Alimentação

Frutas para cachorros: um guia completo dos alimentos que podem ser acrescentados na dieta dos pets

Descubra a seguir quais   frutas que cachorro pode comer e qual é a melhor forma de oferecê-las!
Descubra a seguir quais frutas que cachorro pode comer e qual é a melhor forma de oferecê-las!

A alimentação do cachorro é um dos aspectos mais importantes na hora de cuidar do seu amigo de quatro patas. Saber o que um cão pode ou não comer, inclusive, é obrigação de todo tutor. Por isso, é comum que algumas dúvidas apareçam na hora de procurar quais frutas cachorro pode comer, já que, embora esses alimentos tragam vários benefícios para a saúde dos humanos, algumas frutas podem acabar sendo prejudiciais para a saúde dos doguinhos. Sendo assim, o Patas da Casa resolveu esclarecer de uma vez por todas as frutas que os cachorros podem comer ou não, e como o tutor deve oferecê-las aos animais, além de explicar todos os benefícios desses alimentos. Veja só!

Cachorro pode comer frutas e elas até fazem bem para a saúde

Que as frutas são alimentos bastante nutritivos, todo mundo sabe. Mas é importante ter em mente que o organismo de um cachorro é totalmente diferente do nosso, e esses animais nem sempre conseguem digerir algumas comidas da mesma forma que a gente. É por isso que não se pode dar todas as frutas para cachorro, já que algumas são consideradas proibidas e podem fazer bastante mal para a saúde do seu bichinho. No entanto, existem algumas exceções, e que são ótimas opções para servir como um petisco nos momentos de descontração para o seu cão. Mas atenção: mesmo que elas se encaixem na lista de frutas que pode dar para cachorro, é importante saber como oferecê-las para o seu pet da melhor forma e com a frequência correta. Nada de exageros, hein?

Frutas: cachorro pode comer o alimento como petisco de vez em quando

Equilíbrio é tudo, e na hora de dar frutas para cachorro isso não deve ser diferente. O ideal é que esses alimentos sejam oferecidos apenas em ocasiões isoladas, e não façam parte da dieta dos cães de forma regular. Mesmo as frutas que são permitidas possuem certa quantidade de frutose na sua composição, um açúcar que é natural deste tipo de alimento e que, se consumido em excesso, pode acabar fazendo mal para os animais. É por isso que é importante que o tutor ofereça as frutas que o cachorro pode comer sempre em pequenas quantidades, cortadas em pedacinhos e com muita cautela para não exagerar. A frequência não deve ser maior do que uma vez por dia, e uma das melhores formas de oferecê-la, além do petisco, é acrescentando uma pequena quantidade de fruta na ração do animal.

Outros cuidados necessários na hora de oferecer frutas para cachorro

Antes de dar frutas para cachorro, certifique-se de que o alimento está preparado para ser consumido do jeito certo: sem casca, sem semente e cortado. Assim, é possível garantir que o cachorro não vai se engasgar nem ter nenhum outro tipo de problema enquanto estiver se deliciando com a sua frutinha. Além disso, também é importante testar a tolerância do animal em relação ao alimento em questão. Por isso, a dica é oferecer uma fruta de cada vez para saber exatamente como o organismo do cãozinho vai reagir diante disso. Caso haja qualquer dúvida quanto as frutas que o cachorro pode comer, vale consultar o médico veterinário para esclarecer essas questões.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    A banana é uma das   frutas que pode dar para cachorro
    A banana é uma das frutas que pode dar para cachorro

    Mais Lidas

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção
    Alimentação animal

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção

    Cuidar da alimentação do gato é dever de todo tutor, e para isso é importante saber o que o animal pode ou não comer. Além das tradicionais rações para gatos, algumas pessoas também gostam de oferecer outras opções de comida para o seu bichano e procuram alternativas mais naturais, como frutas e legumes. Porém, por mais saudáveis que esses alimentos sejam para os humanos, é importante ter em mente que o organismo dos felinos não funciona da mesma maneira que o nosso e algumas frutas para gatos, por exemplo, podem fazer mal ao seu amigo de quatro patas. Para sanar todas as dúvidas sobre o assunto, confira as frutas que gatos podem comer a seguir!

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
    Alimentação animal

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

    Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Alimentação animal

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    Verduras e legumes para cachorro: 15 opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!
    Alimentação animal

    Verduras e legumes para cachorro: 15 opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!

