close
Saúde

Piodermite canina: 10 perguntas e respostas sobre a doença que atinge a pele do cachorro

Atualizado em 18 de Outubro de 2021 às 19h44

Publicado em 18 de Outubro de 2021 às 15h00

A piodermite causa coceira e lesões na pele do animal, levando a muito desconforto
A piodermite causa coceira e lesões na pele do animal, levando a muito desconforto

A piodermite em cães é uma das doenças de pele que podem atingir os cachorros, deixando-o com muita coceira e bastante desconfortável. Podendo ter inúmeras causas, a piodermite está relacionada ao sistema imunológico do animal e significa que a saúde do pet está debilitada. Apesar de comum, a piodermite canina ainda gera muitas dúvidas nos pais e mães de pet, que não sabem muito bem como perceber os sintomas, o que causou a doença e como podem tratá-la. O Patas da Casa separou 10 perguntas e respostas sobre a piodermite em cachorro para acabar com qualquer questão que você possa ter sobre essa doença. Confira!

1) O que causa a piodermite em cães?

A piodermite canina é uma infecção bacteriana que afeta a pele dos animais. A bactéria causadora da piodermite em cães é Staphylococcus pseudintermedius, que já habita o organismo do animal naturalmente. Ou seja, o cachorro não contrai a piodermite por um agente externo. Normalmente, essa bactéria não traz nenhum problema ao animal: o perigo está no sistema imunológico enfraquecido. Quando a imunidade do pet está baixa, a bactéria cresce demais, causando a piodermite. Isso significa que a piodermite em cães aparece como consequência de outra doença que está deixando o animal fragilizado. Dentre os problemas mais comuns que levam à piodermite canina estão alergias, problemas hormonais (hipotreoidismo, diabetes…), sarna demodécica, pulgas, dentre outros.

2) Quais raças são mais propensas a adquirir piodermite canina?

A piodermite canina pode afetar qualquer raça de cachorro. Por se tratar de uma bactéria que já existe no organismo do pet, qualquer cão com imunidade fraca pode desenvolver a doença. Porém, raças que desenvolvem problemas de pele com mais facilidade estão mais propensos à piodermite. Dentre essas raças, podemos citar Golden Retriever e Poodle.

3) Quais tipos de piodermite em cachorro existem?

Dependendo do tipo de lesão que a piodermite em cachorro causa na pele do animal, a doença pode ser dividida em dois tipos. A piodermite canina superficial acontece, como o próprio nome sugere, nas camadas mais superficiais da pele. Por isso, nesse caso, é comum perceber foliculite (pelo encravado). Já a piodermite profunda afeta a hipoderme, camada mais profunda da pele, causando, geralmente, furúnculos.

4) Na piodermite canina, sintomas costumam se manifestar de que maneira?

Na piodermite canina, sintomas costumam começar com coceiras na pele. A coceira é tanta que o pet pode passar a lamber a pata ou qualquer região do corpo afetada como forma de aliviar o incômodo. Além disso, na piodermite canina, sintomas como caroços no corpo (pápulas), foliculite, bolhas de pus (pústula), furúnculos, abcessos e pelo caindo e descamando são comuns. Ao observar esses sinais, o tutor precisa levar o animal ao veterinário imediatamente, para que ele realize o diagnóstico e inicie o tratamento adequado.

5) A piodermite costuma afetar quais regiões do corpo do cachorro?

Em um cachorro com piodermite canina, sintomas podem surgir em qualquer região do corpo. Porém, algumas áreas são afetadas com maior frequência e intensidade. Geralmente, as lesões causadas pela piodermite atingem as patas do cachorro, barriga, peito e tórax, além de também ser bastante comum nos cantos da boca e no cotovelo. Por isso, fique atento às lesões nessas partes do corpo.

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
    A piodermite canina costuma afetar principalmente regiões como patas e barriga
    A piodermite canina costuma afetar principalmente regiões como patas e barriga

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    6) Nos casos de piodermite canina, tratamento é realizado de qual forma?

    Para curar a piodermite canina, tratamento normalmente é feito com o uso de antibióticos para cachorro e medicamentos de uso tópico. É o veterinário quem prescreve os remédios adequados, então jamais automedique seu cão. Na piodermite canina, tratamento é bastante eficaz, com duração variável de acordo com o tipo da doença em cada caso. É muito importante também não interromper o tratamento, pois isso aumenta as chances de a piodermite retornar. 

    7) Como funciona o shampoo para piodermite canina?

    O shampoo para piodermite canina é um dos produtos tópicos mais eficazes e recomendados pelos veterinários. Sua fórmula ajuda a aliviar a coceira do animal e ainda remove as casquinhas e crostas que podem se acumular na pele por conta da doença. Por isso, o shampoo para piodermite canina vai ser um grande aliado no tratamento da doença e no alívio do animal quanto ao desconforto que ela causa. Além do shampoo para piodermite, existem produtos como pomadas e géis, que auxiliam bastante no alívio da coceira e combate à doença. 

    8) Piodermite canina: tratamento caseiro é eficiente?

    Para curar seu pet da piodermite canina, tratamento caseiro não é uma opção. Muitas pessoas procuram na internet ideias de misturas e soluções que ajudem no combate da doença. Porém, precisamos lembrar que a pele do cachorro é uma região sensível, que fica ainda mais fragilizada com a piodermite canina. Tratamento caseiro pode, muitas vezes, conter ingredientes que agridem mais ainda a pele do animal, piorando o quadro. Portanto, para curar a piodermite canina, tratamento deve ser prescrito por um veterinário qualificado.

    9) Como a piodermite pode ser prevenida?

