Comportamento

Como socializar gatos? 5 segredos para tornar tudo mais fácil

Se você não sabe como socializar gatos, chegou a hora de descobrir algumas técnicas infalíveis
Se você não sabe como socializar gatos, chegou a hora de descobrir algumas técnicas infalíveis

Um dos grandes desafios que vários tutores enfrentam é não saber como socializar gatos corretamente, o que pode desencadear problemas de convivência, como ciúmes e brigas. Normalmente, o período mais indicado para fazer a socialização é quando o gato ainda é um filhotinho, porque ele ainda está se adaptando ao mundo e fica mais fácil de apresentá-lo a novas experiências. No entanto, socializar gatos mais velhos também não é uma missão impossível, desde que você use as estratégias certas para isso. Veja algumas dicas essenciais para tornar a socialização dos gatos menos complicada!

1) Enriquecer o ambiente com brinquedos para gatos é um ótimo truque

Logo depois de adotar um gatinho, é normal que o animal demore um pouco para se acostumar com o espaço e com sua nova família. Afinal de contas, é um lugar totalmente novo e diferente para ele. Para facilitar esse processo, uma das primeiras coisas que o tutor deve fazer é promover um ambiente enriquecido e gatificado: nichos, prateleiras e vários brinquedos para gatos são super bem-vindos, e o seu gatinho certamente vai adorar. Os arranhadores são essenciais na rotina de um felino, mas varinhas, bolinhas e brinquedos de corda também são uma boa ideia. Ah, e não esqueça de pensar também no conforto do seu pet: uma cama quentinha e fofinha é indispensável para ele ter um cantinho para descansar.

2) O sachê para gatos desperta o lado mais amigável dos felinos

É muito fácil conquistar um gato pela barriga: os bichanos simplesmente amam um bom sachê, e é praticamente impossível eles recusarem esse pequeno mimo. Isso, inclusive, os deixam muito mais receptivos para possíveis interações - seja com pessoas ou até mesmo com outros animais. Na prática, isso funciona como uma espécie de reforço positivo: conforme o gatinho for se comportando “bem” diante daquela situação, ele recebe um sachê de recompensa. 

3) Como socializar gatos com outros gatos: calma e paciência são importantes

Tornar dois gatos amigos não é muito difícil, mas precisa de muita calma e paciência. Os felinos precisam se acostumar primeiro com o cheiro do outro animal antes de serem apresentados, e é importante que, inicialmente, o contato entre eles seja sempre supervisionado para evitar conflitos. A castração de gato ajuda bastante a reduzir as chances de uma briga acontecer, já que a cirurgia inibe alguns hormônios naturais e deixa o animal menos territorialista e, consequentemente, menos briguento. Para a socialização entre eles ser um sucesso, as duas primeiras dicas também podem ajudar. Vale lembrar que o tutor deve sempre estar presente nas brincadeiras e dando atenção para os dois gatinhos igualmente.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
      Socializar gato e cachorro: os bichinhos podem se tornar grandes amigos
    Socializar gato e cachorro: os bichinhos podem se tornar grandes amigos

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    4) Como socializar gato e cachorro: o primeiro passo é entender que são espécies diferentes

    O cachorro e gato até conseguem viver bem juntos, mas cada bichinho se comporta de uma maneira diferente e precisa do seu próprio espaço. Nos primeiros dias, é importante que o tutor garanta a segurança dos dois animais, garantindo um refúgio para cada e sempre de olho em possíveis mudanças de comportamento. O cachorro geralmente é mais afetuoso e brincalhão, enquanto o gato é mais tímido e recuado, então é necessário delimitar muito bem a relação entre eles para que os cães não invadam o espaço e a privacidade dos gatos e vice-versa. Também é necessário estimular brincadeiras e interações entre eles, mas sempre de uma forma saudável e, claro, com a devida supervisão. Mimos como petiscos, brinquedos e carinho podem ajudá-los a fazer uma associação positiva, então use e abuse desse método para estimular uma aproximação.

    5) Respeite o espaço e os limites do gatinho. Forçar a barra nunca é a solução!

    Não adianta impor uma socialização forçada nos bichanos, porque isso pode deixá-los ainda mais irritados com a situação e ter o efeito oposto. A melhor maneira de conduzir isso é respeitando o espaço e os limites do animal, observando como ele se comporta e qual o nível de abertura que ele dá para se aproximar de novas pessoas e animais. Tudo deve ser muito gradativo para não causar um estresse desnecessário. Caso perceba que ele está ficando desconfortável, deixe que se recolha e fique em um cantinho mais tranquilo, reservado só para ele, e tente novamente outro dia uma nova aproximação.

    BÔNUS: Feromônio para gatos pode ser utilizado em algumas situações

    Se nada disso funcionar, ainda existe um último truque que vai mudar completamente o comportamento do gato na hora de socializar com humanos e outros animais, que é o uso de feromônios artificiais. Existem diferentes tipos do produto, mas com o aconselhamento certo de um profissional comportamentalista você pode encontrar o feromônio para gatos ideal. 