    Muitos tutores questionam se podem oferecer legumes para cachorro. A resposta é sim! Além de ser muito saudável, esse tipo de alimento ajuda a abrir e instigar o apetite dos caninos, podendo ser oferecidos como petiscos e até recompensas. Mesmo se alimentando de ração diariamente, não há uma restrição que impede o cão de comer alimentos gostosos por fora, como vegetais e frutas variadas. O importante é que o tutor respeite a saúde do cachorro e ofereça com moderação, é claro - lembrando que sempre vale conversar com o veterinário antes de qualquer decisão.

    Frutas que cachorro pode comer: saiba quais alimentos podem ser oferecidos ao seu amigo

    - Banana para cachorro: uma das frutas que o cachorro pode comer é a banana, que é rica em vitaminas A, B e C, fibras e vários minerais, como o potássio e o cálcio. Enquanto o potássio é responsável por fortalecer a musculatura e os ossos do animal, as vitaminas e os minerais se encarregam de melhorar o sistema imunológico dos cães.

    - Pera para cachorro: rica em vitaminas (B1, B2, C, E) e em fibras, o cachorro pode comer pera sem grandes problemas. Na verdade, essa acaba, inclusive, sendo uma ótima opção de fruta para o seu amigo de quatro patas, já que o alimento é composto por quase 80% de água, o que também ajuda na hidratação do cãozinho. Mas atenção: não esqueça de descascá-la e remover as sementes.

    - Maçã para cachorro: uma das melhores frutas para cachorro é a maçã. Fonte de vitaminas (A, B, C, E, K) e minerais, o alimento pode ser consumido sem problemas. No entanto, assim como a pera, é importante sempre tirar as sementes da fruta, porque elas contém uma substância extremamente nociva para os pets, que é o ácido cianídrico.

    - Melancia para cachorro: fonte de vitaminas A e C, a melancia é outra ótima alternativa para mimar o seu doguinho, principalmente nos dias mais quentes. Por ter uma grande quantidade de água na sua composição, a melancia é uma fruta refrescante e que agrada bastante o paladar canino, desde que seja dada sem casca e sem semente.

    - Melão para cachorro: assim como a melancia e a pera, o melão também possui alta concentração de água e é uma das frutas para cachorro mais refrescantes que existem. Ela é rica em vitaminas B6 e C, fibras e potássio. Não se esqueça de remover a casca e as sementes.

    - Morango para cachorro: diferente da maioria das frutas para cachorro, o morango pode ser oferecido ao seu cãozinho com casca e sementes sem trazer quaisquer riscos para a saúde do animal. Essa é uma fruta rica em antioxidantes e que contém as vitaminas A, B e C, ajudando a fortalecer o sistema imunológico e atuando como anti-inflamatório. Contudo, não são todos os cães que se dão bem com o alimento e, nesses casos, é necessário evitá-lo na dieta do seu pet.

    - Manga para cachorro: fonte de fibras e vitamina C, o cachorro pode comer manga desde que a fruta esteja sem casca e sem caroço. Ainda assim, vale ter cuidado redobrado com a quantidade de manga oferecida, pois este é um alimento que possui alto teor de açúcar, o que pode acabar refletindo na saúde de cães que têm tendência à obesidade canina.

    - Kiwi para cachorro: uma ótima fonte de vitamina C, o kiwi melhora a digestão dos cães e pode ser dado sem problemas para o seu amigo de quatro patas. Além disso, o cachorro pode comer kiwi com as sementes, porque elas não fazem mal, mas é uma fruta que sempre deve ser descascada.

    - Goiaba para cachorro: rica em ferro e fósforo, a goiaba também tem as vitaminas A, B e C em sua composição, o que melhora o funcionamento digestivo do cachorro. Inclusive, esta é uma boa opção de fruta para cães que sofrem com diarreia. Ela deve ser descascada e oferecida sem sementes - embora as sementes não sejam prejudiciais para a saúde dos cachorros.

    - Caju para cachorro: a fruta caju, sem a castanha, pode ser dada aos cães e ainda tem alguns benefícios, já que ela fortalece a imunidade dos cães porque possui um alto teor de vitamina C e ferro. 

