Comportamento

Meu gato está miando muito, o que fazer? Descubra o motivo do miado

Seu gato está miando muito? Conheça os motivos
Seu gato está miando muito? Conheça os motivos

O miado de gato é muito mais do que apenas um sonzinho. Donos que conhecem muito bem os seus animais conseguem identificar quando estão com dor, fome ou felizes apenas pelo miado. Mas quando o miado está exagerado é bom perceber outros comportamentos para identificar o real motivo. Filhotes de gato, por exemplo, costumam miar mais por separação da mãe, insegurança e até mesmo estranhamento do novo lar. Já quando separamos por raças, os campeões de miados são: gato siamês filhote, singapura e maine coon.

O que fazer para o seu gato miar menos

O principal motivo dos gatinhos miarem costuma ser chamar a atenção de seus donos e isso acontece porque os donos reforçam esse comportamento quando eles os recompensam. E aqui não estamos falando de petiscos e brinquedos, viu? Como são muito espertos, os gatos entendem como atenção o simples fato de o dono olhar para ele após o miado! E aí, já viu… Na lógica do gato, isso significa: “Miei, ele me olhou, deu certo! Vou miar toda vez que quiser atenção”.

Como acabar com o miado incessante? Ignorar o gato enquanto ele mia. Isso mesmo! Sem olhares e sem falar com eles - mesmo que com tom de bronca. Dessa forma, aos poucos, ele vai perceber que o miado não tem o mesmo efeito de antes e vai mudar o comportamento. A tática funciona para gatos que buscam atenção dos seus donos.

Quando os miados vierem de gatinhos que passam por situações de estresse de separação, super apego ao dono, estranhamento por um novo pet em casa ou mudança de residência, por exemplo, o trabalho poderá ser mais intensivo. Em alguns casos, dependendo do motivo, o bichano pode precisar de adestramento ou até mesmo florais e remédios que o acalmem. Lembrando que qualquer tratamento tem que ser orientado pelo veterinário responsável pelo seu gato, ok?

4 dicas para evitar os miados excessivos do seu gato

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    Saiba o que fazer se o seu gato miar muito
    Saiba o que fazer se o seu gato miar muito

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    Dica 1: rotina de brincadeiras e estímulos: se dar atenção reforça um comportamento, aproveite para fazer isso quando o seu gatinho estiver feliz, brincando ou interagindo com você;

    Dica 2: arranhadores e brinquedos: ajudam a gastar a energia e a aliviar o estresse do peludo ao longo do dia. Vale buscar modelos diferentes para descobrir quais os preferidos do seu pet;

    Dica 3: potes de comida com timer: se o motivo do rompante de miados for fome - principalmente se forem filhotes -, esses aparelhos que liberam a ração na hora certa ajudam a evitar que o dono levante de madrugada para dar comida para o gato;

    Dica 4: estabeleça um horário para dormir: tenha uma caminha confortável e em um local que tenha pouca luz depois de determinada hora do dia. A rotina ajuda a adaptar o bichano às regras da casa;

    Como identificar o miado de gato: veja abaixo como é o som de cada tipo de miado

    • Miado calmo e tranquilo: gato está querendo atenção;
    • Miado ronronando: o gato está feliz por receber ou dar carinho;
    • Miado rosnando: está com raiva e não quer que se aproximem;
    • Uivando: sinal de que ele pode atacar seja uma pessoa ou outro animal;
    • Miado tipo murmúrio: o gato está feliz e grato;
    • Miado alto e estridente: fêmea no cio.
    Hotel pet friendly: como funcionam as hospedagens que aceitam cachorros?

    Próxima matéria

    Hotel pet friendly: como funcionam as hospedagens que aceitam cachorros?

    Gato miando: tudo que você precisa saber sobre o miado de gato e seus significados
    Comportamento

    Gato miando: tudo que você precisa saber sobre o miado de gato e seus significados

    O miado de gato cumpre uma função essencial na linguagem felina e é uma das várias formas que o animal tem de se comunicar com os humanos e com outros bichinhos ao seu redor. Normalmente leva um tempinho até que o tutor consiga identificar os diferentes sons de gatos, mas quem já conhece bem o próprio pet consegue distinguir quando o animal está com dor, com fome ou feliz apenas por causa da vocalização.

