close
Ração

Pode trocar a ração do gato com qual frequência?

Atualizado · 07 de junho de 2022 · 16h08

Publicado · 07/06/2022 · 16h08

A troca da ração para gato deve ser feita com cautela para o animal não estranhar
A troca da ração para gato deve ser feita com cautela para o animal não estranhar

Assim como o cachorro enjoa de ração, o gato também pode enjoar e deixar de se alimentar direito por causa disso. Todo mundo sabe que não é exatamente fácil agradar o exigente e criterioso paladar felino, então pode ser que depois de um tempo comendo do mesmo alimento, o gatinho simplesmente fique enjoado e queira experimentar coisas novas. Por outro lado, saber como conduzir essa situação é extremamente importante para evitar um gato estressado com a troca repentina de comida ou apático. Se você tem dúvidas sobre o assunto e quer saber como substituir a ração de gato por uma nova, é só continuar a leitura abaixo!

Ração para gato: de quanto em quanto tempo pode trocar?

O ideal é não trocar a ração de gato com tanta frequência por um motivo muito simples: os felinos detestam mudanças. Eles prezam pela rotina e dificilmente aceitam com tranquilidade qualquer coisa que fuja do que eles já conhecem - e isso inclui uma ração para gato nova. Além do mais, o organismo do animal se acostuma com aquele tipo de comida, e pode não reagir muito bem a uma novidade.

É claro que há exceções: às vezes o gato não quer comer porque simplesmente enjoou da comida e quer um alimento diferente, mas nem sempre esse é o caso. Além do mais, muitas vezes o que influencia nessa troca é o preço da ração. Quando isso acontece, é importante manter um padrão para não deixar o gato estressado com mudanças constantes: invista em um único produto que tenha um preço mais acessível, e mantenha ele na rotina do pet por bastante tempo. Não se pode trocar a ração todo mês, por exemplo, mas é possível fazê-lo em intervalos maiores - pelo menos seis meses ou um ano.

Saiba qual é a melhor forma de trocar ração de gato filhote, adulto e idoso

Existem vários tipos de ração para gato que variam de acordo com a idade do animal, condições de saúde e até mesmo qualidade do produto. As mais baratinhas normalmente têm um menor valor nutricional e são produzidas com proteínas mais simples, como é o caso das versões econômica e standard. Já as mais caras - ração premium e super premium - têm ingredientes de alta qualidade e são opções bem mais nutritivas para o animal. Quanto à idade do animal, as trocas devem ser feitas da seguinte forma:

  • Ração para gato filhote: deve começar logo após o desmame, por volta da 4ª ou 5ª semana de vida, e perdurar até 12 meses;
  • Ração para gato adulto: deve começar após 12 meses de vida e perdurar até 7 anos;
  • Ração para gato idoso: deve começar a partir dos 7 anos de idade;

Em todas situações acima e/ou se precisar trocar a ração de gato por alguma condição de saúde - como é o caso da ração para gatos renais ou castrados -, a recomendação é substituir da seguinte forma:

  • 1º e 2º dia: colocar 75% da ração antiga e 25% da nova;
  • 3º e 4º dia: colocar 50% da ração antiga e 50% da nova;
  • 5º e 6º dia: colocar 25% da ração antiga e 75% da nova;
  • 7º dia: colocar 100% da ração nova.
Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Meu gato não quer comer: entenda os motivos por trás do comportamento e o que fazer
    Meu gato não quer comer: entenda os motivos por trás do comportamento e o que fazer

    Mais Lidas

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção
    Alimentação animal

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção

    Cuidar da alimentação do gato é dever de todo tutor, e para isso é importante saber o que o animal pode ou não comer. Além das tradicionais rações para gatos, algumas pessoas também gostam de oferecer outras opções de comida para o seu bichano e procuram alternativas mais naturais, como frutas e legumes. Porém, por mais saudáveis que esses alimentos sejam para os humanos, é importante ter em mente que o organismo dos felinos não funciona da mesma maneira que o nosso e algumas frutas para gatos, por exemplo, podem fazer mal ao seu amigo de quatro patas. Para sanar todas as dúvidas sobre o assunto, confira as frutas que gatos podem comer a seguir!

