close
Saúde

Cachorro com insuficiência renal sente dor? Entenda mais sobre as doenças do sistema urinário canino

Atualizado · 04 de maio de 2022 · 18h36

Publicado · 04/05/2022 · 18h36

A insuficiência renal em cães é uma das doenças mais comuns que podem afetar o sistema urinário
A insuficiência renal em cães é uma das doenças mais comuns que podem afetar o sistema urinário

Muito comum nos cães idosos, a insuficiência renal em cães é uma das doenças mais comuns que podem acometer o sistema urinário canino. Órgãos como rins e bexiga de cachorro são responsáveis pela eliminação de toxinas do corpo e pelo bom funcionamento do organismo. Quando eles estão lesionados ou desgastados por algum motivo, todo o corpo é afetado e o cãozinho passa a sofrer as consequências. Apesar de a doença mais famosa no trato urinário ser a infecção renal, cachorro também sofre com outros problemas como cálculo renal e pedra na bexiga. Mas você sabe como se manifestam essas doenças? Ou então qual é a função dos rins e por que ele é tão importante para o funcionamento do corpo? O Patas da Casa tira todas as dúvidas sobre as doenças do sistema urinário canino. Se você quer saber se cachorro com insuficiência renal sente dor, como se formam as pedras nos rins e como prevenir que seu pet tenha esses problemas, confira a matéria seguir!

Nefropatia em cães: entenda como funciona o sistema urinário canino

O sistema urinário é o responsável por equilibrar a concentração de substâncias no organismo por meio da produção e eliminação da urina. O corpo do cachorro realiza reações metabólicas dos mais variados tipos o tempo todo. Em cada reação, são produzidas certas toxinas que precisam ser eliminadas do organismo. É aí que entra o sistema urinário, que conta com uretra, ureteres, rins e bexiga de cachorro. Esses órgãos filtram o sangue e "coletam" essas substâncias, formando a urina. O xixi de cachorro é eliminado e leva essas toxinas com ele. Quando há algum problema nos órgãos presentes no sistema urinário do cachorro, temos doenças como a insuficiência renal em cães ou pedra na bexiga.

Onde fica o rim do cachorro? Entenda mais sobre as funções dos órgãos do sistema urinário

O rim é um dos principais órgãos do sistema urinário canino. É no local onde fica o rim do cachorro que o sangue vai ser filtrado e a urina vai ser formada, eliminando as toxinas (como ureia e creatinina) do corpo. Outro órgão importante é a bexiga. Cachorro não vai fazer xixi sempre imediatamente após os rins filtrarem o sangue, pois isso ocorre o tempo inteiro. Portanto, a urina fica armazenada na bexiga de cachorro, que funciona como uma bolsa que se expande de acordo com a quantidade de xixi presente nela. Quem liga os rins à bexiga de cachorro são os ureteres. Já a uretra é o canal por onde o xixi de cachorro é eliminado pelo pet.

O que é insuficiência renal em cães?

Infelizmente, os rins do cachorro vão perdendo suas funções com a velhice ou então sofrem lesões ao longo da vida. Quando isso acontece, temos um caso de insuficiência renal em cães, condição grave em que os rins vão parando de funcionar. Se o ruim não funciona, as toxinas do corpo não são filtradas e nem eliminadas. Assim, há uma perda excessiva de água e uma alta concentração de toxinas no corpo, causando um desequilíbrio iônico. Por isso, o cachorro com problema renal apresenta desidratação e ureia alta, além de outros problemas de saúde.

A insuficiência renal em cães pode ter causa genética ou adquirida

Os néfrons (células dos rins) vão se degenerando com o tempo. Por isso, é normal que com a idade de cachorro avançada, os rins vão perdendo sua função e sofrendo com a insuficiência renal. Cachorro pode ter também uma maior predisposição genética a desenvolver a doença. Esse é o caso de algumas raças como Spitz Alemão, Golden Retriever e Yorkshire, que têm uma maior tendência a desenvolver doenças renais. Além disso, existem diversas outras causas de insuficiência renal em cães: uso de certos medicamentos, problemas no coração, infecções e ingestão de produtos tóxicos. A insuficiência renal em cães é uma das doenças mais comuns em cachorro idoso, mas não quer dizer que não possa afetar cães mais novos.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    O cachorro com problema renal passa a fazer xixi com mais frequência e em maior quantidade
    O cachorro com problema renal passa a fazer xixi com mais frequência e em maior quantidade

