Saúde

Quais são as 5 infecções mais comuns que atingem os cães?

Da doença do carrapato em cachorro à giardíase: saiba quais são as doenças infecciosas mais comuns nos cães
Da doença do carrapato em cachorro à giardíase: saiba quais são as doenças infecciosas mais comuns nos cães

A saúde do cachorro é algo que todo tutor deve ter atenção. Assim como acontece com os humanos, várias doenças podem afetar o organismo dos nossos peludos de quatro patas. Dentre elas, algumas infecções tendem a ser bastante comuns, como a parvovirose canina e a giárdia em cães. Logo, é importante saber um pouco mais sobre o que são esses quadros e como eles se manifestam na saúde do cão. Por isso, separamos as principais informações sobre as doenças infecciosas mais comuns nos cachorros. Tire suas dúvidas a seguir!

1) Doença do carrapato em cachorro pode incluir febre, apatia e perda de peso

Como muitos sabem, o carrapato é um dos principais parasitas que afetam a saúde dos cães. Além da própria infestação, ele também pode transmitir o que conhecemos como a doença do carrapato em cachorro. A transmissão ocorre por meio da picada do parasita, que invade a corrente sanguínea do paciente e pode se apresentar de duas formas: erliquiose, que é uma bactéria, e babesiose, um protozoário. As principais manifestações clínicas de ambos os quadros incluem febre, apatia e perda de peso. Mas, no quadro individual, a erliquiose pode apresentar manchas vermelhas espalhadas pelo corpo e sangramento nasal, enquanto na babesiose costumam aparecer manchas amareladas na pele e mucosas do cão.

2) Parvovirose canina é causada por vírus e é contagiosa

Essa é uma das doenças mais comuns e mais preocupantes devido ao seu alto risco de contágio. Os sintomas, por sua vez, afetam principalmente o trato gastrointestinal do animal. Cachorro com diarreia e vomitando é bastante comum nesse caso, o que pode desencadear um quadro de desidratação que, se não for tratado a tempo, chega a levar à morte do cão. Outros possíveis sintomas são febre, taquicardia, perda de apetite, apatia e palidez na gengiva e na parte interna das pálpebras. Ao perceber um ou mais sinais de parvovirose canina, é importante consultar um profissional. Já para prevenção, o seu amigo de quatro patas deve ser vacinado contra a doença.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    Seja parvovirose canina ou uma gripe em cachorro: consultar o veterinário é fundamental para obter o diagnóstico correto
    Seja parvovirose canina ou uma gripe em cachorro: consultar o veterinário é fundamental para obter o diagnóstico correto

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    3) Cinomose canina atinge geralmente cães com o sistema imunológico enfraquecido

    A cinomose canina é outro quadro bastante perigoso e que pode ser fatal nos cães. Isso acontece porque o vírus causador da doença é bastante agressivo e tende a atingir cães que têm a imunidade baixa, como filhotes, cachorros idosos ou cães que estão debilitados por causa de alguma outra enfermidade. Já sobre os sintomas, é preciso ter em mente que cinomose canina possui três estágios. O primeiro é caracterizado pela diarreia, o segundo atinge o sistema respiratório e o terceiro afeta o sistema nervoso central, podendo desencadear convulsões e tremores no corpo do animal infectado. Felizmente, os cães podem ser vacinados contra este tipo de problema.

    4) Gripe em cachorro pode ser causada por dois vetores diferentes

    Embora o nome seja bem parecido com a doença que acomete os humanos, a gripe em cachorro pode acontecer de duas formas diferentes: por meio de uma bactéria chamada Bordetella bronchiseptica, ou do vírus Influenza A. Independente de qual seja o vetor causador do problema, os sintomas são basicamente os mesmos: tosse, coriza, espirros, febre, dificuldade para respirar e falta de apetite. Caso o cãozinho esteja sofrendo com a gripe canina, é importante levá-lo ao veterinário para dar início ao tratamento, que geralmente consiste no uso de antibióticos.

    5) Giardíase em cães causa alterações gástricas no animal doente

    Também conhecida como giárdia em cães, essa doença geralmente é transmitida a partir do contato de um cachorro saudável com um infectado por via oro-fecal. Vômito, diarreia com sangue e presença de muco, apatia alimentar e anorexia são possíveis indicativos da giardíase em cães, mas ainda pode ocorrer queda de pelos, gases e desidratação, como consequência do vômito e da diarreia. Geralmente, o tratamento consiste no uso de antibióticos e deve ser acompanhado de perto por um profissional.

    Redação: Juliana Melo

    Gato obeso: como saber se o seu pet está acima do peso?

    Próxima matéria

    Gato obeso: como saber se o seu pet está acima do peso?

    O que o cachorro não pode comer? Descubra quais alimentos são proibidos para os cães!
    Alimentação

    O que o cachorro não pode comer? Descubra quais alimentos são proibidos para os cães!

