Saúde

Colapso de traqueia em cães: entenda quais são as causas e como o problema se desenvolve

O colapso da traqueia em cães é um quadro sério e evolutivo. Saiba mais sobre a doença!
O colapso da traqueia em cães é um quadro sério e evolutivo. Saiba mais sobre a doença!

A saúde do cachorro é algo que, definitivamente, precisa de muita atenção. Embora a maioria dos cães sejam fortes e resistentes, os problemas podem surgir quando menos se espera. O colapso da traqueia, por exemplo, não é uma doença muito abordada, mas que pode comprometer seriamente a qualidade de vida do animal afetado. Pensando nisso, entrevistamos a dra. Natália Seoane, que é clínica médica de cães e gatos do Hospital Vet Popular, e preparamos uma matéria com todas as informações necessárias sobre o colapso de traqueia em cães. Tire todas as suas dúvidas logo abaixo!

O que é o colapso de traqueia em cães?

Antes de mais nada, é importante saber um pouquinho de anatomia canina para compreender a função da traqueia no organismo do animal, que é filtrar e realizar a passagem do ar inalado e expirado. Então, segundo a veterinária, quando ocorre o colapso de traqueia, o paciente sofre uma degeneração da cartilagem que forma os anéis traqueais, provocando o colapso do órgão. “Essa é uma doença evolutiva, irreversível e que pode se agravar com o tempo, alterando o comprometimento normal da traqueia”, alerta Natália.

Colapso de traqueia: cães são influenciados pela genética? Quais as outras causas para o problema?

Embora não se saiba ao certo o que provoca o colapso de traqueia em cães, Natália explica que fatores genéticos podem, sim, ter certa influência no desenvolvimento do quadro. Além disso, também existem vários outros possíveis motivos para o problema: “Acredita-se que traumas por coleiras e/ou enforcadores, assim como problemas nutricionais, alérgicos, neurológicos, podem estar ligados às causas. Doenças das vias aéreas, degeneração da cartilagem da traqueia e obesidade canina também são fatores de risco”.

Colapso traqueal em cães pode causar tosse

Quando se trata do colapso traqueal, cães geralmente apresentam um quadro de tosse não produtiva - também conhecida como tosse seca. Além disso, a profissional informa que engasgos podem ser notados, assim como barulhos ao respirar e dificuldade respiratória. Portanto, se você observar que seu cãozinho anda com uma tosse persistente, o ideal é procurar investigar o motivo disso, porque há a possibilidade de ser um colapso traqueal em cães.

“O exame mais utilizado para diagnosticar o colapso de traqueia é a radiografia simples da região do pescoço. Lembrando que é importante diferenciar o colapso de traqueia de cardiopatias, pneumonias, gripe e outras doenças que podem apresentar tosse também”, destaca Natália.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    Colapso traqueal em cães pode deixar o o animal ofegante
    Colapso traqueal em cães pode deixar o o animal ofegante

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Colapso da traqueia em cães: tratamento é feito com uso de medicamentos ou cirurgia

    Segundo Natália, existem duas possibilidades para tratar o paciente e que variam com a gravidade de cada caso. “O tratamento terapêutico - ou seja, clínico - é o acompanhamento do paciente para evitar as crises de tosse frequentes. O uso de medicamentos para o fortalecimento da cartilagem da traqueia também é bem utilizado e deve ser recomendado por um médico veterinário”, instrui a veterinária. 

    Além dessa opção, pode ser indicada a cirurgia de colapso de traqueia em cães para situações mais graves - que consiste na colocação de uma prótese. “Essa alternativa é recomendada quando não há resposta do paciente ao tratamento clínico e que apresenta um quadro bem avançado. Deve ser analisado com atenção, porque possui desvantagens como o alto custo e a recuperação do animal no pós-cirúrgico”.

    Como prevenir o colapso de traqueia em cães?

    Levando em consideração os fatores genéticos, a médica explica que conhecer os pais do animalzinho é uma maneira de prevenir o colapso de traqueia em cães. “Os pais que apresentam o colapso têm grandes chances de ter filhotes que vão desenvolver a mesma doença”. Portanto, é sempre bom saber o histórico da família na hora de adotar um cachorro.

    Natália orientou, ainda, sobre outras medidas para evitar o colapso de traqueia em cães: “Não utilizar enforcadores para não lesionar a traqueia e oferecer uma dieta balanceada para evitar a obesidade, principalmente nos cães de pequeno porte e das raças toys, como Yorkshires e Spitz Alemão”.

    Redação: Juliana Melo

     

    Gatos braquicefálicos: como o problema se manifesta, quais os cuidados e raças que têm o focinho achatado

    Próxima matéria

    Gatos braquicefálicos: como o problema se manifesta, quais os cuidados e raças que têm o focinho achatado

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão
    Cuidados

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão

    Os cães são animais que, na maior parte do tempo, não gostam de ficar sozinhos - afinal, antes de serem domesticados, eles viviam livres em matilhas. Com a vida urbana, muitos cães acabam não recebendo os estímulos adequados para gastar energia e socializar com outros animais e pessoas. Para auxiliar a vida do tutor, que nem sempre consegue estar perto de seu pet durante o dia, existem muitas alternativas. Uma delas é a creche para cachorro: uma acomodação diária em que você pode deixar seu amigo em um lugar totalmente adaptado para cães.

