Cachorro

7 fatos sobre vacina para cachorro que precisam da sua atenção

Publicado - 06 Novembro 2020 - 16h06

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

O cuidado com a saúde do cachorro é essencial para que o animal viva muitos anos ao seu lado. E uma das coisas mais importantes para promover mais saúde e bem-estar ao seu amigo de quatro patas é a imunização contra doenças graves. Asvacinas para cachorro protegem de uma série de patologias que prejudicam diversos sistemas do organismo do animal e podem até levar a morte. Muitas dúvidas surgem sobre esse assunto: "tem problema atrasar a vacina do cachorro?", "pode passear com um filhote que ainda não foi vacinado?" e outros questionamentos são comuns. Para sanar algumas dúvidas, o Patas da Casa reuniu 7 fatos sobre vacina de cachorro. Confira!

1. Tem problema atrasar a vacina do cachorro?

Atrasar a vacina do cachorro por alguns dias não é a melhor decisão, já que a proteção do animal contra algumas doenças fica comprometida. É importante que o cronograma seja seguido: o atraso da imunização faz com que a quantidade de anticorpos no organismo do animal diminua. As vacinas precisam ser atualizadas anualmente para manter o cachorro livre de doenças como a cinomose, hepatite infecciosa canina, parvovirose e raiva canina. O atraso é mais prejudicial ainda no caso da vacina para cachorro filhote. Se houver atraso de uma das doses da vacina V10, pode ser necessário repetir todo o processo de vacinação do início. É importante explicar a situação para o médico veterinário, que vai avaliar o caso e orientar o tutor.

2. Vacina de cachorro custa menos que tratamento de doenças

O preço de uma vacina de cachorro é algo que pode parecer um pouco alto. No entanto, deve-se levar em conta que o custo para o tratamento de doenças graves será bem mais elevado. Sendo assim, além de ser um ato de amor ao seu amigo peludo, a vacina também poupa o seu bolso. O maior ganho, porém, é manter a saúde do seu bichinho: livre de doenças, ele não sentirá dores, não vai precisar passar por diversos procedimentos e ainda terá uma vida mais longa e saudável. Uma dica interessante para economizar é procurar saber se na sua acontecem mutirões de vacinação gratuitos contra a raiva canina, geralmente promovidos pelos centro de zoonoses - infelizmente, as outras vacinas essenciais para cachorro, como a V10 e a de gripe canina, não costumam ser oferecidas nessas campanhas.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

3. O cachorro filhote pode passear antes de ser vacinado?

Os veterinários alertam que o contato do filhote de cachorro com a rua antes de tomar todas as vacinas pode ser bem perigoso. A vacina para cachorro protege os animais das doenças que podem estar presentes no xixi e cocô de outros cachorros e até nas fezes dos pombos. Por isso, os riscos são grandes, ainda mais porque o sistema imunológico do animal ainda está se desenvolvendo. Para gastar a energia do pet nessa fase, o ideal é investir em brinquedos para cachorros, enriquecimento ambiental e muitas brincadeiras. 

4. Vacina para cachorro: reações são comuns

É normal que após a aplicação de uma vacina, o cachorro apresente algumas reações. Isso acontece porque a composição das vacinas possuem vírus e bactérias em estado inativo para estimular a criação de anticorpos no animal contra determinadas doenças. Essa atividade do sistema imunológico costuma gerar reações que são normais e passam após alguns dias.

O cachorro pode ter febre, ficar desanimado e apático nos primeiros dias. Além disso, pode surgir um caroço no local da vacina. Um sinal que deve deixar o tutor em alerta o cachorro se coçando em excesso no lugar da vacina, pois pode indicar uma alergia. Após a vacinação, observe o animal e mantenha ele sempre hidratado e alimentado. Caso os sintomas permaneçam depois de 3 dias, é indicado procurar o médico veterinário que fez a imunização. 

cachorro tomando vacina para cachorro

5. Cachorro vacinado só pode tomar banho alguns dias depois

 

Pelo fato da vacina de cachorro deixar o sistema imunológico mais sensível, o estresse do banho pode impactar na saúde do animal, principalmente se ele for muito medroso. Essa situação pode influenciar na resposta que o organismo terá às vacinas. O indicado é esperar pelo menos 15 dias depois da vacina para dar banho no cachorrinho.

6. A vacina de cachorro não é o único método para prevenir doenças

Mesmo sendo muito importante, a vacina para cachorro não é o único método para deixá-lo livre de doenças. A vermifugação e aplicação de remédio para pulga e carrapato são muito importantes para saúde e o bem-estar do seu pet. Além disso, é importante ter atenção com a higiene, hidratação e alimentação do cachorro. Manter as atividades físicas também é uma forma de garantir mais qualidade de vida para o animal. 

7. A vacina não poderá ser aplicada se o cachorro estiver doente

A vacina de cachorro é um modo de prevenir doenças antes da ocorrência delas. Por isso, se o animal apresentar sinais de alguma enfermidade, ele não deve ser vacinado em hipótese alguma - a vacina pode, inclusive, piorar o quadro. Febre, tosse e outros sintomas impedem a vacinação. Neste caso, o mais indicado é procurar um médico veterinário para prosseguir com o diagnóstico e tratamento e, só depois de curado, o animal poderá receber a imunização.

Redação: Hyago Bandeira

Adote um animal

Mulher compra "Lulu da Pomerânia" e toma um susto quando o pet cresce mais que o esperado

O Lulu da Pomerânia chama atenção por sua pelagem exuberante e personalidade simpática. Geralmente, cães dessa raça pesam até 3,5 kg...

Cuidados

Da tentativa de afogar banhista a carinho de estranhos: Golden vai à praia e tutor lista tudo que cachorro aprontou

O Golden Retriever é uma raça de cachorro conhecida pela energia inesgotável e pela enorme paixão por água, características que torn...

Comportamento

Cachorro "rouba" objeto pessoal de idosa e protagoniza uma das cenas mais engraçadas da internet

Um cachorro preto “ladrãozinho” protagonizou uma cena hilária que viralizou nas redes sociais.  Com quase 740 mil curtidas no T...

Adote um animal

Cane Corso filhote: o que esperar do cãozinho de porte gigante?

O Cane Corso filhote é um cachorro cheio de energia e que precisa de muita atenção, especialmente nos dois primeiros anos de vida. A...

Adote um animal

Mulher compra "Lulu da Pomerânia" e toma um susto quando o pet cresce mais que o esperado

O Lulu da Pomerânia chama atenção por sua pelagem exuberante e personalidade simpática. Geralmente, cães dessa raça pesam até 3,5 kg...

Cuidados

Da tentativa de afogar banhista a carinho de estranhos: Golden vai à praia e tutor lista tudo que cachorro aprontou

O Golden Retriever é uma raça de cachorro conhecida pela energia inesgotável e pela enorme paixão por água, características que torn...

Comportamento

Cachorro "rouba" objeto pessoal de idosa e protagoniza uma das cenas mais engraçadas da internet

Um cachorro preto “ladrãozinho” protagonizou uma cena hilária que viralizou nas redes sociais.  Com quase 740 mil curtidas no T...

Gato

Gato fofoqueiro acorda todo dia de madrugada por um motivo especial

Gatos são super observadores e estão sempre atentos a tudo. Além disso, para quem pensa que não, os bichanos podem, sim, ser bem com...

Ver todas