Comportamento

Fotos de gatos: 9 dicas de fotógrafos para clicar seu pet (e mais 10 fotos para se inspirar)

Naiara Dambroso não é fotógrafa profissional mas arrasa nos cliques da Olga e seus outros 3 gatinhos. "Não é raro eu ter que deitar no chão pra tirar uma foto boa", contou
Naiara Dambroso não é fotógrafa profissional mas arrasa nos cliques da Olga e seus outros 3 gatinhos. "Não é raro eu ter que deitar no chão pra tirar uma foto boa", contou
Filhotes de gato: como não amar?
Filhotes de gato: como não amar?
Veja dicas do fotógrafo de pets Jayme Rocha
Veja dicas do fotógrafo de pets Jayme Rocha
A presença dos donos é essencial para o sucesso do ensaio fotográfico
A presença dos donos é essencial para o sucesso do ensaio fotográfico
Ensaio fotográfico de filhotes é ou não é a coisa mais fofa?
Ensaio fotográfico de filhotes é ou não é a coisa mais fofa?
Naiara Dambroso não é fotógrafa profissional mas arrasa nos cliques da Olga e seus outros 3 gatinhos. "Não é raro eu ter que deitar no chão pra tirar uma foto boa", contou
Filhotes de gato: como não amar?
Veja dicas do fotógrafo de pets Jayme Rocha
A presença dos donos é essencial para o sucesso do ensaio fotográfico
Ensaio fotográfico de filhotes é ou não é a coisa mais fofa?

Basta dar uma olhada na galeria de fotos do celular ou no perfil das redes sociais de todo pai ou mãe de pet que você vai ver muitas, mas muitas fotos de gatos. Fofos ou em situações inusitadas, as imagens acabam  trazendo paz e matando a saudade quando estamos longe deles. Para você arrasar e conseguir aquele clique perfeito, convidamos fotógrafos profissionais para dar algumas dicas! Depois de ler a matéria, não vão faltar fotos de gatos filhotes, adultos e velhinhos; fotos de gatos de raça e de SRD; fotos de gatos preto, branco e de todas as cores; fotos de gatos siamês, de gato persa e nem mesmo fotos de gatos e cachorros juntos

Dica 1. Escolhendo o ambiente ideal para fotografar gatos

A verdade é que quando nós realmente queremos tirar uma foto incrível do nosso bichinho, qualquer lugar acaba se tornando um verdadeiro estúdio para isso. Entretanto, o fotógrafo de pet Jayme Rocha destaca que o lugar ideal é um ambiente que o gato já conheça e esteja acostumado, transmitindo segurança ao seu amigo. Além disso, outra sugestão dada por ele é procurar um estúdio fotográfico: “o estúdio é uma excelente opção por questão de segurança contra fuga e, por ser um ambiente preparado e tranquilo, rende ótimos cliques.” Já do ponto de vista de Edu Leporo, um fator que pode favorecer bastante as fotos do seu pet é que o ambiente escolhido seja bem iluminado e calmo. Dessa forma, as fotos do gatinho terão nitidez garantida e ele não vai ter motivos para se agitar demais no local.

Dica 2. Uma câmera bem posicionada pode render boas fotos do seu gato

Para o close ser certo, é importante que você esteja com a câmera preparada e bem posicionada para o clique. Segundo Jayme, o posicionamento da câmera deve variar de acordo com o temperamento do gato no momento. Se ele estiver de bom humor, vale tentar uns cliques mais de perto. Ainda assim ele alerta: “em geral, a câmera não deve estar tão próxima, mas se ele estiver bem tranquilo, closes são a certeza de fotos lindas!”. Edu acredita que esse posicionamento também vai depender do jeitinho de cada fotógrafo tirar suas próprias fotos. O Artachinho, gatinho do Edu, é um ótimo modelo, não é mesmo? É só ver as fotos abaixo que você também vai se apaixonar! 

Dica 3. Os ângulos dependem da sua criatividade na hora de clicar o pet

Quanto aos ângulos, Edu alerta que a altura do gato é muito importante. Jayme deixa bem claro que a questão vai depender muito da criatividade do fotógrafo e dá algumas dicas: “Em muitos ensaios, adoro fazer tomadas do gato visto por cima, olhando para a câmera. A foto frontal deve ser o foco sempre, a busca por novos ângulos seria o plus, tendo garantido já ótimas imagens fotografando de frente.” Aliás, se serve de inspiração, fotos que sempre conquistam nossos corações são aquelas que destacam a beleza dos olhos penetrantes dos gatos. Para isso, a dica é captar o momento em que o bichinho está olhando para o lado, e o resultado certamente será incrível.

Dica 4. Como tirar fotos espontâneas de gatos?

