Saúde

Em quais casos o antialérgico para cachorro é indicado?

Antialérgico para cachorro: saiba quando usar o medicamento para cuidar do animal
Antialérgico para cachorro: saiba quando usar o medicamento para cuidar do animal

O cachorro com alergia não é incomum e o problema pode surgir em qualquer fase de vida. Nesses casos, o uso de antialérgico para cachorro é o tratamento mais recomendado para controlar o processo alérgico e garantir mais bem-estar ao seu amigo. Ainda assim, é comum que o medicamento cause dúvidas relacionadas ao tempo de uso e, principalmente, em quais casos pode ser utilizado. Por isso, é importante ter cautela e seguir exatamente o que for passado pelo veterinário. Para entender melhor sobre o assunto, nós reunimos os principais casos em que os antialérgicos são realmente necessários. Dá uma olhada!

Antialérgico para cachorro: veja algumas doenças que podem ser administradas com o medicamento

Em um caso de cachorro com alergia, o veterinário fará uma avaliação para determinar a causa exata do problema e, só então, receitar o antialérgico para cachorro ideal. Antes de levá-lo para atendimento médico, é bom listar todos os passos e coisas que o cachorro comeu ou teve contato. Isso vai ajudar a identificar a origem do problema. Veja só!

- Dermatite atópica canina

De origem genética, a dermatite atópica canina é desencadeada pelo contato direto com fumaça, poeira, pólen, ácaros, entre outros. A atopia provoca o ressecamento intenso da pele, que pode desenvolver para feridas se não cuidada desde os primeiros indícios. Nesse caso, a melhor forma de tratar é com o antialérgico para cachorro e ele deve ser receitado depois do diagnóstico e dos exames que confirmem o problema no animal. Mas, vale lembrar que, por se tratar de um problema que não tem cura, o acompanhamento com um veterinário deve ser feito pelo resto da vida do animal, ok?

Piodermite canina

A piodermite canina é uma infecção bacteriana muito comum. O remédio para alergia de cachorro faz parte do tratamento, que pode demandar também o uso de antibióticos. Se o seu cãozinho anda se coçando com frequência, é bom ficar atento. Boa parte dos animais costumam apresentar coceira como um dos principais sintomas, mas outros sinais também podem ser observados, como o surgimento de caroços pelo corpo do animal e bolinhas de pus. A queda de pelos também pode ocorrer.

Alergia alimentar em cães

Os cães também podem ter alergia a determinados alimentos. Entre eles, está a carne bovina, a soja, o milho e o trigo, que estão presentes na maioria das rações comerciais. Sendo assim, é importante estar atento à composição da ração de seu amigo e trocá-la caso ele manifeste qualquer sinal de alergia. Nesse caso, vômitos, diarreia, coceira, irritação na pele e dores intestinais podem indicar que algo não vai bem com o seu pet. O tratamento com antialérgico para cachorro também pode indicado pelo veterinário para amenizar os sintomas.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Cachorro com alergia: p ulgas, carrapatos, ácaros e alimentos podem causar o problema no seu amigo
    Cachorro com alergia: p ulgas, carrapatos, ácaros e alimentos podem causar o problema no seu amigo

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Cachorro com alergia a pulga também pode ser tratado com o uso de antialérgicos 

    Muitos tutores não sabem, mas a ação das temidas pulgas e carrapatos também pode resultar em cachorro com alergia. O grande problema está na saliva desses parasitas, que tende a irritar a pele do seu amigo, levando a uma coceira extrema. Cães que sofrem com esse problema, inclusive, têm o hábito de se lamber e se esfregar em diferentes superfícies por conta desse incômodo causado pela alergia. Nesse caso, um dos melhores tratamentos é por meio da administração de antialérgicos para cachorro com alergia. Mas lembre-se: é necessário levar o pet em um veterinário para ter o diagnóstico certo e, então, iniciar o tratamento com as doses adequadas.

    Cachorro com alergia: como prevenir e garantir o bem-estar do seu amigo

    Se você tem um pet em casa, saiba que existem algumas formas de prevenir a alergia em cachorro e garantir a saúde do animal. Investir em uma tosa higiênica e regular é uma delas. Desta forma, você evita que parasitas possam habitar no corpo do animal e, consequentemente, causar irritações na pele. Evitar o contato do seu pet com insetos, como abelhas e formigas, também é importante. Além disso, é fundamental manter uma alimentação saudável e equilibrada, respeitando as limitações do seu cãozinho. Comidas de humanos nem pensar, ok? 

    Redação: Úrsula Gomes

    Quais as características da panleucopenia felina que merecem atenção?

    Próxima matéria

    Quais as características da panleucopenia felina que merecem atenção?