    Verduras e legumes para cachorro: opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!
    Alimentação animal

    Verduras e legumes para cachorro: opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!

    Quando o assunto é a alimentação de um pet, muitas dúvidas podem surgir: o que o cachorro não pode comer? cachorro pode comer couve? Pode dar brócolis para cachorro? Ou ainda se cachorro pode comer abobrinha? Muitos tutores questionam se podem oferecer verduras e legumes para cachorro. A resposta é sim! Além de serem muito saudáveis, esses tipos de alimentos ajudam a abrir e instigar o apetite dos caninos, podendo ser oferecidos como petiscos e até recompensas.

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
    Alimentação animal

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

    Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

    Alimentação de filhotes de cachorro: amamentação, desmame, papinha, ração... Tudo que você precisa saber!
    Alimentação animal

    Alimentação de filhotes de cachorro: amamentação, desmame, papinha, ração... Tudo que você precisa saber!

    Ter um cachorro filhote é tudo de bom, mas requer alguns cuidados, principalmente quando se trata da alimentação do animal. Ao contrário dos cães adultos que já têm uma dieta basicamente definida, os filhotes de cachorro passam por várias etapas de transição até poder consumir alimentos mais sólidos. Além disso, a ração para cachorro filhote é totalmente diferente da que é oferecida para os cachorros adultos.

    O que fazer quando o gato não quer comer ração?

    1) Estabeleça horários para dar a ração para gatos. Com uma rotina pré-definida, o gatinho sempre sentirá fome na mesma hora e dificilmente vai se recusar a comer. A dica é oferecer a ração duas vezes ao dia se ele for adulto, sendo uma de manhã e outra à noite.

    2) Não deixe a ração de gato exposta por muito tempo. O armazenamento correto do alimento faz muita diferença, pois mantém o sabor, textura e os grãos crocantes - o que é muito importante para atrair a atenção dos felinos.

    3) Evite oferecer petiscos para gatos próximos às refeições. É claro que mimar os bigodudos é tudo de bom, mas saiba os momentos certos para fazer isso e não deixe que atrapalhe a alimentação natural do pet. Uma boa dica é fazer isso de tarde ou durante brincadeiras e o adestramento.

    4) Umedeça a ração de gato. Esses animais têm uma clara preferência por alimentos úmidos, e é por isso que eles gostam tanto do sachê para gatos. Como nem sempre é possível comprar um sachê, você pode acrescentar um pouquinho de água na ração para deixá-la mais molhadinha.

    5) Se o gato não quer comer de jeito nenhum, consulte um médico veterinário. Às vezes o motivo por que os bichanos recusam a ração é alguma doença. Para garantir que está tudo certinho com a saúde do gato, vale visitar um profissional de confiança.

    Redação: Juliana Melo

    Veja infográfico e descubra quais frutas que cachorro pode comer

    Próxima matéria

    Veja infográfico e descubra quais frutas que cachorro pode comer

    Como fazer a troca de ração do meu cachorro?
    Ração

    Como fazer a troca de ração do meu cachorro?

    A troca de ração é um ponto muito importante na alimentação do seu cachorro. Uma dieta saudável, nutritiva e saborosa é essencial para a saúde e bem estar tanto do filhote quanto dos cães idosos. Mudar o tipo de ração, marca ou até mesmo quantidade pode parecer uma preocupação até meio boba, mas faz muita diferença!

