close
Cachorro

Os sons de cachorro mais comuns e seus significados

Qual o som que o cachorro faz? Latidos, rosnados e uivos sempre têm um significado
Qual o som que o cachorro faz? Latidos, rosnados e uivos sempre têm um significado

O som de cachorro é algo que sempre intriga os tutores, ainda mais quando o cãozinho surpreende com outros barulhos além do latido. É essencial observar a linguagem corporal do cão e estar sempre atento ao comportamento do animal para entender o que o som de cachorro - filhote ou adulto - significa. Mesmo sem conseguir falar, o bichinho tem os seus próprios artifícios para transmitir ao dono o que está sentindo ou querendo. 

É claro que a intimidade entre o doguinho e sua pessoa preferida já é meio caminho andado, porém, também é importante saber identificar os possíveis significados de cada ruído emitido pelo pet. Por isso, confira a seguir que som faz o cachorro e o que cada um deles quer dizer!

Barulho de cachorro: como os cães se comunicam?

A vocalização é muito importante para que os cães consigam transmitir o que sentem e o que querem. Por isso, os sons de cachorro latindo, uivando, chorando ou rosnando acabam fazendo parte do dia a dia da família. Mas como saber exatamente o que o seu cãozinho quer dizer e qual é o som do cachorro do momento? Pode parecer difícil em um primeiro momento, mas a verdade é que cada barulho que os cães emitem têm uma sonoridade e frequência diferentes. Decifrar a mensagem do seu amigo de quatro patas fica mais fácil com o tempo, principalmente depois que o tutor já sabe identificar qual o som que o cachorro faz quando está alegre, triste, nervoso ou com medo.

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
    Os sons de cachorro latindo podem significar uma série de coisas diferentes
    Os sons de cachorro latindo podem significar uma série de coisas diferentes

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    1) Sons de cachorro latindo

    Encontrar um cachorro latindo é algo comum e frequente. Esse barulho é uma das principais formas de comunicação animal, de forma que o latido de cachorro pode significar uma infinidade de coisas. Portanto, é importante conhecer bem o cãozinho para conseguir identificar as mensagens que o pet tenta passar. Veja os principais motivos por trás dos sons de cachorro latindo:  

    • Angústia e ansiedade: esse latido costuma ser estridente e repetitivo e pode ser provocado por sentimentos como isolamento ou separação

    • Tédio: quanto mais chateado o animal está, mais alto será o seu latido. Os sons de cachorro causados por tédio costumam ser monótonos e repetitivos.  

    • Alerta: agudo e seco, o latido de alerta pode ser bastante intenso. A capacidade auditiva dos cães é bem superior à dos homens, por isso, é natural que o bichinho tente avisar sobre a presença de possíveis ameaças.  

    • Demanda: os pets também tendem a latir quando querem alguma coisa do dono, como comida ou passear. Esse som de cachorro latindo é agudo e persistente, sempre direcionado ao tutor.  

    • Medo: os latidos medrosos são baixos e rápidos, podendo ser até um pouco esganiçado. Quando isso acontecer, observe se algo pode estar assustando o animal ou se ele está sentindo algum tipo de dor.   

    • Diversão: esse é um dos sons de cachorro latindo mais fáceis de identificar! Basta olhar para o rabinho do seu dog. Se a cauda estiver se movendo freneticamente, quer dizer que o cão está se divertindo.

    O som de cachorro rosnando pode significar que o animal não está se sentindo confortável em determinada situação ou lugar
    O som de cachorro rosnando pode significar que o animal não está se sentindo confortável em determinada situação ou lugar

    2) Sons de cachorro rosnando

    Diferente dos latidos, o rosnado de um cachorro não apresenta tantos significados diferentes. Quando acontece esse tipo de barulho, para o cachorro tem algo de errado. Ele provavelmente está se sentindo incomodado com alguma coisa, seja uma brincadeira desagradável ou a presença de uma pessoa ou animal indesejado no ambiente. Quando isso acontecer, tente deixar o pet o mais confortável possível com a situação. Não adianta brigar!  

