close
Saúde

Síndrome vestibular canina: veterinária desvenda as características da doença

Atualizado · 22 de setembro de 2020 · 14h12

Publicado · 17/08/2020 · 17h38

Síndrome vestibular canina: saiba mais sobre a doença que pode comprometer os movimentos e o equilíbrio do seu amigo
Síndrome vestibular canina: saiba mais sobre a doença que pode comprometer os movimentos e o equilíbrio do seu amigo

Dentre as várias doenças neurológicas que podem afetar os cachorros, uma das mais preocupantes é a síndrome vestibular canina. A doença, que é dividida em duas categorias, atinge o sistema vestibular do animal, que é fundamental para manter o equilíbrio e a orientação espacial do seu amigo. Por isso, é importante saber reconhecer os sintomas dessa patologia, as principais causas e como tratá-la. Para entender um pouco mais sobre a síndrome vestibular em cães, entrevistamos a veterinária neurologista Magda Medeiros e professora titular em Fisiologia da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). Veja o que ela esclareceu sobre a doença a seguir!

O que é síndrome vestibular canina?

Magda Medeiros: A doença vestibular em cães é um conjunto de sinais clínicos produzidos por lesão do aparelho vestibular, do nervo vestíbulo-coclear ou dos núcleos vestibulares e suas conexões, que são estruturas responsáveis pelo movimento do corpo e manutenção do equilíbrio do animal. Nesse sentido, a doença pode ser classificada de três maneiras: síndrome vestibular central, síndrome vestibular periférica ou síndrome vestibular idiopática canina. Na primeira, a origem da doença é no sistema nervoso central, onde se encontra os núcleos vestibulares e suas conexões com diferentes regiões encefálicas. Na segunda, a doença se inicia no sistema nervoso periférico, ou seja, no nervo vestibular ou na orelha interna do animal. Já na terceira, não é possível identificar a causa da doença e os sintomas se desenvolvem rapidamente.

Como a doença vestibular em cães se desenvolve?

MM: A síndrome vestibular canina pode ser causada por uma série de motivos que variam de acordo com a origem da doença. Quando se trata da síndrome vestibular periférica, por exemplo, otite, traumas na orelha interna, hipotireoidismo, tumor na orelhas ou nervo vestibular são os as causas mais comum. Por outro lado, a síndrome vestibular central, as causas podem estar ligadas a acidentes vasculares, processos inflamatórios e infecciosos, traumas crânio encefálico e deficiência de tiamina. Já no caso da síndrome vestibular idiopática canina, o quadro não possui causa definida e costuma ser mais comum em cães idosos.

Quais são os principais sintomas da síndrome vestibular canina?

MM: Os sinais clínicos mais comuns da síndrome vestibular em cães são:

- Inclinação da cabeça;
- Falta de coordenação motora;
- Perda de equilíbrio;
- Estrabismo;
- Nistagmo (movimento involuntário dos olhos que pode fazer o olho se mover rapidamente de um lado para outro, vertical ou horizontalmente ou em círculos;
- Quedas repentinas;
- Rolamento e andar em círculos.

Os sintomas costumam ocorrer de maneira diferente dependendo da causa da doença. A síndrome vestibular canina causada por otite, por exemplo, apresenta quadros de inclinação da cabeça, podendo ou não progredir para incoordenação e quedas do animal. Na síndrome vestibular idiopática canina, os sintomas costumam ser os mesmos, mas de maneira mais aguda. Já no caso de doença vestibular em cães ocasionadas por hipotireoidismo, o cão tende a apresentar os sinais de maneira lenta e progressiva, de acordo com a evolução da doença.

Qual raça de gato você é?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

O que você mais gosta de fazer nos momentos de lazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Se você pudesse se descrever com uma palavra, quais das opções a seguir escolheria?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Alguém te chamou para sair para um lugar inusitado, o que você pensa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica depois de dormir pouco na noite anterior?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você viajou e se perdeu em uma cidade que não conhece muito: o que passa pela sua cabeça?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Quais dessas características você procuraria em um pet?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

O que seus amigos próximos pensam sobre você?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você gosta de curtir as férias?

