close
Saúde

Conheça as principais doenças de cachorro que afetam o sistema gastrointestinal

Atualizado · 10 de junho de 2020 · 19h20

Publicado · 10/06/2020 · 19h18

Doenças de cachorro: os problemas gastrointestinais são mais comuns do que você imagina!
Doenças de cachorro: os problemas gastrointestinais são mais comuns do que você imagina!

Existem várias doenças de cachorro que podem comprometer a saúde do seu amigo. Entre elas, estão as que afetam o sistema gastrointestinal do animal. Incômodas e muitas vezes perigosas, tanto as doenças intestinais em cães quanto aquelas que atingem o estômago, por exemplo, podem ser causadas por fatores diferentes que vão desde a ingestão de alimentos contaminados até quadros de estresse ou ansiedade. Nesses casos, os sintomas mais comuns são cachorro vomitando, diarreia e desidratação. Por isso, é importante redobrar a atenção e a qualquer sinal de que algo não vai bem com o seu amigo buscar a ajuda de um médico veterinário. Ficou com dúvidas? Nós separamos as principais doenças que podem atingir o sistema gastrointestinal do seu cachorro e merecem a sua atenção. Dá uma olhada!

A gastrite em cachorro pode ser evitada com uma alimentação equilibrada e adequada à idade do bichinho

Não é raro encontrar um cachorro com gastrite, principalmente quando se trata de um animal que não segue uma dieta balanceada e saudável. Isso porque uma rotina alimentar inadequada pode favorecer a inflamação da mucosa que reveste o estômago, resultando no quadro. A doença é bastante comum em cães da raça Bulldog, Maltês e Shih Tzu e pode ocorrer em qualquer fase da vida do animal. Por isso, é importante ter atenção a sintomas como: vômito, dores abdominais, falta de apetite, perda de peso e diarreia.

Ao notar qualquer sinal fora do comum, é importante procurar um veterinário para que o diagnóstico seja feito por meio de uma endoscopia e o controle da doença seja iniciado. Normalmente, o médico indica mudanças na alimentação do cachorro.

Pancreatite canina: alimentos gordurosos são as principais causas da doença

pancreatite canina é uma doença grave e que pode ser adquirida por alguns motivos. O principal deles é a ingestão de alimentos ricos em carboidratos e gorduras. Ou seja: aquele pedacinho de bolo ou biscoito que você insiste em dar para o seu amigo pode resultar na inflamação do pâncreas, causando a famosa pancreatite em cachorro. Em geral, os sinais clínicos mais comuns da doença são febre, falta de apetite, dor abdominal e ofegância. Cachorro vomitando ou com diarreia também pode ser um sinal de que a saúde do seu amigo está prejudicada. Neste caso, um hemograma completo e um ultrassom do abdômen podem ajudar a diagnosticar a doença. O tratamento quase sempre é feito com analgésicos para a dor e antibióticos para melhorar o funcionamento pancreático do animal. Por isso, na maioria das vezes, a internação é recomendada pelos veterinários.

Qual raça de gato você é?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

O que você mais gosta de fazer nos momentos de lazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Se você pudesse se descrever com uma palavra, quais das opções a seguir escolheria?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Alguém te chamou para sair para um lugar inusitado, o que você pensa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica depois de dormir pouco na noite anterior?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você viajou e se perdeu em uma cidade que não conhece muito: o que passa pela sua cabeça?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Quais dessas características você procuraria em um pet?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

O que seus amigos próximos pensam sobre você?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você gosta de curtir as férias?

Question Header Background

Sua personalidade aventureira combina com o Bobtail Japonês! Você é divertido assim como o gato Siamês! Sua personalidade ranzinza combina com o gato Maine Coon! Você é preguiçoso como um gatinho Persa!
      Tratamento das doenças gastrointestinais em cães pode envolver uma dieta rica em fibras e menos calórica
    Tratamento das doenças gastrointestinais em cães pode envolver uma dieta rica em fibras e menos calórica

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    Gastroenterite em cães: diagnóstico precoce é fundamental

    A gastroenterite canina é uma doença de cachorro que pode ser adquirida de diferentes formas. Ela pode ser viral, bacteriana e até mesmo por intoxicação ou inflamação. Mas, independente da variação da doença, uma coisa é certa: ela não demora a dar seus primeiros sinais. Quadros simples de vômitos que evoluem para diarreia combinados a falta de apetite e fezes com sangue podem indicar que o seu pet está sofrendo com o problema. Nesse caso, o tratamento pode variar de acordo com o caso do animal. Quando a doença é bacteriana, é comum que o tratamento seja à base de antibióticos e vitaminas. Já nos quadros inflamatórios, existem também outras medicações que podem ser receitadas.

    A colite canina é muito comum em animais na fase adulta

    Uma das principais causas de desconforto e quadros de diarreia, a colite em cães é o resultado da inflamação da mucosa intestinal do animal. Comum na fase adulta dos animais, a doença pode se apresentar de duas formas: aguda ou crônica. Na primeira, os sintomas costumam ser repetidos e de longa duração. Já na segunda, o quadro pode se estender por cerca de três semanas ou ser recorrente. A sua origem, na maioria das vezes, está relacionada à alergias alimentares em cães, parasitas e estresse. Os sintomas mais recorrentes da doença são presença de muco ou sangue nas fezes, diarreia, perda de peso e desidratação. Quanto ao tratamento, costuma ser feito com dietas especiais ricas em fibras e probióticos. Entretanto, em alguns casos, pode ser necessário o uso de antibióticos. 

