Gato

Na estrada com gatos! Tutor compartilha como é a vida nômade com dois gatinhos

Publicado - 24 Abril 2024 - 17h36

Atualizado - 26 Abril 2024 - 11h21

Laura Furtado / Redatora

Jornalista em formação pela Universidade Federal Fluminense (UFF), em Niterói. Desde pequena, sempre tive um amor e carinho especial por todos os animais. Quando completei 6 anos, meus pais me presentearam com um cãozinho da raça Bichon Frisé que chamamos de Billy. Foi o dia mais feliz da minha vida, fiquei horas chorando sem acreditar que ele era meu. Billy viveu 14 anos com a gente, mas virou uma estrelinha em 2019 depois de uma história linda ao nosso lado.

Em 2019, ganhei da minha sogra uma Dachshund, o famoso salsichinha, e desde então minha vida voltou a fazer sentido. Pode parecer clichê, mas nada explica o sentimento de amor e carinho que ter um pet proporciona. Nós decidimos chamar ela de Teteia, e não poderia existir nome melhor pra descrever ela. Teteia significa moça atraente, e a minha Teteia salsicha é realmente a coisa mais linda do mundo, além de ser extremamente carinhosa, companheira e engraçada.

Em 2023, participei de uma entrevista e entrei para o time do Patas da Casa. Fiquei muito feliz, porque sempre tive afinidade e carinho pelos animais, e não há nada melhor do que escrever sobre coisas que a gente ama, né. Me identifiquei de cara com os valores do Patas e sempre considerei o projeto de suma importância para tutores que, assim como eu, buscam se informar para garantir o melhor para os pets. Desde então, cada dia tem sido um aprendizado, e sou muito feliz por fazer parte de um projeto tão especial quanto o Patas.

• Filme com animal preferido: “Marley e Eu”
• Uma raça de cachorro: Vira-lata
• Uma raça de gato: Siamês
• A curiosidade favorita sobre cachorros: Os cães de suporte emocional podem agir como 'terapeutas', ajudando pacientes com ansiedade, depressão, autismo e estresse pós-traumático
• A curiosidade favorita sobre gatos: Os gatinhos tem efeitos positivos na sáude mental e física dos humanos
• Sobre o que mais gosta de escrever no universo pet: Comportamento animal
• Um aprendizado: Adotar cachorro ou gato pode mudar a vida das pessoas e dos animais para melhores, trazendo muito amor e felicidade
• Nome de pet favorito: Larica

Imagine que sonho viajar pelo Brasil acompanhado do seu melhor amigo de quatro patas? Pois o influenciador Alfredo Wagmacker Neto decidiu viver essa aventura ao lado de seus dois gatos, o James e a Lila, e compartilha toda a experiência em seu perfil nas redes. Com aproximadamente 23 mil seguidores, Alfredo mostra como é a rotina nômade na estrada, os lugares que visita e ainda dá dicas de como viajar com gato de maneira segura e confortável.

O Patas da Casa entrou em contato com Alfredo para descobrir suas motivações em colocar os pés - e patas - na estrada, além de entender melhor como é o dia a dia dessa família nômade. Venha conferir!

Pai de pet decide viver na estrada com seus dois gatos

Alfredo Wagmacker é um pai de pet completamente apaixonado pelos seus dois gatos: James, um gato malhado com pelos claros, e Lila, que é uma gata frajola. Alfredo é tutor desses dois felinos há aproximadamente 7 anos, e quando decidiu desapegar da sua casa para viver viajando, ele sabia que tinha uma decisão difícil e muito importante a tomar: levar ou não os gatos para viver na estrada?

Imagem Quiz:O que seu gato faz quando você sai de casa?

