Comportamento animal

Exercícios para cachorro: 6 dicas para seu pet ter uma vida mais saudável

Publicado - 18 Julho 2022 - 11h57

Atualizado - 21 Maio 2024 - 18h06

Seja por meio de brincadeiras para cachorros ou prática de esportes, como o agility, os exercícios para trazem inúmeros benefícios à saúde do pet. Eles proporcionam um gasto saudável de energia, evitam doenças cardíacas, auxiliam no controle do peso corporal e estimulam suas habilidades cognitivas, além de estreitar os laços entre tutor e cachorro. Ou seja: não há dúvidas de que a prática de atividades ajuda bastante na saúde animal. Por isso, é indicada para todos os tipos de cães.

Talvez você já tenha visto um Pitbull bombado ou outra raça de cachorro musculoso por aí e se perguntou como faz para chegar nesse nível. A verdade é que cada raça precisa de um treino especial para alcançar seu objetivo de saúde, não necessariamente precisando ficar super forte e treinar por horas para garantir bons resultados. Quer saber como começar a praticar exercícios para cachorro emagrecer, manter o peso, gastar energia ou diminuir o sedentarismo de forma saudável? Confira algumas dicas que o Patas da Casa para essa missão!

1) Planeje os exercícios para cachorro de acordo com a raça, nível de energia, saúde e idade do pet

O primeiro passo se você quer implementar exercícios para cachorro na rotina do pet é entender que cada animal precisa de um tipo diferente. Os exercícios para um Pitbull bombado com certeza serão bem diferentes das atividades para um Chihuahua pequenininho. Existem algumas raças que não precisam de muitos exercícios físicos, como é o caso do Bulldog Francês e o Cavalier King Charles Spaniel. Nesse caso, você pode fazer atividades de menor intensidade e por menos tempo. Já para as raças mais agitadas, como Golden Retriever e Border Collie, as brincadeiras para cachorro precisam ser mais intensas e frequentes.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Outro ponto importante na hora de planejar exercícios para cachorro emagrecer ou apenas se manter ativo é a sua saúde. Raças de cachorro braquicefálico têm naturalmente maior dificuldade de respirar e se cansam mais rapidamente. Por isso, se você tem um Pug ou um Shih Tzu, o ideal é fazer atividades leves e por pouco tempo, para não cansá-lo. Já os cães com tendências a problemas ósseos, como displasia de quadril, também devem ter mais cuidado. Por fim, planeje os exercícios para cachorro de acordo com o nível de energia do pet. Filhotes costumam ter muito mais disposição que cachorros idosos, então modere a intensidade de acordo com a idade do pet.

2) Crie um horário especial para fazer as brincadeiras para cachorro

Os cães funcionam muito melhor quando seguem uma rotina - para comer, dormir, passear e brincar. Exercitar por um dia e só voltar após uma semana não traz resultados. Isso é muito importante se você quer fazer exercícios para cachorro emagrecer e se manter saudável. Além disso, é bom já deixar um horário separado no seu dia para isso. Ter um momento específico para exercícios ou brincadeiras para cachorro ajuda o tutor a se organizar melhor, evitando que acabe deixando a atividade de lado por falta de tempo.

Além disso, ainda é bom para o pet, pois sabendo que vai ter aquele momento especial para brincar com o tutor, fica menos ansioso e entediado ao longo do dia. Vale ressaltar que o horário para atividades não necessariamente precisa ser muito longo. Muitas vezes, para se ter um cachorro musculoso basta meia horinha de atividade bem aproveitada. Não é porque você tem um American Bully bombado que ele precisa de uma atividade super intensa. O excesso nunca é bom.

3) Comece devagar para evitar o cansaço excessivo do cão

Se você e seu doguinho não têm o costume de fazer atividades físicas, é importante iniciar com calma. Não adianta começar a se exercitar um dia e já querer um cachorro forte e com boa resistência imediatamente. Iniciar os exercícios já de forma intensa não traz resultados mais rápidos - pelo contrário, o cão fica mais cansado, já que não está acostumado a se exercitar assim, o que gera um aproveitamento muito menor. Além disso, ele pode começar a ver os exercícios como algo ruim, já que não se sente bem com o cansaço que vem durante a prática. O mesmo vale para cães que já eram acostumados a exercícios, mas diminuíram a frequência por algum motivo. Portanto, não importa se você já tem um American Bully bombado ou um cãozinho que nunca treinou: sempre comece com cautela para que ele se acostume com o novo estímulo físico.

