Cachorro grande

Rafeiro do Alentejo: conheça tudo sobre a raça do cachorro mais velho de todos os tempos

Publicado - 01 Março 2023 - 17h52

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Poucas pessoas sabem, mas o cachorro mais velho do mundo de todos os tempos pertence à raça Rafeiro do Alentejo. Embora não seja tão conhecido e popular por aqui, o cãozinho português é bastante robusto e foi criado originalmente como um cão de guarda para fazendas com gados. Mesmo com um porte grande e postura imponente, o cachorro Rafeiro é bastante calmo e carinhoso (especialmente com a família), mas deve ser socializado e adestrado o quanto antes.

Ficou curioso para conhecer melhor o Rafeiro do Alentejo? Para tirar todas as dúvidas sobre essa raça de cachorro grande, o Patas da Casa preparou um guia repleto de informações importantes como preço, comportamento, cuidados e muito mais. Confira!

Entenda a origem do Rafeiro do Alentejo

O Rafeiro do Alentejo - também conhecido como Mastim Português, Mastim do Alentejo ou Rafeiro Alentejano - é um cachorro que surgiu em Portugal, mais especificamente na região do Alentejo, parte do país que faz fronteira com a Espanha. Não se sabe ao certo quando isso aconteceu, mas acredita-se que ele seja resultado do cruzamento entre o Cão da Serra da Estrela e o Mastim Espanhol.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

A raça, além de auxiliar no pastoreio de rebanhos, também era muito utilizada para proteger o gado e terrenos. Foi no final do século XIX que a raça finalmente recebeu o nome de Rafeiro do Alentejo, mas foi somente em 1954 que ela foi reconhecida oficialmente pelo Federação Cinológica Internacional (FCI) e somente em 2005 pelo American Kennel Club.

Rafeiro Alentejano é um cachorro grande e robusto

O tamanho do cão Rafeiro do Alentejo é uma das características mais impressionantes da raça. Ele tem uma musculatura forte e robusta, com altura que pode variar entre 64 e 74 centímetros, e peso entre 35 e 60 kg. Ou seja, é um cachorro que, além de grande, também costuma ser bem pesado! Ele também tem uma cabeça volumosa, orelhas médias e olhar expressivo, sempre atento a tudo que acontece.

Os pelos do cachorro Rafeiro tem um comprimento que varia de curto a médio. O aspecto dos fios é grosso, reto e denso. Já sobre as cores, a variação não é muito grande: o Rafeiro Alentejano pode ser encontrado em tons de preto, cinza, fulvo ou amarelo, com ou sem tigrado, sempre com manchas brancas. O inverso também pode acontecer: um cachorro todo branco com manchas pretas, cinzas, fulvas ou amarelas.

Personalidade do Rafeiro do Alentejo é dominante, mas amorosa com a família

  • Convivência

O cão Rafeiro tem um forte instinto de proteção e é bastante territorial. Não é à toa que a raça costuma ser usada como cão de guarda e cumpre perfeitamente esse papel: esse é um cachorro que está sempre vigilante e pronto para afastar intrusos. Por um lado, isso é positivo se você procura um animal para tomar conta da casa e do terreno. Por outro, essa reatividade pode ser nociva na relação entre o Rafeiro do Alentejo com outras pessoas e animais.

Com uma personalidade bastante forte e dominante, a raça precisa de uma liderança firme. Caso contrário, pode acabar tendo problemas de convivência. Embora muitas vezes seja um animal mais quieto e observador, esse é um cachorro que às vezes deixa o instinto falar mais alto. Por isso, tanto o adestramento quanto a socialização do cachorro são fortemente indicados para a raça. Com a família, no entanto, o cãozinho costuma ser mais calmo, tranquilo e afetuoso.

  • Socialização

Apesar de ser um cachorro desconfiado com estranhos, o Rafeiro do Alentejo é muito gentil e paciente com as crianças. Ainda assim, é importante supervisionar essas interações, já que se trata de um cão grande e forte que pode machucar sem querer durante as brincadeiras. Com outros cães, o relacionamento não costuma ser dos melhores por causa do territorialismo acentuado da raça. Para contornar comportamentos pouco amigáveis, é necessário fazer a devida socialização do cachorro Rafeiro logo nos primeiros meses de vida.

  • Adestramento

O adestramento de cães é fundamental para manter uma convivência harmoniosa com o Rafeiro do Alentejo. Ele precisa entender quem é o líder da casa e deve ser educado desde cedo, sempre com reforços positivos. A partir do momento que o animal começa a ser recompensado pelo bom comportamento, ele se sente estimulado a repetir aquela ação. Se ele errar no meio do caminho, é importante não castigar nem punir o animal, pois isso pode deixá-lo mais reativo. Aposte sempre no adestramento positivo!

3 curiosidades sobre os Rafeiros do Alentejo

1) O título de cachorro mais velho do mundo muda com frequência, mas atualmente pertence a um cão da raça Rafeiro do Alentejo. O cãozinho, que se chama Bobi, também quebrou o recorde de cachorro mais velho que já existiu e tem 30 anos.

2) Graças ao processo de industrialização da região, os Rafeiros Alentejanos quase foram extintos no início do século XX. Isso só não aconteceu graças a um grupo de fãs da raça que se dedicaram a salvá-la.