    Sabemos que é quase impossível resistir àquele olhar do nosso cachorro pedindo um pedaço da comida quando estamos fazendo alguma refeição. Mas antes de dar qualquer coisa além da ração, é importante saber o que é permitido e o que é proibido na alimentação dos pets, já que existem alimentos humanos que são tóxicos e prejudiciais para a saúde do cão. E fique de olho! Quanto menor for seu cachorro, maiores as chances de um pedacinho de algo proibido fazer mal a ele.

    Cães e gatos pretos: por que eles são mais rejeitados na hora da adoção?
    Histórias reais

    Cães e gatos pretos: por que eles são mais rejeitados na hora da adoção?

    Na hora de adotar um pet, muita gente nem imagina a dificuldade que é conseguir arranjar uma família para os bichinhos de pelagem mais escura. Seja um gato preto filho ou um cachorro preto grande: eles raramente são escolhidos pelos adotantes. Mas por que isso acontece, afinal? Pesquisas feitas pela ASPCA, American Society for the Prevention of Cruelty to Animals, revelam pelo menos dois motivos para que os animais de cor preta sejam mais rejeitados na hora da adoção: a Síndrome do Grande Cachorro Preto e a ideia de que o gato preto está ligado a superstições.

    Quais as doenças mais comuns que atingem o sistema digestivo do cachorro?
    Saúde

    Quais as doenças mais comuns que atingem o sistema digestivo do cachorro?

    O sistema digestivo do cachorro é composto por boca, esôfago, estômago, intestino delgado, intestino grosso e ânus e cada um desses órgãos possui uma atividade específica durante a digestão dos alimentos. O problema é que, assim como ocorre com os humanos, os cães também podem sofrer com algumas doenças que atingem o sistema digestivo canino e que são causadas por fatores que variam desde a ingestão de alimentos contaminados até quadros de estresse ou ansiedade. 

    Beagle: quais são as doenças mais comuns que atingem essa raça de cachorro?
    Raças

    Beagle: quais são as doenças mais comuns que atingem essa raça de cachorro?

    O Beagle é uma raça de cachorro alegre e cheia de energia. Por outro lado, esse cãozinho tem predisposição para algumas doenças que merecem a atenção do tutor. Obesidade canina, sarna e epilepsia são algumas delas. É preciso ficar atento também com a visão do animal: catarata e glaucoma em cachorro da raça Beagle são problemas comuns. 

    Ver Todas >

    Lúpus canino: como a doença autoimune em cães se desenvolve e quais as raças mais afetadas?
    Saúde animal

    Lúpus canino: como a doença autoimune em cães se desenvolve e quais as raças mais afetadas?

    Uma doença conhecida entre os humanos que também atinge os nossos amigos de quatro patas é o lúpus em cachorro. Essa doença autoimune em cães acontece quando células saudáveis do organismo atacam a si mesmas, deixando o sistema imunológico canino fragilizado e propenso a contrair diversos problemas de saúde. O lúpus canino não é muito conhecido e nem sempre é fácil detectar os sintomas clínicos.

    Sarcoma de aplicação em felinos: veterinária tira todas as dúvidas sobre esse tipo de tumor em gatos
    Saúde animal

    Sarcoma de aplicação em felinos: veterinária tira todas as dúvidas sobre esse tipo de tumor em gatos

    O sarcoma de aplicação em felinos é um tipo de tumor de pele bastante preocupante e que precisa de muita atenção. Embora não se saiba ao certo qual a causa do problema, o sarcoma de aplicação pode afetar significativamente a saúde do gato e por isso é importante observar qualquer alteração no corpo do animal, especialmente se houver reações inflamatórias em forma de nódulos.

    Bexiga do gato: tudo que você precisa saber sobre o trato urinário inferior dos felinos
    Saúde animal

    Bexiga do gato: tudo que você precisa saber sobre o trato urinário inferior dos felinos

    A infecção urinária em gatos é um problema muito comum. A bexiga do gato é um dos órgãos mais atingidos por infecções que são capazes de debilitar todo o sistema excretor. Esse órgão com habilidade de expandir seu tamanho é fundamental no bom funcionamento do organismo de um gato, sendo um dos principais responsáveis pela eliminação da urina. Mas você sabe onde fica a bexiga do gato? Ou qual é sua função? E você tem ideia de que doenças mais afetam essa região?

    Síndrome de Wobbler: entenda mais sobre a doença que afeta raças de cachorros grandes
    Saúde animal

    Síndrome de Wobbler: entenda mais sobre a doença que afeta raças de cachorros grandes

    A síndrome de wobbler é uma doença que afeta principalmente raças de cachorro de grande porte. Ela atinge as vértebras e a medula espinhal do cachorro, desencadeando problemas neurológicos e de locomoção. O tratamento precisa ser o mais rápido possível, pois a síndrome de wobbler pode avançar para estágios mais graves e trazer consequências sérias ao animal. .

    Ver Todas >