close
Carrapato

Carrapato em gato: como tirar e prevenir que seu animal seja infestado

Atualizado em 03 de setembro de 2021 às 11h33

Publicado em 17 de agosto de 2021 às 18h30

O gato com carrapato fica se coçando além do normal
O gato com carrapato fica se coçando além do normal

Muita gente se pergunta se gato pega carrapato, e a resposta é sim. Os felinos também estão expostos a esse tipo de problema, mesmo que pareça estranho. O carrapato de gato é mais comum em animais que moram em casa com quintal, que passeiam na rua ou que convivem com um cãozinho. No entanto, outras situações do cotidiano também podem deixar o gato com carrapato, como uma ida ao veterinário ou um simples trajeto na rua (mesmo que o bichano permaneça na caixa de transporte o tempo inteiro). Por isso, todo tutor deve saber como identificar o problema e como tirar carrapato de gato. Veja abaixo algumas dicas para remover e prevenir os parasitas indesejados!

Gato com carrapato: que sinais indicam o problema?

Um dos primeiros sinais que indicam que o gato tem carrapato é quando ele começa a se coçar além do habitual, demonstrando estar incomodado com a presença do corpo estranho grudado neles. Como os felinos são animais muito sensíveis, qualquer coisa que os incomode pode deixá-los extremamente irritados - e é justamente isso que acontece quando o carrapato pega em gato. Além disso, o local pode apresentar vermelhidão ou queda de pelos decorrente da coceira excessiva.

Os carrapatos têm uma cor amarronzada, sendo facilmente reconhecíveis. Quando o carrapato pega em gato, os lugares mais propícios para que eles grudem são atrás da orelha e ao redor do pescoço. Por isso, o jeito mais fácil de saber se o seu gatinho está infectado é durante a hora do carinho ou enquanto realiza a escovação. Nessas horas fique atento a qualquer sombra escura ou bolinhas que parecem com verrugas, porque pode ser um carrapato em gato.

Os tipos de carrapatos em gatos

Quando o assunto é carrapato, gato pode ser acometido por diferentes espécies. Em ambientes mais rurais ou com muito mato ao redor, o mais comum é o Amblyomma cajennense, também conhecido como carrapato estrela em gatos. O parasita é um dos principais transmissores da febre maculosa e por isso é considerado muito perigoso. Além dele, o carrapato-vermelho-do-cão também é outro tipo de carrapato em gato que precisa de atenção. Como o próprio nome já indica, trata-se de um parasita bastante comum em cães, mas que também pode afetar os felinos (ainda que em proporção menor). Ele causa a doença do carrapato.

“E o carrapato de gato pega em humano?” A resposta é sim. Todo parasita tem seu hospedeiro “preferido”, mas na ausência dele pode acontecer do carrapato se aderir à pele de outro ser vivo para se alimentar, inclusive os humanos. Embora seja algo raro, é importante ficar atento para não contrair doenças.

Doença do carrapato em gatos: o que é e quais são os sintomas?

A doença do carrapato em gatos pode se manifestar de duas formas: Erliquiose, causada pela bactéria Ehrlichia Canis; ou Babesiose, que é causada pelo protozoário Babesia Canis. Ambas têm sintomas bem parecidos e só podem ser identificadas por meio do exame de sangue, mas alguns sinais que podem indicar o problema são:

  • Mucosas pálidas
  • Falta de apetite
  • Perda de peso
  • Apatia
  • Vômito
  • Petéquia (pontinhos vermelhos espalhados pelo corpo)
  • Sangramento nasal

Caso observe os sintomas da doença do carrapato em gatos, o mais recomendado é procurar a ajuda de um médico veterinário de confiança para diagnóstico e tratamento.

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
    Como tirar carrapato de gato: é importante ter as ferramentas certas em mãos
    Como tirar carrapato de gato: é importante ter as ferramentas certas em mãos

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    Como tirar carrapato de gato?

    Diferente das pulgas, o carrapato de gato tem a mobilidade mais lenta e é mais fácil de tirar. Caso haja qualquer suspeita do problema, o ideal é separar alguns itens que podem ajudar a retirá-los, como:

    • Escova para conseguir ver a pele do gato durante a escovação;
    • Pinça específica para tirar carrapato (se não tiver pode ser uma comum);
    • Algodão embebido em álcool.

