Histórias reais

Shopping que aceita cachorro: o que considerar antes de levar seu amigo e quais os cuidados essenciais?

Cachorro combina com shopping, sim: dá uma olhada no que você precisa fazer para levar seu amigo para um passeio
Cachorro combina com shopping, sim: dá uma olhada no que você precisa fazer para levar seu amigo para um passeio

Cachorro que é companheiro mesmo gosta de estar com o dono em todos os momentos. Como a recíproca é verdadeira, tem gente que leva o pet para todos os lugares onde vai. Recentemente, alguns shoppings espalhados pelo país se colocaram como parte dessa lista e viraram pet friendly: sim, agora os seus amigos de quatro patas podem ter acesso ao ar condicionado fresquinho e à estrutura dos shoppings — mesmo que não sejam cães guia, que sempre tiveram a entrada liberada. Ainda assim, você precisa considerar algumas coisas e tomar cuidados durante o passeio para que ele seja confortável para você, para o seu cachorro e para as pessoas que também vão estar por ali. Dá uma olhada aqui embaixo! 

Antes de cuidar de cachorro no shopping, analise a situação para descobrir se o seu amigo se encaixa nesse tipo de passeio

Assim como qualquer outra experiência nova com o seu cachorro, o passeio no shopping também precisa ser pensado antes de acontecer. Por ser um lugar fechado e com muitas pessoas diferentes, o ideal é imaginar se o seu amigo vai conseguir se sentir bem no espaço e se comportar — principalmente nos horários mais lotados, em que o contato com pessoas estranhas e, até mesmo, outros animais, vai ser inevitável. Cãezinhos que se assustam com muita facilidade, são muito agitados ou têm reações agressivas por algum motivo, por exemplo, podem acabar tendo problemas e, nesses casos, é melhor evitar a ida ao shopping. 

Um outro detalhe que pouca gente lembra tem a ver com o piso do shopping: por ser muito liso, ele não gera atrito nenhum com as patas do animal durante a caminhada. Isso pode tornar o passeio mais complicado para os cães idosos ou para os que têm algum tipo de doença nas articulações, como a displasia coxofemoral.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    A Sofia claramente ama os passeios no shopping, dá para perceber?
    A Sofia claramente ama os passeios no shopping, dá para perceber?

    Mais Lidas

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente: estudos mostram que os carrapatos podem sobreviver até 200 dias em um lugar sem se alimentar. Pensando nisso, vamos te ensinar como acabar com carrapatos no quintal com ingredientes que você pode ter em casa.

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!
    Cuidados dos animais

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!

    Ter um cãozinho em casa é só alegria, mas é sempre bom que o dono esteja preparado para lidar com alguns comportamentos inconvenientes do animal. Um deles é o xixi fora do lugar para deixar o cheiro em todos os cantos da casa. O que fazer para o cachorro parar de marcar território? O costume é desagradável e pode até tirar o sossego de muitos tutores por aí. Para te ajudar, separamos algumas dicas para evitar que o cachorro marque território em casa e faça xixi onde não deve. Acompanhe!

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas
    Cuidados dos animais

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas

    Mesmo que muitas vezes sejam esquecidas na hora dos cuidados, as orelhas do seu cachorrinho são bem sensíveis e precisam de bastante atenção. De vez em quando, é comum que algum incômodo pontual faça o seu cachorro ficar coçando a orelha, mas quando isso se torna algo frequente e você percebe um incômodo maior no animal, vale a pena ficar atento.

    As dicas de pessoas acostumadas a levar os doguinhos para passear no shopping

    A Priscila Brasil é a dona da Ísis, a cachorrinha que está lindíssima na nossa foto de capa, perto da árvore de Natal do shopping. Ela contou para a gente que a Ísis está acostumada com esse tipo de passeio e já ia mesmo quando era filhote, ainda no colo. Por isso, a Priscila já sai preparada: “eu sempre coloco na bolsa o ‘porta caca’, a vasilha de água, petiscos e uma roupinha. Ela vai de fralda e eu sempre levo uma a mais, porque já aconteceu dela ir sem e fazer xixi no chão. Precisei ficar esperando alguém da limpeza para resolver. Com a fralda, se isso acontecer acaba sendo mais prático”. 

