close
Raças

Quais são as raças de cães mais usadas para trabalhos?

Raça de cachorro policial, guia, terapeuta... os cães podem ter diversas profissões!
Raça de cachorro policial, guia, terapeuta... os cães podem ter diversas profissões!

Você já deve ter ouvido falar de alguma raça de cachorro farejador que atua como policial. Ou então, cães de trabalho que servem como cão-guia. Todo mundo sabe que os cachorros são animais bastante espirituosos e que adoram pular, brincar e colher. Mas, assim como os humanos, algumas raças de cães também são usadas para trabalhar. Existem profissões comuns para determinados tipos de cães: raça de cachorro policial, raça de cão farejador, guarda, terapeuta, acompanhante de PCD, guia, entre outras. Para saber quais são os cães mais usados para exercer essas funções, preparamos uma matéria especial para você. Confira! 

Cães de trabalho: o que fazem e quando começam a trabalhar?

Antigamente, era comum que raças de cachorro ajudassem humanos em tarefas do cotidiano. Raças de cães farejadores, por exemplo, eram ótimos em caçadas e atividades de pastoreio. Hoje em dia, mesmo que a maioria dos cães vivam como nossos bichinhos de estimação dentro de casa, ainda podem ajudar - e muito - em certos tipos de trabalho. Cachorros usados pela polícia, por exemplo, são muito comuns, pois possuem instintos e habilidades excepcionais para a profissão. Eles ajudam a imobilizar suspeitos, realizar revistas, farejar drogas e muitas outras atividades. Cães de trabalho como guia, por sua vez, atuam como acompanhantes de pessoas com deficiência, muito comum para deficientes visuais. Já os cães de trabalho de pet-terapia ajudam pessoas no tratamento de doenças e que estão precisando de apoio psicológico. Um cãozinho pode realmente melhorar o dia!

Mas não pense que basta ter instinto! Cães de trabalho precisam de treinamento antes de atuar. Mesmo que algumas raças de cães sejam naturalmente boas em determinadas profissões, precisam ser bem treinadas. Assim, para se tornar um cachorro policial, raça passa por todo um treinamento antes de dar início aos trabalhos - e enquanto está na ativa também! A idade que os cães de trabalho podem começar a atuar varia. Para um cachorro policial, raça costuma iniciar o treinamento desde filhote, por volta dos quatro meses. Começa como um adestramento mais simples e vai se tornando mais específico, com truques para imobilizar, saltar de locais altos e até mesmo se acostumar com barulhos altos. Além disso, os cães de trabalho também se aposentam! Para um cachorro de policial, raça costuma trabalhar por 8 anos. Cães guias e de terapia também começam a atuar desde cedo e, assim como um cachorro da raça policial, se aposentam por volta do mesmo período. Quer saber quais são os cães que possuem essas profissões? Confira agora!

1) Cachorro policial: raça Doberman está sempre alerta 

 

 

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
    O Doberman é uma ótima raça de cachorro policial por sua personalidade obediente e atenta
    O Doberman é uma ótima raça de cachorro policial por sua personalidade obediente e atenta

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Quando o assunto é segurança e cachorro policial, raça Doberman é uma das preferidas. Ele é uma boa raça de cachorro farejador, além de estar sempre atento a tudo que acontece em volta. Por isso, costuma ser uma das raças de cachorro policial preferidas para utilizar em situações de resgate pela polícia e bombeiros. Oinstinto protetor do cachorro Doberman, combinado com a sua lealdade e obediência, o tornam o cachorro ideal para a função de cão de guarda. Entretanto, vale lembrar que é preciso treinar essa raça de cão farejador muito bem para o trabalho, já que, por ser extremamente protetor, sem o treinamento adequado ele pode acabar atacando estranhos sem querer. 

