Raças

Ragdoll: cuidados, personalidade e curiosidades... Conheça mais sobre essa raça de gatos gigantes

A raça Ragdoll é conhecida pelos felinos gigantes, peludos e brincalhões! Vai dizer que não dá vontade de apertar?
A raça Ragdoll é conhecida pelos felinos gigantes, peludos e brincalhões! Vai dizer que não dá vontade de apertar?

O Ragdoll é uma raça de gatos gigantes, bem peludinhos e muito ativos. A raça nasceu nos Estados Unidos, a partir de uma série de cruzamentos, e só chegou ao Brasil no início da década de 1980. A história é bem curiosa, mas o que chama a atenção mesmo é o resultado: um gato enorme e super fofo. O Ragdoll é uma raça muito carinhosa e que gosta daquele colinho gostoso do dono. Ou seja: é uma ótima companhia para outros animais (incluindo cães), crianças, adultos e idosos. Conheça mais sobre essa raça e se apaixone também!

Ragdoll tem personalidade dócil e amigável!

Apesar de ser um gato bem maior do que os bichanos convencionais, não se assuste, a raça é extremamente dócil, carinhosa e afetuosa. São gatos que amam colo e valorizam a companhia e a atenção de seus donos - gostam até mesmo de seguir seus tutores por aí, assim como fazem os cães. Por isso, se você passa o dia todo fora de casa, talvez não seja bom investir nessa raça. Ragdoll filhote, principalmente, depende de cuidados para não se sentir sozinho - eles realmente não gostam da ideia de não ter alguém por perto. A opção pode ser adotar um outro gato para tornar os seus dias menos entediantes.

Por ser um gato grande, muitos confundem seu tamanho com a personalidade. Mas, acredite, se você colocar um Ragdoll ao ar livre, ele não vai saber se defender! São animais incapazes de arrumar confusão e podem até se machucar caso entrem em uma briga. O Ragdoll é tão gente boa que na internet é comum ver vídeos de arremesso desse gato de uma pessoa para outra em curta distância (por favor, não arremesse o seu gatinho para testar se é verdade ou não - os vídeos já provam isso). A reação dos gatos nessa situação é de zero incômodo ou desconforto!

Ragdoll: cuidados com a pelagem do gato da raça

Por terem pelos longos, a raça Ragdoll demanda uma frequência de escovações para que os pelos não embolem ou criem nós. Além disso, evita as bolas de pelos! Em temperaturas mais quentes, uma tosa higiênica pode ajudar esses animais a ficarem mais limpos e a não passarem tanto calor. O banho no Ragdoll deve ser considerado pelo dono com o auxílio de um veterinário: como o gato tem pelos em excesso, pode ser necessário para evitar incômodos ao felino.

 

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
    Ragdoll: tamanho pode variar entre 4kg e 12kg, por isso é considerado um gato gigante. Mas o que eles têm de tamanho, sobra de amor pra oferecer aos seus donos!
    Ragdoll: tamanho pode variar entre 4kg e 12kg, por isso é considerado um gato gigante. Mas o que eles têm de tamanho, sobra de amor pra oferecer aos seus donos!

    Mais Lidas

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena
    Adote um animal

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena

    Se você está pensando em ter um pinscher na sua vida pode estranhar a numeração que normalmente acompanha o nome da raça. O cachorro pinscher é conhecido por ser bem pequeno, mas ainda assim há variações de tamanho: as classificações 0, 1, 2 ou miniatura são super importantes para saber a dimensão aproximada do cãozinho. Além disso, pode ajudar muito na hora de decidir pelo seu novo melhor amigo.

    Como identificar o sexo do gato filhote? Saiba diferenciar machos e fêmeas!
    Adote um animal

    Como identificar o sexo do gato filhote? Saiba diferenciar machos e fêmeas!

    Às vezes, a vontade de adotar um gatinho é tão grande que acabamos nos precipitando e não dando a devida atenção a alguns detalhes muito importantes, como o sexo do filhote. É muito normal achar que adotou uma fêmea e só depois descobrir que o gato, na verdade, é macho. Nós sabemos que não é nada fácil diferenciar o órgão genital do gato logo nos primeiros meses de vida do animal. Se você faz parte deste time, não se preocupe, isso é muito comum!

