close
Comportamento

Gato amassando pãozinho: entenda o que é esse comportamento felino e o que significa na rotina dos bichanos

Atualizado · 02 de maio de 2022 · 15h50

Publicado · 02/05/2022 · 15h49

  Gato amassando pãozinho é algo positivo que demonstra conforto e felicidade
Gato amassando pãozinho é algo positivo que demonstra conforto e felicidade

Gato amassando pãozinho é uma das coisas mais fofas que existem e se você nunca viu, tem vários vídeos na internet que podem provar. Você sabe porque os felinos têm esse hábito? O ato de afofar superfícies não é exclusivo apenas de um ou dois gatos, grande parte dos bichanos também tem esse comportamento, que é bem característico da espécie. Mas, não se preocupe, gato amassar pãozinho é um bom sinal, mas se o seu gatinho nunca fez isso ou não faz com frequência, não há nada de errado com ele, tá? Existem diversas explicações para esse comportamento felino e vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre o assunto!

O que é amassar pãozinho?

Se você nunca viu um gato amassando pãozinho, deve estar tentando imaginar sobre o que estamos falando. Não, não é sobre um gato amassar um pão em si, mas sim da mania de gato de ficar afofando superfícies macias. Esse comportamento é chamado de “fazer pãozinho”, devido à maneira semelhante que os padeiros amassam ritmicamente a massa que, no caso dos bichanos, pode ser uma coberta, uma caminha, uma almofada ou até o colo do dono.

Esse comportamento pode ser apresentado em gatos bem filhotinhos e até por felinos idosos. Se você observar um gato enquanto ele faz pãozinho, pode notar que ele sempre parece relaxado, calmo e satisfeito. Muitos gatos ronronam, adormecem ou simplesmente relaxam, fecham os olhinhos e aproveitam o momento. Por isso, esse hábito é tido como uma expressão positiva, que significa que eles estão se sentindo seguros e confortáveis.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
      Gato afofando o dono pode ser uma forma de dizer "eu te amo" para seu humano de estimação
    Gato afofando o dono pode ser uma forma de dizer "eu te amo" para seu humano de estimação

    Mais Lidas

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!
    Comportamento animal

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!

    Gato cinza, branco, preto, laranja, rajado ou com cores misturadas: o que não falta é variedade quando o assunto é a cor do gato. Esse, inclusive, acaba sendo um dos maiores critérios que os tutores usam na hora de adotar um bichano e, acredite se quiser, isso pode ajudar bastante a entender o comportamento do animal no dia a dia. Nem todo mundo sabe, mas é possível definir a personalidade dos gatos pela cor (ou pelo menos chegar muito próximo disso).

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?
    Comportamento animal

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?

    A linguagem corporal canina é tão expressiva que às vezes é possível entender os cães mesmo que eles não falem. Seja qual for a personalidade do cachorro, todos têm um comportamento canino tão revelador que, só de movimentar as orelhas, já dá para perceber o que o pet sente ou quer. Porém, não são apenas os humanos que compreendem a linguagem de cachorro. Já aconteceu de você falar algo com seu cãozinho e ele, imediatamente, virar a cabeça?

    Entenda o porquê dos gatos amassarem pãozinho

    Ainda não se chegou a uma única explicação sobre qual o significado de porque os gatos amassam pãozinho. Existem algumas teorias mais aceitas, mas no geral pode ser um sinal de gato feliz, satisfeito e se sentindo acolhido. Algumas dos motivos que explicam o motivo desse hábito no dia a dia são:

    • Reflexo do comportamento de filhote

    Amassar pãozinho pode ser um comportamento remanescente da infância quando os gatinhos amassavam durante a amamentação felina, e essa sensação reconfortante continua na idade adulta. Uma teoria afirmava que gatos adultos que amassavam eram separados de sua mãe muito cedo, mas evidências mostram que os gatos que costumam fazer pãozinho, fazem o independentemente de como ou quando foram desmamados. Alguns gatinhos ainda podem tentar mamar o cobertor enquanto o afofam.

    • Demonstrar contentamento 

    Gatos felizes parecem amassar pãozinho para mostrar que estão contentes. Os gatos costumam fazer esse movimento enquanto são acariciados ou quando se aconchegam em um local confortável para cochilar. Seu gato também pode amassar pãozinho no seu colo para mostrar amor e contentamento, e depois se acomodar para uma soneca e até ronronar. Alguns gatinhos até amassam pãozinho no chão enquanto comem, mostrando que estão satisfeitos por estarem se alimentando.

    • Para tornar o local mais apropriado para descanso

    Semelhante ao comportamento dos cachorros em girar em círculos antes de se deitar, amassar pãozinho pode ajudar os gatos a deixar um local mais confortável para dormir. Ancestrais felinos amassavam grama alta para preparar o local antes de dormir, e esse comportamento do gato de quando ainda eram selvagens pode ainda estar presente em nossos gatinhos domésticos.  