3) O Rafeiro do Alentejo é um cachorro que demora a atingir a maturidade. Por ser um cão bem grande, ele pode ser considerado filhote até os dois anos de idade (mas muitas vezes se comporta como filhote até os três anos).


Bobi é um Rafeiro do Alentejo que conquistou o título de cachorro mais velho do mundo
Bobi é um Rafeiro do Alentejo que conquistou o título de cachorro mais velho do mundo

Rafeiro do Alentejo filhote: como cuidar e o que esperar do cãozinho?

O Rafeiro do Alentejo pode ter um comportamento de filhote por bastante tempo, sempre energético e com sede de explorar tudo que há em volta. Não estranhe se isso acontecer: é natural para cães de porte grande, como o Labrador e o Dogue Alemão, terem um desenvolvimento menos acelerado do que cães de porte pequeno. O ideal nesse momento é aproveitar todos os momentos com o seu cãozinho, educando-o e ensinando-o a conviver em harmonia com outras pessoas e animais. Tanto o adestramento quanto a socialização são indispensáveis nos primeiros anos de vida do Rafeiro do Alentejo.

O filhote de cachorro também precisa de um cantinho adequado para viver. Isso significa que o tutor deve providenciar uma cama para o cão dormir, banheirinho, comedouro, bebedouro e itens de higiene (como shampoo e cortador de unhas). Além disso, os brinquedos são essenciais para estimular o Rafeiro do Alentejo filhote em qualquer circunstância. Depois de ter tomado todas as vacinas para cachorro, os passeios também podem ser incluídos no dia a dia do pet para ajudar a gastar a energia acumulada (que é bastante alta nos filhotes).

Cuidados básicos com a rotina dos Rafeiros Alentejanos

  • Banho: não é necessário dar banhos tão frequentes no Rafeiro do Alentejo. O intervalo pode variar entre um a dois meses, dependendo das necessidades de cada cão.
  • Escovação: os pelos dos Rafeiros Alentejanos não são difíceis de cuidar. Cerca de duas escovações semanais são suficientes para remover a pelagem morta. No período de troca, redobre o cuidado.
  • Unhas: observe atentamente o crescimento das garras do animal. Se as unhas estiverem muito compridas, não deixe de apará-las para maior conforto do cãozinho.
  • Dentes: a superfície dos dentes pode acumular placa bacteriana e tártaro com facilidade. Por isso, é bom escovar os dentes do cachorro cerca de duas a três vezes por semana.
  • Orelhas: é recomendado verificar a região das orelhas do cachorro semanalmente para evitar otites. Nessas horas, a higiene da área deve ser feita com produtos de uso veterinário e um algodão.

O que você precisa saber sobre a saúde dos Rafeiros do Alentejo?

O Rafeiro do Alentejo é um cachorro forte e resistente, mas que pode sofrer com alguns problemas de saúde comuns em cães grandes. A displasia coxofemoral é um deles, que acomete a articulação do quadril do animal e pode prejudicar a mobilidade, causando dores e incômodos persistentes. Outra preocupação é a torção gástrica em cães, que normalmente acontece quando o cachorro se alimenta rápido demais.

Tirando essas questões, lembramos que é bom fazer consultas periódicas para checar se está tudo bem com a saúde do cão Rafeiro do Alentejo. O calendário de vacinação também deve estar sempre atualizado e, para aumentar a proteção do pet, o tutor não pode esquecer dos vermífugos e remédios anti parasitários de vez em quando.

Rafeiro do Alentejo: preço do cachorro é em euro

Os Rafeiros do Alentejo são cães raros e que não fazem muito sucesso fora do seu país de origem. Por esse motivo, o preço é em euro, em torno de 300 €, pois os exemplares devem ser exportados para o Brasil. Convertendo o valor para reais, fica por volta de R$ 1.700. Também é possível procurar por criadores locais, embora seja bem difícil de encontrar. Para ter a certeza de que o canil de cachorro é confiável, não deixe de pedir a documentação do pedigree.

Além disso, orientamos pesquisar muito bem sobre os canil em questão para não financiar lugares que maltratam os animais. Sempre busque a recomendação de outros clientes e visite o local algumas vezes para avaliar como eles cuidam dos pais e dos filhotes. Se optar por um canil de fora do país, procure a avaliação de outros tutores nas páginas de busca.

Raio-x do cão Rafeiro do Aletenjo

Origem: Portugal
Pelagem: curta a média com aspecto grosso, denso e reto
Cores: preto, cinza, fulvo ou amarelo, com ou sem tigrado, sempre com manchas brancas (ou o contrário)
Personalidade: fiel, alerta, carinhoso, apegado e ativo
Altura: 64 a 74 cm
Peso: 35 a 60 kg
Expectativa de vida: 12 a 14 anos

Redação: Juliana Melo

Edição: Luana Lopes

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Comportamento

Vira-lata caramelo invade casamento e rouba a cena no momento da entrada da noiva

Os vira-latas têm um lugar especial no coração dos brasileiros. Quando o assunto é um vira-lata caramelo, então, há quem diga que es...

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Gato

As 8 raças de gatos mais brincalhonas e que não dispensam uma boa diversão

Há quem acredite que os felinos não são fãs de brincadeiras devido a natureza sutil e independente da espécie, mas essa afirmação nã...

Ver todas