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia
    Comportamento animal

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia

    Manter a frequência de passeios no dia a dia do seu amigo de quatro patas é algo necessário para todas as raças de cachorro. Além dos benefícios que a socialização desses momentos traz, para muitos animais, essa caminhada é atividade física suficiente para o gasto de energia diário. Raças mais preguiçosas, que só devem se movimentar para manter a saúde, não precisam de muito tempo dedicado a essa área, mas nem todas são assim: para equilibrar, existem algumas raças de cachorro têm energia de sobra. Pensando no bem da saúde do seu animal e buscando evitar que ele desconte essa disposição acumulada em outras partes da casa, nós separamos algumas raças que precisam de agitação para ficar bem no dia a dia. Dá uma olhada!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    O bom de fotografar os bichinhos é que o processo sempre acaba sendo espontâneo, afinal eles não se preparam nem um pouco para aquele momento. Entretanto, conseguir tirar uma foto totalmente natural e que tenha um bom resultado pode ser um desafio. Por isso, Jayme sugere: “ambiente calmo e sempre com o tutor no ambiente. Petisco, sons e brinquedos são essenciais para chamar a atenção deles. No mais, é preciso ter muita paciência e ser rápido com o equipamento apropriado para registrar os momentos”. Então você já sabe, né? Se quiser uma boa foto, é só ficar bem atento, pois fotografar um gato não permite demora no clique.

    Dica 5. Cuidado com o uso do flash na hora de tirar fotos de gatos

    Muitas vezes, o uso do flash acaba assustando o animal, e não é para menos: a claridade de uma luz totalmente inesperada incomoda até o ser humano, que dirá um animalzinho. Por isso, Edu sugere que sejam feitos testes antes das fotos para que o gato possa se acostumar com a situação sem ficar irritado. Jayme é do time que acredita que a luz natural seja a melhor opção na hora dos cliques. “Gosto de usar luz natural ou luz contínua, com sombrinha ou soft box, filtrando a luz para incomodar o menos possível nossos amados peludos”, conta o fotógrafo Jayme.

    Dica 6. Fotos de gatos filhotes rendem bons cliques

    As fotos de gatos nessa fase são de deixar o coração de qualquer um derretendo! Mas como tirá-las? Todo mundo sabe que os filhotes são bastante brincalhões, por isso Jayme sugere um truque que pode render bons frutos: usar brinquedos específicos e entrar na energia deles, antecipando movimentos e sendo mais rápido do que nunca nos cliques com uma configuração da câmera adequada.

    Dica 7. Garantir fotos fofas do seu gato é simples

    A verdade é que é praticamente impossível tirar uma foto dos gatos e elas não saírem automaticamente fofas. E, se você achava que o que já era fofo não podia ficar mais ainda, se enganou. Uma das dicas dadas por Jayme para que a foto saia como um poço de amor é fazer um cafunezinho no peludinho! Deixando-o totalmente confortável e relaxado, o registro com certeza vai valer a pena. De acordo com o fotógrafo, delicadeza e silêncio são essenciais para eternizar esse momento com uma foto.

    Dica 8. Paciência é a palavra chave quando o gato é agitado

    Alguns bichinhos são mais agitados que os outros e isso é absolutamente normal, não precisa se desesperar. Por isso, é preciso ter paciência e esperar o tempo do seu gato, de acordo com Edu. Já o fotógrafo Jayme enxerga a situação com outros olhos e acredita que deixá-lo solto no ambiente para explorá-lo é a melhor forma de conseguir um bom resultado: “estimular até a correr ou pular, brincando para cansar um pouco. O colo do tutor também é uma boa opção, afinal quem resiste a carinho? Mas é importante nunca forçá-lo a nada”, explica.

    Dica 9. Fotos de gatos e cachorros juntos são possíveis (e muito fofas!)

    Ao contrário do que se pensa, gatos e cachorros podem ser bons companheiros um do outro, principalmente quando convivem em um mesmo ambiente. Logo, registrar momentos de carinho e afeto entre eles não é um bicho de sete cabeças. Jayme conta que há muitas oportunidades perfeitas para isso, inclusive em feiras de adoção - mediante conversa com voluntários - filhotes de várias espécies diferentes já foram clicados e o resultado foi ótimo. “Já adultos, só sendo da mesma família, mas é muito possível sim e algo lindo de se registrar!”, acrescenta.

    Redação: Juliana Melo

    Conheça todos os tipos de coleira para cachorro e como usar: modelos, funções e adestramento

    Próxima matéria

    Conheça todos os tipos de coleira para cachorro e como usar: modelos, funções e adestramento

    Cachorro e gato juntos: 8 truques para melhorar a convivência e 30 fotos para você se apaixonar!
    Adestramento

    Cachorro e gato juntos: 8 truques para melhorar a convivência e 30 fotos para você se apaixonar!

    Durante muito tempo, cachorro e gato foram declarados inimigos. Algumas pessoas acreditavam que onde havia um cão não poderia ter um gato e vice-versa. Se antes eles não tinham o hábito de conviver, hoje moram juntos e alguns até são inseparáveis. Mas atenção! Nem sempre os animais se entendem de primeira e o processo de adaptação requer tempo e paciência do tutor para que aprendam a respeitar a presença um do outro. Para você que tem um cãozinho e um gatinho e precisa de ajuda para adaptá-los, separamos oito truques para melhorar a convivência. O adestrador Max Pablo, do Rio de Janeiro, deu algumas dicas e também conversamos com a cat-sitter Nathane Ribeiro, que tem três gatos e já precisou adaptá-los com um cão. Veja o que eles disseram!

