Saúde

5 passos para identificar a febre em cachorro

Veja algumas formas de como saber se o cachorro está com febre!
Veja algumas formas de como saber se o cachorro está com febre!

A febre em cachorro nem sempre é fácil de ser identificada porque os cães não costumam demonstrar quando estão sentindo dor, mas mudanças no comportamento do animal podem ser notadas e devem servir como um alerta para os tutores. Sempre que observar que seu pet está mais quieto que o normal e está evitando se movimentar, desconfie de que algo está errado. Tem dúvidas de como saber se o cachorro está com febre? A seguir, separamos algumas dicas que podem identificar o quadro febril no seu amigo. Veja só!

1) Cachorro: febre pode deixar focinho e orelhas mais quentes

A febre pode se manifestar de diferentes formas no corpo do cachorro, e uma delas tem a ver com a temperatura do focinho e das orelhas do animal. Por isso, se você tocar nessas regiões e sentir que elas estão mais quentes do que o normal, vale a pena conferir como está a temperatura do corpo do animal. Vale destacar que nem sempre esse é um sinal de febre especificamente, mas é um bom sinal para ficar de olho.

2) Cachorro com febre: sintomas incluem apatia e sonolência excessiva

Ao suspeitar de um cachorro com febre, vale a pena ficar atento a outros possíveis sinais de que o cachorro não está bem. Geralmente, os cães doentes tendem a ficar mais apáticos e demonstrarem menos interesse por coisas que eles gostam, como o seu brinquedo preferido ou um petisco saboroso. Além disso, o excesso de sono também pode ser um indicativo de febre de cachorro, assim como a falta de apetite.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    O cachorro com febre fica mais apático e desanimado
    O cachorro com febre fica mais apático e desanimado

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    3) Quadros mais severos de febre de cachorro podem vir acompanhados de vômitos e diarreia

    Em quadros febris mais graves e com uma temperatura muito acima do normal, o animal ainda pode apresentar vômitos e diarreia como parte dos sintomas. Por isso, o tutor deve ficar de olho em qualquer alteração no comportamento canino e, caso a febre seja de fato detectada, é fundamental levar o cachorro ao veterinário o quanto antes.

    4) Febre: cachorro é considerado febril se a temperatura for acima de 39,3°C

    Para reconhecer a febre em cachorro é preciso saber qual é a temperatura de um cão saudável. Diferente dos humanos, que a temperatura deve variar entre 36°C e 36,5°C, os cães têm um corpo naturalmente mais quente, o que pode ser confundido com um estado febril. No geral, um cachorro sem febre tem a temperatura entre  37,5°C e 39,3°C, mas se passar disso é necessário procurar ajuda de um veterinário.

    5) Como medir a temperatura de um cachorro? 

    Se você desconfia que o seu cachorro está com febre, a melhor maneira de ter certeza do que está acontecendo é medir a temperatura dele. Para fazer isso em casa, o termômetro retal e o auricular podem ser utilizados, desde que o tutor saiba exatamente como aferir a temperatura sem incomodar o animal. Se não, o tutor pode usar um simples termômetro digital de humanos no cachorrinho da mesma forma que o retal: basta introduzir delicadamente o acessório no ânus do animal até encostar na parede anal. Depois, é só aguardar o sinal sonoro que indica que a temperatura já foi medida.

    Redação: Juliana Melo

    Gato idoso: quais os sinais de que seu gatinho está envelhecendo?

    Próxima matéria

    Gato idoso: quais os sinais de que seu gatinho está envelhecendo?

    Coleira para cachorro: qual o melhor tipo para passear e identificar seu pet?
    Passeio

    Coleira para cachorro: qual o melhor tipo para passear e identificar seu pet?

    A coleira para cachorro é um dos primeiros acessórios que você pensa em comprar depois que recebe um cãozinho em casa. Além de ajudar a identificar o animal em diferentes situações e a ensinar a disciplina no dia a dia, ela ainda é essencial para a hora dos passeios, um dos momentos mais esperados pelo seu amigo de quatro patas - mas só depois de todas as vacinas, combinado? De acordo com o tamanho, a personalidade e a finalidade de uso, o modelo de coleira que você precisa comprar muda: dá uma olhada aqui embaixo para descobrir como escolher o ideal para o seu pet!