    Como explicamos, a piodermite em cachorro não é uma doença que aparece sozinha, mas sim como consequência de outra. Por isso, é complicado preveni-la. O que pode ser feito é manter o sistema imune do animal sempre forte para evitar que ele contraia outras doenças que levem, então, a um quadro de piodermite. A alimentação de qualidade é um dos principais fatores que mantém a imunidade alta. Por isso, faça questão de garantir que seu pet tenha acesso a todos os nutrientes essenciais. Além disso, é importante manter a higiene do animal em dia, promover atividades físicas regularmente e evitar o estresse do animal.

    10) Depois de curada, a piodermite em cães pode voltar a aparecer?

    Como a piodermite em cães surge por conta de outra doença, ela pode voltar a aparecer caso o problema que deu origem a ela inicialmente não seja devidamente tratado. Portanto, se a piodermite for uma consequência de alguma disfunção hormonal, por exemplo, não adianta tratar apenas a piodermite e deixar o problema original sem solução. Ao fazer isso, a piodermite canina pode até sumir por um tempo, mas tem muitas chances de retornar. 

    Redação: Maria Luísa Pimenta

    Diabete canina: 5 sinais da doença para ficar atento

    Próxima matéria

    Diabete canina: 5 sinais da doença para ficar atento

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro
    Grandes

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro

    O Galgo Afegão, também chamado de Afghan Hound, é um cachorro originário do Oriente Médio com aparência exótica e charmosa, difícil de passar despercebido. O que poucas pessoas sabem é que, por trás da postura elegante e independente do cão Afegão, existe um ótimo companheiro de quatro patas, cheio de energia para gastar e amor para dar. Mas o que é necessário saber sobre essa raça de cachorro antes de comprar ou adotar um exemplar? Como é a personalidade do Afghan Hound e que cuidados são necessários com o cãozinho? 

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana
    Grandes

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana

    Um dos cãezinhos mais surpreendentes é o Cane Corso. Embora ele não seja tão popular quanto outras raças de cachorro grande, como o Labrador e o Golden Retriever, o Cane Corso é dono de um enorme coração e tem uma personalidade incrível. Algumas pessoas podem até se intimidar com o tamanho e a postura imponente do doguinho, mas só quem convive com um Cane Corso sabe como estes cães são adoráveis e carinhosos.

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno

    Para quem procura por raças de cachorro pequeno, o Pequinês pode ser a companhia perfeita. Além de se adaptar muito bem a apartamentos e outros espaços reduzidos, esse pequeno cãozinho é dotado de uma personalidade carinhosa, amigável e extremamente leal aos seus humanos. Apesar da baixa estatura, o cachorro Pequinês também é super corajoso, e uma das maiores provas de que tamanho não é documento. 

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande

    Você já ouviu falar no Dogo Argentino? Essa é uma raça de cachorro que teve origem em um país vizinho ao nosso, a Argentina. Embora pareçam sérios, os cães desta raça são uns amores e têm tudo para te conquistar, principalmente se o que você procura é um amigo de quatro patas bem leal e parceiro. Mas antes de comprar ou adotar um cachorro desta raça, que tal conhecê-lo um pouco mais a fundo? 

    Ver Todas >

    Gato com sangue nas fezes: o que fazer?
    Saúde animal

    Gato com sangue nas fezes: o que fazer?

    Se você reparar seu gato com sangue nas fezes, é importante ficar atento. Essa situação é um sintoma comum a inúmeras doenças que podem afetar o bichano. Ao defecar fezes com sangue, o gato pode estar com uma inflamação no cólon ou até mesmo com um tumor no sistema digestivo. O sangue nas fezes do gato é um sintoma presente até mesmo nas verminoses mais comuns. Seja qual for a causa do gato fazendo fezes com sangue, sempre significa que algo está errado com o animal. 

    Cachorro engasgado: veterinária ensina o que fazer nessa situação
    Saúde animal

    Cachorro engasgado: veterinária ensina o que fazer nessa situação

    Saber um pouquinho de primeiros socorros veterinários vai ser muito útil se você acha que um cachorro parece engasgado - inclusive, é algo que pode salvar a vida do seu pet nessas horas! Seja porque ele comeu muito rápido ou tentou engolir alguma coisa que não devia, se deparar com um cachorro engasgado em casa é sempre um momento de desespero para qualquer pai de pet. Não saber como resolver essa situação é super comum e, ao mesmo tempo, um hábito perigoso: nunca se sabe quando você vai precisar socorrer o seu amigo em casa. 

    Cinomose: sintomas mais comuns da doença. Aprenda a identificar os sinais!
    Saúde animal

    Cinomose: sintomas mais comuns da doença. Aprenda a identificar os sinais!

    Os sintomas de cinomose canina são facilmente confundidos com outras doenças de cachorro e infelizmente pode até mesmo levar o animal à morte. Mais comum em filhotes não vacinados, a cinomose é altamente contagiosa e em alguns casos pode deixar sequelas que vão acompanhar o pet por toda a vida. É importante estar atento a qualquer sinal da cinomose em cães que ainda não completaram o calendário de vacinação, pois é uma doença que evolui rapidamente para um quadro grave. Ou seja, é uma situação de emergência!

    Giárdia canina: o que é, como tratar e o que fazer para prevenir
    Saúde animal

    Giárdia canina: o que é, como tratar e o que fazer para prevenir

    A giárdia canina é uma doença com alta contaminação entre os cães. O cachorro que a contrai sente bastante desconforto no sistema digestivo, com diarreia e vômitos frequentes. Comum principalmente no verão, a giardíase canina pode se apresentar de maneira mais leve ou mais grave. Sem tratamento, a giárdia canina pode matar o cachorro contaminado se ele não receber o tratamento adequado logo no início da infecção. Além disso, a giárdia canina pega em humanos e tem maior chance de atacar filhotes de cachorro. 

    Ver Todas >