close
Saúde

Papilomatose canina: saiba mais sobre a doença que atinge os cães

Atualizado · 27 de janeiro de 2022 · 15h40

Publicado · 27/01/2022 · 15h40

A papilomatose canina é uma doença cutânea que causa verrugas na pele do animal
A papilomatose canina é uma doença cutânea que causa verrugas na pele do animal

A papilomatose canina é uma das doenças de pele mais comuns que podem afetar os cães. Muito contagiosa, a doença que causa o aparecimento de bolinhas pelo corpo deixa tutores apreensivos. Afinal, o que é o papiloma canino? O papiloma em cães é perigoso? E o que exatamente são essas verrugas? Para acabar com as dúvidas, o Patas da Casa conversou com a veterinária Marcela Machado, que explicou tudo sobre a papilomatose canina: tratamento, causas, sintomas e como prevenir que esse problema que pode afetar seu cachorro. Confira!

O que é papilomatose canina?

A papilomatose canina é uma doença contagiosa que afeta a pele dos cães e se manifesta com o surgimento de verrugas em algumas partes do corpo. A veterinária Marcela Machado explica que essas verrugas são, na verdade, pequenos tumores benignos: "A papilomatose canina se caracteriza por múltiplos tumores parecidos com verrugas geralmente cinzentas e que, normalmente, se localizam nas mucosas de cães. São em sua maioria benignas e podem variar também de forma e cor”. A doença é causada pelo papiloma vírus. Cães normalmente são infectados ao entrar em contato com um cachorro que esteja contaminado, principalmente por meio de lambidas, mordidas e após compartilhar objetos como comedouro e bebedouro.

O papiloma canino costuma se manifestar em mucosas

O papiloma em cães afeta as células epiteliais do cão, podendo se manifestar em diferentes regiões da pele. “Os locais mais comuns de observarmos a papilomatose canina são as mucosas orais e oculares, principalmente nos pets mais jovens, entre 6 meses e 4 anos”, explica Marcela. Normalmente, é possível observar o papiloma canino na boca, focinho, cavidade ocular, genitais e em outras regiões da pele, como a barriga.

Papiloma vírus: cães apresentam verrugas pelo corpo e podem ter dificuldade de se alimentarem

Quando é infectado com o papiloma vírus, cachorro apresenta como principal sinal da doença o aparecimento de verrugas pelo corpo. “[Identificamos o] crescimento de verrugas, normalmente cinzas ou na cor da mucosa, de forma proliferativa e juntas”. Além disso, o papiloma em cães pode levar a outros problemas: “Pode causar dificuldade na alimentação, salivação excessiva devido a dificuldade de engolir e mau hálito”, complementa a especialista. É muito importante entender, porém, que a papilomatose canina pode ser bastante diferente em cada caso. Por afetar diferentes partes do corpo, é comum que o papiloma em cães apresente variações. Além disso, lesões na pele podem ter outras causas que não sejam o papiloma canino. Por isso, Marcela ressalta a importância de levar o animal a um especialista para ter certeza do diagnóstico: “Como nem toda papilomatose é igual, é sempre interessante procurar o médico veterinário para um diagnóstico mais preciso. Às vezes, pode ser necessário, inclusive, uma biópsia”, orienta.

Papilomatose canina: fotos de como a doença se manifesta

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    -
    -
     O papiloma canino pode afetar diferentes regiões do corpo, como boca e focinho
    O papiloma canino pode afetar diferentes regiões do corpo, como boca e focinho
    Papilomatose canina: tratamento depende de como a doença se manifesta
    Papilomatose canina: tratamento depende de como a doença se manifesta
    A papilomatose canina é muito contagiosa, então é importante manter o cão infectado afastado de outros pets
    A papilomatose canina é muito contagiosa, então é importante manter o cão infectado afastado de outros pets
    -
     O papiloma canino pode afetar diferentes regiões do corpo, como boca e focinho
    Papilomatose canina: tratamento depende de como a doença se manifesta
    A papilomatose canina é muito contagiosa, então é importante manter o cão infectado afastado de outros pets

