close
Cuidados

Gato com medo de ir ao veterinário: como preparar o pet dias antes da consulta?

Atualizado · 17 de maio de 2022 · 18h43

Publicado · 17/05/2022 · 17h30

O gato com medo de veterinário é comum, mas existem artimanhas que ajudam a diminuir o estresse dos bichanos
O gato com medo de veterinário é comum, mas existem artimanhas que ajudam a diminuir o estresse dos bichanos

O gato estressado ou com medo de ir ao veterinário é muito comum, principalmente quando o animal não está acostumado a sair de casa ou ficar “preso” na caixinha. Os felinos gostam de se sentir no controle do ambiente e são muito apegados com a rotina, então qualquer pequena mudança - como uma simples ida ao veterinário - pode deixar o gato com medo e irritado. Para evitar que o evento seja estressante para o seu amigo, é importante saber como acalmar um gato do jeitinho certo e deixá-lo mais acostumado com essas saídas. Veja o que causa o comportamento e dicas para amenizar!

Gato no veterinário: por que alguns animais têm medo e ficam nervosos?

Lidar com um gato medroso e assustado não é uma das tarefas mais simples, mas antes de tentar resolver o problema você deve buscar entender o lado do seu pet. Não se trata de drama e o seu gatinho não fica desse jeito porque ele quer, e sim porque a situação foge da sua zona de conforto e faz com que ele tenha que encarar desafios que não está acostumado. Novos cheiros, pessoas estranhas, barulhos diferentes: tudo isso é novidade para o animal. A questão é que, diferente dos cachorros, a maioria dos felinos não é receptiva com essas mudanças.

O gato com medo, na verdade, age dessa forma porque sair do seu próprio território é algo perturbador e que o deixa “exposto” a possíveis ameaças. Instintivamente, ele se sente assustado e sem saber como se comportar diante dessa situação. Por isso, cabe ao tutor encontrar artimanhas para deixar o gato medroso mais tranquilo durante as consultas de check-up (que são super importantes para manter a saúde felina).

Como acalmar o gato e prepará-lo antes da consulta veterinária?

1) Faça o pet se acostumar com a caixa de transporte para gatos algumas semanas antes. Esse é um ponto importante para que o animal enxergue a própria caixinha como um refúgio seguro durante todo o trajeto.

2) Coloque alguns pertences - como uma peça de roupa e brinquedos de gato - dentro da caixa de transporte. Assim o animal não vai se sentir em um ambiente completamente estranho, já que terá um cheiro familiar e acessórios para se distrair.

3) Utilize uma manta para cobrir a caixa de transporte para gatos. O contato visual com outros pets e pessoas pode deixar o gato com medo e irritado, então transformar a caixinha em uma espécie de “toca” é algo que funciona para deixá-lo mais tranquilo.

4) Não dê comida para o gato horas antes de ir ao veterinário. Isso é importante tanto para quem vai de carro, quanto para quem vai a pé até a clínica. O constante balanço da caixinha pode ocasionar enjoos e o resultado será um gato vomitando, irritado e com medo.

5) Dê preferência a clínicas especializadas em felinos. Esse tipo de ambiente normalmente é adaptado para a espécie e até ajudam na hora de como acalmar gato bravo. Isso acontece porque os profissionais sabem exatamente como lidar com a situação sem deixar o gato estressado.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Uma das formas de como acalmar gato é apresentando a caixa de transporte semanas antes
    Uma das formas de como acalmar gato é apresentando a caixa de transporte semanas antes

    Mais Lidas

    Veja 12 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 12 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente.

    Quanto tempo vive um gato?
    Cuidados dos animais

    Quanto tempo vive um gato?

    Afinal, um gato vive quantos anos? Não é mistério que a companhia de um bichano muda a vida de qualquer pessoa para melhor, e, se dependesse de nós, nossos gatinhos viveriam para sempre. No entanto, isso não é possível e muitos tutores têm dúvidas quando o assunto é a expectativa de vida. Gato, querendo ou não, é como se fosse um filho, e é muito fácil se apegar a esses animais no dia a dia. 

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!
    Cuidados dos animais

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!

    Ter um cãozinho em casa é só alegria, mas é sempre bom que o dono esteja preparado para lidar com alguns comportamentos inconvenientes do animal. Um deles é o xixi fora do lugar para deixar o cheiro em todos os cantos da casa. O que fazer para o cachorro parar de marcar território? O costume é desagradável e pode até tirar o sossego de muitos tutores por aí. Para te ajudar, separamos algumas dicas para evitar que o cachorro marque território em casa e faça xixi onde não deve. Acompanhe!

    Gato medroso: saiba como adaptar o felino com a caixa de transporte

    Acalmar gato é bem mais fácil quando o pet já está acostumado com a caixa de transporte. Mas como apresentar o acessório para o felino e fazer com que ele se sinta confortável ali? A associação positiva pode ajudar bastante nessas horas, mas outra estratégia que pode ser utilizada é deixar a caixa de transporte para gatos sempre disponível e com as portas abertas para que o animal possa entrar e sair quando desejar. Em algum momento ele vai querer explorar o território, e isso já cria uma familiaridade maior entre o gato e a caixinha.

    Além disso, você pode oferecer petiscos para gato sempre que ele entrar na caixinha por vontade própria. Essas atitudes fazem com que o animal relacione a caixa de transporte com algo positivo, e ele se sente estimulado a voltar para aquele lugar mais vezes. Outra dica é colocar alguns brinquedos para gatos e cobertores dentro do acessório, deixando-o ainda mais aconchegante. Dessa forma, na hora de ir com o gato no veterinário, o bichano já vai encarar a caixinha como refúgio e vai se sentir menos estressado nas visitas.

