Saúde

Gato com dor na coluna: como identificar e quais problemas o sintoma pode indicar?

O gato com dor na coluna manifesta várias alterações no comportamento. Saiba como identificar o problema!
O gato com dor na coluna manifesta várias alterações no comportamento. Saiba como identificar o problema!

Como perceber os sinais de um gato com dor na coluna? De maneira geral, pode ser muito difícil identificar uma condição dolorosa nos felinos; afinal, eles têm uma tendência natural de esconder a dor, dificultando o diagnóstico e o cuidado adequado quando mais precisam. Por isso, é crucial observar qualquer mudança física e de comportamento do gato para determinar se ele está precisando de ajuda para tratar uma enfermidade.

Apesar de não ser um problema muito comum, os gatos podem, sim, ter dores na coluna, decorrente de algumas doenças, ferimentos, movimentos bruscos e outras condições. Para falar um pouco sobre o assunto, nós batemos um papo com a médica veterinária Raquel Rezende, do Rio de Janeiro. Veja o que ela nos contou!

Quais são os sintomas de um gato com dor na coluna?

Identificar um sintoma de dor em gatos nem sempre é fácil. As mudanças de comportamento e apetite podem dar alguma indicação e, por isso, observar o animal no dia a dia é importante. “O dono do gato pode perceber que algum problema está causando a dor nas costas por meio de alguns sinais, como dificuldades para se levantar, andar e pular, além de condutas fora do habitual, como falta de apetite e prostração”, explica a veterinária. Aqui estão os principais indícios para ficar de olho:

• Mudanças de apetite (o gato deixa de comer, por exemplo);

• Fraqueza nos membros;

• Letargia;

• Mudanças de postura;

• Coluna arqueada;

• Pescoço rígido;

• Incapacidade ou relutância em virar a cabeça;

Miado de gato fora do comum (miar alto quando são tocados, por exemplo);

• Diminuição da atividade física;

• Incapacidade de subir, descer ou pular em lugares rotineiros.

Os sintomas de gato com dor na coluna variam em intensidade de animal para animal e, às vezes é difícil discernir de outras dores. Um gato com dor no quadril, por exemplo, pode ter quase os mesmos sinais de um desconforto nas costas e vice-versa.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    A raça de gato Munchkin, que têm as pernas curtinhas, é mais propensa a desenvolver problemas na coluna
    A raça de gato Munchkin, que têm as pernas curtinhas, é mais propensa a desenvolver problemas na coluna

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Quais são as causas mais comuns do gato com dor na coluna?

    Os fatores ou doenças que causam dor na coluna em gatos são diversos, incluindo traumas, infecções, distúrbios do disco vertebral, inflamações, luxações, câncer e doenças dos músculos ao redor da coluna vertebral.

    Algumas raças são mais propensas a ter problemas na coluna, assim como o aumento de peso dos felinos pode agravar a dor. “Não é muito comum os gatinhos apresentarem distúrbios de coluna, mas pode acontecer. Os principais fatores podem estar relacionados ao peso e a raça. Animais obesos tendem a ter mais problemas que animais mais magros. E raças com as patas mais curtas e a coluna mais alongada, como os Munchkins, também podem sofrer com desconfortos nas costas. 

    Quais são os métodos de prevenção da dor de coluna em gatos?

    Assim como outros problemas de saúde, as doenças que causam dores nas costas dos gatos também podem ser evitadas com cuidados simples, porém constantes dos tutores. “Você pode evitar a dor na coluna do gato mantendo o animal dentro do peso ideal, com alimentação de boa qualidade e praticando exercícios físicos regulares”, orienta a veterinária.

    Dor na coluna em gatos: como é o diagnóstico?

    Os tutores devem agir rapidamente ao identificar que o gato está sofrendo com algum desconforto na coluna. No consultório, o veterinário vai analisar o histórico detalhado da saúde do animal e realizar os primeiros exames físicos. Se a causa não for óbvia, o profissional fará exames complementares e testará outros recursos de diagnóstico, como  raios-x, ultrassonografia, hemograma completo, tomografia computadorizada e ressonância magnética. 

    Quais são as opções de tratamento para a dor na coluna de gatos?

    Caso o seu gatinho seja diagnosticado com alguma doença que esteja acarretando a dor na coluna, o plano de tratamento vai depender da natureza e complexidade do problema de saúde encontrado. Em alguns casos, o veterinário poderá prescrever um remédio para gato com dor (como uma medicação anti-inflamatória) para ajudar a gerenciar e tratar o desconforto. Se a origem dor for uma infecção, antibióticos poderão ser indicados pelo profissional. 

    Outras vezes, no entanto, o tratamento pode ser difícil e levar algum tempo para poder mostrar resultados. Algumas condições, como lesão medular, paralisia, câncer na medula espinhal e infecções nas vértebras e discos podem exigir intervenções mais invasivas, como cirurgias. 

    Redação: Guilherme Segal

    Cachorro estressado: 8 sinais de que o estresse está afetando a saúde do pet

    Próxima matéria

    Cachorro estressado: 8 sinais de que o estresse está afetando a saúde do pet

    Gato com dor de barriga: como identificar o desconforto e o que o sintoma pode indicar?
    Diarreia

    Gato com dor de barriga: como identificar o desconforto e o que o sintoma pode indicar?