    Conheça as 10 raças de cachorro mais populares no Brasil!
    Adote um animal

    Conheça as 10 raças de cachorro mais populares no Brasil!

    Não há dúvidas de que os cachorros são os pets mais populares no Brasil. A fama de melhor amigo do homem não é à toa: 44,5% - ou seja, quase metade - dos lares têm pelo menos um cachorro no país, segundo a Faculdade de Medicina Veterinária da USP. Mas será que existe uma raça que é mais popular que as outras?

    Yorkshire: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno (+ galeria com 20 fotos)
    Adote um animal

    Yorkshire: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno (+ galeria com 20 fotos)

    O Yorkshire é um cãozinho muito popular nos lares brasileiros. Pequeno, fofo, esperto e bem brincalhão: companheirismo é uma característica marcante nesses mini-cães, ideais para apartamentos, famílias com crianças ou mesmo pessoas que moram sozinhas e querem um amigo fiel. O Yorkshire Terrier é reconhecido de longe pelas duas cores na pelagem, o tamanho e por sua característica única: as orelhas para cima. Quer saber tudo sobre o cachorro yorkshire? Então continue acompanhando a leitura!

    Ragdoll: tamanho varia de quatro a 12kg

    Esse amigo gigante requer alguns cuidados com a alimentação. Os Ragdolls costumam pesar entre 4,5kg e 9kg. Apesar de serem gatos considerados saudáveis, é importante que não passem disso: caso atinjam entre 10kg e 12kg, é necessário buscar um veterinário para uma avaliação, pois pode ser um caso de obesidade. Não deixe comida à disposição, como normalmente fazemos com os nossos gatinhos, pois o Ragdoll é uma raça que não gosta de se exercitar. Uma ração de qualidade é essencial para manter os cuidados com o pelo e fazer a manutenção da saúde do Ragdoll. 

    Ragdolls vivem cerca de 10 a 15 anos e tudo depende de como são cuidados, claro. É necessário também observar as doenças que podem ser genéticas, como a cardiomiopatia hipertrófica, que é um aumento do ventrículo esquerdo do coração dos felinos. Antes de comprar ou adotar um gato da raça Ragdoll, é fundamental se informar sobre linhagem do peludo (se conhecer os pais do gatinho, melhor ainda para saber sobre o histórico de saúde). Caso o gatil não permita a visitação às dependências, desconfie e não adquira o gato naquele local - sempre busque locais seguros e confiáveis. Se informe também sobre os testes de FIV e FeLV e respeite o tempo de amamentação: o ideal é só receber o seu filhote após 60 dias.

     

    Padrões e cores do Ragdoll

    Por ser uma raça originária da cruza de outros dois tipos de gatos, o Ragdoll se originou em três tipos de padrões: Collorpoint, Mitted e Bicolor. As cores, por outro lado, podem variar entre mais de cinco tipos. O que diferencia cada um deles é a quantidade de partes do corpo em tons brancos que o animal possui. O que deve ser observado não é a cor do pelo, mas sim, as cores das extremidades. Entenda abaixo:

    • Collorpoint

    O Ragdoll “Collorpoint” não possui branco, somente cores escuras nas extremidades do corpo, como rabo, focinho e patas;

    • Mitted

    O Ragdol “Mitted” se diferencia do collorpoint por uma única característica: ele tem branco no queixo, nas patas e no peito;

    • Bicolour

    Já os Ragdolls chamados de “Bicolour” também seguem a linha do “Collorpoint”, porém com uma mancha em formato de uma seta para cima  na cor branca. Também possuem as patas, o queixo, a barriga e o peitoral brancos.