    Mais Lidas

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    Papilomatose canina: tratamento varia de acordo com gravidade do quadro

    Ao levar o cão que apresenta sinais de papiloma canino no veterinário, o especialista fará o diagnóstico a partir da análise das verrugas e outros exames. Marcela explica que o tratamento e o remédio para papilomatose canina depende da gravidade da doença. Muitas vezes, o papiloma canino regride naturalmente. Porém, quando a remissão demora muito para acontecer, pode ser necessário fazer uma cirurgia de remoção. “Em geral, as lesões regridem espontaneamente, mas podem demorar muito para a remissão total. Com este quadro mais grave ou demorado, há normalmente a necessidade de remoção cirúrgica e também tratamento para aumentar a imunidade do animal”, explica a veterinária. 

    Para ajudar a curar a papilomatose canina, remédios orais e pomadas também podem ser indicados. Mas é muito importante que o tratamento seja orientado por um veterinário. Apenas ele saberá indicar o que deve ser feito em cada caso. Por isso, nada de usar remédio para papilomatose canina, seja de uso tópico ou oral, sem prescrição médica.

    Cuidar da imunidade é uma forma de prevenir o papiloma em cães 

    A presença do papiloma em cães costuma ser sinal de imunidade baixa. Marcela explica que é muito importante sempre prestar atenção no corpo e cuidar da saúde do animal para prevenir essa e outras doenças: “[É preciso] sempre manter a saúde do seu cão em dia para ele ter uma boa imunidade, monitorar possíveis lesões nas mucosas e evitar contato com outros animais com papilomatose canina”. Por isso, para evitar o papiloma em cães, assim como outras doenças, é fundamental realizar visitas frequentes ao veterinário. Sabendo como anda a imunidade do seu pet, fica muito mais fácil prevenir o papiloma canino. 

    Redação: Maria Luísa Pimenta

    Saiba tudo sobre o complexo gengivite estomatite felina

    Próxima matéria

    Saiba tudo sobre o complexo gengivite estomatite felina

    Babesiose canina: o que é e sintomas mais comuns. Saiba tudo sobre esse tipo da doença do carrapato!
    Carrapato

    Babesiose canina: o que é e sintomas mais comuns. Saiba tudo sobre esse tipo da doença do carrapato!

    Os carrapatos são o pesadelo de qualquer dono de cachorro! Além de provocar coceiras, alergias e outros incômodos, o parasita também é responsável por transmitir doenças muito graves aos cães. Mesmo que seja algo relativamente comum entre os animais, o problema não deve ser subestimado pelos tutores. A doença do carrapato, como é popularmente conhecida, pode se manifestar de quatro maneiras diferentes, dependendo da espécie do parasita infectado. A Babesiose canina é uma das principais formas de manifestação da enfermidade. Por isso, preparamos um guia completo sobre tudo o que você precisa saber!

    Otite canina: saiba mais sobre a doença que pode ser persistente
    Saúde

    Otite canina: saiba mais sobre a doença que pode ser persistente

    É quase impossível definir qual a parte mais fofa de um cão, mas com certeza as orelhas estão no topo dessa lista - seja pelo formato, tamanho ou pela habilidade de se movimentar em várias situações. Mas, as orelhas do cachorro também podem abrigar um problema que gera muito incômodo: a otite canina. A inflamação no ouvido pode ter causas variadas e costuma vir acompanhada de muita coceira, dores e até feridas.