    Mais Lidas

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    Insuficiência renal em cães crônica X aguda

    Podemos ver que existem muitas causas diferentes para a insuficiência renal. Cachorro pode ter dois tipos diferentes da doença, dependendo do motivo que a causou. A doença renal crônica tem origem genética e costuma se manifestar ao longo da vida do animal. Conforme o tempo passa, os rins do cachorro vão perdendo sua função. O tipo de doença renal crônica não tem cura, mas existe um tratamento que deve ser feito para o resto da vida com a finalidade de melhorar seu bem-estar. Já a insuficiência renal aguda surge pelos outros motivos que não tem a ver com genética. Esse tipo de doença renal costuma ter início repentino e ser mais agressivo, mas, como não se trata de um problema hereditário, pode ser curado. Para isso, o tratamento deve ter início imediato. 

    Na insuficiência renal, cachorro apresenta sintomas de forma silenciosa  

    A insuficiência renal em cães é conhecida por ser uma doença silenciosa. Normalmente, os primeiros sinais só começam a aparecer quando os rins já estão bastante comprometidos. Por isso, o tutor costuma se dar conta da doença apenas quando já estão aparecendo os sintomas da fase terminal de insuficiência renal em cães. Apatia, febre, vômito e diarreia são alguns dos sinais mais comuns. Além disso, como o cachorro com problema renal perde muito líquido, podemos perceber que o pet passa a beber uma quantidade muito maior de água para compensar. Também há um aumento na frequência de micção e no volume de xixi de cachorro.

    Cachorro com insuficiência renal sente dor?

    Na insuficiência renal, cachorro costuma apresentar sintomas de maneira silenciosa. Eles são bem sutis e, por isso, muitas pessoas têm dúvidas quanto a dores. Afinal, o cachorro com insuficiência renal sente dor? Não é um dos sinais mais clássicos, mas pode ser um dos sintomas de fase terminal de insuficiência renal em cães, quando os níveis de creatina estão tão altos que causam dores abdominais. Assim, nem todo cão vai ter esse problema, mas pode acontecer. Ou seja, o cachorro com insuficiência renal sente dor dependendo da gravidade da doença e de como o corpo de cada animal reage.

    Cálculo renal é outra doença que pode afetar os rins do cachorro 

    O cálculo renal é a famosa pedra nos rins. Ela acontece quando há um acúmulo de minerais no organismo que não são eliminados. Esse problema é bastante associado ao cachorro que bebe pouca água. A baixa ingestão hídrica contribui para a formação dessas pedrinhas que causam muita dor e dificuldade para urinar. Também é comum ver o cachorro fazendo xixi com sangue e em menor quantidade. 

    Pedra na bexiga de cachorro também causa dor e dificuldade ao urinar 

    Os cálculos não acontecem somente nos rins. Eles podem surgir em qualquer órgão do trato urinário, sendo muito comum a pedra na bexiga. Cachorro com esse problema também sofre com uma enorme dificuldade para urinar. Além disso, o local onde fica a bexiga do cachorro fica comprometido com a presença do cálculo, o que faz com que haja uma retenção de líquido. Como resultado, o bichinho sente muita dor. A pedra na bexiga do cachorro normalmente é uma consequência de uma má alimentação, quando o animal não ingere os nutrientes essenciais e bebe pouca água.

    Com a ração renal, cachorro com problemas nos rins passa a contar com nutrientes que ajudam no tratamento
    Com a ração renal, cachorro com problemas nos rins passa a contar com nutrientes que ajudam no tratamento

    Cachorro fazendo xixi com sangue: sintoma é comum a diversos problemas urinários 

    Se você reparar o cachorro fazendo xixi com sangue, fique alerta. Isso é sempre um sinal de que há algo errado com o trato urinário do doguinho. A presença de pedra nos rins e na bexiga do cachorro podem levar a esse quadro, mas outras doenças também podem ser as causadoras. A própria insuficiência renal em cães pode ser a racão desse sintoma. Dentre as doenças que têm como consequência o cachorro fazendo xixi com sangue, podemos citar: tumores em alguma parte do sistema urinário, intoxicação, problemas de coagulação, inflamações, traumas e infecções. Ao ver o cachorro fazendo xixi com sangue, leve o pet ao veterinário para realização de exames. 

