Gato

Quantos ossos tem o rabo do gato? Veja curiosidades sobre o esqueleto felino!

Publicado - 22 Junho 2022 - 15h29

Atualizado - 19 Abril 2024 - 18h06

Você sabia que o rabo de gato é composto por muitos ossos e é fundamental para o equilíbrio do corpo? E que quando o gato não levanta a cauda pode ser sinal de fratura? Ou então que a falta de um ossinho permite a grande flexibilidade de um felino? O fato é: a anatomia do gato é surpreendente! Existem diversos pequenos detalhes no sistema esquelético de um bichano que, juntos, dão origem a todas as características especiais que formam um gatinho. O Patas da Casa separou algumas curiosidades sobre o esqueleto felino para você conhecer um pouco mais sobre a fascinante anatomia do gato!

1) Um bichano tem muito mais ossos que um humano e 10% deles estão no rabo do gato

Os gatos são animais bem menores que os seres humanos. Mas pode acreditar: a quantidade de ossos presentes nos felinos é bem maior que a dos homens. Em média, os gatos têm cerca de 244 ossos, enquanto os humanos têm apenas 208 - sendo que o número pode ser ainda maior, já que a quantidade de ossos em um gatinho varia dependendo do tamanho da cauda. Isso é explicado porque, apesar de o gato ser menor, os seus ossos são bem mais curtinhos que o dos homens. Assim, existem em maior quantidade. Vale ressaltar que o rabo de gato concentra 10% de todos os ossos do sistema esquelético do bichano!

2) O rabo de gato é uma extensão da coluna vertebral

O rabo de gato é uma região muito curiosa do corpo de um felino. Por ser super molinha e fofa, é difícil pensar que a cauda é repleta de ossos. Na verdade, o rabo de gato é uma extensão da coluna vertebral do bichano. Ele pode ter de 18 a 24 vértebras caudais, número que varia de acordo com cada raça. Quanto mais longo for o rabo do gato, maior será a quantidade de vértebras. O rabo de gato é fundamental para dar equilíbrio e flexibilidade para o bichano.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

3) O rabo do gato pode nos ajudar a entender os sentimentos do animal

Você já reparou que às vezes o rabo de gato está levantado e bem ereto e, outras vezes, a cauda está balançando bastante? Esses movimentos não são feitos ao acaso. O rabo do gato é capaz de demonstrar como o gato está se sentindo no momento, ajudando bastante na comunicação felina. É bem comum ver o rabo de gato bem relaxado e se movimentando pouco quando ele está relaxado. Por outro lado, o rabo de gato para cima com pelos arrepiados é sinal de que ele está na defensiva. Já o rabo do gato entre as pernas significa que ele está tristinho. Viu como dá para saber bastante sobre as emoções de um bichano apenas observando o rabo do gato?

gato andando com rabo de gato balançando
<strong>O rabo de gato ajuda no equilíbrio do animal e ainda é uma forma de comunicação felina</strong>

4) É possível causar uma lesão na cauda de gatos apenas por tocar nela

Os principais problemas na cauda do gato também têm a ver com os ossos. Por isso, não é tão incomum vermos um gato com rabo quebrado. A cauda é sensível e pode sofrer machucados facilmente, até mesmo quando uma pessoa faz carinho no local - por isso, jamais mexa no rabo do gato! Uma lesão na cauda de gatos é extremamente dolorosa e desconfortável para o bichano, além de trazer problemas de equilíbrio. O gato com rabo quebrado mia bastante de dor, tem desequilíbrio na hora de andar e pode apresentar incontinência urinária. Além disso, o gato não levanta a cauda ou tem muita dificuldade para mexê-la. Ao perceber esses sinais, leve-o ao veterinário. Quanto mais cedo descobrir os problemas na cauda do gato, melhor é o tratamento.