    • Para marcar território

    Os gatos são fortemente motivados pela comunicação relacionada ao cheiro, que é um forte marcador para reivindicar territórios, deixar uma mensagem para outros gatos e até para atrair fêmeas. Você sabia que o gato marcando território manifesta isso esfregando a bochecha contra sua perna ou um objeto? É assim que ele deixa o próprio cheiro nesses locais. Os gatos também têm glândulas odoríferas nas patinhas, o que sugere que também colocam seu próprio cheiro na área onde afofam com as patas. Isso faz com que o local fique com o cheirinho deles e, consequentemente, se torne mais reconfortante e familiar.

    • Para demonstrar carinho 

    Alguns gatos costumam amassar pãozinho nos donos enquanto ganham carinho. Quando eles fazem isso, pode ser um sinal de demonstração de afeto, para mostrar que eles amam seus donos e que estão se sentindo felizes e amados. O amor de gato se manifesta nos detalhes.

    • Amassar pãozinho pode ser um sinal de cio 

    Os gatos no cio também podem amassar pãozinho. Quando fazem isso, as fêmeas demonstram aos gatos machos que estão prontas para  o acasalamento. As gatinhas podem exibir outros comportamentos junto a isso, como vocalizar bastante, demonstrar mais carinho do que o habitual e implorar para ir na rua. Esse tipo de comportamento pode ser controlado com a castração do gato..

    • Para se alongar

    Assim como os humanos precisam de um bom alongamento de vez em quando, os gatos também costumam se alongar, e amassar pãozinho é ótimo para isso. Quando os gatos amassam, eles estendem os braços alternadamente durante o movimento, o que pode ser uma versão felina de ”esticar as pernas” para ativar os músculos e estimular a circulação.

      Gato fazendo pãozinho pode ser reflexo do comportamento de quando era filhote
    Gato fazendo pãozinho pode ser reflexo do comportamento de quando era filhote

    Alguns gatos não amassam pãozinho, mas isso é normal

    Alguns gatinhos não costumam amassar pãozinho, mas  isso não significa que tem algum problema com eles. Se o seu gatinho nunca teve esse hábito, pode ser que ele demonstre contentamento e relaxamento de outra forma. Alguns felinos têm esse comportamento mais do que outros, o que é completamente normal. Mas, se o seu miau sempre afofou as patas e de repente parou, essa mudança de comportamento pode ter alguma causa, como o gato estressado ou apenas desconfortável com alguma situação. Troca de ração, mudança de casa ou a chegada de um novo pet são alguns possíveis motivos para uma mudança comportamental. Caso isso esteja acompanhado de outros sinais, você pode levar o gatinho ao veterinário para investigar mais a fundo. 

    Devo fazer meu gato parar de amassar pãozinho?

    Não é necessário. Amassar pãozinho é um hábito completamente normal e saudável para os felinos. No entanto, mesmo que seja um costume fofo e carinhoso, eles podem não ter noção do quão afiadas são suas unhas. Por isso, às vezes, o ato de afofar as patas no colo do tutor pode não ser algo muito confortável, mesmo que nos sintamos honrados. Por isso, a melhor maneira de evitar que o seu gatinho acabe te furando e arranhando enquanto amassa pãozinho é manter a unha dele sempre aparada. Assim, é muito mais fácil prevenir um machucado e você poderá curtir esse momento de carinho. 

    Se você tiver experiência, é possível cortar as unhas de gato em casa, com cortadores especiais. Outras formas de fazer com que ele pare de amassar pãozinho em você ou em algum objeto, você pode incentivar seu gato a fazer isso em outro lugar mais apropriado. Usar brinquedos e petiscos são uma ótima forma de direcionar a atenção do seu gato para um cobertor macio ou bicho de pelúcia. Outra opção é reservar um cobertor felpudo especialmente para ele poder afofar com as patas.

    Por que meu gato amassa tanto pãozinho?

    Alguns gatos podem amassar mais do que outros. A explicação é que alguns bichanos são mais carentes do que outros e usam isso como mecanismo de conforto. É essencial ser paciente e entender o seu gato. Mas, se você notar que o gatinho está amassando pãozinho obsessivamente, pode ser um sinal de distúrbio comportamental, que ocorre em gatos ansiosos. Essas ações compulsivas podem liberar substâncias químicas no cérebro, que aliviam a ansiedade. 

    Este tipo de comportamento é mais comum em gatos que ficam estressados ??por ter pouco espaço ou falta de brincadeiras e atividades. Por isso, seu gatinho precisa de um ambiente onde possa brincar. invista na gatificação da casa, brinquedos e arranhadores - e sempre reserve um momento para brincar com ele. Caso você note que o comportamento dele está muito alterado, é importante levá-lo ao veterinário para um check-up.

    Redação: Fernanda Orrico

    Edição: Luana Lopes

    Gatos sonham? O que significa sonhar com gato? Entenda tudo sobre o sono dos felinos e outras curiosidades

    Próxima matéria

    Gatos sonham? O que significa sonhar com gato? Entenda tudo sobre o sono dos felinos e outras curiosidades

    Pancreatite em gatos: entenda mais sobre a doença que atinge os felinos
    Saúde

    Pancreatite em gatos: entenda mais sobre a doença que atinge os felinos

    Uma das doenças gastrointestinais mais sérias e conhecidas entre os humanos também possui a sua versão no universo felino: a pancreatite em gatos tem uma ação bastante similar no corpo dos nossos bichanos e também precisa de tratamento imediato para não causar danos à saúde do gato. É claro que isso se torna motivo de preocupação para os gateiros, mas não se assuste! A pancreatite felina tem tratamento e é possível diminuir o avanço da doença com alguns cuidados simples. 

