close
Cuidados

5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas

Atualizado · 22 de fevereiro de 2022 · 12h27

Publicado · 19/09/2019 · 12h00

Descubra quais são as diferentes razões para o coça coça na orelha dos cachorros
Descubra quais são as diferentes razões para o coça coça na orelha dos cachorros

Mesmo que muitas vezes sejam esquecidas na hora dos cuidados, as orelhas do seu cachorrinho são bem sensíveis e precisam de bastante atenção. De vez em quando, é comum que algum incômodo pontual faça o seu cachorro ficar coçando a orelha, mas quando isso se torna algo frequente e você percebe um incômodo maior no animal, vale a pena ficar atento. Nas orelhas e ouvidos, a coceira em cachorro pode ser causada por uma série de coisas, que vão das mais simples às mais complicadas de se tratar e resolver. Nós juntamos cinco delas aqui embaixo para te ajudar a aliviar o incômodo do seu doguinho. Dá uma olhada! 

1) Acúmulo de sujeira

Assim como acontece com a dentição canina, que precisa ser escovada com frequência, limpar a orelha do seu cachorro também é algo que deve acontecer regularmente. Por si só, manter a higiene auricular dele em dia já é um ótimo hábito, mas a longo prazo, isso também ajuda a evitar a proliferação de fungos e bactérias e o desenvolvimento de infecções mais sérias. Esse cuidado deve ser ainda maior se o seu cachorrinho tiver as orelhas caídas (ou pendulares), já que, por isso, têm o ouvido mais abafado e úmido. Além disso, com o hábito de limpar a orelha de cachorro, você consegue acompanhar a saúde dessa região mais de perto. 

2) Otite canina 

A otite canina é uma das inflamações de ouvido de cachorro mais comuns que existem e pode ser causada pela falta de limpeza frequente da orelha do animal. Ela costuma começar por causa da presença de corpos estranhos dentro do canal auditivo do animal. Pode ser um pedacinho de folha de árvore, um inseto, acúmulo de poeira… qualquer coisa que tenha contato direto com o seu amigo no dia a dia. A otite canina também pode ser causada por parasitas e por alergias crônicas que o animal já tem. Além da coceira, é comum que o animal sinta dor e chore quando você tentar mexer na orelha e também pode ter excesso de cera, perda de audição, cheiro forte na orelha e perda de apetite por causa da dor. Para tratar a otite, você vai precisar da orientação de um veterinário para receitar um remédio para dor de ouvido de cachorro — é importante não tentar resolver o problema ou medicar o seu animal por conta própria, ok? 

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    A limpeza da orelha do animal é uma das principais formas de prevenir a coceira
    A limpeza da orelha do animal é uma das principais formas de prevenir a coceira

    Mais Lidas

    Veja 12 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 12 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente.

    Quanto tempo vive um gato?
    Cuidados dos animais

    Quanto tempo vive um gato?

    Afinal, um gato vive quantos anos? Não é mistério que a companhia de um bichano muda a vida de qualquer pessoa para melhor, e, se dependesse de nós, nossos gatinhos viveriam para sempre. No entanto, isso não é possível e muitos tutores têm dúvidas quando o assunto é a expectativa de vida. Gato, querendo ou não, é como se fosse um filho, e é muito fácil se apegar a esses animais no dia a dia. 

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!
    Cuidados dos animais

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!

    Ter um cãozinho em casa é só alegria, mas é sempre bom que o dono esteja preparado para lidar com alguns comportamentos inconvenientes do animal. Um deles é o xixi fora do lugar para deixar o cheiro em todos os cantos da casa. O que fazer para o cachorro parar de marcar território? O costume é desagradável e pode até tirar o sossego de muitos tutores por aí. Para te ajudar, separamos algumas dicas para evitar que o cachorro marque território em casa e faça xixi onde não deve. Acompanhe!

    3) Carrapatos ou pulgas

    Outro fator que pode causar coceiras intensas no ouvido do seu cachorro é a proliferação de parasitas como os carrapatos, pulgas e, até mesmo, os ácaros, responsáveis por diferentes tipos de sarnas. Dependendo do nível de infestação no animal e no ambiente em que ele vive, o incômodo pode ser grande e se desenvolver para infecções mais sérias por causa da sensibilidade da região auricular do cachorro. Para resolver o problema, você pode usar desde shampoos e sabonetes até medicamentos orais e tópicos no animal e produtos específicos para cuidar do ambiente. Também é importante contar com a orientação de um veterinário nesse caso. 

    4) Alergias

    Cachorros que têm alergias e dermatites tópicas também podem desenvolver uma coceira frequente nos ouvidos. Isso acontece porque a parte de dentro das orelhas do animal também é composta por pele, ou seja: também pode ser afetada, dependendo do tipo de alergia que o seu animal tem. Se essa situação for rotineira e você já tiver orientações de como agir e qual produto usar para aliviar a situação do seu amigo, vá em frente, mas se for a primeira vez que a alergia afeta a região auricular, vale a pena buscar ajuda profissional, como nos outros casos. Alergias alimentares também podem se manifestar na orelha do animal, fique atento!

    5) Fungos

    A parte interna das orelhas de um cachorro oferece o ambiente ideal com calor e umidade para a proliferação de fungos e bactérias que podem ser as grandes vilãs da coceira na região. Se esse for o caso, é comum que o animal tenha outros sintomas, como o inchaço e ardor. Em casos mais graves, a infecção também pode afetar o tímpano do animal e, por isso, deve ser imediatamente diagnosticada e tratada.