    Em alguns casos, é possível que o cachorro esteja apenas querendo brincar. Se o rosnado for baixinho, o animal pode estar doido para inventar moda, como puxar algum objeto ou criar uma disputa saudável com o tutor. Observe outros indícios da linguagem corporal do bichinho para ter certeza do que se trata. Algumas raças, como o Rottweiler, rosnam de prazer quando estão sendo acariciados e paparicados por seus humanos preferidos.

    3) Sons de cachorro uivando

    O hábito de uivar é uma herança dos lobos, que utilizam esse barulho para encontrar membros da família ou reunir a alcateia para caça. Mas, não se engane, esses não são os únicos motivos para os sons de cachorro uivando! Descubra os principais:  

    • Presença de uma cadela no cio  
    • Alertar outros cachorros 
    • Chamar atenção do dono 
    • Solidão 
    • Felicidade e animação 
    Os sons de cachorro uivando fazem parte de um instinto primitivo que vem dos lobos
    Os sons de cachorro uivando fazem parte de um instinto primitivo que vem dos lobos

    4) Sons de cachorro chorando

    Não é preciso escorrer lágrimas dos olhos do seu bichinho para entender que o cãozinho está chorando, né? Os sons de cachorro chorando podem apontar que ele está sentindo dores ou passando por algum tipo de angústia. Preste atenção no seu doguinho, principalmente durante brincadeiras perigosas ou interações com outros animais. Nesses momentos, as chances do peludinho se machucar são maiores.  

    Esse é um som de filhote de cachorro muito comum, principalmente porque o pet ainda não aprendeu a se comunicar direito. Os filhotinhos podem chorar por absolutamente tudo: fome, frio, solidão, saudade da mãe, vontade de brincar… enfim, tudo! Por isso, vale redobrar a atenção com seu novo amiguinho para atender a todas as suas necessidades.

    A boa notícia é que o choro do cachorro não significa necessariamente algo ruim. O pet também pode estar choramingando por entusiasmo. Como exemplos, podemos citar o retorno do dono após passar um tempo fora e a proximidade de passeios e brincadeiras adoradas pelo dog. Quando indica felicidade, o choro tende a ser suave e menos intenso, normalmente seguido por lambidas e saltinhos de alegria. 

    5) Sons de cachorro ganindo ou lamentando

    Vocalizações agudas, geralmente anasaladas e com a boca fechada, podem ser interpretadas como um som de cachorro lamentando. O sentimento pode ser resultado de um desejo não realizado, como vontade de ir pra rua ou a separação de um companheiro (pessoa ou animal). Na maioria das vezes, é indicação de que o cachorrinho está passando por momentos de estresse.  

    Redação: Doris Marinho e Juliana Melo

    Publicada originalmente em: 21/01/2020

    Atualizada em: 31/08/2021

    Arranhador para gatos: benefícios, todos os tipos e modelos e como fazer

    Próxima matéria

    Arranhador para gatos: benefícios, todos os tipos e modelos e como fazer

    Ração para cachorro: quais os erros mais comuns na hora de alimentar um cãozinho?
    Ração

    Ração para cachorro: quais os erros mais comuns na hora de alimentar um cãozinho?

    É normal cometer alguns erros quando se trata da alimentação do cachorro, principalmente no caso de quem nunca teve um bichinho de estimação antes. Com o tempo e as orientações do veterinário, o tutor geralmente aprende o que o cão pode ou não pode comer, qual melhor ração para cachorro e a quantidade certa de comida que deve ser oferecida para o pet no dia a dia. O perigo é quando esses erros continuam acontecendo, porque isso pode acabar prejudicando a saúde do cachorro futuramente.

    Pug com alergia: saiba quais os tipos mais comuns da raça de cachorro pequeno
    Saúde

    Pug com alergia: saiba quais os tipos mais comuns da raça de cachorro pequeno

    Há quem pense que todos os cães enfrentam o mesmo tipo de problemas ao longo da vida, mas não é bem assim. Algumas raças de cachorro têm detalhes muito característicos na anatomia que favorecem o desenvolvimento de condições específicas. Uma prova disso são os casos de alergias em Pugs: por causa das dobrinhas e rugas que têm pelo corpo, eles acabam tendo uma propensão maior a desenvolver diferentes tipos de dermatites alérgicas. Por isso, ao dar as boas-vindas a um Pug na sua casa, o ideal é que você saiba o que pode causar essas alergias e como reagir caso o seu animalzinho apareça com algo do tipo. Hoje, o Patas da Casa vai ao seu socorro: descubra, aqui embaixo, mais sobre esse problema!