 

Homem treinando cão marrom peludo em jardim
Existe uma infinidade de exercícios para cachorro, como circuito de agillity, corridas e até mesmo natação

 

4) As opções de exercícios para cachorro são variadas

Qualquer coisa muito repetitiva fica chata, não é mesmo?! Isso também vale para os exercícios para cachorro. Até mesmo um Pitbull bombado uma hora cansa da atividade que faz e precisa de outros tipos de lazer. Portanto, faça caminhada em alguns dias, brinque de pegar a bolinha em outros, faça um circuito de agility em algum momento… essa variedade de brincadeiras para cachorro faz com que o pet sempre se mantenha interessado. Afinal, quem não ama uma novidade? Uma boa dica é tentar praticar a natação para cachorro. Todos os cães podem se beneficiar com essa atividade, principalmente aqueles cães que amam brincar na água, como Poodle e Labrador. Trazer inovações ajuda o animal a ter uma vida mais saudável de forma divertida.

5) A prática de exercício para cachorro emagrecer deve ser estar aliada a uma boa alimentação 

Sejam exercícios para cachorro emagrecer ou manter o peso, é fundamental garantir uma boa alimentação. Você não terá um cachorro bombado apenas fazendo atividades físicas. É necessário ingerir todos os nutrientes fundamentais para cães e manter uma dieta regular. O ideal é conversar com um veterinário para que ele te explique qual a ração recomendada para seu pet e com qual frequência ele deve comer. Uma boa alimentação aliada a uma rotina de exercícios é a única maneira de deixar o cachorro musculoso, ativo e saudável ao mesmo tempo.

6) Prática de exercícios não substitui o acompanhamento veterinário 

Além da rotina de exercícios para cachorro e de uma boa alimentação, é fundamental manter um acompanhamento veterinário. É ele quem vai monitorar a saúde do seu pet e informar se os exercícios para cachorro emagrecer estão rendendo bons resultados, se a dieta está adequada, se o cachorro está realmente com os nutrientes em dia etc. Além disso, o veterinário vai estar sempre de olho se o animal apresenta problemas que podem comprometer os exercícios, como dores e machucados. Portanto, se você quer proporcionar uma vida mais saudável ao seu pet, faça visitas frequentes ao veterinário. De nada adianta fazer exercícios e ter um cachorro longe do sedentarismo se ele estiver cheio de problemas de saúde que podem comprometer seu corpo no futuro. 

Redação: Maria Luísa Pimenta

Comportamento

Filme para assistir com meu gato: 11 filmes protagonizados por gatinhos para ver acompanhado do seu pet

Quem precisa de uma noite badalada quando você pode aproveitar o momento para assistir filmes do lado do seu bichinho de estimação, ...

Cachorro

O Chow Chow é perigoso e hostil? Saiba o que é mito e o que é verdade sobre a personalidade da raça de cachorro

O Chow Chow é um cachorro de porte médio, super peludo e conhecido por ter a língua azul. A raça, de origem chinesa, conquista muito...

Cachorro

Samoieda: saiba como ter um cachorro da raça russa e outras curiosidades sobre a convivência com esse pet

O Samoieda é um dos cachorros mais bonitos que existem! Com uma pelagem branquinha e uma fisionomia que lembra bastante um lobo, a r...

Cachorro

Dogo Argentino: 10 curiosidades para conhecer o cachorro parecido com Pitbull

O Dogo Argentino é um cachorro grande e imponente. Em um primeiro momento, ele pode até assustar quem não conhece, principalmente po...

Comportamento

Filme para assistir com meu gato: 11 filmes protagonizados por gatinhos para ver acompanhado do seu pet

Quem precisa de uma noite badalada quando você pode aproveitar o momento para assistir filmes do lado do seu bichinho de estimação, ...

Gato

Tipos de gato Savannah: curiosidades sobre a raça híbrida que é uma das mais caras do mundo

Considerado um dos felinos mais caros do mundo, o gato Savannah é cheio de curiosidades e características impressionantes. A raça, q...

Cachorro

O Chow Chow é perigoso e hostil? Saiba o que é mito e o que é verdade sobre a personalidade da raça de cachorro

O Chow Chow é um cachorro de porte médio, super peludo e conhecido por ter a língua azul. A raça, de origem chinesa, conquista muito...

Adote um animal

Os nomes para gatos fêmeas mais famosos do momento: 100 dicas para escolher como chamar seu novo pet em 2024

Existem muitas opções de nomes para gatos fêmeas para escolher depois da adoção.  A inspiração para nomes de gatos pode vir de ...

Ver todas