    Redação: Juliana Melo

    Como fazer o gato beber água? Tudo sobre a hidratação felina e prevenção de doenças

    Próxima matéria

    Como fazer o gato beber água? Tudo sobre a hidratação felina e prevenção de doenças

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?
    Saúde

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?

    O reiki é uma terapia holística muito comum entre os humanos, mas você sabia que o seu pet também pode aproveitar os benefícios desse tratamento? O reiki veterinário é uma técnica de cura pelas mãos que busca alinhar os centros de energia do corpo - chamados de chakras -, promovendo o equilíbrio energético do corpo e melhorando a saúde física, mental e espiritual do animal. Que tal entender como o reiki pode ajudar na hora de cuidar de cachorro e até a melhorar o comportamento do gato? Vem que a gente te explica tudo que você precisa saber sobre o assunto!

    Saúde do filhote de gato: tudo sobre as primeiras consultas no veterinário, vacinas e cuidados
    Filhotes

    Saúde do filhote de gato: tudo sobre as primeiras consultas no veterinário, vacinas e cuidados

    Receber um filhote de gato em casa te trará muita alegria, mas também muitas responsabilidades. Quem é pai de pet, sabe que uma das principais tarefas é se tornar quase que um especialista em saúde animal. Estar atento às vacinas, alimentação, doenças comuns e outros cuidados preventivos serão de grande ajuda para evitar que gatinho fique doente. Quando o felino ainda é filhote, esse cuidado precisa ser redobrado. Até porque, os bichanos filhotes ainda estão em desenvolvimento e podem correr um maior risco de ficarem doentes se não forem tomadas as precauções necessárias. Cuidados como a primeira visita ao veterinário, vermifugação, vacinação e castração são essenciais para a evolução saudável do filhote de gato. Além de tudo isso o tutor precisa saber a alimentação adequada para o gato filhote, como detectar sintomas de saúde comuns e muito mais. Se você ainda tem dúvidas de como cuidar de gato filhote, não se preocupe. O Patas da Casa reuniu informações sobre como promover bem-estar aos gatos filhotes. Não deixe de conferir!

    Você está pronta para ser
    Adoção

    Você está pronta para ser "mãe" de cachorro ou gato? As alegrias e desafios de adotar um pet

    Muito se discute sobre o termo “mãe de pet”. Algumas pessoas defendem o óbvio: não é biologicamente possível ter um filho de outra espécie. Mas quem já passou pela experiência de adotar cachorro ou gato sabe que os sentimentos que vão sendo construídos dia após dia, na convivência com o pet, são realmente fortes. Quando menos se espera, a palavra “filho” é utilizada para chamar o animal ou em um momento de carinho. Isso sem falar nas mudanças na rotina e na companhia constante. Naturalmente essas relações se estreitam e viram lindas histórias de família.

    Gato laranja: o que essa cor de pelagem pode indicar sobre a personalidade do pet?
    Comportamento

    Gato laranja: o que essa cor de pelagem pode indicar sobre a personalidade do pet?

    Não tem quem resista à fofura de um gato laranja. Mas você já parou para se perguntar como é a personalidade do gato alaranjado? Muitas pessoas acreditam que algumas características dos felinos estão intimamente relacionadas com a cor da sua pelagem e, segundo um estudo da Universidade da Flórida e Califórnia, nos Estados Unidos, há evidências de que isso é verdade. 

    Ver Todas >

    O que fazer ao levar uma mordida de gato?
    Cuidados dos animais

    O que fazer ao levar uma mordida de gato?

    Levar uma mordida de gato nunca é algo agradável. No entanto, há situações em que a mordida é bem leve e não passa de uma simples “brincadeira” do animal, e há casos em que os dentes de gato causam uma perfuração na pele, quadro que precisa de atenção. Se isso acontecer, uma das maiores preocupações é quanto ao que fazer ao levar uma mordida de gato na mão. Inchaço, vermelhidão e outros sintomas fora do comum devem ligar o alerta, não importa se é um felino caseiro ou de rua. 

    Como cuidar do gato no inverno? Veja o infográfico com várias dicas!
    Cuidados dos animais

    Como cuidar do gato no inverno? Veja o infográfico com várias dicas!

    Não é mistério que, mesmo sendo bem peludinhos, os gatos sentem frio e ficam bem incomodados quando a temperatura baixa. Por isso, no inverno, os tutores devem redobrar a atenção com os felinos, já que esses animais são conhecidos por disfarçarem o que sentem e nem sempre os sinais de um gato com frio são claros. Além disso, saber como aquecer os bichanos é fundamental - e é aí que entram estratégias como a roupa de inverno para gatos. 

    Onde colocar a caixa de areia do gato?
    Cuidados dos animais

    Onde colocar a caixa de areia do gato?

    A caixa de areia para gatos é, sem dúvidas, um dos itens mais importantes na hora de receber um felino em casa. Higiênicos por natureza, esses animais recorrem ao acessório por instinto para fazer as suas necessidades fisiológicas. No entanto, também pode acontecer de você flagrar um gato fazendo xixi e cocô no lugar errado, mesmo com a caixinha disponível. Nesses casos, a localização da caixa de areia pode ser um dos motivos que levam o bichano a agir desta forma.

    Quantas vezes um gato urina por dia?
    Cuidados dos animais

    Quantas vezes um gato urina por dia?

    Você já se perguntou quantas vezes um gato urina por dia? Essa dúvida é muito frequente e com certeza já passou pela cabeça de todos aqueles que vivem com os felinos, sobretudo os tutores de primeira viagem. Saber quantas vezes gato vai ao banheiro é importante para conhecer o comportamento do pet e até mesmo para identificar algo de errado com a saúde dele. 

    Ver Todas >