close
Saúde

Glaucoma em gatos: veterinária explica as características do problema que atinge os olhos dos felinos

Atualizado · 11 de janeiro de 2022 · 11h34

Publicado · 02/07/2020 · 17h47

Glaucoma em gatos: saiba mais sobre essa doença ocular que pode atingir o seu bichano
Glaucoma em gatos: saiba mais sobre essa doença ocular que pode atingir o seu bichano

Sabia que o glaucoma em gatos é um problema que precisa da sua atenção? Assim como ocorre com os humanos, o glaucoma é um problema que também pode atingir a saúde do gato. Essa síndrome causa o aumento da pressão intraocular, levando à degeneração do nervo óptico. O glaucoma em gatos pode surgir devido a outros problemas de saúde já existentes no bichano. É importante destacar que, dentre as doenças oculares em gatos, o glaucoma precisa de mais cuidado ainda. Se o problema não for controlado, pode até causar a perda da visão do seu gatinho. Para entender um pouco mais sobre o assunto, conversamos com o médico veterinário oftalmologista Thiago Ferreira, que nos contou as principais características dessa doença, tratamentos e prevenção. Dá só uma olhada!

Doença no olho do gato: saiba quais são as causas por trás do glaucoma

O glaucoma pode ser classificado de três formas: congênito, primário ou secundário. Quando se trata dos felinos, essa doença nos olhos dos gatos geralmente é congênita ou secundária. No primeiro caso, quer dizer que o animal já nasce com essa alteração ocular; já no segundo cenário, o glaucoma em gatos se desenvolve por causa de algum problema sistêmico pré-existente que acaba desencadeando essa doença no olho do gato. “A principal causa de glaucoma no gato é o secundário a uma uveíte. As uveítes têm como causas diversas doenças sistêmicas. As mais famosas são FIV, FeLV, PIF, calicivirose, entre outras bactérias que podem acabar acometendo a úvea do gato. Outras causas de glaucoma em gatos são as neoplasias. Têm três tumores que podem participar da formação do glaucoma: linfoma (que pode ou não estar associado à FIV e FeLV), o melanoma difuso de íris e o adenocarcinoma de corpo ciliar”, explica Thiago.

Já o glaucoma primário é bem raro e ocorre quando o animal tem uma predisposição genética para desenvolver essa doença. Algumas raças, como os Birmaneses e os Siameses, apresentam maior chance de ter a doença.

5 sintomas do glaucoma em gatos para ficar atento

Os sintomas do glaucoma em gatos podem confundir bastante o tutor. “Os sinais do glaucoma em gatos são bastante traiçoeiros porque, muitas vezes, começam com sinais extremamente sutis, de difícil percepção para a família do paciente, e só vão ser percebidos quando o glaucoma já está em um estágio mais avançado”, explica Thiago. Dentre os sinais mais comuns de glaucoma em gatos podemos destacar:

  • Aumento do tamanho do bulbo ocular
  • Olho vermelho
  • Opacidade da córnea
  • Pupilas dilatadas
  • Aumento da pressão intraocular
Qual raça de gato você é?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

O que você mais gosta de fazer nos momentos de lazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Se você pudesse se descrever com uma palavra, quais das opções a seguir escolheria?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Alguém te chamou para sair para um lugar inusitado, o que você pensa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica depois de dormir pouco na noite anterior?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você viajou e se perdeu em uma cidade que não conhece muito: o que passa pela sua cabeça?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Quais dessas características você procuraria em um pet?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

O que seus amigos próximos pensam sobre você?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você gosta de curtir as férias?