    O sofrimento com dores de barriga não é algo exclusivo ao mundo dos humanos: os nossos bichanos também podem ter esse incômodo. A diarreia em gatos pode ser causada por diferentes razões, desde uma simples mudança na alimentação até problemas mais graves, como a panleucopenia felina. Ainda assim, por serem animais extremamente higiênicos, nem sempre é fácil identificar quando ele está passando por esse problema. Para te ajudar a reconhecer os sinais, nós juntamos aqui embaixo tudo o que você precisa saber sobre gato com dor de barriga. Dá uma olhada!

    Gato envenenado: aprenda a identificar os sintomas e o que fazer de imediato!
    Saúde

    Gato envenenado: aprenda a identificar os sintomas e o que fazer de imediato!

    Infelizmente, a ideia de que os gatos estão 100% seguros dentro de casa é uma ilusão. Os felinos são animais curiosos e suas peripécias podem acabar transformando qualquer ambiente controlado em um mar de perigos. Por isso, é muito importante se manter atento aos sinais comportamentais e físicos do animal para identificar possíveis problemas, como intoxicações e envenenamentos. Em momentos como esses, pensar rápido e saber agir de imediato pode fazer toda a diferença! Por isso, descubra o que fazer caso o seu gato seja envenenado ou intoxicado!

    Gato obeso: quando o aumento de peso indica um problema mais sério?
    Saúde

    Gato obeso: quando o aumento de peso indica um problema mais sério?

    Os felinos já são animais considerados muito fofinhos. Se eles estão mais gordinhos, então, não há quem resista àquele charme. Mas, um gato obeso pode apresentar sérios problemas de saúde. Afinal, não é de sua natureza (e do biotipo) que estejam acima do peso. Até mesmo os gatos gigantes devem ter um peso compatível com seu tamanho para se manter saudável. Quer entender melhor os riscos que gatos obesos sofrem? Nós conversamos com a veterinária Madelon Chicre: ela explicou todos os problemas que podem vir com a obesidade e o que fazer caso o seu gatinho esteja com excesso de peso. Chega mais!

    Cachorro mancando? Veja quais problemas de saúde o sintoma pode indicar
    Saúde

    Cachorro mancando? Veja quais problemas de saúde o sintoma pode indicar

    Quem tem um cão em casa, sabe bem o quanto brincar, correr e saltar são atividades saudáveis presentes no dia a dia do animal. Sendo assim, encontrar o cachorro mancando pode ser um sinal de que algo não vai bem com o seu pet. Desde um simples machucado à quadros mais graves, como displasia coxofemoral e artrite, o sintoma pode indicar várias condições diferentes. Por isso, é importante ficar atento a qualquer comportamento diferente no seu amigo. Para entender um pouco mais sobre o que causa esse problema e como tratá-lo, separamos os principais problemas de saúde que o sintoma pode indicar.

    Ver Todas >

    Quais são os cuidados com gatos renais crônicos?
    Saúde animal

    Quais são os cuidados com gatos renais crônicos?

    Se você é um gateiro, com certeza já ouviu falar sobre o perigo das doenças renais nos felinos. Se os cuidados são importantes em qualquer fase de vida do pet, no caso de um gato com insuficiência renal a preocupação é maior ainda. A insuficiência renal em gatos é uma doença que acomete principalmente os felinos idosos, mas também pode ser comum em outras idades e também na raça de gato Persa, que possui predisposição genética para esse tipo de problema. 

    Icterícia em cães: entenda o que é o problema e os sinais mais comuns
    Saúde animal

    Icterícia em cães: entenda o que é o problema e os sinais mais comuns

    Se você nunca ouviu falar na icterícia em cães, chegou a hora de entender um pouco mais sobre o problema que, embora não seja uma doença, é um sinal clínico que pode indicar que a saúde do cachorro não vai muito bem. Mas então, como identificar a icterícia canina e quais são as principais causas associadas a esse sintoma?

    Quais são as doenças de cachorro mais comuns no verão e como evitá-las?
    Saúde animal

    Quais são as doenças de cachorro mais comuns no verão e como evitá-las?

    Com a chegada do verão, é necessário redobrar os cuidados com o cachorro e também com a sua saúde. Os peludos costumam aproveitar bastante essa época, já que os passeios e banhos de mar ou piscina são mais frequentes. No entanto, a mudança de rotina vem acompanhada de uma grande preocupação, que é a proliferação de certas doenças de cachorro que ocorrem nessa época. Otite canina, desidratação e até mesmo infestação de pulgas e carrapatos são problemas bastante comuns no verão. 

    Verme em cachorro filhote: veja os sinais mais comuns de que o cãozinho está sofrendo com verminoses
    Saúde animal

    Verme em cachorro filhote: veja os sinais mais comuns de que o cãozinho está sofrendo com verminoses

    Os filhotes de cachorro são muito mais propensos a sofrerem com verme. Além da contaminação facilmente ocorrer pela amamentação, os filhotes ainda estão desenvolvendo o sistema imunológico e diversas funções do organismo. É por isso que a primeira dose do vermífugo para cachorro filhote deve ser feita aos 30 dias de vida, com reforço mensal até os seis meses, para garantir a saúde do pet. 

    Ver Todas >