    Urina de cachorro com cheiro forte pode ser sinal de baixa ingestão hídrica 

    Outro sintoma comum a diversas doenças renais é a urina de cachorro com cheiro forte. Normalmente, o xixi de cachorro já tem um odor característico. Mas, nesse caso, estamos falando de um cheiro bem mais intenso, muitas vezes comparado ao odor de peixe. Normalmente, a urina de cachorro com cheiro forte sinaliza uma infecção, na maioria das vezes nos rins ou na bexiga. Cachorro pode estar ainda com alta concentração de substâncias que não foram eliminadas. Ou seja, o pet não está fazendo xixi na quantidade adequada. Isso é um sinal de alerta, pois fazer pouco xixi quer dizer que ou ele está prendendo urina ou não está bebendo água o suficiente. Os dois casos podem levar a doenças no sistema urinário. 

    Meu cachorro não consegue urinar: o que fazer? 

    Um cão fazendo pouco xixi é sempre um alerta para cachorro com problema renal. O animal precisa ter uma frequência de micção adequada, pois é por meio do xixi de cachorro que todo o equilíbrio iônico no corpo é estabelecido. Quando o cachorro não faz xixi ou está fazendo muito menos do que antes, existem chances muito altas de algo estar errado no sistema urinário do seu pet. Mas afinal, meu cachorro não consegue urinar: o que fazer? O principal é levar o pet ao veterinário. Ele vai realizar exames para checar se há algo de errado como cálculos nos rins ou na bexiga. Repare se há outros sintomas, como cachorro fazendo xixi com sangue, e conte tudo ao veterinário. O cachorro que não faz xixi é sempre um sinal de alerta, então não perca tempo e vá ao veterinário. 

    Ração renal: cachorro com problema nos rins pode ser beneficiado com mudanças alimentares

    Um cachorro com problema renal precisa ter certos cuidados ao longo da vida para evitar que sua situação se agrave e ter um maior bem-estar. Dentre esses cuidados, a mudança na alimentação é fundamental. Uma boa dica é trocar a ração normal pela ração renal. Cachorro que sofre com problemas urinários crônicos tem grandes benefícios com essa mudança, pois a ração renal conta com uma menor concentração de substâncias que prejudicam os rins. Além disso, com a ração renal, cachorro é favorecido com nutrientes extras (como Ômega 3), que tem propriedade anti-inflamatória, ajudando no combate a inflamações por todo o corpo, incluindo no sistema urinário. Com uso da ração renal, cachorro com doença renal crônica ou com propensão a desenvolver esse problema fica bem mais protegido. Converse com o veterinário para entender como implementar essa mudança na dieta de maneira adequada. 

    Como prevenir insuficiência renal em cães e outras doenças nos rins? 

    Como explicamos, algumas raças de cachorro tem predisposição a desenvolver doenças renais. Nesse caso, não tem como prevenir a doença, mas é possível evitar que se torne algo mais grave. Para isso, fiscalize a hidratação do animal, incentive o cachorro a beber mais água e faça uso da ração renal. Cachorro de qualquer raça pode desenvolver doenças no sistema urinário ao longo da vida, portanto cuide bastante para que ele não precise passar por isso. Invista em fontes de água para cachorro ou outras formas de incentivar sua hidratação, faça check-ups, visitas frequentes ao veterinário, cuide da alimentação de acordo com sua idade e porte, leve-o para praticar exercícios regularmente e mantenha a carteira de vacinação sempre em dia. 

    Redação: Maria Luísa Pimenta 

    Anatomia canina: tudo sobre a respiração e pulmão de cachorro

    Próxima matéria

    Anatomia canina: tudo sobre a respiração e pulmão de cachorro

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro
    Grandes

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro

    O Galgo Afegão, também chamado de Afghan Hound, é um cachorro originário do Oriente Médio com aparência exótica e charmosa, difícil de passar despercebido. O que poucas pessoas sabem é que, por trás da postura elegante e independente do cão Afegão, existe um ótimo companheiro de quatro patas, cheio de energia para gastar e amor para dar. Mas o que é necessário saber sobre essa raça de cachorro antes de comprar ou adotar um exemplar? Como é a personalidade do Afghan Hound e que cuidados são necessários com o cãozinho? 

