Cachorro

Os sons de cachorro mais comuns e seus significados

  Latido, rosnado e muito mais: cada som emitido pelo cão tem o seu significado
Latido, rosnado e muito mais: cada som emitido pelo cão tem o seu significado

Sabe quando a conexão com alguém é tão forte que as palavras acabam se tornando desnecessárias? Então, isso também acontece entre um cachorro e o seu tutor! Mesmo sem conseguir falar, o bichinho tem os seus próprios artifícios para transmitir ao dono o que está sentindo ou querendo. Por essas e outras razões, é essencial observar as atitudes do dog e estar sempre atento ao comportamento do animal.

É claro que a intimidade entre o cachorro e sua pessoa preferida já é meio caminho andado, porém, também é importante saber identificar os possíveis significados de cada som emitido pelo pet. Por isso, confira a seguir os sons de cachorro mais comuns e o que cada um quer dizer!

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Latidos podem significar uma série de coisas diferentes. Por isso, é importante observar tanto o som quanto o contexto do pet em cada situação
    Latidos podem significar uma série de coisas diferentes. Por isso, é importante observar tanto o som quanto o contexto do pet em cada situação

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia
    Comportamento animal

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia

    Manter a frequência de passeios no dia a dia do seu amigo de quatro patas é algo necessário para todas as raças de cachorro. Além dos benefícios que a socialização desses momentos traz, para muitos animais, essa caminhada é atividade física suficiente para o gasto de energia diário. Raças mais preguiçosas, que só devem se movimentar para manter a saúde, não precisam de muito tempo dedicado a essa área, mas nem todas são assim: para equilibrar, existem algumas raças de cachorro têm energia de sobra. Pensando no bem da saúde do seu animal e buscando evitar que ele desconte essa disposição acumulada em outras partes da casa, nós separamos algumas raças que precisam de agitação para ficar bem no dia a dia. Dá uma olhada!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Cachorro latindo

    O latido de um cachorro pode significar uma infinidade de coisas, já que o animal utiliza o som para se comunicar com o dono. Portanto, é importante conhecer bem o cãozinho para conseguir identificar as mensagens que o pet tenta passar. Veja os principais motivos pelos quais o cachorro late:  

    - Angústia e ansiedade: esse latido costuma ser estridente e repetitivo e pode ser provocado por sentimentos como isolamento ou separação. 

    - Tédio: quanto mais chateado o animal está, mais alto será o seu latido. O som causado por um latido de tédio costuma ser monótono e repetitivo.  

    - Alerta: agudo e seco, o latido de alerta pode ser bastante intenso. A capacidade auditiva dos cães é bem superior à dos homens, por isso, é natural que o bichinho tente avisar sobre a presença de possíveis ameaças.  

    - Demanda: os pets também tendem a latir quando querem alguma coisa do dono, como comida ou passear. Esse tipo de latido é agudo e persistente, sempre direcionado ao tutor.  

    - Medo: os latidos medrosos são baixos e rápidos, podendo ser até um pouco esganiçado. Quando isso acontecer, observe se algo pode estar assustando o animal ou se ele está sentindo algum tipo de dor.   

    - Diversão: esse é um dos mais fáceis de identificar! Basta olhar para o rabinho do cachorro. Se a cauda estiver se movendo freneticamente, quer dizer que o cão está se divertindo.

    O rosnado nem sempre indica agressividade, mas é, em geral, um sinal de que o cão está estressado
    O rosnado nem sempre indica agressividade, mas é, em geral, um sinal de que o cão está estressado

    Cachorro rosnando 

    Diferente dos latidos, o rosnado de um cachorro não apresenta tantos significados diferentes. Um cão rosnando pode estar incomodado com alguma coisa, seja uma brincadeira desagradável ou a presença de uma pessoa ou animal indesejado no ambiente. Quando isso acontecer, tente deixar o pet o mais confortável possível com a situação. Não adianta brigar!  

