Gato

Caixa de transporte para gatos: como acostumar o pet com o acessório? Confira o passo a passo!

Publicado - 17 Fevereiro 2022 - 15h02

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

caixa de transporte para gatos é um item indispensável para quem tem um bichano. Ela é a melhor opção para transportar o gatinho em todos os tipos de trajeto, desde a ida ao veterinário até uma mudança de casa. A caixa para transportar gato deixa o pet confortável e seguro durante todo o caminho e evita fugas. Porém, assim como existe cachorro medroso, alguns gatinhos ficam acuados na hora de usarem a caixa de transporte. Os bichanos são bem sensíveis às mudanças de ambiente e normalmente associam a entrada na caixinha a algo negativo, o que pode deixá-lo bem estressado.

De qualquer forma, é possível, sim, acostumar o gato a usar a caixa de transporte para que a situação não o afete tanto. O Patas da Casa montou um passo a passo explicando como usar a caixa de transporte para gatos e como acostumá-los de uma forma natural e minimamente estressante.

Passo 1: Deixe a caixa de transporte do gato sempre aberta para ele entrar e sair quando quiser

 

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

caixa de transporte para gatos aberta

Muitos bichanos não gostam da caixa de transporte para gatos por associá-la a uma situação desagradável. Normalmente, os tutores a usam para levar o gato ao veterinário, que é um local onde ele pode se sentir desconfortável por ter muitos cheiros e pessoas diferentes. Se a caixa para transportar gato só tem essa função, o bichano vai ficar apreensivo sempre que olhar para ela e não vai querer entrar. Por isso, transforme a caixa em um item que faça parte do dia a dia dele. Dentro de casa, deixe-a sempre aberta, como um refúgio para o bichano dormir ou se esconder. Gatos são curiosos, então se você deixá-la em um local acessível, o felino vai querer explorar e, assim, verá o objeto com outros olhos. 

 

Passo 2: Coloque brinquedos e uma mantinha dentro da caixa para transportar gato

gato na caixa de transporte para gatos

Para acostumar o gato com a caixa de transporte, ele precisa se sentir atraído por ela. Nada melhor para atrair um bichano do que brinquedos! Ao transformar o interior da caixa de transporte para gatos em um ambiente divertido, o animal vai querer entrar por conta própria. Por isso, deixe alguns brinquedos lá dentro para chamar a atenção do pet. A melhor maneira de como colocar gato na caixa de transporte é levá-lo até o local onde está a caixa e apontar para ela. Deixe que ele veja o objeto e, então, sua curiosidade será o suficiente para fazê-lo querer investigar o local e brincar lá dentro. Além disso, torne a caixa para transporte de gato em um ambiente confortável, forrando seu interior com uma mantinha ou almofada. 

 

Passo 3: Recompense o bichano quando entrar na caixa para transporte de gato

 

caixa de transporte para gatos: gato recebendo petiscos

É importante que o animal se sinta estimulado a usar a caixa de transporte. O gato deve associar aquele objeto a uma sensação positiva. Por isso, depois de transformar a caixa de transporte para gatos em um ambiente divertido, recompense quando ele estiver dentro dela. Ofereça petiscos para o gato, carinhos e elogie bastante. Esse reforço positivo é uma estratégia que costuma funcionar muito bem. 

 

Passo 4: Simule viagens curtas com a caixa de transporte para gatos

homem colocando caixa de transporte para gatos no carro

Depois de seguir essas dicas de como colocar gato na caixa de transporte ao transformá-la em um ambiente agradável, é hora de começar os passeios. Os bichanos não são muito adeptos às mudanças e o deslocamento para outro ambiente pode deixar o gato estressado. Por isso, comece fazendo trajetos curtos e simulando viagens. Coloque o bichano dentro da caixa para transporte e leve-o apenas até o carro. Fique lá dentro por um tempo sem dar partida. Vale colocar uma música para gatos, dar petiscos e conversar com o pet. Se vir que ele está bem, dê uma voltinha curta com o carro e volte para casa. 