5) Gato não tem clavícula e isso permite que o pet passe por locais estreitos 

É muito surpreendente como os gatos conseguem entrar em qualquer lugar e se espremer até mesmo por frestas bem pequenas. O motivo para isso está na anatomia do gato, que conta com algumas adaptações que permitem essa enorme flexibilidade. O gato não tem clavícula como nós temos. Em seu lugar, existe apenas uma cartilagem ligada ao músculo, dando ao animal a oportunidade de se contorcer e se movimentar de diferentes maneiras. Assim, o bichano consegue grande flexibilidade para passar até mesmo por espaços bem pequenos sem a menor dificuldade.

6) A coluna vertebral dos gatos não têm ligamentos e seus discos são espessos, garantindo maior flexibilidade

Outra adaptação na anatomia do gato que explica sua grande flexibilidade é o fato de não existirem ligamentos na coluna vertebral, como acontece na anatomia humana. Nos bichanos, é um tecido muscular que une a coluna. Além disso, os discos intervertebrais são bem mais espessos. Portanto, a grande quantidade de músculos e o formato dos discos permitem uma flexibilidade muito maior nos bichanos. Essas adaptações e o fato de os cotovelos e joelhos serem opostos fazem com que o animal consiga dar fortes impulsos ao pular - permitindo que o gato salte grandes distâncias.

7) Gatos conseguem mexer as orelhas de forma independente na direção do som

Uma grande curiosidade da anatomia felina é o fato de as orelhas dos gatos conseguirem se movimentar facilmente e de maneira independente. Ou seja: o gato pode mover a orelha direita e manter a esquerda intacta, e vice-versa. Isso permite que o bichano mexa cada orelha em direção ao som, aumentando as chances de distingui-lo. Além disso, o crânio do gato tem câmaras de ressonância bem amplas, o que faz com que o som consiga ressoar de forma bem mais alta, garantindo maior nitidez. É por isso que a audição dos gatos é tão aguçada!

Redação: Maria Luísa Pimenta

Comportamento

Como saber se o gato te escolheu como dono: 6 coisas para observar e descobrir se você é o humano favorito do seu pet

O sonho de todo gateiro é ser a pessoa favorita dos bichanos. Mas como saber se o gato te escolheu como dono? Será que existem indíc...

Comportamento

Sonhar com gato é bom ou ruim? Veja o que os especialistas têm a dizer sobre o significado desses sonhos

Existem diferentes formas de se interpretar um sonho, principalmente quando envolvem animais de estimação. Sonhar com gato, por exem...

Cachorro

Cinomose: 7 fatos para entender melhor uma das doenças de cachorro mais graves que existem

A cinomose é uma das doenças caninas mais perigosas e sérias que existem. Altamente contagiosa e frequentemente fatal, essa doença p...

Adoção

Gato frajola dá trabalho? Veja como é a convivência com um gato preto e branco dentro de casa

Com manchas brancas e pretas espalhadas pelo corpo, o gato frajola tem um charme que não passa despercebido. Donos de uma personalid...

Comportamento

Como saber se o gato te escolheu como dono: 6 coisas para observar e descobrir se você é o humano favorito do seu pet

O sonho de todo gateiro é ser a pessoa favorita dos bichanos. Mas como saber se o gato te escolheu como dono? Será que existem indíc...

Adote um animal

50 nomes para cadelas pretas: ideias criativas para te ajudar a nomear o pet recém-adotado

Encontrar uma lista com 50 nomes para cadelas recém-adotadas não é uma tarefa muito difícil. Afinal, existem milhares de inspirações...

Comportamento

Sonhar com gato é bom ou ruim? Veja o que os especialistas têm a dizer sobre o significado desses sonhos

Existem diferentes formas de se interpretar um sonho, principalmente quando envolvem animais de estimação. Sonhar com gato, por exem...

Cachorro

O Pastor Belga é bravo? 10 características sobre a personalidade da raça para conhecer antes de levar um pra casa

Elegante, leal e imponente, o Pastor Belga é um cão admirado em todo mundo. Procurados tanto pela capacidade de proteger territórios...

Ver todas