    Em alguns casos, é possível que o cachorro esteja apenas querendo brincar. Se o rosnado for baixinho, o animal pode estar doido para inventar moda, como puxar algum objeto ou criar uma disputa saudável com o tutor. Observe outros indícios da linguagem corporal do bichinho para ter certeza do que se trata. Algumas raças, como o rottweiler, rosnam de prazer quando estão sendo acariciados e paparicados por seus humanos preferidos.

    Cachorro uivando 

    O hábito de uivar é uma herança dos lobos, que utilizam esse som para encontrar membros da família ou reunir a alcateia para caça. Mas, não se engane, esses não são os únicos motivos pelos quais um cachorro pode uivar! Descubra os principais:  

    - Presença de uma cadela no cio  

    - Alertar outros cachorros 

    - Chamar atenção do dono 

    - Solidão 

    - Felicidade e animação 

    O uivo é um instinto primitivo que vem dos lobos e tem uma série de possíveis significados
    O uivo é um instinto primitivo que vem dos lobos e tem uma série de possíveis significados

    Cachorro chorando 

    Não é preciso escorrer lágrimas dos olhos do seu bichinho para entender que o cachorro está chorando, né? O choro do animal pode apontar que o cão está sentindo dores ou passando por algum tipo de angústia. Preste atenção no seu doguinho, principalmente durante brincadeiras perigosas ou interações com outros animais. Nesses momentos, as chances do peludinho se machucar são maiores.  

    A boa notícia que o choro do cachorro não significa necessariamente algo ruim. O pet também pode estar choramingando por entusiasmo. Como exemplos, podemos citar o retorno do dono após passar um tempo fora e a proximidade de passeios e brincadeiras adoradas pelo dog. Quando indica felicidade, o choro tende a ser suave e menos intenso, normalmente seguido por lambidas e saltinhos de alegria. 

    Cachorro ganindo ou lamentando

    Vocalizações agudas, geralmente anasaladas e com a boca fechada, podem ser interpretadas como um som de lamento do animal. O sentimento pode ser resultado de um desejo não realizado, como vontade de ir pra rua ou a separação de um companheiro (pessoa ou animal). Na maioria das vezes, é indicação de que o animal está passando por momentos de estresse.  

    Redação: Doris Marinho

    Por que o olho de gato brilha no escuro? Veja essa e outras curiosidades sobre o olhar felino

    Próxima matéria

    Por que o olho de gato brilha no escuro? Veja essa e outras curiosidades sobre o olhar felino

    Pug com alergia: saiba quais os tipos mais comuns da raça de cachorro pequeno
    Saúde

    Pug com alergia: saiba quais os tipos mais comuns da raça de cachorro pequeno

    Há quem pense que todos os cães enfrentam o mesmo tipo de problemas ao longo da vida, mas não é bem assim. Algumas raças de cachorro têm detalhes muito característicos na anatomia que favorecem o desenvolvimento de condições específicas. Uma prova disso são os casos de alergias em Pugs: por causa das dobrinhas e rugas que têm pelo corpo, eles acabam tendo uma propensão maior a desenvolver diferentes tipos de dermatites alérgicas. Por isso, ao dar as boas-vindas a um Pug na sua casa, o ideal é que você saiba o que pode causar essas alergias e como reagir caso o seu animalzinho apareça com algo do tipo. Hoje, o Patas da Casa vai ao seu socorro: descubra, aqui embaixo, mais sobre esse problema!

    Verme em cachorro filhote: veja os sinais mais comuns de que o cãozinho está sofrendo com verminoses
    Verme

    Verme em cachorro filhote: veja os sinais mais comuns de que o cãozinho está sofrendo com verminoses

    Os filhotes de cachorro são muito mais propensos a sofrerem com verme. Além da contaminação facilmente ocorrer pela amamentação, os filhotes ainda estão desenvolvendo o sistema imunológico e diversas funções do organismo. É por isso que a primeira dose do vermífugo para cachorro filhote deve ser feita aos 30 dias de vida, com reforço mensal até os seis meses, para garantir a saúde do pet. 

