close
Saúde

Hiperqueratose canina: veterinário dermatologista tira todas as dúvidas sobre a doença de cachorro

Atualizado · 01 de dezembro de 2021 · 18h58

Publicado · 01/12/2021 · 18h58

  Hiperqueratose canina precisa ser tratada para não evoluir para algo mais grave
Hiperqueratose canina precisa ser tratada para não evoluir para algo mais grave

Você já ouviu falar na hiperqueratose canina? Essa doença de cachorro é pouco falada e muitos tutores acreditam que suas manifestações clínicas não são algo a que se preocupar. Mas na verdade essa doença que causa calo no cotovelo do cachorro não é um processo normal e sim patológico. É importante saber mais sobre a hiperqueratose em cães para que, caso o problema de saúde ocorra com seu pet, você saiba como lidar para não evoluir para algo mais grave. O Patas da Casa conversou com o médico veterinário William Klein, que é especialista em dermatologia veterinária, para esclarecer tudo sobre essa complicação.

O que é a hiperqueratose dos coxins?

A hiperqueratose em cães costuma acontecer em regiões do corpo do cachorro que possuem pouca gordura. Essa doença costuma ser mais comum em cães de porte grande e idosos, mas não é impossível de ocorrer com um cãozinho pequeno ou cachorro adulto, por exemplo. As características desse problema são bem específicas, como explica o médico veterinário William Klein: “A hiperqueratose é o aumento da espessura da pele (em especial em regiões de cotovelo), tornando uma pele mais espessa, sem pelos e mais grossa.”

Os joelhos e as patas do cachorro também são locais comumente afetados. Mas você sabe o que pode causar a hiperqueratose canina? Muita gente fica assustada quando descobre que o que pode influenciar é o próprio tipo de piso na casa do cachorro. “O atrito da pele com o piso ou chão onde o animal vive resultará com o com o tempo na hiperqueratose. Raças pesadas estão mais propensas devido ao maior atrito e peso”, conta William.

Hiperqueratose: cães podem sofrer complicações devido a atrito

Mesmo a hiperqueratose dos coxins ser um problema de fácil observação, muitos tutores não dão a devida importância aos calos. Apesar de parecerem inofensivos e apenas um problema de aparência, o calo no cotovelo do cachorro vai muito além disso. O problema é um desafio estético e em competições oficiais, cães com o problema são desclassificados. No entanto, as complicações podem ultrapassar o aspecto da beleza e evoluírem para inflamações graves, como explica o profissional: “Caso a hiperqueratose não seja corrigida, com um tempo a doença pode gerar lesões bem grandes. A famosa ferida de decúbito ou escara de decúbito é quando processo de inflamação já está presente no local.”

À princípio, os calos no cotovelo do cachorro não causam dor, mas o sintoma pode aparecer caso o problema evolua. “A hiperqueratose por si só não é dolorosa, mas quando temos infecção secundária do local, a resposta muda devido aos sinais de inflamação (dor, calor, rubor) gerando incômodo”, esclarece o veterinário.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
      O calo no cotovelo do cachorro pode inflamar caso não seja tratado
    O calo no cotovelo do cachorro pode inflamar caso não seja tratado

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    Calo: cachorro pode ser diagnosticado com hiperqueratose a partir da característica da lesão

    Identificar esse problema de saúde animal pode ser mais fácil do que parece, pois os calos da hiperqueratose em cães costumam ser bem característicos. “A identificação é relativamente fácil devido a singularidade das lesões”, fala o especialista. É importante que o tutor fique atento nas regiões que costumam ser mais afetadas como cotovelos, patas e joelhos. Caso você observe algum tipo de calo suspeito, a recomendação é levar o pet a um médico veterinário para a resolução do problema com um tratamento adequado.

    Hiperqueratose dos coxins: tratamento é feito com conjunto de cuidados

    Ao receber o diagnóstico da hiperqueratose canina provavelmente o médico veterinário irá receitar medicamentos para tratar os calos, porém além disso existe um conjunto de cuidados que pode ajudar o pet. "O tratamento é feito com a utilização de cremes e pomadas hidratantes, bem como a mudança do local, piso ou cimento da casa (se possível). A utilização de camas próprias (cobertas e colchões) com materiais que possam aliviar o peso do animal e consequentemente o atrito gerado também é importante”, explica William.

    Como prevenir a hiperqueratose canina?

    Agora que você sabe a gravidade do calo no cotovelo do cachorro deve estar se perguntando como prevenir o problema. Oferecer um local macio para que o pet descanse quando está fora de atividade dentro de casa pode fazer toda a diferença para que o problema não ocorra. A caminha de cachorro, ou até mesmo uma almofada ou colchonete para que o cão não deite no chão, são muito importantes para prevenir esse tipo de complicação. Vale lembrar também que a doença costuma estar ligada a animais que estão com sobrepeso, por isso controlar a alimentação do cachorro também é uma forma de prevenção. “Tratamento preventivo é a chave do sucesso”, conta o veterinário.

