Adestramento

Como fazer o cachorro parar de morder móveis? Veja o que está por trás do comportamento em cães adultos

Um adestrador de cães pode ajudar no caso de um cachorro que morde todos os móveis
Um adestrador de cães pode ajudar no caso de um cachorro que morde todos os móveis

Roer é um comportamento natural dos cães. Quando são filhotes, eles acabam mordendo tudo que veem pela frente para ajudar a aliviar o incômodo dos dentinhos que estão crescendo. Quando são adultos, no entanto, um cachorro que tem o costume de roer móveis e objetos pode ser um sinal de problemas comportamentais, como transtorno de ansiedade ou estresse. Nesses casos, é necessário buscar ajuda profissional para lidar com a situação, seja com um veterinário ou adestrador. Conversamos com dois adestradores - a Kati Yamakague, de São Paulo, e o Max Pablo, do Rio de Janeiro - para entender melhor o comportamento e pegar algumas dicas de como fazer o cachorro parar de morder!

Como fazer o cachorro parar de morder: o que esse comportamento significa?

Segundo Kati, roer é um ato desestressante e relaxante para os cachorros - por isso, se torna um comportamento natural da espécie. É necessário oferecer ao animal produtos seguros para satisfazer essa necessidade. “Hoje em dia há produtos excelentes e com valores muito acessíveis no mercado”, conta a adestradora.

Esse comportamento em excesso, principalmente na fase adulta do animal, pode ter outros significados: ansiedade e estresse são os mais comuns. Em ambos os casos, é necessário observar onde o animal “alivia” essas frustrações. Ele morde móveis? Destrói sapatos? Ele se automutila? Dependendo do caso, é necessário contar com o acompanhamento de um veterinário, que pode receitar medicamentos específicos para tratar os problemas ou orientar o uso de florais para cachorro. Os recursos medicinais em conjunto com o trabalho de um adestrador de cães ajudam a melhorar a comunicação com o cão, promovendo resultados mais precisos.

Adestrador de cães explica: cachorro adulto precisa de passeios e enriquecimento ambiental

“Para um adulto bem ansioso, é necessário passeios todos os dias, com longa duração ou com potencial de alto gasto de energia. Se for atribuído um trabalho de adestramento paralelo aos passeios - contanto que seja bem feito -, o comportamento com certeza tende a melhorar”, explica Max.

Kati acrescenta que a ansiedade nos cães deve ser observadas e tratada na sua individualidade. “O que podemos fazer também é proporcionar um ambiente seguro, confortável e com atividades enriquecedoras para promover o bem-estar do cão e melhorar a qualidade de vida dele. O trabalho de enriquecimento ambiental e o manejo correto do ambiente em que esse cão fica a maior parte do tempo é muito importante”, pontua a adestradora.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    Como fazer o cachorro parar de morder: alguns brinquedos podem ajudar a redirecionar esse hábito.
    Como fazer o cachorro parar de morder: alguns brinquedos podem ajudar a redirecionar esse hábito.

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    Como fazer o cachorro parar de morder: se liga nas dicas dos profissionais! 

    Para fazer o cachorro parar de morder, é importante associar um objeto com essa função ao ato de roer e destruir objetos. Uma dica da Kati é ter muitos brinquedos disponíveis para que haja um rodízio e o cãozinho não fique enjoado de destruir a mesma coisa: “sempre que o cão tentar roer um objeto não desejável, faça o direcionamento para o objeto de roer. No começo, tem que ter sempre a supervisão e o direcionamento correto.” 

    Max acrescenta que é necessário ensinar regras e limites ao animal, fazendo a mesma associação. “No ato, quando o cachorro estiver roendo o objeto que você não quer que ele morda, corrija. Quando ele parar, mostre e ofereça outro objeto. Recompense quando ele estiver roendo o item que você deseja”, finaliza. 

    Repelente caseiro para cachorro não roer móveis não funciona sem um acompanhamento profissional 

    Embora seja bem fácil de encontrar repelente caseiro para cachorro não roer móveis, esse produto pode não funcionar com o uso prolongado. Max explica que só se torna eficiente se causar algum desconforto no animal, mas que a melhor alternativa é utilizar o produto com uma associação positiva. Por si só, o produto não costuma funcionar com eficácia. 

    Redação: Júlia Cruz

    Quais os tipos de coleira para cachorro mais indicados para raças grandes?

    Próxima matéria

    Quais os tipos de coleira para cachorro mais indicados para raças grandes?

    Como saber se o cachorro está doente? Veja alguns sinais que devem ligar o alerta!
    Saúde

    Como saber se o cachorro está doente? Veja alguns sinais que devem ligar o alerta!