    Sintomas da doença do carrapato: veja os mais comuns e aprenda a identificar se seu cachorro está doente!
    Carrapato

    Sintomas da doença do carrapato: veja os mais comuns e aprenda a identificar se seu cachorro está doente!

    O carrapato é um dos principais parasitas que ameaça o dia a dia e a saúde de cachorros criados em casa. Além da infestação ser incômoda para o animal, ele também pode transmitir a doença do carrapato — que, na verdade, pode se manifestar no corpo do animal de quatro formas diferentes. Os sintomas da doença do carrapato são a primeira forma de identificar o que está acontecendo com o seu cachorrinho. Para esclarecer todas as dúvidas sobre a doença do carrapato em cachorro, nós conversamos com a veterinária Renata Bloomfield, do Rio de Janeiro. Dá uma olhada no que ela explicou aqui embaixo!

    Quais as doenças genéticas de cachorro mais comuns?
    Saúde

    Quais as doenças genéticas de cachorro mais comuns?

    Uma das melhores coisas para os pais e mães de pet é ver seus filhos de quatro patas fortes e saudáveis. Contudo, às vezes mesmo com todos os cuidados necessários para cuidar da saúde do animal, o cachorro pode acabar adoecendo, e, em alguns casos, o principal motivo para isso é a herança genética. Como muitos sabem, algumas raças de cachorro são mais predispostas para o desenvolvimento de certas doenças e, por isso, é preciso ter um cuidado redobrado com esses cães. A seguir, reunimos as doenças genéticas de cachorro consideradas mais comuns e quais as principais raças que são afetadas por elas.

    Ver Todas >

    Passear com cachorro: como deixar o pet menos ansioso ao ver a coleira e guia?
    Comportamento animal

    Passear com cachorro: como deixar o pet menos ansioso ao ver a coleira e guia?

    Passear com cachorro é uma das melhores formas de gastar energia dos animais domésticos. Os cães adoram sair de casa, fazer novos amigos e passar um tempo de qualidade com o tutor. O problema é que normalmente a hora do passeio desperta a agitação sem fim nos cãezinhos. Alguns, inclusive, não podem ver a coleira e a guia que já começam a pular e correr pela casa. 

    Brinquedos para cachorro filhote: veja as opções indicadas para o primeiro ano de vida
    Comportamento animal

    Brinquedos para cachorro filhote: veja as opções indicadas para o primeiro ano de vida

    O lado brincalhão dos cães permanece em todas as fases da vida. É por isso que os brinquedos para cachorro são super importantes para oferecer mais qualidade de vida ao pet. Mas é importante escolher o ideal para cada cãozinho: assim como existem brinquedos indicados para cada personalidade canina, a idade também influencia na decisão. Os brinquedos para cachorro filhote devem ser adequados para ajudar na dentição e no desenvolvimento do animal. 

    Por que gatos não gostam de carinho na barriga? Veja algumas teorias e explicações!
    Comportamento animal

    Por que gatos não gostam de carinho na barriga? Veja algumas teorias e explicações!

    Ao contrário do que muitos podem pensar, os gatos são animais que podem, sim, ser amáveis e carinhosos com os seus donos - eles só têm um jeitinho bastante próprio de demonstrar isso. O que acontece é que, diferente dos cães, os felinos são mais reservados e menos expansivos nessas demonstrações de afeto, mas quando é hora de receber carinho, eles gostam (e às vezes até procuram por isso). O problema é que não são todos os lugares do corpo do animal que são indicados para as carícias.

    5 coisas que o Border Collie é capaz de fazer por causa da sua inteligência
    Comportamento animal

    5 coisas que o Border Collie é capaz de fazer por causa da sua inteligência

    Pensa em um cãozinho esperto: esse é o Border Collie. Não é à toa que essa raça de cachorro é considerada a mais inteligente do mundo, de acordo com o ranking de inteligência canina elaborado pelo famoso psicólogo Stanley Coren. Mas o que diferencia o cachorro Border Collie das demais raças que existem? Como a inteligência desse doguinho se sobressai e o que ela permite que esses cães façam? 

    Ver Todas >