Gato

Gato com medo de ir ao veterinário: como preparar o pet dias antes da consulta?

Publicado - 17 Maio 2022 - 17h30

Atualizado - 18 Abril 2024 - 21h53

O gato estressado ou com medo de ir ao veterinário é muito comum, principalmente quando o animal não está acostumado a sair de casa ou ficar “preso” na caixinha. Os felinos gostam de se sentir no controle do ambiente e são muito apegados com a rotina, então qualquer pequena mudança - como uma simples ida ao veterinário - pode deixar o gato com medo e irritado. Para evitar que o evento seja estressante para o seu amigo, é importante saber como acalmar um gato do jeitinho certo e deixá-lo mais acostumado com essas saídas. Veja o que causa o comportamento e dicas para amenizar!

Gato no veterinário: por que alguns animais têm medo e ficam nervosos?

Lidar com um gato medroso e assustado não é uma das tarefas mais simples, mas antes de tentar resolver o problema você deve buscar entender o lado do seu pet. Não se trata de drama e o seu gatinho não fica desse jeito porque ele quer, e sim porque a situação foge da sua zona de conforto e faz com que ele tenha que encarar desafios que não está acostumado. Novos cheiros, pessoas estranhas, barulhos diferentes: tudo isso é novidade para o animal. A questão é que, diferente dos cachorros, a maioria dos felinos não é receptiva com essas mudanças.

O gato com medo, na verdade, age dessa forma porque sair do seu próprio território é algo perturbador e que o deixa “exposto” a possíveis ameaças. Instintivamente, ele se sente assustado e sem saber como se comportar diante dessa situação. Por isso, cabe ao tutor encontrar artimanhas para deixar o gato medroso mais tranquilo durante as consultas de check-up (que são super importantes para manter a saúde felina).

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Como acalmar o gato e prepará-lo antes da consulta veterinária?

1) Faça o pet se acostumar com a caixa de transporte para gatos algumas semanas antes. Esse é um ponto importante para que o animal enxergue a própria caixinha como um refúgio seguro durante todo o trajeto.

2) Coloque alguns pertences - como uma peça de roupa e brinquedos de gato - dentro da caixa de transporte. Assim o animal não vai se sentir em um ambiente completamente estranho, já que terá um cheiro familiar e acessórios para se distrair.

3) Utilize uma manta para cobrir a caixa de transporte para gatos. O contato visual com outros pets e pessoas pode deixar o gato com medo e irritado, então transformar a caixinha em uma espécie de “toca” é algo que funciona para deixá-lo mais tranquilo.

4) Não dê comida para o gato horas antes de ir ao veterinário. Isso é importante tanto para quem vai de carro, quanto para quem vai a pé até a clínica. O constante balanço da caixinha pode ocasionar enjoos e o resultado será um gato vomitando, irritado e com medo.

5) Dê preferência a clínicas especializadas em felinos. Esse tipo de ambiente normalmente é adaptado para a espécie e até ajudam na hora de como acalmar gato bravo. Isso acontece porque os profissionais sabem exatamente como lidar com a situação sem deixar o gato estressado.
 

gato com medo: gato na caixa de transporte

Gato medroso: saiba como adaptar o felino com a caixa de transporte

Acalmar gato é bem mais fácil quando o pet já está acostumado com a caixa de transporte. Mas como apresentar o acessório para o felino e fazer com que ele se sinta confortável ali? A associação positiva pode ajudar bastante nessas horas, mas outra estratégia que pode ser utilizada é deixar a caixa de transporte para gatos sempre disponível e com as portas abertas para que o animal possa entrar e sair quando desejar. Em algum momento ele vai querer explorar o território, e isso já cria uma familiaridade maior entre o gato e a caixinha.

Além disso, você pode oferecer petiscos para gato sempre que ele entrar na caixinha por vontade própria. Essas atitudes fazem com que o animal relacione a caixa de transporte com algo positivo, e ele se sente estimulado a voltar para aquele lugar mais vezes. Outra dica é colocar alguns brinquedos para gatos e cobertores dentro do acessório, deixando-o ainda mais aconchegante. Dessa forma, na hora de ir com o gato no veterinário, o bichano já vai encarar a caixinha como refúgio e vai se sentir menos estressado nas visitas.

Redação: Juliana Melo

Gato

As 8 raças de gatos mais brincalhonas e que não dispensam uma boa diversão

Há quem acredite que os felinos não são fãs de brincadeiras devido a natureza sutil e independente da espécie, mas essa afirmação nã...

Gato

Tutora registra o crescimento de filhote de Maine Coon laranja até ele virar um gato gigante

Quando o assunto é gato gigante, o Maine Coon é uma das raças de mais destaque. O gato Maine Coon é considerado a maior raça do mund...

Gato

As 7 raças de gatos que mais amam conviver com crianças - e os benefícios dessa relação são reveladoras

Para quem tem filhos e sempre quis ter um gatinho em casa, a boa notícia é que existem muitas raças de gatos que se dão bem com os p...

Gato

O motivo pelo qual os gatos amassam pãozinho revela um sentimento oculto sobre como eles veem os humanos

O gato amassando pãozinho é uma das características que mais despertam curiosidade sobre o universo felino. Se você não está acostum...

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Gato

As 8 raças de gatos mais brincalhonas e que não dispensam uma boa diversão

Há quem acredite que os felinos não são fãs de brincadeiras devido a natureza sutil e independente da espécie, mas essa afirmação nã...

Ver todas