    Para a Flávia Cerineu, dona da Sofia, o esquema de passeio no shopping é um pouco diferente: “como a Sosso é reativa, procuro levá-la ao shopping em horários que sei que não estará tão cheio. Fico sempre atenta às reações dela e uso petiscos para fazer associações positivas com barulhos e multidão. Ela adora e nunca tivemos nenhum imprevisto!”

    Latido de cachorro, xixi e cocô: fique atento às regras de passeios com cachorro nos shoppings pet friendly 

    Depois de decidir que o passeio no shopping é uma boa ideia para você e o seu amigo, você precisa, antes de tudo, saber quais são as regras de permanência específicas do estabelecimento escolhido para a visita. Em alguns shoppings, por exemplo, a entrada de animais de porte grande não é liberada e só os pequenos e médios podem ter acesso ao lugar. Ainda assim, existem regras que costumam ser gerais e dicas que podem tornar o passeio pet friendly livre de problemas: conheça algumas delas aqui embaixo!

    • A guia para cachorro é indispensável: nem todo mundo que vai ao shopping gosta ou se sente confortável em estar na presença de um cachorro, não importa o tamanho ou o quão dócil ele seja. Por isso, para passear no shopping, seu amigo vai precisar estar sempre preso à guia pela coleira para cachorro. Se for mais confortável, ele também pode usar o peitoral para cachorro. O importante é manter o animal sempre perto de você e evitar que ele se aproxime de pessoas que não demonstrarem estar receptivas para isso;

    • Algumas raças precisam de focinheira: essa regra pode variar de shopping para shopping, mas geralmente, raças de cachorro consideradas mais agressivas ou difíceis de controlar, como o Rottweiler, podem ter o acesso ao shopping condicionado ao uso de focinheira. Em alguns estabelecimentos, inclusive, a regra se estende a todos os animais de porte grande;

    • Fique atento às áreas que são restritas: geralmente, as praças de alimentação e ambientes onde há a presença de pessoas comendo, elevadores e banheiros são proibidos para animais que não são cães guia. Mesmo que seu amigo se comporte bem em situações como essa, a restrição deve ser colocada em prática para garantir o conforto das outras pessoas que estão usando o lugar. A entrada nas lojas, geralmente, varia de lojista para lojista: procure saber se é permitido antes de ir às compras;

    • Cuidado com as escadas rolantes: mesmo que não seja uma regra em todos os shoppings, o ideal é que você fique com o animal no colo na hora de usar a escada rolante — por isso, pode ser mais simples evitar o passeio com cachorros muito grandes. Dessa forma, acaba sendo simples evitar acidentes com o seu cachorro, que pode ficar preso em diferentes partes do equipamento, se assustar e, até mesmo, fugir;

    • Leve o saquinho para as necessidades do animal: alguns shoppings disponibilizam saquinhos para que você consiga recolher o cocô que o animal pode fazer, eventualmente, mas o ideal é levar o seu. Assim, a limpeza rápida fica garantida. Dependendo do estabelecimento, pode ser que a equipe de faxina esteja treinada para a retirada rápida do cocô (assim como precisam fazer com o xixi), mas é sempre bom garantir o bem estar de todas as pessoas que estiverem por ali. 

    Redação: Ariel Cristina Borges 

    Meia antiderrapante para cachorro idoso: veja como o item promove mais segurança para o pet

    Próxima matéria

    Meia antiderrapante para cachorro idoso: veja como o item promove mais segurança para o pet

    Como cuidar de cachorro para evitar que ele fique doente? Veja 7 dicas essenciais!
    Saúde

    Como cuidar de cachorro para evitar que ele fique doente? Veja 7 dicas essenciais!

    A possibilidade de um cachorro doente é o pesadelo de todo tutor. Nossos cães são companheiros fiéis que dependem de nós para ter uma vida plena e saudável. Por isso, é importante conhecer os problemas de saúde mais comuns que afetam os bichinhos, seus principais sintomas e métodos de prevenção. Para manter o seu cão sempre feliz e seguro, é fundamental fornecer água e alimentação adequadas, manter uma rotina de exercícios, cuidar da limpeza do ambiente e visitar o veterinário regularmente.