    Como acostumar cachorro com gato: 5 erros comuns que você deve evitar
    Comportamento

    Como acostumar cachorro com gato: 5 erros comuns que você deve evitar

    Ter mais de um bichinho de estimação é muito comum em muitas famílias, mas e quando os animais são de espécies diferentes, como cachorro e gato? Algumas pessoas acreditam que a relação entre eles é um pouco problemática, mas não precisa ser assim - inclusive, é super possível fazer com que os dois bichinhos sejam grandes amigos. Tudo é uma questão de saber como acostumar gato com cachorro para que eles aprendam a conviver de um jeito mais harmonioso.

    Verme em cachorro filhote: veja os sinais mais comuns de que o cãozinho está sofrendo com verminoses
    Verme

    Verme em cachorro filhote: veja os sinais mais comuns de que o cãozinho está sofrendo com verminoses

    Os filhotes de cachorro são muito mais propensos a sofrerem com verme. Além da contaminação facilmente ocorrer pela amamentação, os filhotes ainda estão desenvolvendo o sistema imunológico e diversas funções do organismo. É por isso que a primeira dose do vermífugo para cachorro filhote deve ser feita aos 30 dias de vida, com reforço mensal até os seis meses, para garantir a saúde do pet. 

    Ver Todas >

    Cachorro que come fezes: quais são as causas da coprofagia canina?
    Comportamento animal

    Cachorro que come fezes: quais são as causas da coprofagia canina?

    O cachorro que come fezes é uma situação que pode acontecer por diferentes motivos, mas sempre causa estranhamento entre os tutores. O hábito, também chamado de coprofagia canina, às vezes é encarado como algo engraçadinho, mas precisa de muita atenção. Isso porque a ingestão de fezes a longo prazo pode ser um verdadeiro problema para a saúde do seu amigo de quatro patas, que pode ser facilmente infectado por parasitas, bactérias e outros microrganismos presentes no dejeto.

    Gato Siamês e vira-lata: como identificar cada um?
    Comportamento animal

    Gato Siamês e vira-lata: como identificar cada um?

    O gato Siamês é uma das raças mais populares no Brasil. Já a raça de gato SRD (Sem Raça Definida), o famoso gato vira lata, também não fica para trás. Você com certeza já deve ter se esbarrado por aí com um filhote de gato vira-lata que tem as características do gato Siamês (olhos azuis, pelagem acinzentada e extremidades num tom mais escuro). Esse é um Siamês mestiço, conhecido como Sialata, uma mistura entre os dois. Mas como diferenciar os tipos de gatos siameses e vira-latas? 

    Qual a diferença entre o Pastor Alemão e o Pastor Belga?
    Comportamento animal

    Qual a diferença entre o Pastor Alemão e o Pastor Belga?

    As raças Pastor Alemão e Pastor Belga se parecem tanto que é comum que as pessoas confundam as duas raças de cachorro. Apesar de compartilharem algumas semelhanças, eles são bem diferentes em vários aspectos. Dá até para fazer uma lista de diferenças entre os dois cachorros, mas o ponto principal para conseguir distinguir um do outro é observar os detalhes do corpo de cada um. Tanto as características físicas quanto os aspectos comportamentais desses animais são bastante particulares. 

    Filhote de Pitbull: saiba o que esperar sobre o comportamento da raça
    Comportamento animal

    Filhote de Pitbull: saiba o que esperar sobre o comportamento da raça

    O filhote de Pitbull é um cãozinho que, assim como qualquer outro, precisa ser tratado com afeto. Apesar dos estereótipos que acompanham o American Pitbull Terrier — ou só Pitbull mesmo, como é conhecido por aqui —, as coisas nem sempre são o que parecem e o comportamento do Pitbull pode te surpreender. Além de fortes e super inteligentes, eles são carinhosos e apegados aos donos, principalmente às crianças.

    Ver Todas >