    Gatos Bengal: características, personalidade, saúde... saiba tudo sobre a raça (+ galeria com 30 fotos)
    Raças

    Gatos Bengal: características, personalidade, saúde... saiba tudo sobre a raça (+ galeria com 30 fotos)

    É impossível não reconhecer a raça de gatos Bengal. As manchinhas de sua pelagem são únicas, assim como o seu rabo comprido, traços finos e olhos claros. Ele lembra um leopardo! A inteligência é uma das características mais marcantes da raça de gato Bengal, junto com as diferentes maneiras de vocalizar e a facilidade em ser adestrado. Quer saber mais sobre esses gatinhos? Preparamos um guia com tudo que você precisa saber - desde os níveis da raça, até os problemas de saúde mais comuns. Confira!

    Como dar comprimido para gato? Confira 6 dicas que irão ajudar
    Cuidados

    Como dar comprimido para gato? Confira 6 dicas que irão ajudar

    Quem tem gato já deve ter percebido a guerra que é dar remédio, principalmente quando é comprimido. Isso porque, diferente dos cachorros que costumam aceitar o remédio disfarçado na comida, os gatos são muito seletivos e conseguem perceber qualquer coisa diferente no potinho. Caso o seu gato seja guloso, você até pode tentar amassar o comprimido até virar pó e misturar no sachê para gatos, mas se essa técnica não funcionar, você pode tentar outras que vamos ensinar!

    Jogos para gatos: 5 brinquedos interativos para distrair e aguçar o comportamento caçador do seu pet
    Brinquedos

    Jogos para gatos: 5 brinquedos interativos para distrair e aguçar o comportamento caçador do seu pet

    Um dos principais erros de quem não conhece muito bem o universo dos gatos é achar que eles não ligam para brinquedos. Quem tem um gatinho sabe que eles adoram brincadeiras que desenvolvam não só os músculos, mas também os instintos primitivos da espécie e que ajudem eles a desestressar. Arranhadores, varetas, locais para subir são os preferidos. Para orientar os novos donos, montamos uma lista com brinquedos interativos para gatos que podem ser usados sozinhos, com os donos ou com a companhia de outros animais.

    Ver Todas >

    Como funciona a memória dos cães? Veja essa e outras curiosidades sobre o cérebro do cachorro
    Comportamento animal

    Como funciona a memória dos cães? Veja essa e outras curiosidades sobre o cérebro do cachorro

    Já parou para se perguntar como funciona o cérebro do cachorro? Essa é uma questão que pode intrigar muitos tutores, já que esses animais muitas vezes nos surpreendem com alguns comportamentos. Afinal, não dá para negar que, embora irracionais, os cães conseguem ser muito inteligentes! Eles são capazes de aprender vários tipos de comandos e muitas vezes parecem nos entender como ninguém. Então, como será que funciona a memória e o cérebro de cachorro?

    Quais são as raças de cachorro que vivem mais tempo?
    Comportamento animal

    Quais são as raças de cachorro que vivem mais tempo?

    No mundo canino, a proporção da idade do cachorro é totalmente diferente do que conhecemos entre os humanos. A média de vida de um cãozinho é de 10 a 13 anos, mas isso pode mudar de acordo com o tamanho, raça e cuidados que o animal recebeu ao longo da vida. No entanto, algumas raças de cachorro são conhecidas pela alta expectativa de vida. Um fator absolutamente genético! 

    Como é o temperamento do Poodle?
    Comportamento animal

    Como é o temperamento do Poodle?

    O Poodle é um dos cachorros mais populares do Brasil e um dos motivos para isso está relacionado ao fato desta raça ser super “família”. Muito companheiro e leal aos donos, ele gosta de participar de todos os momentos, desde uma confraternização até um cochilo no sofá. Não importa se estamos falando de um Poodle toy, anão, médio ou standard: todos os tamanhos são muito sociáveis e gostam de fazer novos amigos.

    Já se perguntou qual o significado do bocejo dos cães? Veja curiosidades sobre esse comportamento canino!
    Comportamento animal

    Já se perguntou qual o significado do bocejo dos cães? Veja curiosidades sobre esse comportamento canino!

    Você com certeza já deve ter flagrado o cachorro bocejando muito e associou apenas a sono, não é? Para a surpresa de muitos, esse comportamento canino pode dizer muito sobre o que o cãozinho está sentindo ou pensando. Sim, é verdade! De acordo com algumas pesquisas científicas, a linguagem dos cachorros também se manifesta com bocejos e pode ter vários significados, desde demonstração de empatia pelo seu humano até uma espécie de fuga do estresse.

    Ver Todas >