Alimentação

"Meu cachorro tem muita fome": quando a fome em excesso passa a ser uma compulsão alimentar?

Tem um cachorro desesperado para comer? Isso pode ser um sinal de compulsão alimentar
Tem um cachorro desesperado para comer? Isso pode ser um sinal de compulsão alimentar

Quando se trata da alimentação do cachorro, normalmente a situação que mais aflige os tutores é quando o animal não quer comer ração. Contudo, é importante ter muita atenção se o comportamento do seu amigo for o contrário disso, porque às vezes o cachorro comendo muito é um sinal de compulsão alimentar - o que pode trazer prejuízos para a saúde do pet a longo prazo. Para entender melhor como identificar esse tipo de compulsão e as melhores maneiras de lidar com um cachorro desesperado para comer, nós conversamos com a médica veterinária Natalia Seoane, da rede Vet Popular. Veja só o que ela explicou!

Meu cachorro tem muita fome, será que pode ser compulsão alimentar?

A resposta é sim. Segundo a especialista, os cães também podem sofrer com a compulsão alimentar, ou seja, o consumo de alimentos sólidos em uma quantidade muito maior do que eles realmente necessitam. Esse tipo de distúrbio leva o nome de polifagia, que é basicamente quando o cachorro tem um apetite insaciável, sempre come tudo rapidamente e ainda fica pedindo mais comida o tempo inteiro.

“A compulsão alimentar ou polifagia é bem comum e pode estar associada às doenças hormonais (como diabetes, por exemplo), alterações comportamentais - como ansiedade, estresse, depressão e tédio -, verminoses e síndrome da má absorção”, revela Natalia. Por isso, os perceber o seu cachorro desesperado para comer o tempo todo é bom ligar o sinal de alerta, porque pode ser um indicativo de polifagia.

Como saber se o cachorro está com fome ou se é compulsão alimentar?

Os cães são naturalmente gulosos e não dispensam uma boa comidinha, mesmo que eles já tenham sido devidamente alimentados. O problema é que muitas vezes esse tipo de comportamento é confundido com uma compulsão alimentar, que nem sempre é o caso. Na verdade, desde que o tutor siga as recomendações e ofereça uma quantidade de ração de acordo com a idade e o porte do animal, ele dificilmente vai ficar com fome durante o dia.

Por isso, é importante ter em mente que o cachorro comendo muito não é o único sinal da polifagia. “O animal com a compulsão alimentar quer chamar a atenção do tutor sempre. É competitivo e, normalmente, é o animal dominante da casa. Comem bem rápido, querem os brinquedos só para eles e pedem atenção o tempo todo. Trata-se de um traço de personalidade”, esclarece a médica. Como esse tipo de comportamento geralmente traz problemas para a saúde do cachorro, é necessário ficar atento a qualquer alteração para buscar a ajuda de um veterinário.

 

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    Cachorro comendo muito pode ter relação com doenças, presença de vermes ou alterações comportamentais
    Cachorro comendo muito pode ter relação com doenças, presença de vermes ou alterações comportamentais

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Saiba como lidar com um cachorro desesperado para comer

    “A melhor maneira de ajudar é observando tudo o que o animal come durante o dia. O veterinário especializado, o nutrólogo, deverá reduzir a quantidade ofertada de acordo com a necessidade diária que o pet precisa e dividi-la em pequenas porções diárias”, indica a médica. Em alguns casos, a ração light também pode ser recomendada, e, além disso, o tutor não deve oferecer nenhum tipo de comida caseira sem a orientação de um profissional. Outras formas de ajudar o seu amigo, segundo Natalia, são fazer passeios regulares com o cachorro e, se houver outro pet em casa, estabelecer horários de refeição diferentes para cada animal. “Florais também podem sem usados para complementarem a terapia”, indica a veterinária.

    Não dispense a ajuda de um profissional para cuidar do cachorro com compulsão alimentar

    Existem vários motivos que podem deixar o cachorro desesperado para comer. A possibilidade de doenças ou problemas com vermes não podem ser ignorados. “A melhor forma de tratamento é sempre levar o animal ao veterinário para administrar o uso correto de medicamentos - como vermífugos -, com a dosagem correta e indicar o manejo ambiental”, explica Natalia. Então, caso as medidas anteriores não deem um bom resultado, é necessário investigar melhor o que está causando a polifagia no cachorro.

    Redação: Juliana Melo

    Como funciona a coleira antipulgas para cachorro?

    Próxima matéria

    Como funciona a coleira antipulgas para cachorro?

    Ração para cachorro: quais os erros mais comuns na hora de alimentar um cãozinho?
    Ração

    Ração para cachorro: quais os erros mais comuns na hora de alimentar um cãozinho?