    Norueguês da Floresta: tudo o que você precisa saber sobre a raça de gato
    Raças

    Norueguês da Floresta: tudo o que você precisa saber sobre a raça de gato

    O gato Norueguês da Floresta chama a atenção por onde passa, principalmente por conta do seu porte. Essa é uma raça de gato grande e que tem o corpo bem robusto, coberto por pelos longos e lisos, que deixam o bichano com uma aparência bem fofa e apertável. Também é um animal super gentil e carinhoso, e por isso consegue conquistar a todos com facilidade. 

    Adotar gato: 10 motivos que vão fazer você querer se apaixonar por um bichano
    Adoção

    Adotar gato: 10 motivos que vão fazer você querer se apaixonar por um bichano

    “Quero adotar um gato”. Se esse pensamento já passou alguma vez pela sua cabeça é porque falta pouco para um bichano te conquistar de vez - e, acredite, os gatos conseguem isso com uma facilidade incrível. Sim, é isso mesmo: por trás do jeitinho reservado, esses animais são puro amor e companheirismo, e tem tudo para se tornar grandes amigos dos humanos.

    Meu gato deita na caixa de areia: saiba como descobrir o motivo e o que fazer para evitar
    Caixa de areia

    Meu gato deita na caixa de areia: saiba como descobrir o motivo e o que fazer para evitar

    A caixa de areia é um dos principais utensílios que você precisa ter assim que recebe um gatinho em casa. Além de ser o único lugar onde o felino faz xixi e cocô, o acessório também é um sinal da personalidade organizada e higiênica que é comum nesses animais. Justamente por isso, quando seu gato começa a passar mais tempo do que o necessário na caixa de areia, deitando no recipiente e, às vezes, até dormindo por ali, você pode ter certeza que alguma coisa está errada! Descubra, aqui embaixo, o que pode estar causando esse comportamento e como você pode ajudar seu gato a parar de deitar na caixa de areia!

    Ver Todas >

    Comportamento animal

    "Meu cachorro destrói tudo": o que fazer e como direcionar o comportamento do pet?

    Quem tem um cachorro destruidor sabe bem a sensação de chegar em casa e encontrar o sofá destruído, o controle remoto mordido ou a caminha dele destroçada. Esse comportamento traz problemas tanto para o tutor quanto para o cão e, por isso, é importante saber como evitá-lo. Algumas mudanças na rotina, como comprar uma cama para cachorros destruidores e passear mais com o cachorro, podem ser necessárias para controlar seu pet. 

    6 sons que os cachorros odeiam
    Comportamento animal

    6 sons que os cachorros odeiam

    Sabia que existem sons que os cachorros odeiam? É isso mesmo: alguns ruídos e barulhos simplesmente são insuportáveis para os ouvidos dos pets. A explicação para isso está na audição canina, que é extremamente sensível. Para se ter uma ideia, os humanos são capazes de identificar frequências entre 16 e 20.000 Hz, enquanto um cãozinho chega a escutar até 40.000 Hz. 

    Adestramento de cães: como lidar com o cachorro latindo para outros cachorros no passeio?
    Comportamento animal

    Adestramento de cães: como lidar com o cachorro latindo para outros cachorros no passeio?

    “Meu cachorro faz escândalo quando sai” - se você está familiarizado com esse tipo de situação, deve estar se perguntando qual é a melhor forma de corrigir o comportamento do seu amigo de quatro patas, não é mesmo? Bom, a verdade é que quando o assunto é passear com o cachorro, cada bichinho reage de uma forma diferente. Alguns são mais tranquilos, enquanto outros são super agitados. Mas o que fazer quando o cachorro late muito no passeio?

    Anatomia externa canina: veja o infográfico e aprenda mais sobre as partes do corpo do cachorro
    Comportamento animal

    Anatomia externa canina: veja o infográfico e aprenda mais sobre as partes do corpo do cachorro

    A anatomia canina é tão fascinante que sempre aparece uma nova curiosidade para nos surpreender. Afinal, o universo dos cães é repleto de segredos! Todas as partes do corpo do cachorro possuem características, funções e estruturas completamente diferentes e igualmente interessantes. No caso da anatomia externa do cachorro, o foco fica em todas as partes que enxergamos só de olhar para o animal. 

    Ver Todas >