    Redação: Hyago Bandeira

    Anatomia felina: tudo sobre a respiração do gato, funcionamento do sistema respiratório, gripe em gatos e mais

    Próxima matéria

    Anatomia felina: tudo sobre a respiração do gato, funcionamento do sistema respiratório, gripe em gatos e mais

    Tudo sobre o Terra Nova: conheça todas as características desse cachorro grande
    Grandes

    Tudo sobre o Terra Nova: conheça todas as características desse cachorro grande

    O Terra Nova é uma raça de cachorro grande que, apesar do corpo musculoso e robusto, é muito dócil e amigável. Ele chama bastante atenção por conta do seu tamanho e também ser bem peludinho, lembrando bastante um ursinho de pelúcia - ou, nesse caso, um ursão. Dentre uma das características mais marcantes da raça, podemos destacar o seu lado atlético e a paixão que o cachorro Terra Nova tem por água. É isso mesmo: esta é uma das raças de cachorro que mais gosta de nadar e brincar na água.

    Neoplasia testicular canina: veterinária tira todas as dúvidas sobre o câncer de testículo em cachorros
    Sênior

    Neoplasia testicular canina: veterinária tira todas as dúvidas sobre o câncer de testículo em cachorros

    O câncer em cachorro é a principal causa de morte em cães acima dos dez anos de idade. No caso da neoplasia testicular canina – popularmente conhecida como câncer de testículo –, a doença afeta principalmente cachorros machos idosos não castrados. Além da idade avançada, a presença de testículos não descidos (criptorquidismo) é outro fator que contribui para a formação de tumor de cachorro no sistema genital.

    Fralda para cachorro: como e quando usar? Tire todas as dúvidas sobre o produto
    Cuidados

    Fralda para cachorro: como e quando usar? Tire todas as dúvidas sobre o produto

    Quem possui um cãozinho idoso ou com complicações urinárias, certamente já deve ter ouvido falar sobre a fralda para cachorro. Parecida com as fraldas para bebês, o acessório traz mais conforto para o animal e também pode ser usado em outras situações. Ainda assim, é preciso considerar algumas coisas e saber dosar o uso da peça para que ela não prejudique a saúde do seu amigo de quatro patas. Para entender melhor sobre o assunto, esclarecemos as principais dúvidas sobre fralda de cachorro. Dá uma olhada!

    Quanto custa uma castração de cachorro? Tire todas as dúvidas sobre valores do procedimento!
    Castração

    Quanto custa uma castração de cachorro? Tire todas as dúvidas sobre valores do procedimento!

    A castração de cachorro é um procedimento cirúrgico muito importante para a saúde e bem-estar de animais domésticos. Machos, fêmeas, adultos e filhotes podem passar pela cirurgia. Castrar um animal é sinônimo de cuidado e amor, pois é possível prevenir diversas doenças graves e ainda impacta no comportamento dos animais - evita fugas, reduz a agressividade e acaba com a marcação de território. Isso sem contar que a castração é a única forma de diminuir a quantidade de animais abandonados nas ruas.

    Ver Todas >

    Cio de cachorro: 6 curiosidades comportamentais sobre a fêmea nesse período
    Saúde animal

    Cio de cachorro: 6 curiosidades comportamentais sobre a fêmea nesse período

    Durante o cio de cadela, a cachorra passa por algumas mudanças comportamentais. Isso acontece porque nesse período há um aumento nos níveis de hormônios, o que acaba influenciando diretamente o comportamento da cachorra. Assim, o momento do cio de cachorro fêmea acaba sendo um momento sensível tanto para ela quanto para o tutor. Entender o que se passa com a cadela no cio é o primeiro passo para aprender a lidar melhor com o pet nesse período.

    Gato com diarreia: o que fazer?
    Saúde animal

    Gato com diarreia: o que fazer?

    O gato com diarreia é motivo de preocupação, pois este é um forte indicativo de que algo não vai bem no sistema digestivo do seu felino. A diarreia em gatos pode atingir desde o filhote ao gato adulto e saber como prevenir ou agir neste momento, até a próxima visita ao veterinário, pode ajudar o seu pet a lidar com esse problema que pode ser muito desagradável aos felinos e tutores. O Patas da Casa reuniu algumas informações muito importantes para ajudar você, que busca evitar mais sofrimento ao felino, mas não sabe oque fazer ao ver seu gato com diarreia.

    Fezes de cachorro com gosma: o que pode ser?
    Saúde animal

    Fezes de cachorro com gosma: o que pode ser?

    Normalmente, o cocô de cachorro apresenta uma coloração amarronzada e consistência firme. Quando sua aparência se torna diferente, é importante ligar o sinal de alerta. Um dos problemas mais observados é a presença de sangue nas fezes do cachorro. Porém, existe outra condição comum que chama a atenção: as fezes de cachorro com gosma. Existem diversos motivos por trás dessa condição. Muitas vezes, as fezes de cachorro com muco são apenas consequência de mudanças alimentares. 

    Infecção no pênis de cachorro: o que é, quais as causas e o que fazer
    Saúde animal

    Infecção no pênis de cachorro: o que é, quais as causas e o que fazer

    Devido a sua sensibilidade e exposição, o pênis de cachorro, sem um cuidado e higiene adequados, pode desenvolver algumas infecções. Além de ocasionar graves ferimentos ao órgão do animal, esses males podem comprometer o pênis do cachorro e trazer muita dor, principalmente no momento de urinar. Para evitar este sofrimento ao seu pet, é importante inspecionar a saúde geral do animal.

    Ver Todas >