    Plano de saúde para gatos: quais são as vantagens? Entenda melhor o serviço!
    Saúde

    Plano de saúde para gatos: quais são as vantagens? Entenda melhor o serviço!

    O plano de saúde para gatos pode ser uma ótima alternativa para quem tem um felino em casa! Os pets fazem parte da família e, como qualquer ente querido, demandam atenção e cuidados especiais. No caso dos gatinhos, essa série de precauções inclui check-ups anuais, vacinas e visitas frequentes ao consultório veterinário. Manter essa rotina saudável não precisa, necessariamente, ser um peso no orçamento.

    Doença renal em cães: quais são as raças de cachorro com mais predisposição para o problema?
    Saúde

    Doença renal em cães: quais são as raças de cachorro com mais predisposição para o problema?

    Assim como acontece com os humanos, a doença renal em cães é um problema bastante delicado e que, no geral, surge silenciosamente. Por isso, é importante redobrar a atenção com o seu amigo de quatro patas, principalmente se ele fizer parte de algumas das raças de cachorro que têm maior predisposição para essas doenças, como o Poodle, o Beagle ou o Golden Retriever. Para te ajudar a entender um pouco mais sobre o assunto, preparamos uma matéria com os principais tipos de doença renal que atingem os doguinhos e quais são as raças mais afetadas por cada um desses problemas. Tire suas dúvidas e saiba como identificar um cachorro com insuficiência renal a seguir!

    Alergia alimentar em cães: quais são as causas, sintomas e tratamentos?
    Alimentação

    Alergia alimentar em cães: quais são as causas, sintomas e tratamentos?

    A alergia alimentar em cães é uma resposta exagerada do sistema imunológico a determinados agentes invasores presentes na ração de cachorro e outros alimentos. O cachorro com alergia alimentar pode se tornar alérgico a diversos tipos de comidas, incluindo aquelas que já fazem parte do consumo do dia a dia há anos. Geralmente, os fatores mais comuns que geram alergia em cachorro são a presença de corantes nas rações e o tamanho da proteína processada. 

    Ver Todas >

    Cio de cadela: quanto tempo dura, quais as fases, quando começa e quando termina? Saiba tudo!
    Saúde animal

    Cio de cadela: quanto tempo dura, quais as fases, quando começa e quando termina? Saiba tudo!

    O cio de cachorro costuma ser um momento delicado tanto para o tutor quanto para a cadela. Com os hormônios aflorados, o comportamento da cadela no cio passa por mudanças - o que pode demandar alguns cuidados mais específicos para garantir o bem-estar do animal. Além disso, caso o tutor não tenha interesse na procriação, a atenção deve ser redobrada para evitar o cruzamento durante o cio da cadela.

    Coleira contra leishmaniose: como funciona?
    Saúde animal

    Coleira contra leishmaniose: como funciona?

    Você provavelmente já conhece a coleira antiparasitária, mas sabia que alguns modelos têm ação contra a leishmaniose? O acessório indicado para doença é usado para afastar parasitas e insetos como o mosquito-palha, que é o vetor da leishmaniose canina. A doença está entre uma das maiores preocupações dos pais de pet, uma vez que se trata de um quadro capaz de debilitar bastante o organismo do cãozinho, podendo até mesmo levar à morte. 

    5 formas de prevenir a infecção urinária em gatos
    Saúde animal

    5 formas de prevenir a infecção urinária em gatos

    A infecção urinária em gatos é uma das doenças mais comuns que podem atingir os felinos. Geralmente, a doença se desenvolve devido à baixa ingestão de água. Ela causa dor, desconforto e afeta órgãos fundamentais para o bom funcionamento do corpo do animal. A infecção urinária, apesar de atingir muitos bichanos, pode ser prevenida com cuidados especiais e muito simples.

    Acupuntura veterinária: entenda como a terapia é utilizada para melhorar a saúde e bem-estar dos cães
    Saúde animal

    Acupuntura veterinária: entenda como a terapia é utilizada para melhorar a saúde e bem-estar dos cães

    A acupuntura é uma especialidade médica muito conhecida no mundo dos humanos, mas você sabia que ela também pode ser muito benéfica para a saúde do cachorro? É isso mesmo: a acupuntura em cães pode ajudar os bichinhos de diversas formas, desde que seja aplicada por um profissional qualificado. Para entender um pouco melhor sobre a acupuntura veterinária, os benefícios e quando a terapia é indicada, o Patas da Casa conversou com a médica veterinária Ana Carolina Villela.

    Ver Todas >