    Por que os gatos dormem tanto? Entenda as horas de sono dos felinos
    Comportamento

    Por que os gatos dormem tanto? Entenda as horas de sono dos felinos

    Não importa se você ainda está se acostumando com os hábitos de um gato ou se já tem a companhia de um deles em casa: todo mundo se espanta com a quantidade de tempo que os gatinhos passam dormindo durante o dia. A pergunta que é um clássico e deve bater recordes nos consultórios veterinários reforça a preocupação que muita gente tem com a rotina de sono dos felinos: afinal de contas, o sono em excesso é normal ou é preciso se preocupar? Descubra mais sobre a rotina de sono dos gatos que muitos de nós gostaríamos de copiar!

    Cachorro e gato juntos: como acostumar os pets com a nova rotina!
    Adestramento

    Cachorro e gato juntos: como acostumar os pets com a nova rotina!

    A rivalidade entre cães e gatos é tão histórica que até ditado popular ela já virou. Mesmo assim, no dia a dia o que não falta por aí são donos de pet que não conseguem decidir entre uma das espécies e dividem o amor com os cachorros e gatos ao mesmo tempo e embaixo do mesmo teto. A parte boa disso é que você não precisa aceitar que eles vão viver sempre em pé de guerra: juntar cachorro e gato em casa é possível, sim! Descubra, aqui embaixo, como você pode aproveitar a companhia de dois animaizinhos completamente diferentes, mas que também podem se tornar super amigos!

    Adotar gato: os produtos que o tutor precisa comprar antes de levar o bichano para casa
    Adoção

    Adotar gato: os produtos que o tutor precisa comprar antes de levar o bichano para casa

    A empolgação de adotar gato muitas vezes toma conta da gente, mas essa não pode ser uma atitude impulsiva. Pelo contrário, deve ser muito bem planejada para fornecer tudo que o bichano precisa nos primeiros dias. Os gatos preenchem o ambiente com muito amor e alegria, mas também exigem alguns cuidados especiais com a higiene, alimentação e outras coisinhas. Felizmente existem alguns produtos capazes de ajudar a deixar o animal mais familiarizado e confortável no seu novo lar, como a caixa de areia para gatos. 

    Ver Todas >

    Enriquecimento ambiental para cães: o que é?
    Comportamento animal

    Enriquecimento ambiental para cães: o que é?

    Já ouviu falar no enriquecimento ambiental para cães? Apesar do conceito parecer novo, ele já faz parte da vida dos nossos doguinhos há um bom tempo: trata-se de estímulos físicos, mentais e sociais que melhoram o bem-estar e a qualidade de vida dos nossos pets. Isso pode incluir desde brinquedos para cachorro e brincadeiras, até passeios e socialização com outros animais e pessoas. 

    Enriquecimento ambiental para gatos: o que é?
    Comportamento animal

    Enriquecimento ambiental para gatos: o que é?

    O enriquecimento ambiental para gatos é um cuidado necessário para oferecer uma boa qualidade de vida aos nossos amigos de quatro patas. Apesar da domesticação ter acontecido há bastante tempo, vários instintos permaneceram com os felinos ao longo dos anos e é importante não inibir isso. Na verdade, os tutores devem saber como direcionar o comportamento do animal para os lugares certos - e é aí que entra a ideia de enriquecimento ambiental. 

    Cachorro uivando: tudo sobre o comportamento canino
    Comportamento animal

    Cachorro uivando: tudo sobre o comportamento canino

    O uivo de cachorro desperta muita curiosidade em nós, humanos. Diferente do latido, esse som é bem mais alto e envolve uma expressão corporal bem específica: de pé ou sentados, os cães inclinam a cabeça para trás, levantam o focinho, olham para cima e então emitem o uivo. É um gestual que lembra bastante seus ancestrais, os lobos, e que serve basicamente para a comunicação. Descubra tudo sobre cachorro uivando!

    Gato selvagem: conheça a história das raças silvestres originárias do Brasil
    Comportamento animal

    Gato selvagem: conheça a história das raças silvestres originárias do Brasil

    Mesmo que o gato doméstico seja mais conhecido, os gatos selvagens continuam por aí nos mais diferentes habitats. Claro que eles não são encontrados andando na rua e nem podem viver dentro de casa, mas fora dos meios urbanos existem diferentes espécies. E se você pensa que gatos silvestres só existem em locais bem distantes do mundo, você está bem enganado. Uma thread no Twitter feita pela Bárbara Ruzzi enumerou 10 espécies de gato selvagem brasileiro. Sim, nosso país é o lar de muitos gatos silvestres por aí! 

    Ver Todas >