Question Header Background

Sua personalidade aventureira combina com o Bobtail Japonês! Você é divertido assim como o gato Siamês! Sua personalidade ranzinza combina com o gato Maine Coon! Você é preguiçoso como um gatinho Persa!
    Ao perceber sinais da doença no olho do gato, é imprescindível procurar o auxílio de um especialista
    Ao perceber sinais da doença no olho do gato, é imprescindível procurar o auxílio de um especialista

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    Olho de gato: doença deve ser diagnosticada por profissional especializado em oftalmologia

    Percebeu qualquer um desses sintomas no seu gato? Leve-o imediatamente para uma consulta com um veterinário, de preferência especialista em oftalmologia. Por se tratar de uma doença no olho do gato que é bastante delicada, o diagnóstico deve ser realizado o quanto antes por um profissional. Caso contrário, o bichano pode acabar perdendo a visão aos poucos. “O diagnóstico de glaucoma em gatos é feito por tonometria, exame que mede a pressão dos olhos do paciente”, conta Thiago. Porém, ele explica que esse exame sozinho pode não ser suficiente e que também é preciso se basear nos sinais clínicos que o olho apresenta. A uveíte, por exemplo, é uma doença que baixa a pressão, enquanto o glaucoma aumenta. “Então, quando estão juntas e se apresentando de maneira simultânea, acaba que uma compensa a outra e temos uma pressão normal. Por isso, às vezes não dá para se basear tanto na pressão”, conclui.

    Tratamento do glaucoma em gatos pode ser feito com colírios, laser ou implante

    Existem algumas formas de tratar o glaucoma em gatos dependendo, principalmente, da análise feita pelo veterinário oftalmologista. Podem ser usados colírios, tratamentos com laser ou até mesmo o implante de válvulas nos olhos dos animais. Porém, o oftalmologista explica que, muitas vezes, o tratamento é limitado e falho. Por isso, a perda do olho é uma consequência comum da doença. “As medicações respondem muito pouco. Normalmente esse olho que é removido tem que ser encaminhado para um laboratório de patologia para saber por que o olho progrediu desse modo e nessa proporção”. No caso de um glaucoma secundário, é muito importante tratar a doença que deu origem a esse problema. 

    Glaucoma em gatos: como prevenir o problema?

    Se você ficou preocupado com o seu gatinho e quer saber se tem alguma forma de prevenir que ele tenha glaucoma, a única forma de fazer isso é com check-ups frequentes. Só esse acompanhamento com um profissional é capaz de detectar a doença a tempo, evitando que ela se transforme em um problema ainda maior. Além disso, observar todo o corpo do seu bigodudo também é super importante, como Thiago destaca: “Uma coisa que é pouco discutida em gatos é a questão dos dentes. É muito importante que a gente cuide da dentição e realize tratamentos periodontais porque, apesar de ser um pouco menos comum do que em cães, gatos também podem ter uveítes secundárias a alguma bactéria que venha da boca. Mas a prevenção do glaucoma em gato basicamente se baseia na prevenção de doenças sistêmicas que poderiam acometer a úvea, causar uveíte e, mais tarde, o glaucoma”.

    Redação: Juliana Melo e Maria Luísa Pimenta

    Pancreatite canina: como é a recuperação da doença?

    Próxima matéria

    Pancreatite canina: como é a recuperação da doença?

    Insuficiência renal em gatos: veterinária tira todas as dúvidas sobre essa doença grave que atinge os felinos!
    Saúde

    Insuficiência renal em gatos: veterinária tira todas as dúvidas sobre essa doença grave que atinge os felinos!

    A insuficiência renal em gatos é uma doença que pode ser muito comum quando falamos de felinos. Sem cura, o problema precisa de acompanhamento constante e cuidados especiais para evitar complicações. Apesar de ser uma doença grave, o gato com problema renal pode ter qualidade de vida. Para tirar as dúvidas sobre a insuficiência renal em gatos, o Patas da Casa conversou com a médica veterinária Izadora Souza, do Rio de Janeiro. Vem conferir!

    Gato Birmanês: conheça todas as características desse adorável felino
    Raças

    Gato Birmanês: conheça todas as características desse adorável felino

    O Birmanês, que também é conhecido como gato Sagrado da Birmânia, é um animal super dócil e elegante que tem muita história para contar. O gato da Birmânia é descendente de animais que eram venerados como deuses entre o século XV e XVI nos templos budistas do sudeste asiático. Muito sensível, a raça de gato é conhecida pelo companheirismo, já que se apega facilmente à família humana. O gato Birmanês gosta de explorar e é curioso, mas diferente dos outros gatos, ele gosta da estabilidade do chão e não gosta muito de altura.

