close
Saúde

Pneumonia felina: entenda como a doença se manifesta nos gatos

Atualizado · 10 de maio de 2021 · 17h37

Publicado · 10/05/2021 · 17h37

A pneumonia em gatos pode ter várias causas e evolui rapidamente se não for tratada
A pneumonia em gatos pode ter várias causas e evolui rapidamente se não for tratada

Assim como nos humanos, a pneumonia em gatos é uma doença bastante comum e pode surgir como uma consequência de gripes comuns. O problema ocorre quando há uma infecção no pulmão, e pode ter causas associadas a fatores externos ou internos. O tratamento precisa ser imediato, pois é uma doença que evolui rapidamente e pode até levar a óbito. O Patas da Casa reuniu informações essenciais para entender como a pneumonia felina se manifesta.

O que pode causar a pneumonia em gatos?

A pneumonia em gatos tem diversas causas. Ela pode ocorrer, por exemplo, em virtude de algum problema de saúde do gato que o faça perder o reflexo dos movimentos respiratórios. Além disso, alergias e inalação de substâncias - como fumaça - também podem deixar o gato com pneumonia. A principal causa da doença, porém, é por meio da entrada de um agente infeccioso - vírus, bactérias, parasitas ou fungos - no organismo felino. Os tipos de pneumonia em gatos mais comuns são a bacteriana e a viral.

A pneumonia felina viral costuma ser uma porta de entrada para a bacteriana

A pneumonia viral pode acometer os gatos de forma aguda ou crônica. Geralmente, o quadro se estabelece em decorrência da rinotraqueíte, da calicivirose felina e da própria imunodeficiência. A infecção viral não costuma ser a causadora da doença em si, mas é a responsável por deixar o pulmão mais fraco, facilitando a ocorrência da pneumonia bacteriana.

Esse segundo quadro, por sua vez, é o tipo mais frequente de pneumonia em gatos. As bactérias mais comuns responsáveis por isso são a Escherichia coli e a Bordetella bronchiseptica, dentre outras. Como é uma doença que evolui de forma muito rápida, precisa de tratamento imediato para não se agravar e levar o gato a óbito.

Pneumonia: gato é contaminado pelo contato com animais doentes

A contaminação da pneumonia felina se dá pelo contato direto do gato com partículas no espirro, na tosse ou em secreções de nariz e olhos de outros animais que estejam infectados. Quando se trata de pneumonia, gato idoso ou filhote são os mais vulneráveis a contrair a doença, pois possuem a imunidade mais fragilizada.

Vale destacar ainda o gato com pneumonia fica com a respiração debilitada. Como a principal função do pulmão é realizar a troca gasosa entre oxigênio e gás carbônico, a inflamação deste órgão prejudica essa troca e pode trazer várias consequências desagradáveis para o bichano.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Gato com pneumonia pode apresentar cansaço, tosse e sintomas de gripe de forma intensa
    Gato com pneumonia pode apresentar cansaço, tosse e sintomas de gripe de forma intensa

    Mais Lidas

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    Pneumonia em gatos: sintomas costumam ser parecidos com o da gripe 

    Antes de identificar a pneumonia felina, é importante ficar atento aos sintomas de uma gripe comum. Dentre eles, podemos destacar:

    • Secreção no nariz e nos olhos

    • Tosse

    • Espirros

    • Falta de apetite 

    • Febre

    Já quando se trata de um gato com pneumonia, outros sinais clínicos que podem surgir de forma bem mais intensa são:

    • Respiração ofegante

    • Tosse 

    • Cansaço

    • Perda de peso

    Gato com pneumonia: o que fazer para tratar o bichinho?

    Na própria anamnese o veterinário já consegue perceber alguns traços da pneumonia ao auscultar os ruídos nos brônquios. O hemograma e a radiografia são os exames mais comuns, mas uma amostra das vias aéreas pode ser solicitada para que o veterinário consiga analisar a situação com mais detalhe.

    O tratamento da pneumonia felina é feito com antibióticos para gatos e outros medicamentos, como anti-inflamatórios, além de repouso e boa alimentação. Em casos mais graves, o animal pode ter que ficar internado no hospital para o tratamento adequado. Algumas vezes, a fisioterapia também pode ajudar na recuperação das funções respiratórias. 

    A melhor forma de prevenir a pneumonia em gatos é com a vacina

    A vacinação do gato é a maneira mais eficaz de se prevenir da pneumonia felina. Existem algumas disponíveis, como a V3 e a V4. Elas protegem o gatinho de infecções que podem acometer o sistema respiratório. Por isso, é muito importante manter o calendário de vacinação em dia e a visita frequente ao veterinário.

    Redação: Maria Luísa Pimenta 

    Displasia de quadril em cães: o que é, causas, sintomas e tratamentos

    Próxima matéria

    Displasia de quadril em cães: o que é, causas, sintomas e tratamentos

    Gangliosidose em gatos: como a doença hereditária se manifesta nos felinos?
    Saúde

    Gangliosidose em gatos: como a doença hereditária se manifesta nos felinos?