Question Header Background

Sua personalidade aventureira combina com o Bobtail Japonês! Você é divertido assim como o gato Siamês! Sua personalidade ranzinza combina com o gato Maine Coon! Você é preguiçoso como um gatinho Persa!
     Síndrome do vestibular em cães: tratamento da doença pode envolver fisioterapia e uso de medicamentos
    Síndrome do vestibular em cães: tratamento da doença pode envolver fisioterapia e uso de medicamentos

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    Como é feito o diagnóstico da síndrome vestibular canina?

    MM: O diagnóstico da síndrome vestibular canina é feito com a avaliação do histórico do animal. Nesse caso, é examinado a possibilidade de trauma, o nível dos sintomas, a presença de outros sinais clínicos, a idade do animal e o uso de medicamentos. São feitos exames físicos para eliminar outros problemas, como a hipertensão e dores, a otoscopia (exame da orelha) e o exame neurológico. Alguns exames complementares, como o de imagem da bulha timpânica e do encéfalo, também podem contribuir para o diagnóstico correto do quadro. Além disso, o profissional também pode exigir um hemograma completo do animal. No caso de suspeita de tumor, a radiografia torácica e a ultrassonografia abdominal também são fundamentais. 

    Síndrome vestibular canina: como tratar?

    MM: O tratamento da síndrome vestibular canina depende da origem da doença e até mesmo das condições de saúde do animal. Se a causa for otite, o tratamento é baseado no uso de antibióticos e anti-inflamatórios. Já nos casos de síndrome vestibular idiopática, o uso de antibióticos não é indicado. Nesse caso, alguns medicamentos usados para tratar labirintite em humanos podem ser recomendados, mas ainda não existem estudos científicos que comprovem a sua eficácia. Por isso, é importante que a qualquer sinal da doença o tutor consulte um veterinário neurologista qualificado. Na fase de recuperação, caso haja persistência dos sintomas ou sequelas da doença, a fisioterapia e acupuntura podem ajudar na recuperação do animal.


    Redação: Úrsula Gomes

    Dente de gato: como preservar a saúde bucal do seu felino?

    Próxima matéria

    Dente de gato: como preservar a saúde bucal do seu felino?

    Gastroenterite canina: veterinária explica as características, sintomas e tratamento da doença
    Vômito

    Gastroenterite canina: veterinária explica as características, sintomas e tratamento da doença

    Um cachorro vomitando e com diarreia pode ser sintoma de muitas doenças que afetam a saúde do cão: a gastroenterite em cachorro é uma delas. Essa patologia acomete todo o trato digestivo inferior do animal e pode ser causada por diversos fatores, como vírus, bactérias ou até mesmo intoxicação. Essa é uma doença que causa no cachorro vômito, diarreia, falta de apetite e apatia.

    Babesiose canina: o que é e sintomas mais comuns. Saiba tudo sobre esse tipo da doença do carrapato!
    Carrapato

    Babesiose canina: o que é e sintomas mais comuns. Saiba tudo sobre esse tipo da doença do carrapato!

    Os carrapatos são o pesadelo de qualquer dono de cachorro! Além de provocar coceiras, alergias e outros incômodos, o parasita também é responsável por transmitir doenças muito graves aos cães. Mesmo que seja algo relativamente comum entre os animais, o problema não deve ser subestimado pelos tutores. A doença do carrapato, como é popularmente conhecida, pode se manifestar de quatro maneiras diferentes, dependendo da espécie do parasita infectado. A Babesiose canina é uma das principais formas de manifestação da enfermidade. Por isso, preparamos um guia completo sobre tudo o que você precisa saber!