    2) Pastor Alemão é uma raça de cachorro farejador perfeita para atuar na polícia

    Pastor Alemão: a raça de cachorro farejador é ideal para acompanhar policiais
    Pastor Alemão: a raça de cachorro farejador é ideal para acompanhar policiais

    É muito comum se deparar com policiais acompanhados da raça de cachorro policial Pastor Alemão em diversas situações. Seja para fiscalizar locais como aeroportos e rodoviárias, seja para atuar em operações de resgate: esse tipo de animal é ideal para trabalhar ao lado de policiais. O Pastor Alemão é uma ótima raça de cão farejador, o que ajuda bastante na busca por drogas, por exemplo. Além disso, por ser muito obediente, não é uma tarefa difícil treinar o Pastor Alemão para ser um cachorro de polícia. Raça compreende com facilidade os ensinamentos e é muito competente no que faz. Mas é importante ter em mente que o treinamento para ser uma raça de cachorro policial precisa acontecer desde o início da sua vida. 

    3) O Pastor Belga é uma das raças de cachorro policial mais completas

    Um completo cachorro policial, raça Pastor Belga é farejadora, obediente e forte
    Um completo cachorro policial, raça Pastor Belga é farejadora, obediente e forte

    O Pastor Belga é uma das raças de cachorro policial mais comuns que existem porque se adapta às mais diversas situações. É uma raça de cachorro farejador nato, o que o faz perfeito para farejar drogas e outras substâncias. Também tem porte atlético e forte, que o torna resistente e habilidoso em situações que requerem essas características físicas, como imobilização de suspeitos. Além disso, o Pastor Belga é protetor e muito inteligente. Isso faz com que seja uma raça de cachorro policial completa, pois é extremamente atencioso a detalhes e percebe tudo ao redor, sendo assim habilidoso em patrulha, detecção e até mesmo em resgates. Ou seja, é sem dúvidas um cachorro da raça policial nato! 

    4) O Rottweiler é um cachorro da raça policial corajoso e disciplinado

    O Rottweiler é uma raça de cachorro policial que não mede esforços para ajudar
    O Rottweiler é uma raça de cachorro policial que não mede esforços para ajudar

    Muitas pessoas acham que o Rottweiler é um cão com temperamento agressivo e que parte para cima das pessoas, mas não é bem assim. Ele possui, na verdade, um temperamento dócil e apegado a quem gosta, mas é protetor quando precisa. Esses são uns dos motivos que o fazem ser um bom cachorro policial. Raça faz de tudo para defender o que vê como perigo e, por isso, está disposta a ajudar a polícia. Basta ter um bom treinamento, o que não é um problema, já que obediência faz parte da raça. Cachorro policial precisa de disciplina e isso o Rottweiler tem de sobra. Também é inteligente e corajoso, perfeito para cães de trabalho de guarda. Além disso tudo, é uma ótima raça de cão farejador e seu porte musculoso e forte é mais uma qualidade no trabalho policial. 

    5) Labrador policial? Raça pode atuar na polícia, mas também é ótimo como guia ou terapeuta

    Labrador policial, terapeuta ou guia: a raça está sempre pronta para ajudar
    Labrador policial, terapeuta ou guia: a raça está sempre pronta para ajudar

    Ter um cãozinho do nosso lado nos momentos difíceis pode funcionar como uma verdadeira terapia. Para isso, existem raças - como a do Labrador - que são excelentes para fazer companhia a quem precisa. Esses cães de trabalho tanto podem servir como cão-guia para pacientes com deficiência visual, como também podem ajudar a aliviar o estresse e a tensão de quem está passando por algum tipo de tratamento mais invasivo ou tem alguma grave doença. O Labrador é um cachorro muito calmo, amigável e cuidadoso, por isso é uma das raças mais recomendadas para a função de terapeuta ou cão-guia.

    Por outro lado, o Labrador policial também é uma realidade! Por ser um cãozinho tão alegre e brincalhão, pode ser difícil imaginá-lo com a polícia. Mas a verdade é que se trata de uma das raças de cães farejadores. Assim, o cão polícia Labrador Retriever não costuma estar em combate, mas atua farejando substâncias (como drogas e bombas) e como guarda, além de resgates. Lembre-se que o cão polícia Labrador Retriever tem porte grande, é leal e muito ativo, o que o torna ótimo na profissão. 