     

    Ragdoll: para entender melhor os padrões e cores da raça de gato ragdoll, precisamos observar as cores das extremidades de seu corpinho.
    Ragdoll: para entender melhor os padrões e cores da raça de gato ragdoll, precisamos observar as cores das extremidades de seu corpinho.
    O charme do Ragdoll Mitted se dá por essa manchinha branca no queixo! Não é uma gracinha? Parece que acabou de tomar leite.
    O charme do Ragdoll Mitted se dá por essa manchinha branca no queixo! Não é uma gracinha? Parece que acabou de tomar leite.
    O Ragdoll Bicolour tem a manchinha no queixo, como o Mitted, e uma manchinha na testa também. Essa é a principal diferença entre eles.
    O Ragdoll Bicolour tem a manchinha no queixo, como o Mitted, e uma manchinha na testa também. Essa é a principal diferença entre eles.
    Ragdoll: para entender melhor os padrões e cores da raça de gato ragdoll, precisamos observar as cores das extremidades de seu corpinho.
    O charme do Ragdoll Mitted se dá por essa manchinha branca no queixo! Não é uma gracinha? Parece que acabou de tomar leite.
    O Ragdoll Bicolour tem a manchinha no queixo, como o Mitted, e uma manchinha na testa também. Essa é a principal diferença entre eles.

    Inicialmente somente duas cores eram consideradas pelos criadores: a cor Seal, que são os Ragdolls com as extremidades em marrom escuro, quase preto; e a cor Blue, que apresenta as extremidades em cinza azulado. Depois, novas cores foram surgindo devido a cruzas entre Ragdolls, como Lilac, Chocolate, Red, Cream, Torbie e por último, Tortie, que só aparece em fêmeas. 

    Curiosidades sobre a origem do Ragdoll!

    • Ragdoll significa “boneca de pano” em inglês;

    • A raça surgiu nos Estados Unidos, mais ou menos na década de 60;

    • Tudo começou quando uma mulher chamada Ann Baker, resolveu cruzar duas raças de gatos: o Angorá branco de sua vizinha e um gato selvagem da raça Sagrado da Birmânia, preto e branco, dando origem a um gatinho preto, que ela batizou de Daddy Warbucks;

    • Da mistura de Daddy e Josephine nasceu uma gatinha, de cores branca e marrom, que ela chamou de Fugianna e também uma gatinha preta, que ela chamou de Buckwheat;

    • Com os quatro, então, foi que começou a surgir os Ragdolls em toda a sua forma. Depois, Ann cruzou Daddy com Buckwheat e nasceram dois filhotes, Tiki e Kyoto, dando origem ao então Ragdoll como conhecemos;

    • Daddy foi o primeiro gato registrado na “National Cat Fanciers Association” como ragdoll. A partir daí, a raça se popularizou e Ann ganhou reputação como criadora de gatos, que curiosamente, eram mais carinhosos que o normal, grandes, com o pelo brilhante e bela aparência. 

    • A raça Ragdoll chegou no Brasil com a publicitária Ana Viggiani e o veterinário Glauco Mello. Ana importou seu primeiro gatinho em 1982, o Sansão; e Glauco importou seu primeiro casal, Dandenong Tufik e Chatandolls Shelda, em 1998. Ambos foram pioneiros na perpetuação da raça no Brasil.  

    Redação: Julia Cruz

    150 nomes para Border Collie: veja dicas de como chamar o seu cachorro da raça

    Próxima matéria

    150 nomes para Border Collie: veja dicas de como chamar o seu cachorro da raça

    Tudo sobre o Dálmata: conheça as características, personalidade e cuidados com essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Tudo sobre o Dálmata: conheça as características, personalidade e cuidados com essa raça de cachorro grande

    Um cachorro Dálmata é facilmente reconhecido graças a sua aparência particular e também ao filme “101 Dálmatas”, desenho que se tornou muito popular na década de 60 e que faz um grande sucesso até hoje. Mas o que esse cãozinho tem de tão especial, além das suas famosas manchas? Para quem sempre quis ter um Dálmata para chamar de seu, chegou o momento de desvendar tudo sobre essa raça de cachorro grande: características físicas, temperamento, personalidade, que cuidados são necessários, preço e como é a saúde desse animal. Vem que a gente te conta!

    Balinês: características, personalidade, saúde e curiosidades... conheça mais sobre essa raça de gato
    Raças

    Balinês: características, personalidade, saúde e curiosidades... conheça mais sobre essa raça de gato

    Pelos longos, finos e lisos: essas são as características mais comuns do gato Balinês. Facilmente confundido com o gato Siamês, o bichano desta raça também possui cores claras e manchas em determinados pontos do corpo e os famosos olhos azuis. O companheirismo tem tudo a ver com a sua personalidade: bastante adaptável, o gato Balinês é perfeito para quem busca um gatinho alegre e brincalhão. Para saber mais sobre essa raça, preparamos um guia com as principais informações. Dá uma conferida!