    Parvovirose canina: descubra o que é, sintomas, prevenção e como funciona o tratamento da doença viral
    Saúde

    Parvovirose canina: descubra o que é, sintomas, prevenção e como funciona o tratamento da doença viral

    Uma das doenças virais de cachorro mais sérias e comuns que existem, o vírus da parvovirose atinge, principalmente, animais que não foram imunizados contra este e outros vírus. Entre os principais sintomas da parvovirose, o vômito, a diarreia com sangue, e a desidratação podem ser destacados, ou seja: mesmo que o diagnóstico chegue bem cedo, o tratamento deve começar o quanto antes, já que a parvovirose pode ser fatal. Para esclarecer todas dúvidas sobre a parvovirose canina, nós conversamos com a veterinária Jackeline Ribeiro. Dá uma olhada no que ela contou!

    Síndrome do gato paraquedista: veterinária explica as características e perigos dessa condição
    Saúde

    Síndrome do gato paraquedista: veterinária explica as características e perigos dessa condição

    Se você tem um bichano e nunca ouviu falar da síndrome do gato paraquedista - também chamada de síndrome do gato voador -, chegou a hora de saber mais sobre o assunto. Essa, na verdade, é uma condição bastante comum e que pode afetar animais de todas as idades e, como o próprio nome indica, tem totalmente a ver com “voar nas alturas”, que é algo que os gatos adoram fazer. Para esclarecer as principais dúvidas sobre o assunto, o Patas da Casa entrevistou a médica veterinária Bruna Oliveira, que é especialista em felinos. Veja só o que ela nos contou!

    Ver Todas >

    Giárdia canina: como funciona a vacina contra a doença?
    Saúde animal

    Giárdia canina: como funciona a vacina contra a doença?

    A giárdia canina é uma doença infecciosa causada por um protozoário que pode acometer cães, gatos e seres humanos. Essa zoonose ocorre quando o cachorro ingere cistos do protozoário, que podem estar presentes na água e alimentos. Além disso, como os cachorrinhos são animais que usam a boca para diversas funcionalidades, é possível que o pet colete o parasita lambendo um brinquedo, bebendo água de uma poça ou mastigando algum objeto. Ficar de olho em como prevenir a doença é muito importante, visto que a giárdia em cães é transmitida para outros animais com facilidade. 

    Sarna em gatos: o que é e o que fazer?
    Saúde animal

    Sarna em gatos: o que é e o que fazer?

    A sarna em gatos é um dos problemas de pele mais comuns que podem afetar o bichano. Causada por ácaros que ficam na pelagem dos felinos, a doença também pode acometer cachorros e até mesmo humanos. O gato com sarna sofre bastante com coceiras e problemas na pele. Felizmente, existe tratamento de sarna em gatos capaz de eliminar os parasitas e garantir conforto ao peludo. 

    Tosse de cachorro: o que pode ser?
    Saúde animal

    Tosse de cachorro: o que pode ser?

    O cachorro com tosse é algo que pode assustar muitos tutores, principalmente quando acontece de forma recorrente e não tem um motivo aparente. O sintoma indica algum incômodo no sistema respiratório canino e pode estar associado a diferentes causas que variam desde problemas mais simples, como um engasgo na hora de comer, até algo mais sério, como doenças cardíacas e vermes pulmonares.

    O que o anticoncepcional para gatos pode causar?
    Saúde animal

    O que o anticoncepcional para gatos pode causar?

    O anticoncepcional para gatos é usado por muitos tutores como alternativa à castração. A injeção é vista por muitas pessoas como um método mais barato e menos invasivo de impedir o cio de gata. Mas é comum surgir a dúvida sobre o anticoncepcional para gatos: quando aplicar é recomendado? A verdade é que o anticoncepcional para gatas traz muitos problemas à saúde e nunca é a solução para o cio de gato. O Patas da Casa te explica quais os perigos da injeção anticoncepcional para gatos e porque a castração é a melhor opção. Confira!

    Ver Todas >