    Anti-inflamatório para cachorro: em quais casos o medicamento é indicado?
    Saúde

    Anti-inflamatório para cachorro: em quais casos o medicamento é indicado?

    O anti-inflamatório é um dos medicamentos mais comuns no dia a dia dos humanos. Mesmo sem prescrição médica, é a ele que a gente costuma recorrer para tratar dores e incômodos simples. Se essa prática não é recomendada nem para o nosso organismo, que dirá para o dos cachorros, que funciona de forma diferente. Se o anti-inflamatório para cachorro não pode ser usado deliberadamente, vale a pena em quais casos e como ele deve ser administrado no seu amigo.

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão
    Cuidados

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão

    Os cães são animais que, na maior parte do tempo, não gostam de ficar sozinhos - afinal, antes de serem domesticados, eles viviam livres em matilhas. Com a vida urbana, muitos cães acabam não recebendo os estímulos adequados para gastar energia e socializar com outros animais e pessoas. Para auxiliar a vida do tutor, que nem sempre consegue estar perto de seu pet durante o dia, existem muitas alternativas. Uma delas é a creche para cachorro: uma acomodação diária em que você pode deixar seu amigo em um lugar totalmente adaptado para cães.

    5 motivos pelos quais seu cachorro late em casa
    Adestramento

    5 motivos pelos quais seu cachorro late em casa

    O cachorro latindo pode significar várias coisas, já que os cães não usam os latidos apenas para se expressarem. É com essa comunicação que eles conseguem sinalizar para seus humanos o que querem e, até mesmo, se há algo incomodando ou alguém por perto que apresenta perigo. Cada cachorro tem uma personalidade e, por isso, alguns latem mais e outros menos. Há estudos também que apontam a diferença de latidos entre as raças. Agora, se você tem um cachorro que late muito a ponto de causar problemas com vizinhos, é necessário avaliar a melhor alternativa para ajudar o animal e conviver pacificamente com a vizinhança. 

    Pelo de cachorro pela casa? Veja quais raças soltam mais e como minimizar o problema
    Raças

    Pelo de cachorro pela casa? Veja quais raças soltam mais e como minimizar o problema

    Amor à primeira vista é um sentimento comum ao adotar ou comprar um cãozinho. Mas, também é normal deixar para segundo plano uma pesquisa completa sobre as características e comportamentos de determinadas raças. E é em casa, depois de alguns dias que se percebe um incômodo: a queda de pelo em cachorro. De repente, aparecem vários tufos pela casa e você sequer entende como é possível o bichinho soltar tanto pelo.

    Ver Todas >

    Alopécia canina: saiba mais sobre a queda de pelos em Dachshunds
    Saúde animal

    Alopécia canina: saiba mais sobre a queda de pelos em Dachshunds

    O Dachshund, popularmente conhecido como o cachorro salsicha, é uma raça que está presente em vários lares brasileiros e ao redor do mundo. São cães alegres, divertidos e que melhoram a energia de qualquer lugar. No entanto, quem tem um cachorro dessa raça deve ficar atento a alguns problemas de saúde que são bastante comuns, como a alopecia canina. 

    O que é a paralisia súbita da extremidade traseira em gatos? Veterinária explica tudo!
    Saúde animal

    O que é a paralisia súbita da extremidade traseira em gatos? Veterinária explica tudo!

    Se você observou seu gato com dificuldade de andar com as patas traseiras, é importante ficar atento. Quando o gato arrasta patas traseiras pode parecer uma situação corriqueira e que não traz nenhum risco para a saúde do felino, mas a verdade é que esse é um tipo de paralisia em gatos que pode, sim, ser bastante prejudicial para o seu bichano. 

    Trombose em cachorro: o que é, quais as causas e como prevenir o problema?
    Saúde animal

    Trombose em cachorro: o que é, quais as causas e como prevenir o problema?

    A maioria dos cães geralmente tem uma boa saúde ao longo de sua vida, principalmente se eles forem bem cuidados. No entanto, ainda assim alguns problemas podem surgir quando menos se espera, como é o caso da trombose em animais. Embora não seja um quadro tão comum, é importante saber tudo sobre a doença, pois dependendo da região que foi atingida, o cachorro pode ter sua qualidade de vida bastante afetada. 

    Homeopatia para gatos renais: tratamento traz mais qualidade de vida para felinos com insuficiência renal
    Saúde animal

    Homeopatia para gatos renais: tratamento traz mais qualidade de vida para felinos com insuficiência renal

    A insuficiência renal em gatos é uma doença considerada comum quando falamos dos felinos. Por não ter cura, alguns cuidados especiais e acompanhamento constante durante toda a vida do animal são muito importantes para evitar a evolução do quadro. A homeopatia animal é um dos tratamentos que podem trazer mais qualidade de vida para os gatinhos diagnosticados com a doença. 

    Ver Todas >