 

Caso não tenha carro, coloque o pet na caixa de transporte para gatos, dê uma volta tranquila pela casa ou na calçada. Aos poucos, o gatinho vai se acostumando no seu tempo a sair de casa dentro da caixa de transporte.  

Passo 5: Percorra distâncias mais longas com a caixa para transportar gato

 

caixa de transporte para gatos no carro

Depois de seguir o passo 4 algumas vezes e sentir que o animal está respondendo bem, é hora de percorrer trajetos mais longos e ir a locais diferentes. Com isso, o pet vai se acostumando a novos ambientes e se sentindo mais à vontade. Mas lembre-se que é muito importante respeitar o tempo do animal. Alguns pets demoram mais a se acostumarem com a caixa para transportar gato e sair de casa sem medo. Sempre que perceber que o gato está nervoso, miando muito, com respiração ofegante e tentando fugir, volte para casa, pois forçá-lo só vai regredir tudo o que já foi conquistado. Por isso, tenha paciência e não force o processo. Com calma e repetição, seu bichano vai se acostumar no tempo que for necessário para ele.

 

Passo 6: Não deixe que outro animal use a caixa de transportar do gato

 

homem segurando duas caixas de transporte para gatos

O ideal é que a caixa de transporte para gatos seja um objeto de uso individual. Isso porque os bichanos podem ser bem desconfiados e, com seu olfato felino apurado, logo percebem se teve algum intruso na caixinha. Essa situação pode acabar deixando o gato estressado e não querer mais usar o acessório. Por isso, se você tiver mais de um gatinho em casa, é recomendado ter uma caixinha para cada. Se só tiver uma caixa, lave bastante com água e sabão sempre que outro animal entrar nela. O ideal é sempre evitar que outro gato use a mesma caixa de transporte para gatos, pois isso pode acabar comprometendo todo o processo alcançado, já que o bichano pode não se sentir mais à vontade dentro dela.

 

Redação: Maria Luísa Pimenta 

Raças

O menor gato do mundo é selvagem, praticamente cabe na palma da mão e tem a pelagem laranja

Quando pensamos no menor gato do mundo, é inevitável não considerar algumas raças de gato domésticas que são famosas pela baixa esta...

Cuidados

Plantei essa grama de gato e meus pets ficaram loucos: dá pra fazer com um ingrediente barato que você tem em casa

A grama de gato é uma plantinha cheia de benefícios e totalmente segura, cultivada especialmente para os bichanos. Além de deixar os...

Raças

Salmiak: possível nova raça de gato com pelos "grisalhos" é descoberta por cientistas

Cerca de 74 raças de gato são oficialmente reconhecidas pela TICA (The International Cat Association), um órgão que registra os pedi...

Saúde

Esses são os 6 sinais mais comuns de verme de gato: alguns passam despercebidos até se você for um tutor muito atento

Assim como o verme em cachorro filhote e adulto, um dos problemas mais preocupantes que podem afetar os bichanos é o verme de gato. ...

Adoção

Esses são os 210 nomes de cachorro macho mais famosos: encontre a melhor ideia para chamar o pet que acabou de adotar

Escolher um nome de cachorro macho nem sempre é fácil, já que a variedade de opções pode deixar muitos tutores perdidos. É possível ...

Raças

O menor gato do mundo é selvagem, praticamente cabe na palma da mão e tem a pelagem laranja

Quando pensamos no menor gato do mundo, é inevitável não considerar algumas raças de gato domésticas que são famosas pela baixa esta...

Raças

O cachorro mais popular de todos: saiba qual é a raça mais pesquisada no Brasil em 2024

As raças de cachorro mais populares geralmente incluem nomes como o Shih Tzu, Golden Retriever e Yorkshire. Mas sabia que tem um cão...

Cuidados

Plantei essa grama de gato e meus pets ficaram loucos: dá pra fazer com um ingrediente barato que você tem em casa

A grama de gato é uma plantinha cheia de benefícios e totalmente segura, cultivada especialmente para os bichanos. Além de deixar os...

Ver todas