O que seu gato faz quando você sai de casa?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Inicialmente, Alfredo acreditou que o melhor para eles seria ficar com um casal de amigos de confiança que estava buscando adotar gato. Afinal, mudanças não fazem parte da natureza felina e morar em um carro poderia deixá-los estressados e infelizes. Eles até tentaram fazer a adaptação dos gatos no ambiente que seria seu futuro lar, mas Alfredo não conseguiu desapegar da relação profunda que criou com os animais. Por esse motivo, decidiu dar um jeitinho de levá-los com ele nessa aventura sobre quatro rodas.

gatos deitados dentro de carro em cima de uma almofada
Gatinhos acompanham tutor com vida nômade (Créditos: Instagram/@alfredowagmacker)

As viagens sempre fizeram parte da vida de Alfredo 

Provavelmente você já deve ter reparado que não é muito comum viajar com gato como é com cachorros, né?! Isso porque os felinos detestam mudanças em sua rotina e podem se sentir incomodados durante o trajeto. Mas Alfredo decidiu que valia a pena dar uma chance aos seus dois gatinhos ao embarcar nessa aventura emocionante. Mas o que será que motivou a largar tudo e meter o pé na estrada? 

Homem segurando dois gatos no ombro
Alfredo cresceu viajando e por isso gosta tanto de estar na estrada (Créditos: Instagram/@alfredowagmacker)

Ao Patas da Casa, Alfredo conta que várias coisas o motivaram a tomar essa decisão. A primeira delas é em relação a sua própria criação. Desde pequeno, Alfredo cresceu na estrada devido ao trabalho de seus pais. Na adolescência, ele se tornou escoteiro e viajava muito para acampar. Já na fase adulta, esse hobbie se manteve, e Alfredo começou a se sentir muito mais confortável na estrada do que na própria casa. Com isso, ele revela que descobriu um propósito: “O propósito da minha vida é realmente estar na estrada, explorar novos lugares, conhecer novas pessoas, novas culturas e alcançar o máximo de pessoas possíveis.”

Por outro lado, James e Lila não estavam acostumados a viajar dessa forma. Afinal, viajar com gato nunca é exatamente fácil. Segundo Alfredo, eles já até haviam viajado anteriormente, mas para destinos pontuais. Eles não estavam acostumados a viver na estrada, por essa razão Alfredo chegou a cogitar não levá-los. 

Alfredo sentiu que Lila e James queriam acompanhá-lo na estrada

Para viver totalmente na estrada, Alfredo precisou fazer algumas adaptações na sua vida. A primeira delas foi se desapegar de bens materiais que não precisaria mais. Por isso, Alfredo contou que durante esse processo, sua casa ficou cheia de malas espalhadas e ele acabou reparando um comportamento felino diferente nos bichanos.

“Os gatinhos começaram a deitar muito nas minhas malas de uma maneira diferente e me olhavam de uma maneira muito diferente. Eu deixava meu carro aberto e eles começaram a entrar nele, ficar deitado dentro do carro. Então senti que foi uma conversa que eles tiveram comigo, uma mensagem que eles me passaram nesse momento”, revelou Alfredo. Ele acredita que os gatinhos estavam pressentindo sua mudança, e esse foi mais um dos motivos que motivou Alfredo a levá-los com ele. 

tutor passeando com gatos de coleira na estrada
Alfredo sempre dá paradas na estrada para passear com gato (Créditos: Instagram/@alfredowagmacker)

Cuidados necessários para viajar com gato

Quando tomou a decisão de levar Lila e James com ele, Alfredo precisou planejar o que seria necessário para garantir o bem-estar e o conforto dos bichanos. Como viajar com gato e viver com esses pets na estrada? Além de levar os bichanos para uma consulta médica com o veterinário para fazer um check-up geral e completar a tabela de vacinação para gatos, Alfredo precisou investir em alguns itens para o dia a dia na estrada, como:

Mesmo na estrada, Lila e Jamie possuem uma rotina 

O principal foco de Alfredo é garantir que os gatinhos se sintam à vontade e felizes na estrada.  Por isso, ele precisou fazer algumas adaptações para cuidar dos felinos no dia a dia. A primeira delas foi reduzir a velocidade de suas viagens para garantir maior conforto e segurança para os gatos.

