Comportamento

Gato estressado: sinais mais comuns, causas e como evitar

Gato estressado: descubra o que causa o problema e como ajudar seu gato nesse momento
Gato estressado: descubra o que causa o problema e como ajudar seu gato nesse momento

Quem tem um gato em casa e convive com ele há um tempo sabe que a fama de temperamento forte e nada amigável é boato. Ainda assim, mesmo que o seu amigo seja carinhoso, ele pode se transformar em um gato estressado com facilidade, dependendo do que estiver acontecendo no dia a dia dele. Nesses períodos, a mordida de gato e o arranhão de gato se tornam normais. Por isso, muitos tutores se perguntam como acalmar um gato estressado — nós conversamos com a veterinária Caroline Mouco Moretti, da clínica Vet Popular, para descobrir a melhor maneira de lidar com um animal sob estresse. Olha o que ela contou! 

Gato estressado: como animal demonstra o estresse no comportamento?

Antes de tentar resolver o problema do seu gato estressado, você precisa conseguir identificar os sinais do problema no comportamento dele. Olha a lista de “sintomas” que a veterinária apontou para a gente: 

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    O gato estressado precisa de um tempo só para ele
    O gato estressado precisa de um tempo só para ele

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    O que pode deixar o gato estressado? 

    Por ser um animal metódico e bem apegado à própria rotina, as principais causas do estresse em gatos são as coisas que fogem do “controle” deles. “As alterações do ambiente físico e os fatores sociais são as principais causas de estresse nos gatos. Bons exemplos são as reformas na casa, as mudanças de mobiliário e situações que comprometem a conduta natural deles, como o aparecimento, introdução ou convivência com outros gatos em casa, os cheiros e a visão de outros animais, relações inadequadas com os donos (por exemplo, tentar ter demasiado contato com o gato) e visitas de outras pessoas ou animais”, explica Caroline. A forma das reações de estresse do animal vão variar de acordo com o temperamento do animal, do grau de sociabilização e da intensidade e duração de cada um dos fatores causadores do estresse. 

    Como acalmar um gato estressado: o que você pode fazer para tranquilizar seu amigo

    Não saber como agir ao reparar o comportamento de um gato arisco e estressado no seu amigo é completamente normal. A parte boa disso é que, geralmente, você não precisa fazer muita coisa. Dá uma olhada no que a Caroline contou: “a maioria dos gatos não gosta de ser manuseado quando está estressado e este é certamente o erro mais comum que os tutores cometem. O melhor é apenas ficar por perto, ter calma e paciência, especialmente se o animal estiver exposto a algo novo. Certifique-se de que ele tenha um local aconchegante ou alto onde possa se esconder em momentos de estresse”. Além disso, você também pode deixar alguns brinquedos para gatos à disposição: com o cheirinho do próprio arranhador, gatos tendem a ficar mais calmos, por exemplo. 

    Redação: Ariel Cristina Borges

    Veja 100 fotos de cachorro para se apaixonar!

    Próxima matéria

    Veja 100 fotos de cachorro para se apaixonar!

    Como acostumar cachorro com gato: 5 erros comuns que você deve evitar
    Comportamento

    Como acostumar cachorro com gato: 5 erros comuns que você deve evitar

    Ter mais de um bichinho de estimação é muito comum em muitas famílias, mas e quando os animais são de espécies diferentes, como cachorro e gato? Algumas pessoas acreditam que a relação entre eles é um pouco problemática, mas não precisa ser assim - inclusive, é super possível fazer com que os dois bichinhos sejam grandes amigos. Tudo é uma questão de saber como acostumar gato com cachorro para que eles aprendam a conviver de um jeito mais harmonioso.

    Bola de pelo em gatos: descubra as causas, os perigos e como evitar!
    Saúde

    Bola de pelo em gatos: descubra as causas, os perigos e como evitar!

