Cachorro

Formiga no xixi do cachorro é sinal de diabetes canina! Veterinária tira dúvidas sobre a doença

Publicado - 31 Agosto 2021 - 16h04

Atualizado - 14 Maio 2024 - 15h16

Nayara Cristina de Paula Silva / Médica Veterinária

CRMV 14867-MG

Graduada pela PUC Minas (2014); Possui especialização em Endocrinologia e Metabologia em pequenos animais - ANCLIVEPA SP (2017); É membro associado a Associação Brasileira de Endocrinologia Veterinária (ABEV). Atua com os atendimentos em endocrinologia e metabologia em cães e gatos.

Juliana Melo / Repórter

Jornalista formada pela Facha (Faculdades Integradas Hélio Alonso). Sempre amei o universo pet e meu sonho sempre foi ter um cachorro ou gato, mas essa ainda é uma realidade um pouco distante pra mim. Me sinto um pouco Felícia perto dos bichinhos, e acho fantástico poder entender um pouco melhor o comportamento deles e ajudar tantos tutores por aí!

A oportunidade de entrar na equipe do Patas da Casa foi incrível, porque apesar de não ter um pet, sempre tive muita vontade de conhecer e compreender melhor esse universo. Hoje me sinto praticamente uma ‘expert’ em comportamento de cães e gatos e uma das maiores incentivadoras da adoção animal.

• Filme com animal preferido: “Sempre ao Seu Lado”
• Uma raça de cachorro: Dachshund
• Uma raça de gato: Maine Coon
• A curiosidade favorita sobre cachorros: A maneira como um cão se comporta depende principalmente da criação que ele recebe
• A curiosidade favorita sobre gatos: Os gatos enxergam os humanos como seus semelhantes (basicamente como se fôssemos gatos gigantes)
• Sobre o que mais gosta de escrever no universo pet: Comportamento animal
• Um aprendizado: Adotar um cachorro ou gato é uma das decisões mais bonitas que alguém pode tomar, mas que precisa ser feita com muita responsabilidade
• Nome de pet favorito: Bilbo

Assim como os humanos, a diabetes em cachorro é uma doença perigosa e que precisa de vários cuidados ao longo da vida do animal. Mas como saber se um cãozinho está diabético? Acredita-se que um dos primeiros indícios que podem indicar um cão doente é a presença de formiga na urina do cachorro, mas vários outros sintomas também estão associados ao problema. O Patas da Casa conversou com a médica veterinária Nayara Cristina, que é especializada em endocrinologia veterinária, para esclarecer melhor algumas dúvidas sobre a diabetes canina. Veja abaixo o que ela nos disse!

Encontrou formiga no xixi do cachorro? É hora de ligar o alerta!

Quando se trata da diabetes em cães, sintomas são sempre um ponto importante e que facilitam a percepção da doença. Conforme a especialista explica, a formiga no xixi do cachorro pode, sim, ser um sinal de diabetes canina por causa da quantidade de açúcar encontrada no líquido. “Isso acontece devido a presença de glicose na urina (glicosúria), que não é uma situação normal. Uma das causas desse problema é que, devido ao aumento da glicose no sangue (hiperglicemia), ultrapassa o limiar de absorção renal e acaba desencadeando a glicosúria. A glicose na urina, por sua vez, pode atrair as formigas”.

Excesso de sede é um dos sintomas de diabetes em cachorro

Além da presença de formiga na urina do cachorro, outro indicativo da diabetes é quando o cãozinho ingere muito mais água do que o habitual. “A sede excessiva é uma das manifestações clínicas observadas em casos de diabetes canina. Com a glicose na urina, o animal tende a fazer muito xixi, o que denominamos como poliúria. Para compensar isso fisiologicamente, o animal fica com mais sede, por isso ele bebe mais água”, revela a médica veterinária.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

5 sintomas de diabetes em cães para ficar de olho!

A observação do tutor é muito importante para identificar se o cachorro tem diabetes ou não. Mudanças no comportamento animal podem ser percebidas, assim como alterações no corpo do cachorro. Segundo Nayara, os sintomas de diabetes em cachorro mais comuns são:

 

Cachorro em cima de bola grande sendo treinado por tutor
Diabetes canina: prática de atividades fí­sicas ajuda a controlar a doença

 

Por que alguns cães sofrem com a diabetes canina?

