Comportamento

Como funciona a língua do gato?

Língua do gato: da autolimpeza à apreciação dos sabores, essa parte do corpo dos felinos tem diversas funções!
Língua do gato: da autolimpeza à apreciação dos sabores, essa parte do corpo dos felinos tem diversas funções!

A língua dos gatos é a parte do corpo desses animais que mais gera curiosidade. Afinal, ela é responsável pela incrível capacidade de autolimpeza dos felinos. Alguns gatos também expressam com ela aquele comportamento particularmente canino de lamber seus donos. Com uma textura áspera, a língua felina chama a atenção pelos pequenos pontos que parecem espinhos. A sua função, porém, vai além do “banho de gato” e influencia o comportamento dos bichanos em vários aspectos. Como tudo tem uma explicação, vamos mostrar como funciona a língua de gato e suas habilidades para facilitar o dia a dia do animal.

Língua de gato: como ela funciona na hora dos banhos diários?

A língua felina é composta por várias cerdas, que na verdade são chamadas de papilas filiformes. Esses “espinhos” carregam muitas funções, entre eles armazenar saliva para distribuir entre o pelo e a pele na hora da autolimpeza. Como esse hábito é diário, não é recomendado dar banhos tradicionais com muita frequência nos felinos, já que eles conseguem fazer isso sozinhos usando a própria língua.

É também na autolimpeza que os gatinhos removem os pelos mortos. Sim, os felinos possuem uma “escova” natural dentro deles. Mas essa função acaba trazendo um problema: as bolas de pelos, que normalmente são eliminadas nas fezes ou no vômito. É por isso que você deve escovar a pelagem do seu gato sempre para que os pelos não o prejudique.

A língua do gato não reconhece todos sabores

Os felinos só conseguem sentir os sabores salgados, azedos ou amargos - eles só possuem 400 papilas gustativas, enquanto nós humanos temos entre 2 mil e 8 mil. Na verdade, a língua do gato é o que os torna tão exigentes na hora de comer. O que ocorre é que eles não identificam a comida pelo gosto, mas sim pelo cheiro.

O olfato dos felinos é altamente desenvolvido e trabalha junto com o paladar para que o gatinho reconheça os alimentos mais saborosos. Isso explica a ação de rejeitar a ração que fica muito tempo no potinho, já que o alimento não tem um cheiro tão agradável e atrativo. As papilas gustativas da língua de gato não são capazes de reconhecerem os sabores doces - é por isso que eles são mais atraídos pelos alimentos salgados.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    A língua felina possui várias cerdas, que conferem aquela textura mais áspera
    A língua felina possui várias cerdas, que conferem aquela textura mais áspera

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia
    Comportamento animal

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia

    Manter a frequência de passeios no dia a dia do seu amigo de quatro patas é algo necessário para todas as raças de cachorro. Além dos benefícios que a socialização desses momentos traz, para muitos animais, essa caminhada é atividade física suficiente para o gasto de energia diário. Raças mais preguiçosas, que só devem se movimentar para manter a saúde, não precisam de muito tempo dedicado a essa área, mas nem todas são assim: para equilibrar, existem algumas raças de cachorro têm energia de sobra. Pensando no bem da saúde do seu animal e buscando evitar que ele desconte essa disposição acumulada em outras partes da casa, nós separamos algumas raças que precisam de agitação para ficar bem no dia a dia. Dá uma olhada!

    Língua felina: lambidas em excesso podem significar problemas de saúde

    Ainda que os gatos tenham o hábito de se lamber várias vezes durante o dia, é importante observar se o bichano não está fazendo isso de forma exagerada. A lambedura em excesso pode significar estresse e até problemas mais graves de saúde, como a dermatite atópica. Se as lambidas estiverem acompanhadas de falhas na pelagem ou feridas pelo corpo, leve o bichano para o veterinário para que o profissional analise o quadro e indique a melhor forma de tratamento. 

    Redação: Júlia Cruz

    5 dicas para educar um cachorro desobediente

    Próxima matéria

    5 dicas para educar um cachorro desobediente

    Gato Azul Russo: saiba tudo sobre a raça
    Raças

    Gato Azul Russo: saiba tudo sobre a raça

    Com uma pelagem cinza, o gato Azul Russo - também conhecido como Russian Blue - é dono de uma beleza inconfundível e capaz de conquistar facilmente o coração de qualquer pessoa com sua personalidade doce e calma. A raça é originária da Rússia e considerada bastante rara, mas ainda assim muitas pessoas ao redor do mundo se fascinam pelo Azul Russo e não hesitam em procurar um bichano para chamar de seu. 

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?
    Saúde

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?