    Hiperadrenocorticismo em cães: o que é, quais os sintomas e como tratar? Saiba tudo sobre a doença endócrina
    Saúde

    Hiperadrenocorticismo em cães: o que é, quais os sintomas e como tratar? Saiba tudo sobre a doença endócrina

    Assim como os humanos, os cachorros também podem desenvolver um quadro de hiperadrenocorticismo. Também chamada de Síndrome de Cushing, a doença acontece quando a hipófise, glândula responsável por produzir hormônios que regulam o funcionamento da parte endócrina do organismo, passa a não funcionar corretamente. A hiperadrenocorticismo é popularmente conhecido por atingir cachorros idosos e, por isso, seus sintomas podem ser facilmente confundidos com o envelhecimento natural dos animais. Sendo assim, é importante ficar atento aos sinais do seu cãozinho e sempre investigá-los. Para entender melhor o assunto, o Patas da Casa conversou com a veterinária Gabriela Teixeira, que contou tudo sobre o hiperadrenocorticismo em cães. Confira!

    Mastocitoma em cães: saiba mais sobre esse tumor que atinge os caninos
    Saúde

    Mastocitoma em cães: saiba mais sobre esse tumor que atinge os caninos

    O mastocitoma em cães é um dos tipos de tumores mais comuns nos nossos amigos de quatro patas. Ainda assim, muitos pais de pets não têm muita noção sobre o que ele realmente é, como reconhecer que o seu cachorro desenvolveu um deles e o que fazer com o seu amigo depois do diagnóstico. Para te ajudar numa situação como essa, nós conversamos com a médica veterinária Caroline Gripp, que é especializada em oncologia veterinária. Dá uma olhada no que ela explicou sobre o mastocitoma canino!

    Ver Todas >

    Lama biliar em cães: o que é, como se desenvolve e qual o tratamento
    Saúde animal

    Lama biliar em cães: o que é, como se desenvolve e qual o tratamento

    A lama biliar em cães é uma doença que afeta o sistema digestivo do cachorro. Apesar de ser pouco conhecida, a condição está relacionada com a produção de bile, substância essencial no processo de digestão. Muitas vezes confundida com a colecistite em cães, a lama biliar não causa no cachorro tantos transtornos à saúde de início, mas pode levar a uma inflamação mais grave do órgão. Por ser uma doença mais desconhecida, muitas dúvidas surgem: o que causa a lama biliar? 

    PIF felina: como prevenir a grave doença que afeta os gatos?
    Saúde animal

    PIF felina: como prevenir a grave doença que afeta os gatos?

    Sem dúvidas, a PIF felina é um dos maiores medos de pais e mães de pet. Considerada uma das doenças mais graves em gato, a peritonite infecciosa felina é altamente infecciosa e causa diversos transtornos para a saúde. O gato com PIF sofre com falta de apetite, perda de peso, aumento do abdômen, dificuldade de respirar, problemas de coordenação… são tantas consequências que deixam o animal extremamente frágil. O pior de tudo é que a doença PIF não tem cura e nem vacina. 

    Se viu a terceira pálpebra do gato exposta, fique atento! Pode se tratar da Síndrome de Haw
    Saúde animal

    Se viu a terceira pálpebra do gato exposta, fique atento! Pode se tratar da Síndrome de Haw

    A Síndrome de Haw em gatos é um quadro que ocorre quando a terceira pálpebra (que deveria ficar escondida) se projeta para fora, cobrindo parte do olho do gato. Essa doença ocular felina é de fácil diagnóstico e tem um tratamento simples, mas é importante que o auxílio veterinário entre em ação logo no início. O tutor deve observar se existe algo diferente nos olhos do gato!

    Cachorro tem tireoide? Veja a resposta!
    Saúde animal

    Cachorro tem tireoide? Veja a resposta!

    Você sabia que cachorro com hipotireoidismo é uma condição mais comum do que se imagina? A anatomia canina ao mesmo tempo que é bem diferente da humana, tem muitas coisas bastante parecidas. Diversos órgãos presentes no nosso corpo também existem - em diferentes proporções, é claro - no corpo do animal. Um deles é a tireoide. Todo cachorro tem tireoide e essa glândula é tão importante para eles quanto é para nós. Inclusive, é bem comum que o animal sofra com disfunções relacionadas a ela. 

    Ver Todas >