    Redação: Juliana Melo

    Quais os tipos de coleira para cachorro mais indicados para raças grandes?

    Próxima matéria

    Quais os tipos de coleira para cachorro mais indicados para raças grandes?

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais
    Raças

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais

    O gato Himalaia é, sem dúvidas, uma das raças mais queridinhas e desejadas pelos amantes de felinos. Ele reúne em sua genética a mistura de outras duas raças que são muito populares: o gato Persa e o Siamês. Ou seja, é carisma e fofura em dose dupla! Além disso, esse gatinho tem uma personalidade super dócil e tranquila, sendo a companhia perfeita para quem sempre sonhou em ter um bichinho de estimação. Se esse é o seu caso, ou se você já tem um gato do Himalaia e quer conhecer tudo sobre ele, essa matéria vai te ajudar bastante. 

    Norueguês da Floresta: tudo o que você precisa saber sobre a raça de gato
    Raças

    Norueguês da Floresta: tudo o que você precisa saber sobre a raça de gato

    O gato Norueguês da Floresta chama a atenção por onde passa, principalmente por conta do seu porte. Essa é uma raça de gato grande e que tem o corpo bem robusto, coberto por pelos longos e lisos, que deixam o bichano com uma aparência bem fofa e apertável. Também é um animal super gentil e carinhoso, e por isso consegue conquistar a todos com facilidade. 

    Gato Azul Russo: saiba tudo sobre a raça
    Raças

    Gato Azul Russo: saiba tudo sobre a raça

    Com uma pelagem cinza, o gato Azul Russo - também conhecido como Russian Blue - é dono de uma beleza inconfundível e capaz de conquistar facilmente o coração de qualquer pessoa com sua personalidade doce e calma. A raça é originária da Rússia e considerada bastante rara, mas ainda assim muitas pessoas ao redor do mundo se fascinam pelo Azul Russo e não hesitam em procurar um bichano para chamar de seu. 

    Gato Chartreux: saiba tudo sobre a raça de pelagem cinza
    Raças

    Gato Chartreux: saiba tudo sobre a raça de pelagem cinza

    O Chartreux é uma de raça gato cinza bastante querida entre os apaixonados por felinos. E não é à toa, né? Extremamente dócil e carinhoso, é muito fácil entender o motivo por trás da paixão dos gateiros por esse bichano de pelagem cinza e focinho gordinho, o que lembra bastante um ursinho de pelúcia. No entanto, a características desse gatinho não se resumem apenas à sua aparência. Pensando nisso, reunimos aqui as principais informações sobre a origem, o temperamento, os cuidados e as curiosidades sobre o gato Chartreux. Vem se apaixonar por esse felino com a gente!

    Ver Todas >

    Arranhador de sofá: o investimento vale a pena? Quando é indicado?
    Comportamento animal

    Arranhador de sofá: o investimento vale a pena? Quando é indicado?

    Já ouviu falar no arranhador de sofá? Esse simples acessório pode ser a solução dos seus problemas. Mesmo que os gatos tenham sido domesticados há vários anos, eles ainda permanecem com alguns instintos bem vivos. O hábito de afiar as garras frequentemente, por exemplo, é um instinto que não deve ser inibido, mas direcionado para os objetos certos. O sofá normalmente se torna o principal alvo das unhas dos felinos, mas é possível resolver isso com o arranhador de sofá para gatos. 

    Gato gigante: como é o comportamento dos felinos que são maiores que o normal?
    Comportamento animal

    Gato gigante: como é o comportamento dos felinos que são maiores que o normal?

    Os felinos são animais misteriosos, elegantes e apaixonantes. Os gatos gigantes, além de carregarem todas essas virtudes, possuem o diferencial de serem enormes - muitas vezes podendo pesar mais de 10kgs. As raças de gato gigante despertam muitas curiosidades nas pessoas, principalmente sobre o comportamento desses grandes pets. Afinal de contas, se você pretende ter um gato gigante como seu novo amigo, é importante saber como será seu temperamento. 

    5 truques para ensinar ao cachorro em casa
    Comportamento animal

    5 truques para ensinar ao cachorro em casa

    Muitos tutores se perguntam como ensinar truques para cachorro, mas acabam desistindo no meio do caminho. De fato, esse é um processo que requer muita paciência, persistência e firmeza na hora de repassar os comandos para os cães, mas aqui vai um spoiler: todo o esforço vale muito a pena! Os truques para cachorro são uma ótima forma de estimular a mente do seu doguinho, educá-lo e até de melhorar a comunicação entre vocês. 

    Gatos escolhem seus donos?
    Comportamento animal

    Gatos escolhem seus donos?

    Adotar gato é sempre um lindo ato de amor e carinho. Mas muitas vezes os tutores dizem que não foram eles que escolheram o gato, mas sim que “um gato me adotou”. Às vezes ele aparece na sua porta, invade sua casa ou te segue na rua. E vamos combinar que é impossível não se apaixonar por um bichano com olhar pidão, né?! Os gatos são únicos e têm comportamentos muito peculiares, o que fazem deles ótimas companhias.   

    Ver Todas >