Muitas dúvidas podem surgir quando o assunto é o desenvolvimento da diabetes. Cachorro pode apresentar dois tipos da doença: diabetes tipo I ou tipo II. De acordo com a médica veterinária, a causa da diabetes mellitus é multifatorial, mas cada tipo ocorre de forma diferente. “A diabetes canina tipo I é de causa imunomediada e leva a deficiência relativa ou absoluta da insulina. Já a causa mais comum do tipo II é devido à obesidade, que leva à resistência insulínica e, com isso, provoca a hiperglicemia, desencadeando manifestações clínicas”.

De forma resumida, a diabetes canina consiste no aumento do nível glicêmico no sangue do paciente que pode derivar de uma deficiência do organismo para produzir insulina ou a um “defeito” na insulina, que não consegue reduzir as taxas de açúcar do sangue. Para confirmar o diagnóstico, Nayara destaca: “O diagnóstico de diabetes é realizado com as manifestações clínicas, hiperglicemia e glicosúria”.

A catarata é uma das complicações da diabetes em cachorro

Sem o tratamento da diabetes, cachorro pode ter outros problemas de saúde, como a catarata. “O excesso de glicose presente no cristalino dos olhos - devido à hiperglicemia - é convertido em sorbitol, o que provoca um aumento do influxo de água no cristalino. O aumento da água, por sua vez, provoca uma quebra das fibras da lente e ruptura da estrutura normal. As lentes tornam-se turvas, resultando em perda de visão, geralmente em ambos os olhos”, conta a especialista.

Além da catarata em cachorro, outra possível complicação da diabetes canina é um quadro denominado cetoacidose diabética, que acontece quando não há insulina no corpo. “É um problema grave que pode ocasionar vômitos, diarreia e inapetência. O animal precisa ser internado para o tratamento adequado nesses casos”.

Como é o tratamento da diabetes canina?

Apesar de não haver cura, é possível controlar a diabetes canina com alguns cuidados. O intuito é melhorar a qualidade de vida do paciente. “O tratamento para diabetes em cachorro consiste no uso da insulina, dieta adequada e atividade física. A insulina é feita com aplicação subcutânea a cada 12 horas após a alimentação, e deve ser de uso contínuo ”, orienta a veterinária. Quando se trata de um quadro de diabetes do tipo II pode haver a remissão da doença: “O tipo II costuma afetar cadelas que ficaram diabéticas no cio, e com a castração se retira a condição hormonal que estava fazendo a resistência insulínica. Como a insulina volta ao normal, isso leva ao quadro de remissão. No entanto, a remissão é mais comum em gatos do que em cães”.

A diabetes canina não pode ser provocada externamente, mas pequenas atitudes fazem toda a diferença para prevenir o quadro. “O ponto mais importante da abordagem  preventiva é a conscientização dos tutores para os cuidados com a alimentação, evitar petiscos calóricos, estimular atividade física, cuidados com o peso e saúde oral do animal.”

Redação: Juliana Melo

Adote um animal

Qual é o maior cachorro do mundo? Conheça 6 raças gigantes que batem recordes no quesito tamanho

Você já se perguntou qual é o maior cachorro do mundo? Existe uma grande variedade de raças com características físicas diferentes, ...

Cachorro

Qual o significado de sonhar com cachorro atacando?

O significado de sonhar com cachorro é muito variado. Não é possível dizer que isso sempre vai representar algo positivo ou negativo...

Cachorro

Quais são os tipos da doença do carrapato em cachorro? Conheça as características de cada uma

A doença do carrapato em cachorro é um dos maiores temores dos tutores. O que nem todo mundo sabe é que existem diferentes tipos da ...

Cachorro

Como identificar a doença do carrapato em cachorro? Vets recomendam prestar atenção a esses 8 sinais na rotina do pet

A doença do carrapato em cachorro é uma das enfermidades mais perigosas e traiçoeiras que existem no universo canino. Infelizmente, ...

Gato

O gato Bengal é selvagem, híbrido ou doméstico? Curiosidades sobre os instintos da raça que parece um leopardo

O gato Bengal é uma das raças mais exóticas que existem por uma razão simples: eles são bem parecidos visualmente com o leopardo, um...

Adote um animal

8 características do Sphynx, o gato sem pelo

A aparência única e charmosa do Sphynx gera muita curiosidade. Afinal, não é todo dia que a gente encontra um gato sem pelo por aí, ...

Adote um animal

Qual é o maior cachorro do mundo? Conheça 6 raças gigantes que batem recordes no quesito tamanho

Você já se perguntou qual é o maior cachorro do mundo? Existe uma grande variedade de raças com características físicas diferentes, ...

Cachorro

Qual o significado de sonhar com cachorro atacando?

O significado de sonhar com cachorro é muito variado. Não é possível dizer que isso sempre vai representar algo positivo ou negativo...

Ver todas