    Quem convive com um cão no dia a dia costuma conhecer bem o comportamento do bichinho e logo percebe quando algo não está normal. No entanto, mesmo quem tem um olhar atento pode se perguntar "como saber se o cachorro está doente?" diante de uma mudança no temperamento ou um quadro mais grave como vômito e diarreia. O veterinário é a pessoa certa para avaliar os sintomas, dar um diagnóstico preciso e orientar a respeito do melhor tratamento, mas antes de levar o pet no médico é importante entender os sinais de que ele realmente está mal para poder explicar a situação na clínica. Reunimos dicas certeiras sobre o assunto para te ajudar a cuidar do cachorro quando ele apresentar algum desconforto. Confira!

    Repelente para cachorro funciona? Saiba como agem os produtos que impedem que seu cachorro morda os móveis
    Adestramento

    Repelente para cachorro funciona? Saiba como agem os produtos que impedem que seu cachorro morda os móveis

    Muitas vezes, a adoção de um cachorrinho filhote vem acompanhada de alguns móveis e objetos destruídos. Isso ocorre pelo excesso de energia, vontade de desbravar o mundo, troca de dentes ou mesmo pela falta de estímulos contra o tédio. Existem muitas maneiras de lidar com esse problema, mas algumas alternativas para impedir esse comportamento podem funcionar. É o caso repelente para cachorro. É uma composição própria, vendida em pet shops no formato de um borrifador. O cheiro mais forte impede que os cães destruam objetos “proibidos”. Algumas versões do repelente podem até ajudar na tarefa de educar o animal para fazer xixi no lugar certo. Conheça mais sobre esses produtos e a indicação de uso!

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno

    Para quem procura por raças de cachorro pequeno, o Pequinês pode ser a companhia perfeita. Além de se adaptar muito bem a apartamentos e outros espaços reduzidos, esse pequeno cãozinho é dotado de uma personalidade carinhosa, amigável e extremamente leal aos seus humanos. Apesar da baixa estatura, o cachorro Pequinês também é super corajoso, e uma das maiores provas de que tamanho não é documento. 

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande

    Você já ouviu falar no Dogo Argentino? Essa é uma raça de cachorro que teve origem em um país vizinho ao nosso, a Argentina. Embora pareçam sérios, os cães desta raça são uns amores e têm tudo para te conquistar, principalmente se o que você procura é um amigo de quatro patas bem leal e parceiro. Mas antes de comprar ou adotar um cachorro desta raça, que tal conhecê-lo um pouco mais a fundo? 

    Ver Todas >

    Arranhador de sofá: o investimento vale a pena? Quando é indicado?
    Comportamento animal

    Arranhador de sofá: o investimento vale a pena? Quando é indicado?

    Já ouviu falar no arranhador de sofá? Esse simples acessório pode ser a solução dos seus problemas. Mesmo que os gatos tenham sido domesticados há vários anos, eles ainda permanecem com alguns instintos bem vivos. O hábito de afiar as garras frequentemente, por exemplo, é um instinto que não deve ser inibido, mas direcionado para os objetos certos. O sofá normalmente se torna o principal alvo das unhas dos felinos, mas é possível resolver isso com o arranhador de sofá para gatos. 

    Gato gigante: como é o comportamento dos felinos que são maiores que o normal?
    Comportamento animal

    Gato gigante: como é o comportamento dos felinos que são maiores que o normal?

    Os felinos são animais misteriosos, elegantes e apaixonantes. Os gatos gigantes, além de carregarem todas essas virtudes, possuem o diferencial de serem enormes - muitas vezes podendo pesar mais de 10kgs. As raças de gato gigante despertam muitas curiosidades nas pessoas, principalmente sobre o comportamento desses grandes pets. Afinal de contas, se você pretende ter um gato gigante como seu novo amigo, é importante saber como será seu temperamento. 

    5 truques para ensinar ao cachorro em casa
    Comportamento animal

    5 truques para ensinar ao cachorro em casa

    Muitos tutores se perguntam como ensinar truques para cachorro, mas acabam desistindo no meio do caminho. De fato, esse é um processo que requer muita paciência, persistência e firmeza na hora de repassar os comandos para os cães, mas aqui vai um spoiler: todo o esforço vale muito a pena! Os truques para cachorro são uma ótima forma de estimular a mente do seu doguinho, educá-lo e até de melhorar a comunicação entre vocês. 

    Gatos escolhem seus donos?
    Comportamento animal

    Gatos escolhem seus donos?

    Adotar gato é sempre um lindo ato de amor e carinho. Mas muitas vezes os tutores dizem que não foram eles que escolheram o gato, mas sim que “um gato me adotou”. Às vezes ele aparece na sua porta, invade sua casa ou te segue na rua. E vamos combinar que é impossível não se apaixonar por um bichano com olhar pidão, né?! Os gatos são únicos e têm comportamentos muito peculiares, o que fazem deles ótimas companhias.   

    Ver Todas >