    O reiki é uma terapia holística muito comum entre os humanos, mas você sabia que o seu pet também pode aproveitar os benefícios desse tratamento? O reiki veterinário é uma técnica de cura pelas mãos que busca alinhar os centros de energia do corpo - chamados de chakras -, promovendo o equilíbrio energético do corpo e melhorando a saúde física, mental e espiritual do animal. Que tal entender como o reiki pode ajudar na hora de cuidar de cachorro e até a melhorar o comportamento do gato? Vem que a gente te explica tudo que você precisa saber sobre o assunto!

    Cachorro e gato juntos: 8 truques para melhorar a convivência e 30 fotos para você se apaixonar!
    Adestramento

    Cachorro e gato juntos: 8 truques para melhorar a convivência e 30 fotos para você se apaixonar!

    Durante muito tempo, cachorro e gato foram declarados inimigos. Algumas pessoas acreditavam que onde havia um cão não poderia ter um gato e vice-versa. Se antes eles não tinham o hábito de conviver, hoje moram juntos e alguns até são inseparáveis. Mas atenção! Nem sempre os animais se entendem de primeira e o processo de adaptação requer tempo e paciência do tutor para que aprendam a respeitar a presença um do outro. Para você que tem um cãozinho e um gatinho e precisa de ajuda para adaptá-los, separamos oito truques para melhorar a convivência. O adestrador Max Pablo, do Rio de Janeiro, deu algumas dicas e também conversamos com a cat-sitter Nathane Ribeiro, que tem três gatos e já precisou adaptá-los com um cão. Veja o que eles disseram!

    Cachorro e gato juntos: como acostumar os pets com a nova rotina!
    Adestramento

    Cachorro e gato juntos: como acostumar os pets com a nova rotina!

    A rivalidade entre cães e gatos é tão histórica que até ditado popular ela já virou. Mesmo assim, no dia a dia o que não falta por aí são donos de pet que não conseguem decidir entre uma das espécies e dividem o amor com os cachorros e gatos ao mesmo tempo e embaixo do mesmo teto. A parte boa disso é que você não precisa aceitar que eles vão viver sempre em pé de guerra: juntar cachorro e gato em casa é possível, sim! Descubra, aqui embaixo, como você pode aproveitar a companhia de dois animaizinhos completamente diferentes, mas que também podem se tornar super amigos!

    Ver Todas >

    Quer ter um cachorro surfista? Saiba como iniciar, os cuidados que deve ter e acessórios indispensáveis
    Comportamento animal

    Quer ter um cachorro surfista? Saiba como iniciar, os cuidados que deve ter e acessórios indispensáveis

    Existem cachorros que amam nadar e brincar na água, então qualquer passeio em trilhas com cachoeiras, praias ou mesmo uma piscina vira uma grande festa. Mas você sabia que existe cachorro que surfa? Os esportes com cachorro são uma ótima forma de estreitar laços entre o tutor e o animal e o surf é uma modalidade que pode fazer muito bem ao animal. Sem falar que os cachorros surfistas chamam atenção pela fofura e habilidade na prancha.

    Por que os gatos
    Comportamento animal

    Por que os gatos "mamam" no cobertor? Descubra se o comportamento é prejudicial ou não

    Não é difícil encontrar um gato que tenha a mania de ficar mordendo o cobertor, como se estivesse se alimentando da mamãe gata (e os cães também podem apresentar o mesmo comportamento). Um gato mordendo cobertor pode ser considerado um momento muito fofo para alguns gateiros, mas outros tutores podem se perguntar se esse comportamento do felino é prejudicial ou revela alguma vulnerabilidade do bichano. 

    Como ganhar a confiança de um cachorro? Veja dicas para se aproximar de cães desconhecidos
    Comportamento animal

    Como ganhar a confiança de um cachorro? Veja dicas para se aproximar de cães desconhecidos

    Adotar um cachorro é sempre um desafio tanto para os humanos, que precisam adaptar a casa para receber o novo hóspede, quanto para o cãozinho, que ainda precisa de um tempo para se acostumar com o ambiente e com sua nova família. No caso de cães abandonados e que foram resgatados por ONGs ou outras instituições, ganhar a confiança do doguinho nem sempre é uma tarefa fácil - principalmente se tratando de um cachorro medroso ou traumatizado. 

    Cachorro castrado fica mais calmo? Veja as diferenças de comportamento antes e depois da cirurgia
    Comportamento animal

    Cachorro castrado fica mais calmo? Veja as diferenças de comportamento antes e depois da cirurgia

    A castração de cachorro é muito indicada pelos profissionais da medicina veterinária. Entretanto, muitos tutores ainda sentem muito receio de realizar a cirurgia pelas mudanças de comportamento do cachorro castrado. Não é mito que algumas mudanças comportamentais ocorrem após a castração, tanto para machos quanto para fêmeas. Mas afinal, o que muda no cachorro castrado?

    Ver Todas >