    Redação: Ariel Cristina Borges

    O que fazer ao levar uma mordida de gato?

    Próxima matéria

    O que fazer ao levar uma mordida de gato?

    Ração para cachorro: quais os erros mais comuns na hora de alimentar um cãozinho?
    Ração

    Ração para cachorro: quais os erros mais comuns na hora de alimentar um cãozinho?

    É normal cometer alguns erros quando se trata da alimentação do cachorro, principalmente no caso de quem nunca teve um bichinho de estimação antes. Com o tempo e as orientações do veterinário, o tutor geralmente aprende o que o cão pode ou não pode comer, qual melhor ração para cachorro e a quantidade certa de comida que deve ser oferecida para o pet no dia a dia. O perigo é quando esses erros continuam acontecendo, porque isso pode acabar prejudicando a saúde do cachorro futuramente.

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão
    Cuidados

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão

    Os cães são animais que, na maior parte do tempo, não gostam de ficar sozinhos - afinal, antes de serem domesticados, eles viviam livres em matilhas. Com a vida urbana, muitos cães acabam não recebendo os estímulos adequados para gastar energia e socializar com outros animais e pessoas. Para auxiliar a vida do tutor, que nem sempre consegue estar perto de seu pet durante o dia, existem muitas alternativas. Uma delas é a creche para cachorro: uma acomodação diária em que você pode deixar seu amigo em um lugar totalmente adaptado para cães.

    Pelo de cachorro pela casa? Veja quais raças soltam mais e como minimizar o problema
    Raças

    Pelo de cachorro pela casa? Veja quais raças soltam mais e como minimizar o problema

    Amor à primeira vista é um sentimento comum ao adotar ou comprar um cãozinho. Mas, também é normal deixar para segundo plano uma pesquisa completa sobre as características e comportamentos de determinadas raças. E é em casa, depois de alguns dias que se percebe um incômodo: a queda de pelo em cachorro. De repente, aparecem vários tufos pela casa e você sequer entende como é possível o bichinho soltar tanto pelo.

    Passear com cachorro: 9 motivos para não deixar o passeio de lado
    Passeio

    Passear com cachorro: 9 motivos para não deixar o passeio de lado

    Passear com cachorro é mais que um momento de lazer ou um horário destinado para o animal fazer as necessidades fisiológicas, é um ato de cuidado e amor. Ter um animal requer muita responsabilidade e algumas horas dedicadas para proporcionar mais qualidade de vida a ele. Isso inclui brincadeiras, cuidados com a higiene, visitas ao veterinário, uma alimentação de qualidade e, claro, os passeios. Antes de comprar ou adotar um cachorro, esteja preparado para sair com seu novo amigo pelo menos uma vez por dia.

    Ver Todas >

    Como cuidar do gato no inverno? Veja o infográfico com várias dicas!
    Cuidados dos animais

    Como cuidar do gato no inverno? Veja o infográfico com várias dicas!

    Não é mistério que, mesmo sendo bem peludinhos, os gatos sentem frio e ficam bem incomodados quando a temperatura baixa. Por isso, no inverno, os tutores devem redobrar a atenção com os felinos, já que esses animais são conhecidos por disfarçarem o que sentem e nem sempre os sinais de um gato com frio são claros. Além disso, saber como aquecer os bichanos é fundamental - e é aí que entram estratégias como a roupa de inverno para gatos. 

    Onde colocar a caixa de areia do gato?
    Cuidados dos animais

    Onde colocar a caixa de areia do gato?

    A caixa de areia para gatos é, sem dúvidas, um dos itens mais importantes na hora de receber um felino em casa. Higiênicos por natureza, esses animais recorrem ao acessório por instinto para fazer as suas necessidades fisiológicas. No entanto, também pode acontecer de você flagrar um gato fazendo xixi e cocô no lugar errado, mesmo com a caixinha disponível. Nesses casos, a localização da caixa de areia pode ser um dos motivos que levam o bichano a agir desta forma.

    Quantas vezes um gato urina por dia?
    Cuidados dos animais

    Quantas vezes um gato urina por dia?

    Você já se perguntou quantas vezes um gato urina por dia? Essa dúvida é muito frequente e com certeza já passou pela cabeça de todos aqueles que vivem com os felinos, sobretudo os tutores de primeira viagem. Saber quantas vezes gato vai ao banheiro é importante para conhecer o comportamento do pet e até mesmo para identificar algo de errado com a saúde dele. 

    Dia internacional do gato: os direitos e cuidados que todos os felinos devem receber
    Cuidados dos animais

    Dia internacional do gato: os direitos e cuidados que todos os felinos devem receber

    Você sabia que o dia internacional do gato é comemorado no dia 08 de agosto? Essa foi a data escolhida pelo Fund for Animal Welfare (Fundo Internacional para o Bem-Estar Animal) em 2002 para convidar a sociedade a refletir sobre os cuidados que os gatos necessitam. Em 2022, quando completa 20 anos, o Dia Internacional dos Gatos tem como tema “Recursos amigáveis aos gatos”.  A cada ano, a organização International Cat Care escolhe um novo tema. O assunto que nunca deixa de ter importância, entretanto, são os gatos em situação de rua.

    Ver Todas >