Os pets possuem uma caixa de transporte para cada animal no banco traseiro do carro, mas o tutor percebeu que precisava tampar a caixa de James com um pano. “James é um gatinho que sofre muito com estímulos visuais e auditivos. Por essa razão, comecei a deixar a caixinha de transporte fechada, com um pano em cima, para ele sofrer menos com a imagem e barulho dos carros e caminhões passando”, explicou Alfredo.

De hora em hora, Alfredo revelou que dá uma paradinha para abrir a caixa de transporte dos gatos dentro do carro, para que eles possam fazer suas necessidades, beber água e se alimentar. Além disso, Alfredo sempre escolhe um lugar tranquilo na estrada para esticar as pernas (e patas), mas a todo momento Lila e James usam uma coleira de gato para evitar que eles fujam caso se assustem.

Como não se sente confortável dormindo no carro com os felinos, Alfredo também faz paradas para dormir em pousadas e hotéis pet friendly, e revelou que sempre oferece petiscos para gatos. Confira o vídeo que mostra um pouco da rotina dos felinos e como é viajar com gato:

 

Alfredo revela qual é o maior desafio e a melhor parte de viajar com gato

Sobre o maior desafio dessa experiência pouco comum, Alfredo ressalta que com certeza é garantir que seus gatos estejam felizes e confortáveis. Contudo, ele também enfrenta alguns obstáculos durante o trajeto, como lugares que não aceitam hospedar felinos. Futuramente, o tutor decide melhorar a experiência dos gatos e a dele construindo um motorhome equipado para atender as necessidades do animal - processo que ainda está sendo avaliado por ele. 

Já a melhor parte de viajar com os gatinhos para Alfredo com certeza é ter a companhia dos felinos: “Eles são a melhor companhia, isso não há dúvidas, e eu nunca me sinto só estando com eles.  É um cheiro, um beijo, um abraço e um apertão que eu dou neles ali, né? Eles me divertem, a gente se diverte junto e é incrível.”
 

Comportamento

Filme para assistir com meu gato: 11 filmes protagonizados por gatinhos para ver acompanhado do seu pet

Quem precisa de uma noite badalada quando você pode aproveitar o momento para assistir filmes do lado do seu bichinho de estimação, ...

Gato

Tipos de gato Savannah: curiosidades sobre a raça híbrida que é uma das mais caras do mundo

Considerado um dos felinos mais caros do mundo, o gato Savannah é cheio de curiosidades e características impressionantes. A raça, q...

Cachorro

O Chow Chow é perigoso e hostil? Saiba o que é mito e o que é verdade sobre a personalidade da raça de cachorro

O Chow Chow é um cachorro de porte médio, super peludo e conhecido por ter a língua azul. A raça, de origem chinesa, conquista muito...

Adote um animal

Os nomes para gatos fêmeas mais famosos do momento: 100 dicas para escolher como chamar seu novo pet em 2024

Existem muitas opções de nomes para gatos fêmeas para escolher depois da adoção.  A inspiração para nomes de gatos pode vir de ...

Comportamento

Filme para assistir com meu gato: 11 filmes protagonizados por gatinhos para ver acompanhado do seu pet

Quem precisa de uma noite badalada quando você pode aproveitar o momento para assistir filmes do lado do seu bichinho de estimação, ...

Gato

Tipos de gato Savannah: curiosidades sobre a raça híbrida que é uma das mais caras do mundo

Considerado um dos felinos mais caros do mundo, o gato Savannah é cheio de curiosidades e características impressionantes. A raça, q...

Cachorro

O Chow Chow é perigoso e hostil? Saiba o que é mito e o que é verdade sobre a personalidade da raça de cachorro

O Chow Chow é um cachorro de porte médio, super peludo e conhecido por ter a língua azul. A raça, de origem chinesa, conquista muito...

Adote um animal

Os nomes para gatos fêmeas mais famosos do momento: 100 dicas para escolher como chamar seu novo pet em 2024

Existem muitas opções de nomes para gatos fêmeas para escolher depois da adoção.  A inspiração para nomes de gatos pode vir de ...

Ver todas