    Ração renal para gatos: composição, indicações e como fazer a troca
    Ração

    Ração renal para gatos: composição, indicações e como fazer a troca

    Já ouviu falar na ração renal para gatos? O alimento possui uma composição exclusiva para animais que sofrem com doenças nos rins e costuma ser muito indicado pelos médicos veterinários como um tratamento de suporte. Então se você suspeita que tem um gato com problemas renais, é muito importante marcar uma consulta veterinária para ter o diagnóstico correto e ter todas as orientações de como tratar e ajudar o seu amigo de quatro patas neste momento.

    Ração para gato: 9 mitos e verdades sobre a alimentação felina
    Ração

    Ração para gato: 9 mitos e verdades sobre a alimentação felina

    Investir em uma boa ração para gatos é a melhor forma de cuidar da saúde do seu pet. Mas será que você sabe tudo sobre o assunto? A dieta dos pets é algo que ainda levanta muitas dúvidas. Com a grande variação de alimentos secos e úmidos que existem, é difícil saber qual a melhor ração para gatos e que fatores levar em consideração antes de comprar uma boa comida. 

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais
    Raças

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais

    O gato Himalaia é, sem dúvidas, uma das raças mais queridinhas e desejadas pelos amantes de felinos. Ele reúne em sua genética a mistura de outras duas raças que são muito populares: o gato Persa e o Siamês. Ou seja, é carisma e fofura em dose dupla! Além disso, esse gatinho tem uma personalidade super dócil e tranquila, sendo a companhia perfeita para quem sempre sonhou em ter um bichinho de estimação. Se esse é o seu caso, ou se você já tem um gato do Himalaia e quer conhecer tudo sobre ele, essa matéria vai te ajudar bastante. 

    Ver Todas >

    Troca de ração de cachorro: passo a passo de como substituir sem traumas
    Alimentação animal

    Troca de ração de cachorro: passo a passo de como substituir sem traumas

    São muitas as situações em que a troca da ração de cachorro é necessária. No início da vida, o pet come a ração para filhote de cachorro, rica em nutrientes essenciais para o desenvolvimento sadio do animal. Depois, precisa mudar a ração para a versão adulta. Ao ficar mais velho, é a vez da ração para cachorro idoso, que previne problemas de saúde típicos da idade. Além disso, a troca de ração pode ser recomendada também por problemas de saúde. 

    Desmame de gato: passo a passo para introduzir ração de gato filhote
    Alimentação animal

    Desmame de gato: passo a passo para introduzir ração de gato filhote

    Trocar o leite pela ração de gato filhote é um processo que todo gatinho deve passar. O leite materno é fundamental para promover um desenvolvimento físico e até mesmo psicológico de forma saudável. Mas a amamentação felina só deve ocorrer por um certo período, e a alimentação do gato filhote precisa ser trocada pela ração, que tem os nutrientes fundamentais para completar o desenvolvimento do pet.

    Gato pode comer ovo? Descubra se o alimento é liberado ou não!
    Alimentação animal

    Gato pode comer ovo? Descubra se o alimento é liberado ou não!

    Quando o assunto é alimentação dos gatos, é comum que os tutores tenham dúvidas sobre o que pode ou não fazer parte da dieta do bichano. Afinal, é sempre bom diversificar servir petiscos naturais e diversificados para o pet. Já sabemos que cachorro pode comer ovo, mas e gato? Pode comer ovo também? Assim como os cães, existem alguns felinos que são simplesmente apaixonados pelo alimento, enquanto outros não dão a mínima.

    Ração urinária: como funciona o alimento para gatos?
    Alimentação animal

    Ração urinária: como funciona o alimento para gatos?

    Hoje em dia, existe uma ampla gama de opções de ração para gatos nos pet shops. Algumas delas, inclusive, são formuladas especialmente para tratar doenças, como a ração para trato urinário. Gatos que apresentam doença renal crônica, quando são alimentados adequadamente, ganham muito em qualidade de vida. Veja a seguir quais são os diferenciais da ração urinária e quando ela deve - ou não - ser servida.

    Ver Todas >