    Ragamuffin: características, temperamento, cuidados... conheça essa raça de gato que tem a pelagem longa
    Raças

    Ragamuffin: características, temperamento, cuidados... conheça essa raça de gato que tem a pelagem longa

    O Ragamuffin é uma raça de gato muito amável e carinhosa. Não muito conhecido no Brasil, o gato ragamuffin se originou a partir do cruzamento com felinos da raça Ragdoll. É considerado um gato gigante e pode chegar até os 9kg. O "Ragamuffin cat" pode ter a pelagem e olhos de diferentes cores. Uma característica marcante é o jeito brincalhão e o fato de amar colo. O Ragamuffin é ideal para famílias com crianças e outros animais.

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais
    Raças

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais

    O gato Himalaia é, sem dúvidas, uma das raças mais queridinhas e desejadas pelos amantes de felinos. Ele reúne em sua genética a mistura de outras duas raças que são muito populares: o gato Persa e o Siamês. Ou seja, é carisma e fofura em dose dupla! Além disso, esse gatinho tem uma personalidade super dócil e tranquila, sendo a companhia perfeita para quem sempre sonhou em ter um bichinho de estimação. Se esse é o seu caso, ou se você já tem um gato do Himalaia e quer conhecer tudo sobre ele, essa matéria vai te ajudar bastante. 

    Ver Todas >

    Dente de gato: como preservar a saúde bucal do seu felino?
    Saúde animal

    Dente de gato: como preservar a saúde bucal do seu felino?

    A pasta e a escova de dente para gatos são os principais aliados para a boa higiene bucal dos felinos. Escovar os dentes do gato evita doenças, previne o mau hálito e preserva os dentinhos. Seja quando o gato troca de dente ou quando já é um bichano idoso, a dentição felina requer cuidados especiais em todas as fases da vida. Saber como escovar os dentes do gato corretamente é o primeiro passo para garantir a higiene bucal, além de uma alimentação balanceada. 

    Giárdia canina: como funciona a vacina contra a doença?
    Saúde animal

    Giárdia canina: como funciona a vacina contra a doença?

    A giárdia canina é uma doença infecciosa causada por um protozoário que pode acometer cães, gatos e seres humanos. Essa zoonose ocorre quando o cachorro ingere cistos do protozoário, que podem estar presentes na água e alimentos. Além disso, como os cachorrinhos são animais que usam a boca para diversas funcionalidades, é possível que o pet colete o parasita lambendo um brinquedo, bebendo água de uma poça ou mastigando algum objeto. Ficar de olho em como prevenir a doença é muito importante, visto que a giárdia em cães é transmitida para outros animais com facilidade. 

    Sarna em gatos: o que é e o que fazer?
    Saúde animal

    Sarna em gatos: o que é e o que fazer?

    A sarna em gatos é um dos problemas de pele mais comuns que podem afetar o bichano. Causada por ácaros que ficam na pelagem dos felinos, a doença também pode acometer cachorros e até mesmo humanos. O gato com sarna sofre bastante com coceiras e problemas na pele. Felizmente, existe tratamento de sarna em gatos capaz de eliminar os parasitas e garantir conforto ao peludo. 

    Tosse de cachorro: o que pode ser?
    Saúde animal

    Tosse de cachorro: o que pode ser?

    O cachorro com tosse é algo que pode assustar muitos tutores, principalmente quando acontece de forma recorrente e não tem um motivo aparente. O sintoma indica algum incômodo no sistema respiratório canino e pode estar associado a diferentes causas que variam desde problemas mais simples, como um engasgo na hora de comer, até algo mais sério, como doenças cardíacas e vermes pulmonares.

    Ver Todas >