    6) Outra opção de cães de trabalho para terapia e guia são os da raça Golden Retriever

    Golden Retriever também é uma raça de cães de trabalho que pode atuar como terapeuta
    Golden Retriever também é uma raça de cães de trabalho que pode atuar como terapeuta

    Além do Labrador, outra raça de cães de trabalho que pode ser utilizada como cão terapeuta ou cão-guia é a do Golden Retriever. Ao contrário dos anteriores, não costuma ser uma raça de cachorro policial. Seu talento está em ajudar as pessoas de outra forma. Esses cachorros são bastante calmos e, com o treinamento certo desde cedo, eles podem servir como os “olhos” de pessoas com deficiência visual, já que são capazes de auxiliar nos trajetos e indicar obstáculos a serem desviados, por exemplo. Além disso, eles são muito carinhosos e conseguem confortar o coração de pacientes que estão passando por algum momento difícil. 

    7) Bernese Mountain são cães de trabalho multifuncionais

    O Bernese Mountain é uma raça de cães de trabalho ótima para fazendas pois realiza várias tarefas
    O Bernese Mountain é uma raça de cães de trabalho ótima para fazendas pois realiza várias tarefas

    O Bernese Mountain, também conhecido como Boiadeiro Bernês, é uma das raças de cães considerada multifuncional, isto é, ele pode desempenhar várias funções diferentes. Criado inicialmente para cuidar de grandes fazendas, os cães de trabalho Bernese Mountain podem trabalhar tanto como guarda da propriedade quanto como pastor de gado, garantindo que vacas, ovelhas e outros animais fiquem a salvo no campo. Além disso, outra tarefa bastante comum na rotina desse cão é puxar pequenas carroças carregadas de leite. Os Bernese Mountain são ótimos cães de trabalho de pastoreio por serem extremamente obedientes e disciplinados, além de aprenderem truques com facilidade e se darem bem com pessoas. Somado a isso, seu tamanho grande e energia de sobra o fazem perfeito para esse trabalho que requer força e disposição.

    8) Cães de trabalho de pastoreio: o Border Collie é o mais indicado para a função

    O Border Collie é uma raça de cães de pastoreio muito utilizada para cuidar de rebanhos
    O Border Collie é uma raça de cães de pastoreio muito utilizada para cuidar de rebanhos

    Assim como o Bernese Mountain, outra raça de cães que pode ser utilizada como cachorro pastoreio é o Border Collie. É considerada a raça de cães mais inteligente que existe e, por isso, consegue aprender comandos com tanta facilidade. Com essa inteligência notável, os cachorros dessa raça têm uma habilidade e tanto com rebanhos: eles são excelentes para conduzir os outros animais sem estressá-los e sem causar nenhum tipo de confusão. Ou seja, conseguem intimidar sem nem dar um latido, fazendo com que todos obedeçam. A agilidade e perspicácia desse cãozinho é realmente surpreendente! 

    9) Pit Bull é cachorro policial? Raça pode se tornar tão dócil que serve até para ser terapeuta

    O Pit Bull é uma raça de cães de trabalho terapêutico perfeita para quem precisa de apoio
    O Pit Bull é uma raça de cães de trabalho terapêutico perfeita para quem precisa de apoio

    Muitas pessoas podem achar que raça de cachorro policial é a melhor definição de trabalho para o American Pit Bull Terrier. Mas ao contrário do que pensam, ele não é um cachorro policial: raça confia muito nos humanos e nem costuma latir muito para avisar perigos. Essa raça de cães, porém, realmente trabalha ajudando pessoas mas de uma forma bem diferente: são cães terapeutas. Existe um grande estereótipo de que o Pit Bull é agressivo e bruto e, por isso, nunca poderia ter uma “profissão” que requer tanta tranquilidade. Mas a verdade é que isso é um preconceito antigo, muito relacionado com seu porte grande e forte e pelas rinhas de animais em que eram colocados para brigar.

    Para checar a isso, o Pitbull precisa de uma criação muito delicada. Quando bem treinados e tratados com amor, o Pit Bull é uma raça de cães dócil. Ele é um dos melhores cães de trabalho terapêutico, pois serve como um ótimo apoio emocional para quem precisa de ajuda psicológica ou está passando por um tratamento. Não é à toa que era uma das raças de cães que mais faziam companhia aos soldados na Segunda Guerra Mundial.