    A giárdia em cães causa vômitos, falta de apetite e dores abdominais no animal

    Apesar de não ser uma doença gastrointestinal, provoca muitos efeitos nesse sistema do cachorro. Causada por um protozoário que age na corrente sanguínea, a giárdia em cães ocorre a partir do contato direto com as fezes de um animal contaminado. Também existe a transmissão pela amamentação, quando o filhote se infecta pelo aleitamento materno. Ela causa vômito, apatia alimentar e até mesmo diarreia sanguinolenta, que é quando há presença de muco ou pequenos cistos. Além disso, mal-estar, queda nos pelos, gases e desidratação podem indicar que o seu cachorro está contaminado.

    Apesar de parecer inofensiva, a giárdia canina quando não tratada pode ser fatal para o seu cãozinho - principalmente para os que ainda são filhotes, fase em que a doença é mais agressiva. Por isso, você deve evitar expor o seu cachorro a locais públicos, com outros animais, onde há a suspeita da doença e fazer visitas frequentes ao veterinário. Considere também dar a vacina de giárdia, que não é uma imunização obrigatória. O tratamento da doença geralmente é feito com antibióticos por cerca de cinco a sete dias.

    Redação: Úrsula Gomes 

    Pancreatite canina: como é a recuperação da doença?

    Próxima matéria

    Pancreatite canina: como é a recuperação da doença?

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro
    Grandes

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro

    O Galgo Afegão, também chamado de Afghan Hound, é um cachorro originário do Oriente Médio com aparência exótica e charmosa, difícil de passar despercebido. O que poucas pessoas sabem é que, por trás da postura elegante e independente do cão Afegão, existe um ótimo companheiro de quatro patas, cheio de energia para gastar e amor para dar. Mas o que é necessário saber sobre essa raça de cachorro antes de comprar ou adotar um exemplar? Como é a personalidade do Afghan Hound e que cuidados são necessários com o cãozinho? 

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana
    Grandes

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana

    Um dos cãezinhos mais surpreendentes é o Cane Corso. Embora ele não seja tão popular quanto outras raças de cachorro grande, como o Labrador e o Golden Retriever, o Cane Corso é dono de um enorme coração e tem uma personalidade incrível. Algumas pessoas podem até se intimidar com o tamanho e a postura imponente do doguinho, mas só quem convive com um Cane Corso sabe como estes cães são adoráveis e carinhosos.

    Poodle: veja o infográfico e conheça todas as características da raça de cachorro
    Raças

    Poodle: veja o infográfico e conheça todas as características da raça de cachorro

    O Poodle é um dos cães mais populares do mundo, e não faltam motivos para isso. Além dos pelos encaracolados de diferentes cores, que são típicos da raça, a inteligência, curiosidade e obediência do cachorro Poodle são traços que chamam a atenção. Mas como será que esse cãozinho é no dia a dia? Quais são as principais características e que cuidados devem ser tomados com o animal?

    Golden Retriever: veja o infográfico e conheça as principais características da raça de cachorro
    Grandes

    Golden Retriever: veja o infográfico e conheça as principais características da raça de cachorro

    O Golden Retriever é um cachorro grande, com um coração maior ainda. Não é à toa que esse é um dos dogs mais queridos entre os brasileiros, principalmente por conta do seu companheirismo e jeitinho extrovertido e brincalhão. Assim como acontece com outras raças de cachorro, a raça Golden também tem alguns traços que se sobressaem mais do que outros - tanto na sua personalidade, quanto fisicamente.

    Ver Todas >

    Dente de gato: como preservar a saúde bucal do seu felino?
    Saúde animal

    Dente de gato: como preservar a saúde bucal do seu felino?

    A pasta e a escova de dente para gatos são os principais aliados para a boa higiene bucal dos felinos. Escovar os dentes do gato evita doenças, previne o mau hálito e preserva os dentinhos. Seja quando o gato troca de dente ou quando já é um bichano idoso, a dentição felina requer cuidados especiais em todas as fases da vida. Saber como escovar os dentes do gato corretamente é o primeiro passo para garantir a higiene bucal, além de uma alimentação balanceada. 

    Giárdia canina: como funciona a vacina contra a doença?
    Saúde animal

    Giárdia canina: como funciona a vacina contra a doença?

    A giárdia canina é uma doença infecciosa causada por um protozoário que pode acometer cães, gatos e seres humanos. Essa zoonose ocorre quando o cachorro ingere cistos do protozoário, que podem estar presentes na água e alimentos. Além disso, como os cachorrinhos são animais que usam a boca para diversas funcionalidades, é possível que o pet colete o parasita lambendo um brinquedo, bebendo água de uma poça ou mastigando algum objeto. Ficar de olho em como prevenir a doença é muito importante, visto que a giárdia em cães é transmitida para outros animais com facilidade. 

    Sarna em gatos: o que é e o que fazer?
    Saúde animal

    Sarna em gatos: o que é e o que fazer?

    A sarna em gatos é um dos problemas de pele mais comuns que podem afetar o bichano. Causada por ácaros que ficam na pelagem dos felinos, a doença também pode acometer cachorros e até mesmo humanos. O gato com sarna sofre bastante com coceiras e problemas na pele. Felizmente, existe tratamento de sarna em gatos capaz de eliminar os parasitas e garantir conforto ao peludo. 

    Tosse de cachorro: o que pode ser?
    Saúde animal

    Tosse de cachorro: o que pode ser?

    O cachorro com tosse é algo que pode assustar muitos tutores, principalmente quando acontece de forma recorrente e não tem um motivo aparente. O sintoma indica algum incômodo no sistema respiratório canino e pode estar associado a diferentes causas que variam desde problemas mais simples, como um engasgo na hora de comer, até algo mais sério, como doenças cardíacas e vermes pulmonares.

    Ver Todas >