    Como saber se o cachorro está com febre? Saiba identificar a temperatura do seu pet
    Saúde

    Como saber se o cachorro está com febre? Saiba identificar a temperatura do seu pet

    Uma das partes mais difíceis de cuidar de animais de estimação é, justamente, o momento em que eles ficam doentes e você não sabe exatamente o que está acontecendo. Assim como acontece com os humanos, no organismo de um cachorro com febre provavelmente tem algo fora do comum que vai além do aumento da temperatura. Para te ajudar a identificar essa condição no seu cãozinho, nós conversamos com a veterinária Isabela Pires, do Rio de Janeiro, e ela explicou como você pode medir a temperatura e saber se o seu cachorrinho está quente. Dá uma olhada!

    Passear com cachorro: 9 motivos para não deixar o passeio de lado
    Passeio

    Passear com cachorro: 9 motivos para não deixar o passeio de lado

    Passear com cachorro é mais que um momento de lazer ou um horário destinado para o animal fazer as necessidades fisiológicas, é um ato de cuidado e amor. Ter um animal requer muita responsabilidade e algumas horas dedicadas para proporcionar mais qualidade de vida a ele. Isso inclui brincadeiras, cuidados com a higiene, visitas ao veterinário, uma alimentação de qualidade e, claro, os passeios. Antes de comprar ou adotar um cachorro, esteja preparado para sair com seu novo amigo pelo menos uma vez por dia.

    Passear com cachorro: qual o tempo ideal para gastar a energia do cãozinho?
    Passeio

    Passear com cachorro: qual o tempo ideal para gastar a energia do cãozinho?

    Passear com o cachorro é um dos momentos mais importantes da rotina de um pet. Além de ser uma atividade super propícia para estreitar os laços com o cãozinho com brincadeiras ao ar livre, também é uma forma de incentivá-lo a fazer novos aumigos e gastar toda a energia acumulada. Os passeios são excelentes aliados para manter a saúde física e mental do pet, mas será que você sabe qual é o tempo ideal para passear com cachorro?

    Ver Todas >

    Gato e cachorro têm depressão? Descubra se o transtorno pode afetar seu bichinho de estimação
    Saúde animal

    Gato e cachorro têm depressão? Descubra se o transtorno pode afetar seu bichinho de estimação

    Você já se perguntou se o seu cachorro tem depressão? Ou se o seu gato que mudou de comportamento, na verdade está com um transtorno ligado ao estresse? Muitos tutores nem imaginam, mas cachorro ou gato com depressão não é um quadro tão difícil de ocorrer. A saúde mental é um assunto em evidência, principalmente nas campanhas do setembro amarelo. Mas assim como cães e gatos podem ajudar quem tem depressão, eles também podem ser afetados pela doença.

    5 coisas que você pode fazer para evitar a pancreatite canina
    Saúde animal

    5 coisas que você pode fazer para evitar a pancreatite canina

    A pancreatite canina é uma inflamação no pâncreas do cachorro causada por alterações na produção de enzimas. Esse doença gastrointestinal leva a lesões no órgão, gerando dores abdominais, respiração ofegante, desidratação, vômito e diarreia. O cachorro com pancreatite fica com a saúde muito debilitada e, em casos mais graves, pode até mesmo falecer. 

    Dia do veterinário: 8 curiosidades sobre a profissão que é fundamental para saúde e bem-estar do seu pet
    Saúde animal

    Dia do veterinário: 8 curiosidades sobre a profissão que é fundamental para saúde e bem-estar do seu pet

    No dia 9 de setembro é comemorado o Dia do Veterinário. Quem é pai ou mãe de pet sabe a importância que esse profissional tem no cuidado dos nossos tão queridos animais de estimação. Por isso, nada mais justo que um dia do veterinário especial para eles! Apesar de a profissão ser muitas vezes vista apenas como o atendimento de animais, o veterinário pode atuar em diferentes áreas, ajudando até mesmo no cuidado da saúde humana! 

    FIV: gatos diagnosticados com a doença vivem quanto tempo?
    Saúde animal

    FIV: gatos diagnosticados com a doença vivem quanto tempo?

    A FIV em gatos é uma das doenças mais temidas pelos tutores. Por afetar principalmente o sistema imunológico, a doença deixa o felino mais suscetível a adquirir diversas complicações ao longo da vida. Como não tem cura, o gato com FIV precisa de tratamento a vida inteira. Mas, afinal, por quanto tempo o bichano diagnosticado consegue viver? O gato com FIV pode conviver com outros gatos? 

    Ver Todas >