    10) São Bernardo é uma exímia raça de cão farejador perfeito para resgates 

    São Bernardo é um dos cães de trabalho de resgate mais famosos que existem
    São Bernardo é um dos cães de trabalho de resgate mais famosos que existem

    Os cachorros da raça São Bernardo são, talvez, os cães de trabalho de resgate mais conhecidos que existem. É muito comum ver em filmes de cachorros um São Bernardo salvando uma criança ou seu tutor - e isso é normal na vida real também. O São Bernardo é uma raça de cachorro farejador nato, com olfato tão apurado capaz de encontrar pessoas soterradas bem abaixo do chão. Protetor e obediente, é uma raça de cães que faz de tudo para terminar sua missão da melhor maneira possível, sempre tentando manter a calma, já que possui um temperamento tranquilo. Assim, sua personalidade aliada à habilidade da raça de cão farejador o torna perfeito para trabalhar no resgate.

    11) O pequeno Corgi está entre os cães de trabalho terapêutico

    O Corgi é um dos cães de trabalho terapêutico ideais para pessoas de qualquer idade
    O Corgi é um dos cães de trabalho terapêutico ideais para pessoas de qualquer idade

    O Corgi é uma das melhores raças de cães para quem está passando por um momento emocional difícil. Ele tem um temperamento afetuoso e focado, dando toda a atenção necessária a quem precisa. O Corgi é uma das raças de cães protetores, mas não costuma criar caso: apenas fica atento para deixar o ambiente livre de problemas. É um cãozinho de companhia que ama estar com seu tutor, mas ao mesmo tempo gosta de se mexer - por isso é tão bom para fazer pessoas com depressão se levantarem da cama! Obediente, calmo e compreensivo, o Corgi é um grande amigo para idosos e pessoas com deficiências. Todas essas qualidades fazem o Corgi ser um dos cães de trabalho terapêutico mais benéficos para as pessoas. Sem dúvidas, ele consegue ajudar quem quer que seja, desde crianças até os mais velhos. 

    Redação: Juliana Melo e Maria Luísa Pimenta

    Publicada originalmente em: 16/03/2020

    Atualizada em: 28/09/2021

    Como treinar o Rottweiler para evitar comportamentos agressivos? Veja as dicas de um adestrador!

    Próxima matéria

    Como treinar o Rottweiler para evitar comportamentos agressivos? Veja as dicas de um adestrador!

    Doença renal em cães: quais são as raças de cachorro com mais predisposição para o problema?
    Saúde

    Doença renal em cães: quais são as raças de cachorro com mais predisposição para o problema?

    Assim como acontece com os humanos, a doença renal em cães é um problema bastante delicado e que, no geral, surge silenciosamente. Por isso, é importante redobrar a atenção com o seu amigo de quatro patas, principalmente se ele fizer parte de algumas das raças de cachorro que têm maior predisposição para essas doenças, como o Poodle, o Beagle ou o Golden Retriever. Para te ajudar a entender um pouco mais sobre o assunto, preparamos uma matéria com os principais tipos de doença renal que atingem os doguinhos e quais são as raças mais afetadas por cada um desses problemas. Tire suas dúvidas e saiba como identificar um cachorro com insuficiência renal a seguir!

    Quais são as raças de cachorro que mais sentem calor? Veja quais cuidados tomar!
    Raças

    Quais são as raças de cachorro que mais sentem calor? Veja quais cuidados tomar!

    Com o verão se aproximando, é inevitável pensar no conforto e bem-estar dos nossos pets. Sabe-se que, assim como os humanos, os animais também podem sentir calor nos dias mais quentes. Contudo, o que poucas pessoas imaginam é que existem algumas raças de cachorro específicas que sofrem mais com as altas temperaturas desta estação. Pensando nisso, o Patas da Casa separou que raças são essas e quais cuidados devem ser tomados para amenizar o desconforto dos peludinhos durante essa época do ano.