    Na hora de tirar o carrapato de gato, é só seguir o passo a passo:

    1. Escolha um momento tranquilo para o pet em que ele esteja calmo e relaxado.
    2. Localize a região em que o gato tem carrapato.
    3. Pegue uma pinça e deslize uma das partes por baixo do carrapato de gato para desprendê-lo.
    4. Com muito cuidado, puxe a pinça para removê-lo.
    5. Use o algodão para limpar muito bem a região.

    Ao retirar o carrapato, é preciso tomar cuidado para puxar o parasita por inteiro. Com o uso de pinças comuns, é comum deixar alguma parte - especialmente as presas - grudadas na pele do animal - o que pode causar infecções e até novas infestações. 

    Uma outra opção é utilizar um remédio caseiro para carrapato em gato, especialmente para quem tem um felino com sensibilidade. Saiba como eliminar carrapatos de forma natural: 

    Ingredientes

    • 200 ml de vinagre branco;
    • ¼ de xícara de água morna;
    • ½ colher de sal;
    • ½ colher de bicarbonato de sódio

    Modo de preparo e como usar 

    1. Misture todos os ingredientes em um borrifador e aplique no animal. Dê atenção maior nas áreas mais quentes como pescoço e atrás das orelhas. 
    2. Cuidado com áreas que estiverem machucadas, a mistura pode arder e irritar o seu animal. 

    É necessário acabar com carrapato de gato no quintal e dentro de casa

    O grande perigo de um gato com carrapato é que, se não houver a devida limpeza do ambiente em que o bichano vive, as chances de haver uma nova infestação são altas. Para evitar que isso aconteça, é necessário ter um cuidado especial na hora de acabar com o carrapato de gato no quintal e dentro de casa. Além de produtos inseticidas encontrados em lojas especializadas, você também pode fazer receitas caseiras para eliminar as pragas do local.

    • Vinagre de maçã e bicarbonato de sódio

    Basta misturar duas xícaras de vinagre de maçã com uma de água morna e acrescentar meia colher de bicarbonato de sódio. Em seguida, é só colocar no spray e borrifar no ambiente.

    • Cravo da índia

    Existem duas opções: aplicar o cravo da índia diretamente no local desejado ou ferver a especiaria com uma fruta cítrica e aplicar na casa com um borrifador.

    • Limão e frutas cítricas

    É só esquentar duas xícaras de água e depois colocar dois limões cortados ao meio por uma hora. Pode ser qualquer outra fruta cítrica no lugar. Por fim, basta colocar o líquido no spray.

    5 dicas para prevenir o carrapato de gato

    Se você já viu fotos de carrapatos pequenos e ficou com receio do seu pet ser contaminado, saiba que prevenir é o melhor remédio. Desde pequenos cuidados diários até o uso de medicamentos prescritos pelo veterinário, veja abaixo como evitar que o seu gato seja infestado com os parasitas:

    1. Não deixe que o gato dê voltinhas na rua. A criação indoor é a mais segura para ele.. 
    2. Se tiver cachorro na mesma casa, mantenha-o livre de carrapatos com uso correto dos remédios.
    3. Converse com o veterinário sobre o melhor remédio para carrapato em gato. 
    4. Mantenha a casa sempre limpa.
    5. Sempre que for à rua, quando voltar, veja se não tem nenhum carrapato. Retirar o primeiro logo no início é a melhor maneira de evitar que ocorra uma infestação.  

    Redação: Mariana Almeida e Juliana Melo

    Publicada originalmente em: 12/09/2019

    Atualizada em: 23/08/2021

    Diabete canina: 5 sinais da doença para ficar atento

    Próxima matéria

    Diabete canina: 5 sinais da doença para ficar atento

    Khao Manee: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de gato tailandesa (e muito rara!)
    Raças

    Khao Manee: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de gato tailandesa (e muito rara!)

    O Khao Manee tem um grande potencial para ser um dos grandes queridinhos entre os apaixonados por gatos. Com olhos de cores marcantes e pelo branquinho, o felino desta raça possui uma aparência rara que chama atenção e é uma ótima companhia para qualquer família. De origem tailandesa, esse gatinho é super amigável e ama estar ao lado dos seus humanos - e até mesmo de outros animais. Para conhecer mais a fundo o gato Khao Manee, o Patas da Casa separou as principais informações sobre esse bichano incrível. Dá uma olhada!

