Cuidados

5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas

Descubra quais são as diferentes razões para o coça coça na orelha dos cachorros
Descubra quais são as diferentes razões para o coça coça na orelha dos cachorros

Mesmo que muitas vezes sejam esquecidas na hora dos cuidados, as orelhas do seu cachorrinho são bem sensíveis e precisam de bastante atenção. De vez em quando, é comum que algum incômodo pontual faça o seu cachorro ficar coçando a orelha, mas quando isso se torna algo frequente e você percebe um incômodo maior no animal, vale a pena ficar atento. Nas orelhas e ouvidos, a coceira em cachorro pode ser causada por uma série de coisas, que vão das mais simples às mais complicadas de se tratar e resolver. Nós juntamos cinco delas aqui embaixo para te ajudar a aliviar o incômodo do seu doguinho. Dá uma olhada! 

1) Acúmulo de sujeira

Assim como acontece com a dentição canina, que precisa ser escovada com frequência, limpar a orelha do seu cachorro também é algo que deve acontecer regularmente. Por si só, manter a higiene auricular dele em dia já é um ótimo hábito, mas a longo prazo, isso também ajuda a evitar a proliferação de fungos e bactérias e o desenvolvimento de infecções mais sérias. Esse cuidado deve ser ainda maior se o seu cachorrinho tiver as orelhas caídas (ou pendulares), já que, por isso, têm o ouvido mais abafado e úmido. Além disso, com o hábito de limpar a orelha de cachorro, você consegue acompanhar a saúde dessa região mais de perto. 

2) Otite canina 

A otite é uma das inflamações de ouvido de cachorro mais comuns que existem e pode ser causada pela falta de limpeza frequente da orelha do animal. Ela costuma começar por causa da presença de corpos estranhos dentro do canal auditivo do animal. Pode ser um pedacinho de folha de árvore, um inseto, acúmulo de poeira… qualquer coisa que tenha contato direto com o seu amigo no dia a dia. A otite canina também pode ser causada por parasitas e por alergias crônicas que o animal já tem. Além da coceira, é comum que o animal sinta dor e chore quando você tentar mexer na orelha e também pode ter excesso de cera, perda de audição, cheiro forte na orelha e perda de apetite por causa da dor. Para tratar a otite, você vai precisar da orientação de um veterinário para receitar um remédio para dor de ouvido de cachorro — é importante não tentar resolver o problema ou medicar o seu animal por conta própria, ok? 

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
    A limpeza da orelha do animal é uma das principais formas de prevenir a coceira
    A limpeza da orelha do animal é uma das principais formas de prevenir a coceira

    Mais Lidas

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente: estudos mostram que os carrapatos podem sobreviver até 200 dias em um lugar sem se alimentar. Pensando nisso, vamos te ensinar como acabar com carrapatos no quintal com ingredientes que você pode ter em casa.

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    Caixa de areia de gato em apartamento: saiba qual o melhor lugar para colocar o sanitário felino
    Cuidados dos animais

    Caixa de areia de gato em apartamento: saiba qual o melhor lugar para colocar o sanitário felino

    A caixa de areia é só um objeto, mas para novos donos de gatos ela pode envolver uma série de dúvidas que ninguém sonhou em ter antes de ter um felino. Desde qual tipo de areia escolher até o tamanho e o formato do objeto, tudo isso influencia na forma como o gato vai usar a caixa. Como não poderia ser diferente, o lugar onde você coloca o sanitário do seu gatinho é primordial para que ele faça o xixi e cocô no lugar certo — principalmente se você mora em apartamentos e tem um espaço limitado. Hoje, o Patas da Casa vai te ajudar a resolver essa questão: dá uma olhada aqui embaixo!

    Quanto tempo vive um gato?
    Cuidados dos animais

    Quanto tempo vive um gato?

    Se dependesse de nós, nossos gatinhos viveriam para sempre, né? Há relatos de gatos que chegam a viver mais de 30 anos, mas estamos falando aqui de recordes mundiais. Na “vida real”,  a idade média de um gato é de 16 anos. Se formos pensar em termos de adoção ou compra de um gatinho para chamar de nosso, precisamos sempre ter em mente que durante toda a sua vida, seremos responsáveis pela saúde, bem estar e segurança deles. Então, nada de querer ter um gato no impulso e depois se arrepender, combinado? Eles sofrem muito com o abandono e podem até ficar traumatizados com humanos em geral.   

    3) Carrapatos ou pulgas

    Outro fator que pode causar coceiras intensas no ouvido do seu cachorro é a proliferação de parasitas como os carrapatos, pulgas e, até mesmo, os ácaros, responsáveis por diferentes tipos de sarnas. Dependendo do nível de infestação no animal e no ambiente em que ele vive, o incômodo pode ser grande e se desenvolver para infecções mais sérias por causa da sensibilidade da região auricular do cachorro. Para resolver o problema, você pode usar desde shampoos e sabonetes até medicamentos orais e tópicos no animal e produtos específicos para cuidar do ambiente. Também é importante contar com a orientação de um veterinário nesse caso. 

    4) Alergias

    Cachorros que têm alergias e dermatites tópicas também podem desenvolver uma coceira frequente nos ouvidos. Isso acontece porque a parte de dentro das orelhas do animal também é composta por pele, ou seja: também pode ser afetada, dependendo do tipo de alergia que o seu animal tem. Se essa situação for rotineira e você já tiver orientações de como agir e qual produto usar para aliviar a situação do seu amigo, vá em frente, mas se for a primeira vez que a alergia afeta a região auricular, vale a pena buscar ajuda profissional, como nos outros casos. Alergias alimentares também podem se manifestar na orelha do animal, fique atento!

