Cachorro

Otite canina: saiba mais sobre a doença que pode ser persistente

Publicado - 12 Setembro 2019 - 18h58

Atualizado - 18 Abril 2024 - 16h03

É quase impossível definir qual a parte mais fofa de um cão, mas com certeza as orelhas de cachorro estão no topo dessa lista - seja pelo formato, tamanho ou pela habilidade de se movimentar em várias situações. Mas, as orelhas do cachorro também podem abrigar um problema que gera muito incômodo: a otite canina. A inflamação no ouvido pode ter causas variadas e costuma vir acompanhada de muita coceira, dores e até feridas. Apesar de ter um tratamento simples, é essencial reconhecer os sinais da doença para evitar um quadro mais grave. Conheça mais sobre a otite canina e saiba como proceder se identificar algum dos sintomas.

O que é otite? Descubra os tipos e diferenças

A otite canina é uma inflamação no conduto auditivo que se assemelha com a dor de ouvido nos humanos. O formato da orelha dos cães, mais comprida e com muitas dobrinhas, é mais propício para a entrada e reprodução de corpos estranhos, como bactérias, ácaros e fungos. O tipo mais comum é a otite externa, que que manifesta na camada de pele que reveste o ouvido do cachorro. Os sinais desta inflamação são bem notáveis: geralmente há uma produção maior de cera com uma coloração escura.

A otite aguda atinge o ouvido médio do cachorro - uma parte que já não conseguimos enxergar - e geralmente é uma evolução da otite externa não tratada corretamente. O caso mais preocupante é a otite interna, que afeta a área mais profunda do ouvido e pode causar alterações neurológicas e até comprometer a audição do seu cãozinho.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Quais as causas da otite em cachorro?

A otite canina pode ser causada por diversos fatores. Algumas bactérias e fungos naturais vivem no conduto auditivo, mas alterações imunológicas ou outros fatores podem incentivar a proliferação desses microorganismos. Algumas raças, como Cocker Spaniel, Basset, Dachshund e Beagles, são mais propensas a desenvolver o problema. Isso porque as orelhas caídas favorecem a umidade no canal auditivo. A hora do banho também merece a sua atenção: a entrada de água no ouvido pode deixar a área úmida e favorecer a inflamação. Veja os principais causadores da otite em cachorro:

- Infecções bacterianas
- Fungos
- Alergias (dermatite atópica ou alguma sensibilidade alimentar)
- Ácaros e carrapatos
- Tumores e traumas

 

Cachorro tendo ouvido limpo por tutor

 

Sintomas mais comuns da otite canina

Assim como outras doenças, a cura da otite canina será mais rápida se o problema for descoberto logo no início. Como o incômodo é muito grande, logo você perceberá que tem algo de errado com o seu cãozinho. Veja os sinais mais comuns da otite em cachorros:

- Coceira frequente na região da orelha;
- Produção excessiva de cera de coloração escura;
- Balançar muito a cabeça;
- Forte odor;
- Inchaço na região;
- Feridas na entrada do ouvido (geralmente causadas pela coceira);
- Vermelhidão.

É fundamental levar o seu bichinho no veterinário se observar qualquer comportamento diferente. Somente o especialista poderá avaliar o tipo e gravidade da doença. A partir disso, ele indicará o melhor remédio para otite canina.

Como prevenir a otite em cachorro?

Para prevenir a otite canina, a primeira coisa que você precisa fazer é certificar que o ouvido do seu cachorro estará sempre limpo e seco. Mantenha uma rotina de limpeza com produtos específicos para remover o cerúmen. O ideal é limpar a parte externa com o auxílio de uma gaze e pingar algumas gotas dentro do canal para garantir a remoção completa da cera - verifique se o produto é indicado para essa função. Tenha uma atenção especial na hora de dar banho no seu cãozinho: o indicado é não jogar água na cabeça e proteger a entrada do ouvido com um pedaço de algodão - especialmente para os cachorros que têm orelhas em pé.

A otite canina e outros problemas de saúde podem ser resolvidos de forma mais rápida se você estiver sempre atento a qualquer mudança de comportamento do seu cãozinho. A dica é colocar na rotina algumas checagens frequentes: observe patas, orelhas, dentes, olhos e região abdominal. Qualquer alteração ou sinal de desconforto pode indicar algum problema e merece uma visita ao veterinário.

Redação: Luana Lopes

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Comportamento

Vira-lata caramelo invade casamento e rouba a cena no momento da entrada da noiva

Os vira-latas têm um lugar especial no coração dos brasileiros. Quando o assunto é um vira-lata caramelo, então, há quem diga que es...

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Gato

As 8 raças de gatos mais brincalhonas e que não dispensam uma boa diversão

Há quem acredite que os felinos não são fãs de brincadeiras devido a natureza sutil e independente da espécie, mas essa afirmação nã...

Ver todas