    Os gatinhos são animais muito higiênicos e o ato de fazer a própria limpeza com a língua comprova isso. O banho de gato é uma cena muito fofa, nós sabemos, mas esse hábito pode resultar em bolas de pelo vomitadas pela casa. Ao se lamber, alguns fios podem ficar agarrados na superfície da língua e serem engolidos. Quando não eliminados, os pelos ficam presos no sistema digestivo do gatinho e se acumulam ali.

    Verme em cachorro filhote: veja os sinais mais comuns de que o cãozinho está sofrendo com verminoses
    Verme

    Verme em cachorro filhote: veja os sinais mais comuns de que o cãozinho está sofrendo com verminoses

    Os filhotes de cachorro são muito mais propensos a sofrerem com verme. Além da contaminação facilmente ocorrer pela amamentação, os filhotes ainda estão desenvolvendo o sistema imunológico e diversas funções do organismo. É por isso que a primeira dose do vermífugo para cachorro filhote deve ser feita aos 30 dias de vida, com reforço mensal até os seis meses, para garantir a saúde do pet. 

    Plantas tóxicas para gatos e cachorros: descubra quais espécies você precisa evitar
    Cuidados

    Plantas tóxicas para gatos e cachorros: descubra quais espécies você precisa evitar

    Quem se pergunta como cuidar de um cachorro ou gato por estar dando as boas-vindas a um desses animais em casa em breve vai descobrir que a adaptação do ambiente é mais do que necessária. Buscando a segurança e o conforto do seu novo amigo, é normal instalar telas de proteção e liberar um cantinho para a cama e a ração dele, mas muita gente passa direto pelas plantas: algumas espécies bem comuns em jardins, quintais e vasinhos são tóxicas quando ingeridas e podem até ser fatais.

    Ver Todas >

    Gato-de-bengala: quais os comportamentos selvagens que a raça possui?
    Comportamento animal

    Gato-de-bengala: quais os comportamentos selvagens que a raça possui?

    O gato Bengal - também conhecido como gato-de-bengala - tem uma história fascinante: a raça é derivada do cruzamento entre um felino doméstico e um leopardo selvagem. Na prática, isso quer dizer que, diferente da maioria dos gatinhos que vemos por aí, o gato Bengal tem uma aparência inusitada e um comportamento ainda mais instintivo por ser descendente direto de selvagens. 

    Setembro amarelo: 9 coisas que um cachorro ou gato pode fazer para te ajudar a enfrentar a doença
    Comportamento animal

    Setembro amarelo: 9 coisas que um cachorro ou gato pode fazer para te ajudar a enfrentar a doença

    No mês do Setembro Amarelo, as campanhas sobre a prevenção do suicídio ganham um grande destaque. Cuidar da saúde mental é muito importante, e o acompanhamento de médicos e terapeutas são fundamentais para auxiliar no tratamento de depressão. O que poucas pessoas sabem é que, aliado a isso, ter um bichinho de estimação também faz toda a diferença na vida de pessoas que convivem com a doença.

    Gato Munchkin: preço, comportamento e convivência com esse bichano
    Comportamento animal

    Gato Munchkin: preço, comportamento e convivência com esse bichano "rebaixado"

    O gato Munchkin - carinhosamente apelidado de gato “salsicha” - é um dos felinos mais adoráveis que existem. Ele tem pernas curtinhas e um corpo alongado, o que faz com que muitas pessoas se refiram a ele como gato rebaixado ou gato anão. Mas além da aparência inusitada, o que será que esse bichano tem de tão especial? A convivência com o Munchkin com certeza é algo surpreendente.

    5 coisas que o cachorro latindo pode significar
    Comportamento animal

    5 coisas que o cachorro latindo pode significar

    O cachorro latindo é um comportamento mais comum dos que os tutores esperam. Afinal, como todos sabem, os latidos fazem parte da linguagem canina e são uma forma do seu amigo de quatro patas se expressar. Mas você sabia que existem vários tipos de latidos de cachorro, e cada um deles representa uma situação diferente? É importante ficar atento ao comportamento animal, mas também treinar o seu ouvido para conseguir decifrar o verdadeiro significado por trás de um cachorro latindo.

    Ver Todas >