    Assim como os humanos, os felinos também podem sofrer com doenças hereditárias. A gangliosidose, por exemplo, é uma das patologias herdadas dos pais mais comuns em gato Siâmes, Korat e Birmanês. Com um desenvolvimento rápido e silencioso, a doença ocorre a partir de um erro na formação do metabolismo lipídico do animal, resultando em problemas neurológicos que podem ser fatais para o seu bichano. Para tirar todas as dúvidas sobre o assunto, conversamos com a veterinária Gabriela Teixeira, que te conta tudo que você precisa saber sobre a gangliosidose em gatos a seguir!

    Bronquite em gatos: entenda mais sobre a ação da doença respiratória nos felinos
    Saúde

    Bronquite em gatos: entenda mais sobre a ação da doença respiratória nos felinos

    Um gato tossindo pode indicar uma série de problemas de saúde. No entanto, quando esse sintoma aparece para incomodar os felinos, está quase sempre associado a uma doença respiratória, como a bronquite em gatos – também conhecida como asma brônquica ou bronquite crônica. Apesar de haver muitas terminologias, o distúrbio é reconhecido clinicamente como o resultado da inflamação das vias aéreas inferiores, gerada pela sensibilidade a certos estímulos.

    Pancreatite em gatos: entenda mais sobre a doença que atinge os felinos
    Saúde

    Pancreatite em gatos: entenda mais sobre a doença que atinge os felinos

    Uma das doenças gastrointestinais mais sérias e conhecidas entre os humanos também possui a sua versão no universo felino: a pancreatite em gatos tem uma ação bastante similar no corpo dos nossos bichanos e também precisa de tratamento imediato para não causar danos à saúde do gato. É claro que isso se torna motivo de preocupação para os gateiros, mas não se assuste! A pancreatite felina tem tratamento e é possível diminuir o avanço da doença com alguns cuidados simples. 

    Diabetes em gatos: entenda os perigos e como prevenir a doença!
    Saúde

    Diabetes em gatos: entenda os perigos e como prevenir a doença!

    A diabetes é muito comum entre os humanos, mas você sabia que os felinos também podem sofrer com a doença? A diabetes em gatos é uma doença grave e capaz de atrapalhar a qualidade de vida do felino em vários níveis se não for tratada corretamente. A patologia requer acompanhamento médico, tratamento constante e, muitas vezes, aplicação de insulina diariamente. É um caso específico de endocrinologia, que requer atenção para não prejudicar mais ainda a saúde do animal, principalmente se ele for um gato obeso. Para tirar todas as dúvidas sobre o assunto e aprender a cuidar de gato com a doença, nós conversamos com o médico veterinário Rafael Cunha, do Rio de Janeiro!

    Ver Todas >

    Novo coronavírus: cães e gatos podem contrair e transmitir a Covid-19? Esclarecemos as principais dúvidas!
    Saúde animal

    Novo coronavírus: cães e gatos podem contrair e transmitir a Covid-19? Esclarecemos as principais dúvidas!

    Cães e gatos podem contrair a Covid-19? Será que gato pega covid de humano? O coronavírus humano tem algum impacto na saúde do gato ou cachorro? Fomos atrás de respostas para todas essas dúvidas!

    Coleira antipulgas também protege o cachorro da leishmaniose? Veja o comparativo!
    Saúde animal

    Coleira antipulgas também protege o cachorro da leishmaniose? Veja o comparativo!

    A coleira antipulgas é um acessório que faz toda a diferença na vida de quem tem um ou mais cães. Mas você sabia que existem produtos que, além de combater as pulgas, também ajudam a afastar outros problemas indesejados, como carrapatos e mosquitos? É aí que entra a coleira contra leishmaniose! Para quem não sabe, a leishmaniose canina é uma doença transmitida pelo mosquito-palha considerada muito perigosa e que pode debilitar bastante a saúde do animal.

    Gato pega cinomose? Descubra a resposta!
    Saúde animal

    Gato pega cinomose? Descubra a resposta!

    Você já ouviu falar de cinomose em gatos? Muito se sabe sobre a cinomose em cães, doença altamente contagiosa e que traz diversas complicações à saúde do cachorro. Essa condição é temida por muitos tutores de cães, mas também tutores de gatinhos. Existe uma doença conhecida por “cinomose em gatos”, que parece ser exatamente igual à que atinge os cães. Porém, existem muitas dúvidas se esse termo é realmente o mais adequado para se referir a essa condição. Afinal, a cinomose pega em gato ou a doença acontece unicamente com cães? O Patas da Casa te explica tudo sobre a “cinomose em gatos”!

    Verme do coração: veterinário tira todas as dúvidas sobre a dirofilariose canina
    Saúde animal

    Verme do coração: veterinário tira todas as dúvidas sobre a dirofilariose canina

    Você já ouviu falar em doença do verme do coração? Se você é tutor de cachorro, é bom se preocupar com ela. A dirofilariose é uma doença muito perigosa, que pode afetar órgãos vitais dos cãezinhos e levá-los à morte. Diferente de outras doenças causadas por verminoses, o verme do coração é transmitido pela picada de mosquitos e, por isso, acaba sendo mais incidente no verão. Mas como identificar o verme no coração do cachorro? Dirofilariose tem cura? Como é feito o tratamento? E o mais importante: como manter o pet longe da doença? Descubra tudo sobre verme do coração em cães a seguir.

    Ver Todas >