    - Jabuticaba para cachorro: diferente de outras frutas, os cachorros podem comer a casca das jabuticabas que é onde tem alta concentração de antioxidantes e fibra, além de vitaminas B e C, cálcio e ferro;

     

    A melhor forma de oferecer frutas para cachorro é cortando-a em pedacinhos e retirando sementes e cascas
    A melhor forma de oferecer frutas para cachorro é cortando-a em pedacinhos e retirando sementes e cascas

    Frutas para cachorro que precisam de certa atenção e cautela

    - Mamão para cachorro: uma das frutas que cachorro pode comer e que agrada muito o paladar dos pets é o mamão. Composto pelas vitaminas A e C e muitas fibras, a textura desse alimento contribui bastante para que os cães gostem tanto dele. Contudo, é importante ter certa atenção, já que o mamão tem efeito laxante, e é por isso que ele só deve ser oferecido para cães saudáveis. Se o seu bichinho está com diarreia ou algum problema intestinal, o mamão pode não ser uma boa ideia. Vale lembrar que a casca e as sementes também devem ser retiradas, pois elas podem causar obstrução intestinal no cão.

    - Ameixa para cachorro: o cachorro pode comer ameixa, desde que o tutor remova o caroço da fruta, que pode prejudicar bastante a saúde do animal. Por ser bastante dura, essa parte da ameixa pode fazer o cachorro se engasgar e até mesmo quebrar os dentes. Além disso, o caroço da fruta contém cianeto, que é uma substância tóxica para os cães. Mas, de resto, a fruta pode ser oferecida sem problemas para o seu pet, pois é uma boa fonte de fibras vitaminas e minerais.

    - Coco para cachorro: rico em vitamina E, que é um antioxidante natural, o coco deve ser oferecido sempre em quantidades muito pequenas para os cães e de forma totalmente natural, sem adição de açúcar. O excesso, por outro lado, pode acabar desencadeando diarreias e problemas intestinais no doguinho. A água de coco também é uma ótima opção para refrescar seu pet!

    - Caqui para cachorro: o cachorro pode comer caqui de vez em quando, desde que ele esteja com a saúde em dia. Por ter uma grande quantidade de açúcar, o caqui pode ser um problema para cães diabéticos e obesos. Além disso, também não se recomenda a fruta para animais com problemas de cálculo na bexiga. Outro ponto importante é que o caroço sempre deve ser retirado do caqui antes de oferecê-lo aos cães.

    Veja a lista de frutas que cachorro não pode comer de jeito nenhum!

    - Abacate para cachorro: o abacate possui uma substância que é altamente tóxica para os cães, que é a persina, presente principalmente nas cascas, folhas e caroço da fruta. A polpa tem uma concentração menor dessa substância, mas ainda assim não vale a pena arriscar, né? Caso contrário, o cãozinho pode acabar tendo problemas como vômitos e diarreias.

    - Abacaxi, laranja e limão para cachorro: as frutas cítricas não são indicadas para os cachorros por causa da acidez que elas carregam. Embora tenham alguns componentes importantes como a vitamina C, o abacaxi, limão e até a laranja para cachorro fazem mais mal do que bem a esses animais. O excesso de acidez presente nessas frutas podem acabar desencadeando problemas gastrointestinais e outras complicações e, por isso, é melhor evitá-las.

    - Carambola para cachorro: essa é uma das frutas que cachorro não pode comer por um simples motivo: ela possui substâncias, chamadas de sais oxalatos, que são extremamente prejudiciais para os rins, podendo inclusive levar a uma falência desses órgãos. Sendo assim, embora pareça inofensiva, a carambola não deve ser dada para o seu cãozinho em nenhuma circunstância.

    - Uva para cachorro: tanto as uvas comuns quanto as uvas passas não devem fazer parte da dieta dos cães. Não se sabe ao certo qual é a parte da fruta que pode intoxicar os cães, mas o que é certo é que esses animais geralmente sofrem reações nada agradáveis depois de ingeri-las. Vômitos, diarreias, problemas renais e até mesmo morte estão associadas ao consumo de uva pelos cachorros. Por isso, essa fruta jamais deve ser oferecida ao seu cãozinho.

    Redação: Juliana Melo

    Quantos ml de leite um filhote de cachorro mama? Veja essa e outras curiosidades sobre a amamentação canina

    Próxima matéria

    Quantos ml de leite um filhote de cachorro mama? Veja essa e outras curiosidades sobre a amamentação canina

    Jack Russell Terrier: um guia completo sobre a raça de cachorro pequeno
    Raças

    Jack Russell Terrier: um guia completo sobre a raça de cachorro pequeno

    O Jack Russell Terrier é um cachorro de pequeno porte que leva alegria por onde passa. Essa raça de cachorro é muito amável, encantadora e de personalidade forte. Apesar do pequeno tamanho, eles são cães muito corajosos e demandam bastante energia de seus tutores. Como grande parte dos cães do grupo Terrier, essa raça é um grande exemplo de cachorro de caça e adora investigar todos os lugares, exibindo seu vigor e vivacidade. Quando o cão Jack Russell Terrier quer algo, ele só desiste quando consegue. 