    Quais são as raças de cachorro que mais sentem calor? Veja quais cuidados tomar!
    Raças

    Quais são as raças de cachorro que mais sentem calor? Veja quais cuidados tomar!

    Com o verão se aproximando, é inevitável pensar no conforto e bem-estar dos nossos pets. Sabe-se que, assim como os humanos, os animais também podem sentir calor nos dias mais quentes. Contudo, o que poucas pessoas imaginam é que existem algumas raças de cachorro específicas que sofrem mais com as altas temperaturas desta estação. Pensando nisso, o Patas da Casa separou que raças são essas e quais cuidados devem ser tomados para amenizar o desconforto dos peludinhos durante essa época do ano.

    Parque para cachorros: quais as vantagens e cuidados que você deve ter?
    Passeio

    Parque para cachorros: quais as vantagens e cuidados que você deve ter?

    Não é difícil encontrar um parque para cachorros nos grandes centros urbanos, o que só prova o quanto esses animais se tornaram essenciais na nossa vida. Felizmente, nos últimos anos, esses companheiros passaram a ter mais espaço ainda na sociedade: é cada vez mais comum encontrar restaurantes, shoppings e outros espaços públicos que são “pet friendly”, isto é, que não restringem o acesso dos animais. O parcão, que é um lugar destinado a eles, é o local ideal para o seu cão socializar, brincar bastante, gastar energia e fazer novos amigos de quatro patas.

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno

    Para quem procura por raças de cachorro pequeno, o Pequinês pode ser a companhia perfeita. Além de se adaptar muito bem a apartamentos e outros espaços reduzidos, esse pequeno cãozinho é dotado de uma personalidade carinhosa, amigável e extremamente leal aos seus humanos. Apesar da baixa estatura, o cachorro Pequinês também é super corajoso, e uma das maiores provas de que tamanho não é documento. 

    Ver Todas >

    4 dicas infalíveis de como acostumar gato na casa nova
    Cuidados dos animais

    4 dicas infalíveis de como acostumar gato na casa nova

    A mudança de casa é uma das coisas mais estressantes na vida de um gato. Muito apegados à rotina, os bichanos se veem de uma hora para outra longe dos cômodos e das coisas que conhecem. A explicação para essa dificuldade de adaptação é simples: os gatos ainda possuem muitos instintos e características da fase selvagem, por isso são bem territorialistas. Para eles, o território que têm seu cheiro é o lugar em que sente seguro e sem ameaças para desenvolver suas habilidades. 

    Qual a melhor cama para gato? Veja os modelos mais populares antes de decidir
    Cuidados dos animais

    Qual a melhor cama para gato? Veja os modelos mais populares antes de decidir

    Os gatos passam cerca de 2/3 do dia dormindo e é exatamente por isso que os tutores devem se atentar a um acessório muito importante para o momento de descanso do pet: a cama para gato. Além de fazer parte da gatificação da casa, as caminhas também servem como refúgio para o animal, deixando ele muito mais à vontade para expressar seus instintos naturais. Mas na hora de comprar o acessório, o tutor também deve se atentar à personalidade do gato para escolher a melhor opção.

    Como ensinar cachorro a fazer xixi no lugar certo depois da mudança de casa?
    Cuidados dos animais

    Como ensinar cachorro a fazer xixi no lugar certo depois da mudança de casa?

    Mudar de casa com o cachorro é sempre um processo complicado. Embora os cães sejam um pouco mais desapegados do que os gatos, leva um tempinho até que o animal consiga se adaptar totalmente ao novo ambiente e reconhecer que aquela é sua nova casa. Logo de início, um problema que a maioria dos tutores enfrenta é o cachorro urinando fora do lugar, o que pode prejudicar a convivência com o animal nos primeiros dias. 

    Como acalmar um gato na hora de levar no veterinário?
    Cuidados dos animais

    Como acalmar um gato na hora de levar no veterinário?

    Para manter a saúde do gato, é essencial que o animal tenha uma rotina de consultas no veterinário - principalmente porque os felinos costumam não apresentar sinais de que estão doentes. No entanto, essa é uma tarefa difícil para os donos de gatos. Os felinos estão acostumados a ter uma rotina, então qualquer mudança mínima é capaz de deixar o gato bem estressado. O transporte e o ambiente diferente do veterinário são algumas dessas situações. 

    Ver Todas >