisam de 2 a 3 dias para se alimentar do sangue do hospedeiro antes de voltar ao ambiente. Já para as ninfas, o período é maior, precisando de cerca de 4 a 6 dias. Por fim, o período de quanto tempo vive um carrapato no corpo do cachorro em sua fase adulta pode durar de 5 até 15 dias, já que nessa fase as fêmeas precisam de muito sangue para colocar seus ovos. Ou seja: juntando o tempo máximo que o aracnídeo pode viver livre no ambiente e alojado no corpo do hospedeiro, podemos definir que o tempo de vida do carrapato pode ser de até, mais ou menos, 4 anos.

 

O carrapato fica alojado no pelo do cachorro enquanto suga seu sangue para se alimentarCarrapato-estrela: a espécie Amblyomma afeta os cães com frequênciaO carrapato de cachorro Dermacentor pode transmitir babesioseCarrapato: cachorro também pode ter babesiose a partir do contato com a espécie HyalommaO carrapato de cachorro Ixodes transmite a doença de Lyme para os animaisCachorro: carrapato marrom (Rhipicephalus) transmite erliquiose, babesiose e anaplasmose

 

Quanto tempo vive um carrapato no corpo humano? 

 

O carrapato é um parasita que pode ter diversos hospedeiros. O seu preferido é o cachorro, mas é possível ver carrapato em gato, boi, coelho e até mesmo no ser humano. Assim como o aracnídeo pode causar doença do carrapato no cão, também pode causar em todos esses outros hospedeiros, inclusive no homem. Mas afinal, quanto tempo vive um carrapato no corpo humano? O ciclo de vida do carrapato é sempre o mesmo, independentemente da espécie que ele escolheu para ser sua vítima. Por isso, o período de quanto tempo vive um carrapato no corpo humano é o mesmo que o dos cães. Vale ressaltar que o carrapato estrela é um dos tipos de carrapato mais comuns em humanos, transmitindo a temida febre maculosa. 

Doença do carrapato: conheça as mais comuns e quanto tempo o parasita leva para transmiti-las

É comum associarmos sempre esse parasita à doença do carrapato. Porém, é importante entender que nem todo carrapato vai transmitir doenças. Muitas vezes, ele apenas pica o hospedeiro, podendo causar vermelhidão e coceira, mas sem nada mais grave. O problema está quando o carrapato está infectado com algum vírus ou bactéria. Nesse caso, o carrapato acaba transmitindo esses agentes para dentro da corrente sanguínea do hospedeiro. Assim, causa a doença do carrapato, que nada mais é do que um conjunto de doenças transmitidas pela picada do parasita. 

Dentre os tipos de doença do carrapato mais comuns, podemos citar a febre maculosa e a doença de Lyme (transmitidas pela picada do carrapato estrela) e a erliquiose e a babesiose (transmitidas pelo carrapato marrom). Mas afinal: quanto tempo o carrapato leva para transmitir a doença após se alojar no hospedeiro? Isso pode variar, mas acredita-se que normalmente, o aracnídeo precisa ficar fixado no corpo do hospedeiro por cerca de 4 horas para conseguir transmitir a doença do carrapato a ele. Ao apresentar os sintomas, é fundamental levar o pet ao veterinário. Ele indicará qual é o melhor tratamento e remédio para carrapato em cada caso.

Para evitar uma infestação de carrapato, é importante cuidar da limpeza do ambiente

Podemos perceber que, seja um carrapato estrela ou qualquer outro, seu ciclo de vida se divide em períodos no ambiente e no hospedeiro. Por isso, não basta combater apenas os parasitas que já estão no corpo do animal: é preciso ter o controle do ambiente. É fundamental utilizar remédio para carrapato específico para aplicar dentro de casa e realizar a dedetização com frequência. Esses cuidados previnem que o aracnídeo se acomode no ambiente. 

Além do remédio para carrapato de uso em casa, é importante cuidar do corpo do cachorro, realizando uma desparasitação regularmente e utilizando produtos como repelentes e coleira anti pulgas e carrapatos. Por fim, sempre confira o corpo do animal após um passeio, para ter certeza de que não há nenhum carrapato alojado nos seus pelos. 

Redação: Maria Luísa Pimenta