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana
    Grandes

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana

    Um dos cãezinhos mais surpreendentes é o Cane Corso. Embora ele não seja tão popular quanto outras raças de cachorro grande, como o Labrador e o Golden Retriever, o Cane Corso é dono de um enorme coração e tem uma personalidade incrível. Algumas pessoas podem até se intimidar com o tamanho e a postura imponente do doguinho, mas só quem convive com um Cane Corso sabe como estes cães são adoráveis e carinhosos.

    Weimaraner: veja um guia completo sobre a raça de cachorro
    Raças

    Weimaraner: veja um guia completo sobre a raça de cachorro

    O Weimaraner é um cão de grande porte que conquista a todos com sua simpatia e beleza inconfundível. Essa raça de cachorro possui uma obediência fora do comum e exibe todos os atributos para conquistar a todos da família humana. Criado para ser um cão de caça perfeito, o cachorro Weimaraner possui uma condição física energética que demanda uma rotina de exercícios físicos. Ficou curioso para saber mais sobre esse doguinho? Dá só uma olhada no guia que o Patas da Casa preparou!

    Bichon Frisé: tudo sobre a raça de cachorro pequeno (+ galeria com 50 fotos)
    Pequenos

    Bichon Frisé: tudo sobre a raça de cachorro pequeno (+ galeria com 50 fotos)

    Dentre tantas raças de cachorro que existem pelo mundo, uma que certamente merece destaque é o Bichon Frisé. Esse pequeno cãozinho já é capaz de conquistar vários admiradores só por causa da sua aparência fofinha e felpuda, mas não é só isso que chama a atenção na raça: o cachorro Bichon Frisé também é super carismático e afetuoso. Por isso, é bem difícil não se apaixonar por ele. 

    Ver Todas >

    Doença do carrapato: veja em infográfico os perigos dessa doença de cachorro
    Saúde animal

    Doença do carrapato: veja em infográfico os perigos dessa doença de cachorro

    A doença do carrapato é uma das mais temidas pelos pais e mães de pets - e com razão. O contágio acontece quando um carrapato infectado com o parasita pica um cãozinho saudável. Pouco tempo depois, os sintomas da doença do carrapato já começam a aparecer. Um dos motivos do porque essa doença é tão perigosa é o fato de seus sintomas serem muito variados e se agravarem rapidamente. A doença do carrapato tem cura, mas quanto mais o tratamento demora a ter início, mais complicado fica. 

    Caspa em cachorro: tudo sobre o problema de pele
    Saúde animal

    Caspa em cachorro: tudo sobre o problema de pele

    A caspa em cachorro é uma das manifestações que acontece quando há alguma deficiência nutricional ou higienização inadequada do animal. Avistou algumas casquinhas brancas se soltando abaixo dos pelos do seu pet? Então continue lendo para saber tudo sobre cachorro com caspa e como livrar seu melhor amigo desse incômodo.

    Cachorro babando: quando é motivo para se preocupar com a saúde do pet?
    Saúde animal

    Cachorro babando: quando é motivo para se preocupar com a saúde do pet?

    A saliva do cachorro, assim como a nossa, tem diversas funções. Porém, quando há alterações na consistência e aparência da saliva, ou quando ela se torna muito abundante, é melhor ficar alerta: esse pode ser um sintoma de que algo não vai bem com a saúde do cachorro. Descubra agora como identificar a salivação anormal no seu melhor amigo.  

    Como aumentar a imunidade do cachorro e tudo sobre o sistema imunológico dos cães
    Saúde animal

    Como aumentar a imunidade do cachorro e tudo sobre o sistema imunológico dos cães

    Uma pergunta comum a todos os pais de pet que não gostam de ver o filho de quatro patas doente é como aumentar a imunidade do cachorro. Assim como acontece com os humanos, o sistema imunológico canino é como se fosse um mecanismo interno de defesa que ajuda a proteger os animais contra várias doenças. Isso quer dizer que qualquer alteração ou queda na imunidade deixa o organismo vulnerável, e pode afetar significativamente a saúde do cachorro.

    Ver Todas >