    5) Fungos

    A parte interna das orelhas de um cachorro oferece o ambiente ideal com calor e umidade para a proliferação de fungos e bactérias que podem ser as grandes vilãs da coceira na região. Se esse for o caso, é comum que o animal tenha outros sintomas, como o inchaço e ardor. Em casos mais graves, a infecção também pode afetar o tímpano do animal e, por isso, deve ser imediatamente diagnosticada e tratada.

    Redação: Ariel Cristina Borges

    Capa de sofá para cachorro é uma boa solução para proteger o estofado?

    Próxima matéria

    Capa de sofá para cachorro é uma boa solução para proteger o estofado?

    5 motivos pelos quais seu cachorro late em casa
    Adestramento

    5 motivos pelos quais seu cachorro late em casa

    O cachorro latindo pode significar várias coisas, já que os cães não usam os latidos apenas para se expressarem. É com essa comunicação que eles conseguem sinalizar para seus humanos o que querem e, até mesmo, se há algo incomodando ou alguém por perto que apresenta perigo. Cada cachorro tem uma personalidade e, por isso, alguns latem mais e outros menos. Há estudos também que apontam a diferença de latidos entre as raças. Agora, se você tem um cachorro que late muito a ponto de causar problemas com vizinhos, é necessário avaliar a melhor alternativa para ajudar o animal e conviver pacificamente com a vizinhança. 

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão
    Cuidados

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão

    Os cães são animais que, na maior parte do tempo, não gostam de ficar sozinhos - afinal, antes de serem domesticados, eles viviam livres em matilhas. Com a vida urbana, muitos cães acabam não recebendo os estímulos adequados para gastar energia e socializar com outros animais e pessoas. Para auxiliar a vida do tutor, que nem sempre consegue estar perto de seu pet durante o dia, existem muitas alternativas. Uma delas é a creche para cachorro: uma acomodação diária em que você pode deixar seu amigo em um lugar totalmente adaptado para cães.

    Pelo de cachorro pela casa? Veja quais raças soltam mais e como minimizar o problema
    Raças

    Pelo de cachorro pela casa? Veja quais raças soltam mais e como minimizar o problema

    Amor à primeira vista é um sentimento comum ao adotar ou comprar um cãozinho. Mas, também é normal deixar para segundo plano uma pesquisa completa sobre as características e comportamentos de determinadas raças. E é em casa, depois de alguns dias que se percebe um incômodo: a queda de pelo em cachorro. De repente, aparecem vários tufos pela casa e você sequer entende como é possível o bichinho soltar tanto pelo.

    Passear com cachorro: 9 motivos para não deixar o passeio de lado
    Passeio

    Passear com cachorro: 9 motivos para não deixar o passeio de lado

    Passear com cachorro é mais que um momento de lazer ou um horário destinado para o animal fazer as necessidades fisiológicas, é um ato de cuidado e amor. Ter um animal requer muita responsabilidade e algumas horas dedicadas para proporcionar mais qualidade de vida a ele. Isso inclui brincadeiras, cuidados com a higiene, visitas ao veterinário, uma alimentação de qualidade e, claro, os passeios. Antes de comprar ou adotar um cachorro, esteja preparado para sair com seu novo amigo pelo menos uma vez por dia.

    Ver Todas >

    A caixa de areia do gato deve ser limpa com qual frequência?
    Cuidados dos animais

    A caixa de areia do gato deve ser limpa com qual frequência?

    A caixa de areia para gatos é um item super importante na rotina dos felinos domésticos. Por puro instinto, os gatinhos aprendem desde cedo que aquele é o lugar certo para fazer as necessidades - e também aprendem a enterrar o xixi e as fezes. Mas você, humano, sabe como cuidar da caixinha de areia do jeito correto? Já avisamos que não vale colocar a areia no recipiente e esquecer que ela existe: o banheiro dos gatos precisa de manutenção quase diária.

    Bigode de gato: como saber se as
    Cuidados dos animais

    Bigode de gato: como saber se as "vibrissas" estão saudáveis?

    Mais que elegância, o bigode de gato tem importantes funções no comportamento felino. Manter uma boa aparência em nossos gatinhos é sempre bom, mas além da estética, é essencial prestar atenção na saúde do animal. A queda das vibrissas do gato, popularmente chamadas de bigodes, e outras alterações sempre vão gerar dúvidas nos tutores. É preciso se preocupar com a queda desses pelos? E afinal, para que serve o bigode de gato? 

    Shampoo hipoalergênico para cachorro deve ser usado em quais casos?
    Cuidados dos animais

    Shampoo hipoalergênico para cachorro deve ser usado em quais casos?

    O bem-estar e a saúde do cachorro devem ser prioridades. Por isso, é muito importante manter a higiene com alguns cuidados básicos, como limpar as orelhas e escovar os dentes. O banho em cachorro também deve fazer parte da rotina - mesmo que alguns pets não gostem, é essencial para o bem-estar do animal. Mas e quando a pele do animal apresenta sinais de alergia?

    Lei de maus-tratos a animais: entenda o que muda com a nova legislação e como proteger cães e gatos
    Cuidados dos animais

    Lei de maus-tratos a animais: entenda o que muda com a nova legislação e como proteger cães e gatos

    Para garantir que nenhum animal de estimação seja maltratado, foi criada, em 1998, a lei de contra maus-tratos aos animais, transformando qualquer agressão a cães e gatos um crime previsto no artigo 32 da Lei Federal nº 9.605. No entanto, nos últimos anos algumas alterações foram feitas dentro dessa legislação, e é importante entender o que mudou e, principalmente, como denunciar maus-tratos a cachorro e gato.   

    Ver Todas >