    É normal cometer alguns erros quando se trata da alimentação do cachorro, principalmente no caso de quem nunca teve um bichinho de estimação antes. Com o tempo e as orientações do veterinário, o tutor geralmente aprende o que o cão pode ou não pode comer, qual melhor ração para cachorro e a quantidade certa de comida que deve ser oferecida para o pet no dia a dia. O perigo é quando esses erros continuam acontecendo, porque isso pode acabar prejudicando a saúde do cachorro futuramente.

    Passear com cachorro: 9 motivos para não deixar o passeio de lado
    Passeio

    Passear com cachorro: 9 motivos para não deixar o passeio de lado

    Passear com cachorro é mais que um momento de lazer ou um horário destinado para o animal fazer as necessidades fisiológicas, é um ato de cuidado e amor. Ter um animal requer muita responsabilidade e algumas horas dedicadas para proporcionar mais qualidade de vida a ele. Isso inclui brincadeiras, cuidados com a higiene, visitas ao veterinário, uma alimentação de qualidade e, claro, os passeios. Antes de comprar ou adotar um cachorro, esteja preparado para sair com seu novo amigo pelo menos uma vez por dia.

    Passear com cachorro: qual o tempo ideal para gastar a energia do cãozinho?
    Passeio

    Passear com cachorro: qual o tempo ideal para gastar a energia do cãozinho?

    Passear com o cachorro é um dos momentos mais importantes da rotina de um pet. Além de ser uma atividade super propícia para estreitar os laços com o cãozinho com brincadeiras ao ar livre, também é uma forma de incentivá-lo a fazer novos aumigos e gastar toda a energia acumulada. Os passeios são excelentes aliados para manter a saúde física e mental do pet, mas será que você sabe qual é o tempo ideal para passear com cachorro?

    Aprenda em 8 passos como ensinar cachorro a fazer as necessidades no lugar certo (infográfico)
    xixi

    Aprenda em 8 passos como ensinar cachorro a fazer as necessidades no lugar certo (infográfico)

    Ter um cãozinho vai muito além dos momentos de diversão e fofura: é preciso também saber como ensinar cachorro a fazer as necessidades no lugar certo. Caso contrário, uma situação que pode se tornar muito comum (e desagradável) é encontrar xixi de cachorro pela casa toda. Felizmente, existem algumas técnicas que são bastante úteis na hora de ensinar o animal a fazer xixi e cocô no local adequado.

    Ver Todas >

    Quais doenças de cachorro são mais comuns no inverno?
    Saúde animal

    Quais doenças de cachorro são mais comuns no inverno?

    Não são só os humanos que ficam mais propensos a ficar doentes no inverno. Algumas doenças de cachorro também são mais frequentes e intensas durante a época mais fria do ano. Isso acontece porque as defesas do organismo tendem a cair com as temperaturas mais baixas. Portanto, é importante manter seu cãozinho agasalhado e sempre com as vacinas em dia. Os problemas mais comuns são aquelas que acometem o sistema respiratório, mas cachorros com problemas nas articulações também sofrem.

    Pneumonia felina: entenda como a doença se manifesta nos gatos
    Saúde animal

    Pneumonia felina: entenda como a doença se manifesta nos gatos

    Assim como nos humanos, a pneumonia em gatos é uma doença bastante comum e pode surgir como uma consequência de gripes comuns. O problema ocorre quando há uma infecção no pulmão, e pode ter causas associadas a fatores externos ou internos. O tratamento precisa ser imediato, pois é uma doença que evolui rapidamente e pode até levar a óbito. O Patas da Casa reuniu informações essenciais para entender como a pneumonia felina se manifesta.

    Quais as doenças de gato mais perigosas?
    Saúde animal

    Quais as doenças de gato mais perigosas?

    É inevitável se preocupar com a saúde do gato, até porque nenhum tutor gosta de ver o próprio bichinho doente. E, às vezes, mesmo com todos os cuidados necessários, ainda corre o risco dos bichanos adoecerem inesperadamente. Mas quais são as doenças de gato consideradas mais graves e que precisam de maior atenção? A FIV e FeLV são bons exemplos disso, pois o diagnóstico positivo requer mudanças na rotina do pet. 

    Cachorro não quer comer? Veja os problemas de saúde mais relacionados com o sintoma
    Saúde animal

    Cachorro não quer comer? Veja os problemas de saúde mais relacionados com o sintoma

    A falta de apetite é um sintoma comum a muitas doenças que acometem os cães. É normal um tutor relatar "meu cachorro não quer comer", mas algumas vezes o cão apenas tem apetite seletivo ou o dia está muito quente. Porém, se a situação se estender e vier acompanhada de outros sintomas, pode significar uma infecção viral ou bacteriana, contaminação por parasita, problemas digestivos ou renais e até mesmo questões psicológicas. 

    Ver Todas >