    Quais são os melhores cachorros para apartamento que ficam sozinhos? Veja as raças recomendadas!
    Raças

    Quais são os melhores cachorros para apartamento que ficam sozinhos? Veja as raças recomendadas!

    Ter um melhor amigo de quatro patas trará muita alegria ao lar, mas a adoção ou compra de um filhote de cachorro precisa ser pensada com muita responsabilidade. Se você mora em um apartamento e passa muito tempo fora de casa, é importante pensar bem antes de ter um doguinho. A ausência dos donos pode provocar estresse e ansiedade nos cães, fazendo com que eles tenham comportamentos indesejados. Além do mais, alguns cachorros podem sofrer com a limitação de espaço de um apartamento, ainda mais quando passam muito tempo sozinhos. 

    Vira-lata: tudo o que você precisa saber sobre os cães sem raça definida (SRD)
    Adoção

    Vira-lata: tudo o que você precisa saber sobre os cães sem raça definida (SRD)

    O vira-lata é o cachorro mais querido e presente nos lares brasileiros. E não é pra menos, né? Esperto, brincalhão e cheio de amor para dar, ele é um ótimo candidato a transformar a sua casa em um lugar mais divertido e, de quebra, ser um companheiro para todas as horas. Oficialmente chamado de sem raça definida (SRD), o cachorro vira-lata não tem uma origem clara e possui características que o tornam único. O cãozinho SRD desperta muitas dúvidas entre os tutores: quanto tempo vive um vira-lata? 

    Ver Todas >

    Border Collie merle: qual a explicação genética para o nascimento de cães com essa característica?
    Comportamento animal

    Border Collie merle: qual a explicação genética para o nascimento de cães com essa característica?

    O Border Collie merle tem uma variação de pelagem que encanta qualquer um, mas também traz muitas dúvidas. Qual a explicação para essa cor de cachorro? A pelagem merle deriva de algum problema genético? A saúde do pet é prejudicada por isso? São muitas perguntas, que nem sempre têm uma resposta fácil. O Border Collie merle tem um aspecto “marmorizado" na pelagem, que normalmente se apresenta nas versões blue merle (tons que variam do preto ao cinza misturado ao branco) e red merle (pelagem branca com tons avermelhados ou marrom). 

    Arranhador para gatos: benefícios, todos os tipos e modelos e como fazer
    Comportamento animal

    Arranhador para gatos: benefícios, todos os tipos e modelos e como fazer

    O arranhador para gatos é um acessório indispensável na casa de todo felino. Além de ser uma forma de estimular a interação do animal com o ambiente, o arranhador é um brinquedo divertido que ajuda a aliviar o incômodo das unhas crescendo e mantém os instintos primitivos dos pets. Existem vários tipos de arranhadores para gatos, feitos com diferentes materiais e que podem ser indicados de acordo com o padrão de comportamento do seu amiguinho. 

    Cachorro que come fezes: quais são as causas da coprofagia canina?
    Comportamento animal

    Cachorro que come fezes: quais são as causas da coprofagia canina?

    O cachorro que come fezes é uma situação que pode acontecer por diferentes motivos, mas sempre causa estranhamento entre os tutores. O hábito, também chamado de coprofagia canina, às vezes é encarado como algo engraçadinho, mas precisa de muita atenção. Isso porque a ingestão de fezes a longo prazo pode ser um verdadeiro problema para a saúde do seu amigo de quatro patas, que pode ser facilmente infectado por parasitas, bactérias e outros microrganismos presentes no dejeto.

    Gato Siamês e vira-lata: como identificar cada um?
    Comportamento animal

    Gato Siamês e vira-lata: como identificar cada um?

    O gato Siamês é uma das raças mais populares no Brasil. Já a raça de gato SRD (Sem Raça Definida), o famoso gato vira lata, também não fica para trás. Você com certeza já deve ter se esbarrado por aí com um filhote de gato vira-lata que tem as características do gato Siamês (olhos azuis, pelagem acinzentada e extremidades num tom mais escuro). Esse é um Siamês mestiço, conhecido como Sialata, uma mistura entre os dois. Mas como diferenciar os tipos de gatos siameses e vira-latas? 

    Ver Todas >