    Weimaraner: veja um guia completo sobre a raça de cachorro
    Raças

    Weimaraner: veja um guia completo sobre a raça de cachorro

    O Weimaraner é um cão de grande porte que conquista a todos com sua simpatia e beleza inconfundível. Essa raça de cachorro possui uma obediência fora do comum e exibe todos os atributos para conquistar a todos da família humana. Criado para ser um cão de caça perfeito, o cachorro Weimaraner possui uma condição física energética que demanda uma rotina de exercícios físicos. Ficou curioso para saber mais sobre esse doguinho? Dá só uma olhada no guia que o Patas da Casa preparou!

    Quanto custa manter um cachorro? Um guia completo com a média de gastos mensais com um cão
    Adoção

    Quanto custa manter um cachorro? Um guia completo com a média de gastos mensais com um cão

    Ter um cachorro em casa é uma experiência incrível para mães e pais de pet, mas os momentos de alegria vêm acompanhados de muitas responsabilidades… e gastos (muitos gastos). Ração, vacina, brinquedos, remédios e veterinário são os principais custos que você precisa ter frequentemente com o animal. É justamente por isso que, antes de comprar ou adotar um pet, é preciso pensar nos gastos que isso vai demandar - e que devem entrar no orçamento da família. Para te ajudar a bater o martelo e decidir se consegue ou não arcar com um amigo de quatro patas, montamos um guia completo com uma média dos gastos que você provavelmente terá. Chega mais!

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno

    Para quem procura por raças de cachorro pequeno, o Pequinês pode ser a companhia perfeita. Além de se adaptar muito bem a apartamentos e outros espaços reduzidos, esse pequeno cãozinho é dotado de uma personalidade carinhosa, amigável e extremamente leal aos seus humanos. Apesar da baixa estatura, o cachorro Pequinês também é super corajoso, e uma das maiores provas de que tamanho não é documento. 

    Ver Todas >

    6 frutas para cachorro que fazem muito bem para a saúde
    Alimentação animal

    6 frutas para cachorro que fazem muito bem para a saúde

    A alimentação do cachorro é um dos fatores mais importantes na hora de cuidar do pet. Ela é responsável por oferecer nutrientes, energia, saúde e bem-estar. O mais recomendado é sempre levar em conta orientações do médico veterinário de confiança para atribuir ao animal a melhor nutrição possível. Uma dica é proporcionar uma alimentação variada composta por uma ração de qualidade e pequenas quantidades de frutas e legumes naturais, oferecidos como petiscos.

    Cachorro pode comer peixe?
    Alimentação animal

    Cachorro pode comer peixe?

    Os pescados são alimentos que fazem parte da composição de diversos petiscos e rações de cachorro. Por isso, é comum que os cães se atraiam pelo cheiro de peixe fresco. No caso de uma alimentação natural ou no caso de intercalar a ração de cachorro com outros alimentos, é comum se perguntar se cachorro come peixe ou se o alimento pode fazer mal para eles. O Patas da Casa reuniu informações sobre o assunto para esclarecer todas as dúvidas: se o peixe é liberado na dieta canina ou não, quais os benefícios do alimento e como preparar e oferecer da forma correta.

    Vitamina para gato: quando o suplemento nutricional é recomendado?
    Alimentação animal

    Vitamina para gato: quando o suplemento nutricional é recomendado?

    Uma boa alimentação faz toda a diferença na saúde do gato. O problema é que nem sempre o bichano consegue todos os nutrientes que ele precisa por meio da ração, e em alguns casos é necessário procurar por outras alternativas de suplementação alimentar. A vitamina para gatos é uma dessas opções, mas antes de investir nesse tipo de suplemento é fundamental conversar com um profissional para saber quais são os nutrientes que estão faltando no organismo do seu amigo de quatro patas. 

    É normal o filhote de cachorro comer muito? Entenda esse comportamento
    Alimentação animal

    É normal o filhote de cachorro comer muito? Entenda esse comportamento

    Muitos pais de pets - principalmente os de primeira viagem - podem não saber lidar com alguns comportamentos dos filhotes de cachorro. Apesar de todo cão ser único, a alimentação é um fator importante no desenvolvimento de todo animal. Por isso, é necessário entender como saber se o cachorro está com fome e quando o ato de comer muito pode ser um problema. Os filhotinhos de cachorro necessitam de mais refeições por dia do que um cão adulto, ainda assim a quantidade de ração deve ser menor. 

    Ver Todas >