    Chihuahua: personalidade, saúde, cuidados e mais... saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Chihuahua: personalidade, saúde, cuidados e mais... saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno

    Quem nunca viu aquele cãozinho simpático de “Legalmente Loira”? Se você não lembra desse filme (ou não é da sua geração), deixou de conhecer uma das mais brilhantes atuações de um Chihuahua, o menor - e mais corajoso - cão do mundo. O cachorro é pequeno, mas sua origem é cercada de teorias e histórias: não se sabe ao certo se ele é descendente do Techichi, um cão selvagem do México pré-colonial, se surgiu na China e foi levado por comerciantes espanhóis para o restante do mundo ou se é resultado de cruzamentos do Techichi com alguma raça minúscula chinesa.

    Munchkin: curiosidades, origem, características, cuidados e personalidade... tudo sobre o
    Raças

    Munchkin: curiosidades, origem, características, cuidados e personalidade... tudo sobre o "gato salsicha"

    Gato anão e gato salsicha são algumas denominações usadas para se referir ao Munchkin, um adorável felino com as pernas curtinhas e coluna alongada. A raça de gato não é uma das mais populares do Brasil, mas com certeza chama a atenção pela sua forma física “diferenciada”. Muito doce e cheio de energia, o Munchkin é uma mistura de fofura, inteligência e companheirismo.

    Ver Todas >

    Tudo sobre o cachorro Pug: origem, saúde, personalidade, características físicas e muito mais
    Adote um animal

    Tudo sobre o cachorro Pug: origem, saúde, personalidade, características físicas e muito mais

    É praticamente impossível não se apaixonar por um cachorro da raça Pug! Com os famosos olhos esbugalhados, focinho achatado e corpo compacto e rechonchudo, o cãozinho é um dos queridinhos dos brasileiros. São tantas características que fazem do Pug um animal único, que fica até difícil saber por onde começar. Pensando nisso, o Patas da Casa preparou uma matéria bem especial para todos os amantes da raça Pug. A seguir, descubra mais sobre a origem, personalidade, cuidados com a saúde e qual é o preço desse doguinho tão carismático!

    Veja em infográfico as raças de cachorro queridinhas dos brasileiros
    Adote um animal

    Veja em infográfico as raças de cachorro queridinhas dos brasileiros

    O Brasil certamente é um dos países que mais ama os cachorros. Eles estão em praticamente todos os lares e ganharam o título de membros da família, conquistando privilégios e até mesmo direitos na sociedade. E tem cachorro de todo jeito: pequeno, grande, peludo, com focinho achatado ou dobrinhas pelo corpo. O que importa é compartilhar a vida com esses seres que trazem tanta alegria para a casa.

    Setembro amarelo: tutoras compartilham como seus animais de estimação ajudaram no tratamento da depressão
    Adote um animal

    Setembro amarelo: tutoras compartilham como seus animais de estimação ajudaram no tratamento da depressão

    Quem tem um animal de estimação em casa, sabe bem o quanto esses bichinhos podem fazer um bem danado para nós. Em meio a correria, os cachorros fofos e os gatinhos carinhosos podem tornar a rotina mais leve e prazerosa. Mas, o que poucos sabem é que, muita das vezes, eles podem ser grandes aliados para lidar com quadros mais difíceis, como a depressão. Sim, isso mesmo! Algumas pesquisas já comprovaram a teoria de que o convívio com animais auxilia no tratamento de depressão. Para entender um pouco mais sobre o assunto, conversamos com duas tutoras que contaram como os pets mudaram suas vidas e ajudaram a lidar com a doença. Veja só!

    Collie: conheça algumas características da raça de cachorro
    Adote um animal

    Collie: conheça algumas características da raça de cachorro

    Muitos podem confundir a raça Collie com um outro cãozinho de nome muito parecido, que é o Border Collie. Mas, embora possuam alguns traços físicos parecidos e ambos sejam de origem escocesa, o cachorro Collie - também conhecido como Rough Collie - tem lá suas particularidades. Se você nunca ouviu falar nesse cãozinho ou não sabe muitas informações, chegou a hora de saber mais sobre o cachorro Collie. 

    Ver Todas >