    Ragamuffin: características, temperamento, cuidados... conheça essa raça de gato que tem a pelagem longa
    Raças

    Ragamuffin: características, temperamento, cuidados... conheça essa raça de gato que tem a pelagem longa

    O Ragamuffin é uma raça de gato muito amável e carinhosa. Não muito conhecido no Brasil, o gato ragamuffin se originou a partir do cruzamento com felinos da raça Ragdoll. É considerado um gato gigante e pode chegar até os 9kg. O "Ragamuffin cat" pode ter a pelagem e olhos de diferentes cores. Uma característica marcante é o jeito brincalhão e o fato de amar colo. O Ragamuffin é ideal para famílias com crianças e outros animais.

    Insuficiência renal em gatos: veterinária tira todas as dúvidas sobre essa doença grave que atinge os felinos!
    Saúde

    Insuficiência renal em gatos: veterinária tira todas as dúvidas sobre essa doença grave que atinge os felinos!

    A insuficiência renal em gatos é uma doença que pode ser muito comum quando falamos de felinos. Sem cura, o problema precisa de acompanhamento constante e cuidados especiais para evitar complicações. Apesar de ser uma doença grave, o gato com problema renal pode ter qualidade de vida. Para tirar as dúvidas sobre a insuficiência renal em gatos, o Patas da Casa conversou com a médica veterinária Débora Nunes, do Rio de Janeiro. Vem conferir!

    Gato laranja: o que essa cor de pelagem pode indicar sobre a personalidade do pet?
    Comportamento

    Gato laranja: o que essa cor de pelagem pode indicar sobre a personalidade do pet?

    Não tem quem resista à fofura de um gato laranja. Mas você já parou para se perguntar como é a personalidade do gato alaranjado? Muitas pessoas acreditam que algumas características dos felinos estão intimamente relacionadas com a cor da sua pelagem e, segundo um estudo da Universidade da Flórida e Califórnia, nos Estados Unidos, há evidências de que isso é verdade. 

    Ver Todas >

    Gato com sangue nas fezes: o que fazer?
    Saúde animal

    Gato com sangue nas fezes: o que fazer?

    Se você reparar seu gato com sangue nas fezes, é importante ficar atento. Essa situação é um sintoma comum a inúmeras doenças que podem afetar o bichano. Ao defecar fezes com sangue, o gato pode estar com uma inflamação no cólon ou até mesmo com um tumor no sistema digestivo. O sangue nas fezes do gato é um sintoma presente até mesmo nas verminoses mais comuns. Seja qual for a causa do gato fazendo fezes com sangue, sempre significa que algo está errado com o animal. 

    Cachorro engasgado: veterinária ensina o que fazer nessa situação
    Saúde animal

    Cachorro engasgado: veterinária ensina o que fazer nessa situação

    Saber um pouquinho de primeiros socorros veterinários vai ser muito útil se você acha que um cachorro parece engasgado - inclusive, é algo que pode salvar a vida do seu pet nessas horas! Seja porque ele comeu muito rápido ou tentou engolir alguma coisa que não devia, se deparar com um cachorro engasgado em casa é sempre um momento de desespero para qualquer pai de pet. Não saber como resolver essa situação é super comum e, ao mesmo tempo, um hábito perigoso: nunca se sabe quando você vai precisar socorrer o seu amigo em casa. 

    Cinomose: sintomas mais comuns da doença. Aprenda a identificar os sinais!
    Saúde animal

    Cinomose: sintomas mais comuns da doença. Aprenda a identificar os sinais!

    Os sintomas de cinomose canina são facilmente confundidos com outras doenças de cachorro e infelizmente pode até mesmo levar o animal à morte. Mais comum em filhotes não vacinados, a cinomose é altamente contagiosa e em alguns casos pode deixar sequelas que vão acompanhar o pet por toda a vida. É importante estar atento a qualquer sinal da cinomose em cães que ainda não completaram o calendário de vacinação, pois é uma doença que evolui rapidamente para um quadro grave. Ou seja, é uma situação de emergência!

    Giárdia canina: o que é, como tratar e o que fazer para prevenir
    Saúde animal

    Giárdia canina: o que é, como tratar e o que fazer para prevenir

    A giárdia canina é uma doença com alta contaminação entre os cães. O cachorro que a contrai sente bastante desconforto no sistema digestivo, com diarreia e vômitos frequentes. Comum principalmente no verão, a giardíase canina pode se apresentar de maneira mais leve ou mais grave. Sem tratamento, a giárdia canina pode matar o cachorro contaminado se ele não receber o tratamento adequado logo no início da infecção. Além disso, a giárdia canina pega em humanos e tem maior chance de atacar filhotes de cachorro. 

    Ver Todas >